Viver na França: Visto de long sejour categorias “vida familiar/privada” e “empregado”

Viver na França: Visto de long sejour categorias “vida familiar/privada” e “empregado”

Existem 4 categorias de visto de long séjour: visiteur, estudante, vida familiar / privado e empregado.

Vistos de longa duração são emitidos pelo Consulado da França no país que você reside antes de vir viver  na França.  Isso significa que se você vive em outro país que não é o que você nasceu, mas é residente, você pode fazer todo o processo onde você mora, não precisa voltar ao país de origem.

No meu caso eu fiz todo o processo de requerimento do visto de long sejour na China. Não precisei ir ao Brasil para fazer isso. Ás vezes lemos na internet que a pessoa deve requerer o visto no “país de origem”, mas isso não e verdade, o certo seria no “país de residência”.

Vistos de long sejour são válidos por 12 meses, renováveis, se você quiser permanecer e a sua situação não mudar. Esses vistos podem mudar de categoria, ou seja, você pode vir para estudar, e no próximo ano mudar para visto de trabalho porque conseguiu um emprego ou visto vida familiar se encontrou o amor de sua vida em terras francesas.

Já falei sobre os vistos de long sejour “visiteur” e estudante em Viver na França: Visto de long sejour categorias “estudante” e “visiteur” e falei sobre o que fazer depois de chegar aqui (para todas as categorias de vistos) no artigo Validação de visto de long sejour e visita ao OFII (Office Francais de l’Immigration et de l’Integration)

Visto de trabalho:

Para conseguir este visto você deve já ter  uma empresa querendo contratar você antes de vir. Normalmente a empresa trata dos papéis para o empregado e manda todos os documentos necessários para a requisição do visto no país de residência da pessoa.

A empresa tem de pedir uma autorização de trabalho para o empregador antes de você pedir o visto de trabalho no consulado.  Então basicamente o que você precisa para ter este visto é alguma empresa interessada não só em contratar você, como disposta a passar por este processo burocrático também. Se essa opção parecer difícil, eu aconselho pedir um visto  de long sejour “visiteur” no primeiro ano, nesse tempo você vem, procura emprego e renova o visto mudando de status. É melhor porque você tem tempo e pode escolher melhor. Não interessa o tipo de emprego que você conseguir, você tem direito a renovar o visto e mudar de status desde que a empresa esteja interessada em fazer o processo.

Vida familiar /privado:

Para requerer este visto você  deve ser casado(a) com um cidadão da EU (União Européia). Se o seu cônjuge não e Francês, mas é cidadão europeu você de cara recebe uma “carte de sejour” de 10 anos. Se o seu cônjuge for Francês você irá receber uma carta temporária de 1 ano, renovável, e depois de 4 anos você terá o sejour permanente.

Agora, antes da gente começar a dizer: porque? Isso não é justo, blábláblá, vamos analisar o seguinte fato:

O governo aqui sabe que quem é casado com Francês mais cedo ou mais tarde vai pedir naturalização e cidadania francesa, tendo então todos os direitos dos franceses. Por essa razão eles não dão o sejour permanente logo em seguida. Se dessem, haveria muitos “casamentos brancos”- aquele casamento que não e real, é feito somente por causa da residência.

Então vale a pena esperar 4 anos para receber isso.

Dizem (não sei se e verdade porque não passei por isso) que eles realmente checam se o casal vive junto, vindo na sua casa e pedindo para olhar as roupas, fotos, etc. Não posso afirmar se é verdade, mas acredito que isso acontece se o casal tem grande diferença de idade, cultura (tipo um é muçumano e outro catolico), ou padrão social muito diferente.

Outra forma de requerer o visto de long sejour “vida familiar/privada” é com o PACS (é basicamente um contrato oficial de união de fato) ou com união de fato normal. Nesse caso antes de requerer o visto o casal deve provar que vive junto ha pelo menos um ano.

Como provar? Com conta bancária conjunta, com comprovante de taxas, testemunhas, declaração do administrador do prédio que vocês moram, correspondências oficiais tipo do banco, por exemplo, servem pra mostrar que ambos tem o mesmo endereço, etc.

