Viver em Paris: Dicas de como sobreviver aos primeiros meses sem se estressar

Ola pessoal

Usando um pouco da minha experiência geral de viver em países estrangeiros, hoje vou dar umas dicas de “sobrevivência básica” para os recém chegados:

1.     Não avalie as atitudes das pessoas tendo como referência a sua terra natal:

Sim, as pessoas são diferentes e se comunicam de forma diferente.

É comum, por exemplo, brasileiros ficarem “chocados”- eu fiquei- com crianças portuguesas dizendo aos adultos “cala-te!”.  Mas é só uma forma de expressão comum que nem tem o peso que a gente coloca.

Então, relaxe! os franceses, assim como os europeus de uma forma geral, tendem a falar de uma forma mais negativa que nós, brasileiros.

Quando eles gostam de alguma coisa é normal eles dizerem : “Não está mal”. Eles quase nunca dizem: “que bom!” ou qualquer coisa mais positiva. É o estilo europeu, não dê atenção, não pense que eles não estão gostando. E só a forma de falar mesmo.

2.     Aqui a burocracia é grande e eles usam muito os “correios” então por cada papel ou documento que você precisa, prepare-se para esperar. É muito comum eles pedirem pra você mandar uma requisição por carta, que será respondida da mesma forma. É muito difícil chegar a algum lugar, pedir um documento e receber na mesma hora, portanto, relaxe! É sempre bom vir com uma certa “margem” de tempo para não ficar frustrado. Eu não tenho queixas do sistema “via postal”, porque poupa tempo e você não entra em filas, por exemplo. Leia com atenção o que eles pedem para você enviar no envelope e aguarde que com certeza chega. Eu prefiro assim do que ir 3 ou 4 vezes no mesmo lugar e ter sempre uma informação diferente, ou algum documento a mais para adicionar, como e o caso do sistema em Portugal, sempre uma “novidade” que ninguém informou, um carimbo que você precisa, etc.

3.     Aqui ultimamente tem tido muita greve, paralisações, etc.  Realmente o povo não esta muito satisfeito com as atuais mudanças que o governo anda a fazer… Então, tente não programar muito e não seja inflexível, as vezes tudo pára mesmo, não há quase metrô, não dá para fazer nada… Relaxe! Que bom que os franceses saem às ruas para reclamar! veja o lado positivo.

4.     Se você não fala Francês, tente aprender o mais rápido possível mas não fique maluco com isso: sempre tem maneira de nos comunicarmos, sempre tem alguém que fale inglês nos supermercados, etc. Instale um dicionário Português-Francês no seu celular. Ajuda quando você esta em busca de alguma coisa no supermercado e não entende uma palavra ou outra do rótulo, ou na farmácia, por exemplo.

5.     Tenha sempre um “plano B”.  Se não está dando muito certo de uma maneira, é melhor tentar de outra. Para tudo há uma solução.

6.     Pergunte, peça ajuda. Tente encontrar outros estrangeiros, participe em blogs – como este, por exemplo, ou fóruns.

7.   Se você acha que esta muito difícil arranjar um apartamento, alugue um quarto. Depois de aclimatado você vai decidir melhor, entender qual é a melhor maneira, o melhor lugar, preço etc. Tem muita gente procurando pessoas para compartilhar apartamentos, dê uma olhada em fóruns de brasileiros em Paris (ou França), em blogs de expats, etc.

10 Comments
  1. Olá .
    Meu nome é laianý tenho 17 anos faço 18 esse ano , boom ano que vém acabo meus estudos e tenho planos de fazer faculdade em paris desde mais nova sou louca por esse lugar e sempre me imaginei morando em paris , bom sou brasileira estou fazendo curso de inglês , mais não domino o françês , Gostaria de algumas dicas sobre , o lugar , burocracias e etc .
    Até porque quero realizar meu sonho de mora em paris , mais também não quero larga minha familia aqui no brasil , então gostaria de saber como é o processo do visto e como seria para poder voltar ao brasil novamente algum dia ,e ajudas de apartamentos e essas coisas mudança geral .
    Gostaria de saber se é uma boa ideia , se realmente pode dar certo , como é a vida em paris essas coisas .

    Obrigado .
    (E TENHO CURIOSIDADES SOBRE SUA PASSAGEM SOBRE PORTUGAL POIS JÁ PENSEI EM IR PARA LISBOA )

    • Oi Laiany
      Para fazer faculdade aqui voce precisa dominar bem a lingua francesa, so ingles nao resolve muito.
      Acho que no momento o primeiro passo pra voce e mesmo aprender frances.
      Depois de ja estar diminando um pouco a lingua, comeca a pesquisar as oportunidades do Campus France brasil.campusfrance.org
      Quanto a viver aqui. Eu adoro. Eu costumo dizer que Deus pode ate ser brasileiro, mas o paraiso e na franca rsrs.
      Eu adoro todos os aspectos da vida por aqui, desde a lingua, cultura, comida, as pessoas, oportunidades, etc.
      Quanto a Portugal, (Lisboa), foi la que fiz o meu mestrado. A cidade e muito linda e voce vai encontrar pessoas que adoram ou odeiam os brasileiros. Se voce, como eu, nao der bola para agressoes verbais na rua (eles xingam os brasileiros mesmo!), tambem e um lugar interessante, mas e um pais pobre e nao tem muita oportunidade para nos por la a longo prazo. Eu gostei muito de viver em Lisboa, mas nada comparado a vida em Paris.
      Bj

  2. Oi Alexia

    Estou morando na frança ja tem quase 3 meses, vim como turista e estou fazendo curso de frances, depois de conhecer o sistema educacional Frances, quero muito continuar minha universidade aqui, porém, nao sei como proceder, nao posso voltar no brasil obter o visto de estudante e depois retornar na França, até porque nao tenho mais dinheiro, o pior é que meu tempo legal esta acabando e eu nao queria voltar, preciso encontrar trabalho o mais breve possivel e nao sei onde nem como, conheço alguns brasileiros que ficaram aqui ilegal e conseguiram trabalho, mais o pior é que eles nunca dizem nada(nao sei porque), bom, se vc souber como posso obter o visto de estudante sem retornar o brasil, te agradeço de todo coraçao, e a sim, e se vc conhece alguns lugares que pegam pessoas nao declaradas tb, preciso trabalho urgentemente, muito obrigado!!!

    • Ola Leonel
      Infelizmente nao existe solucao para a sua situacao. Como eu canso de dizer, eu nao aconselho e nao incentivo niguem e ficar ilegal aqui, e muito menos sei quem esta “pegando” pessoas nao declaradas, alem da imigracao, e claro.
      Pelo o que entendi voce veio fazer um curso aqui, otimo, bom para voce e para o seu CV.
      Agora volta ao Brasil, termine a sua faculdade e junte dinheiro, pra vir (com visto) fazer o seu mestrado aqui e viver com dignidade, de cabeca erguida, ao invez de viver com medo e fugindo da policia.
      Sinto muito, o artdeviv.com nao promove, facilita ou incentiva a vinda ou permanencia de brasileiros ilegais por aqui, porque so queima o filme de quem esta aqui legal.

  3. oii meu nome é flavia moro no Brasil estou querendo ir morar na franca eu e o meu marido gostaria se pudesse me dar umas dicas sobre onde morar se é muito dificil alugar algum lugar, se é doficil arrumar serviço.. Gostaria que em respondesse obrigada..

    • Ola Flavia!
      Bom, voce diz que mora no Brasil mas nao diz se e brasileira ou tem outra nacionalidade. Estou partindo do principio que ambos falem bem Frances, porque se voces estao pensando em vir pra ca trabalhar e porque dominam o idioma.
      Se voce ou o seu marido for cidada(o) de algum pais da Uniao Europeia, podem vir que nao sera problema arrajar emprego, desde que voces nao escolham muito. Se voce estiver disposta a arranjar um emprego qualquer (em restaurantes, hoteis, ou lojas de departamentos), e facil.
      Depois de estabelecidos e com emprego, voces podem comecar a procurar melhores empregos, com tempo. Apartamento nao e dificil de encontrar para alugar tambem.
      Se por acaso voce nao tiver nacionalidade europeia, a coisa complica, e bastante. Nao da pra vir pra ca e “tentar arranjar emprego” sem ter carte de sejour (residencia com permissao de trabalho). Neste caso eu aconselharia que pelo menos um de voces tente arranjar um emprego antes de vir (procure agencias de emprego na internet).
      Entao o outro podera usufruir do visto tambem por voces serem casados. Depois de arranjado o emprego, o outro pode requerer um visto de vida familiar no consulado, mostrando a certidao de casamento. Esse visto da direito a chegar aqui e procurar emprego.
      Vir pra ca com a intencao de arrumar emprego e sem visto que de permissao para trabalhar vai requerer um pouco mais de esforco: voces vem, arranjam alguem que esteja disposto a contratar voces, e voltam para o Brasil. O empregador em questao tera por lei de colocar um anuncio oficial oferecendo este trabalho em uma das agencias de emprego do governo, se nenhum cidadao local ou residente ja com carta de sejour se candidatar em um prazo de 3 meses, o emprego e seu. Ele tera de enviar por correio todos os documentos para dar entrada no visto, e somente depois voces poderao vir viver aqui. O problema e achar alguem disposto a fazer todo este processo para contratar um estranjeiro. Em hipotese alguma pense em vir para ficar ilegal. Voce nao vai conseguir emprego e vivera com medo de ser deportado e ter de deixar tudo pra tras (seus pertences e roupas ). Aqui o governo da subsidio e ajuda para os franceses contratarem babas e empregadas de limpeza, assim como ajudantes para pessoas de terceira idade, portanto esses trabalhos tem de ser declarados e com contrato assinado, so assim o empregador pode requerer o dinheiro de volta (uma percentagem) do subsidio do governo.
      Nao ha possibilidade de arranjar empregos ou trabalhinhos sem visto que de permissao para trabalhar.

  4. Nossa, sem noção. França, mais precisamente Paris, tipo, não sai da minha cabeça um segundo. Meu maior sonho é ir correndo pra lá, e eu vou. Mas pra falar a verdade, eu já estava me decepcionando, ninguém apoiava minha viagem e etc. Mas depois de ler teu blog, meu animo voltou correndo. Tipo, ainda tenho 14 anos, mas assim que for maior de idade, corro praí, sério, corro mesmo, não olho nem pra traz rs
    ______________________________
    Pra você ter noção da minha loucura por Paris, antes de enviar o comentário, olhei a hora, são 04:08 am no Brasil, levei um baita susto quando vi 08:08. Deixo meu celular configurado com o horário de Paris, haha, Paris ♥
    enfim, vou dormir, já olhei muita coisa sobre Paris rs. Beijos, e boa sorte !

    • Ola Pedro Gabriel Bem vindo ao artdeviv!
      Legal voce ja ter planos de vir pra ca. Voce vai adorar Paris. Eu te aconselho fazer uns cursos de verao (com bolsa) aqui na Franca para vir conhecer.
      Voce tem 4 anos para preparar-se bem, para aprender frances, juntar dinheiro e estudar.
      Boa sorte a volte sempre. Estou aqui para te ajudar se voce precisar de alguma informacao.
      abraco

  5. Hahha.. essa de voltar 3 a 4 vezes em Portugal já passei. No SEF cada atendente fala que é necessário mais alguma coisa… parace má vontade !!! Obrigado pelas dicas do correrio.. passarei por isso em breve…

    • Oi Marcos!
      Pois e… o SEF e fogo! haha eu vivi em Lisboa por 5 anos a bastante tempo atras..
      A fila continua a mesma? lembro de ir pra fila do SEF as 3 horas da manha… e quando chegava a minha hora sempre faltava um papel qualquer..
      Aqui e bem diferente, a gente vai com hora marcada, nao tem fila..muito bom..
      Abraco!
      Se precisares de alguma coisa, estou por aqui…

Comments are closed.