Nos condomínios eles geralmente tem o registro dos moradores, portanto quando vocês se mudarem ou você for viver junto, não esqueça de avisar que se mudou para eles declararem o seu nome nos registros do prédio. Aliás a maioria dos condomínios só entregam a cópia da chave com chip para abrir a porta principal se você declarar que esta morando no prédio.

O visto de long sejour vida familiar/privada dá todos os direitos de cidadão. Você pode fazer  o que quiser, trabalhar, pedir ajuda financeira do governo, etc. Esse é o visto mais difícil para mudar de status, então pense bem antes de pedi-lo. Só devemos requerer este visto quando sabemos que a relação será duradoura.

O casamento dá direito ao visto de long sejour, ou seja uma vez casado ninguém pode negar o visto. Com o PACS ou união de fato você pede o visto e dependendo da situação poderá ser negado.  É pouco provável que isso irá acontecer, mas em todo o caso se for negado você pode pedir uma prolongação de visto para casar e regularizar a situação. Eu sinceramente não conheço nenhum caso de pedido (autêntico) de visto de long sejour vida familiar/privado baseado em PACS ou união de fato que tenha sido negado – se o casal pode provar que tem condiçães financeiras de viver junto. Mas tenha o cuidado de entregar todos os documentos que eles pedem. Algumas pessoas não entendem porque tiveram o visto negado mas não entregam todos os documentos necessários, depois vão pra internet reclamar e as pessoas que lêem os artigos ficam com receio. “Eu não sabia” não dá direito a reclamações.

Outra coisa importante que eu gostaria de ressaltar e a importância de ter todas as informações atualizadas. Os consulados não atualizam os web sites com freqüência- isso eu posso afirmar, já verifiquei e o próprio consulado Brasileiro em Paris não tem informações atualizadas – Se você vai lá perguntar eles dizem outra coisa.

Então, antes de colocar listas do documentos pedidos pelo governo Francês, eu prefiro colocar o web site mais atualizado e correto para estes assuntos:

OFII – Office Français de l’Immigration et de l’Intégration

Este é o web site da própria entidade que autoriza (ou não) a sua estada aqui.  Nada diferente das informações que estão no web site do OFII são verdadeiras ou atualizadas.

Comments

  • Thaís says:

    Boa noite Alexia, gostaria muito de sua ajuda pois o Consulado aqui no Brasil parece nao querer muito ajudar-nos, Me casei a menos de um mes aqui no Brasil com um frances,e agora estou juntando os documentos para o visto long sejour,oque me deixa super confusa é que na lista de documentos a 2 itens que nao entendo:
    ***LIVRO DE FAMILIA
    *** TRANSCRIÇAO CONSULAR DA CERTIDAO, oque acontece é que pra fazer estes 2 documentos tem uma lista de documentos , mas eu nao consigo entender, tendo ligar no consulado ou entrar em contato e sempre a alguma desculpa ou mesmo descaso em informaçoes, ja nao me aguento de tanta angustia, agora meu esposo ja voltou pra França, e eu nao tenho a menor ideia de quando vou pra finalmente ficarmos juntos, por favor gostaria muito por gentileza de alguma informaçao pois me sinto meio perdida nesta parte de documentos…… desde já agradeço sua atençao, vejo oq quanto vc é querida lendo os depoimentos de quem ja esta ai ou por quem ainda estar por chegar por ai, uma boa noite e obrigado

    • Oi Thais
      Realmente o consulado não ajuda mesmo, e so dificulta os pedidos de visto. Até onde eu sei eles fazem isso para dificultar os pedidos de visto baseados em casamentos brancos, que são feitos unicamente para conseguir o visto.
      Realmente o fato do seu marido ter ja voltado pra ca e deixado voce pra tras, sem visto para acompanha-lo, complica tudo, porque a principio ele é que deveria fazer o requerimento do seu visto para acompanha-lo.
      O livro de familia seria mais ou menos o equivalente a nossa certidão de casamento brasileira, o que significa que ele tem de registrar o casamento de voces na França, via consulado ou na Mairie aqui. A transcrição consular da certidão deve ser a transcrição da certidão brasileira no consulado frances, estou certa? Isso quem faz normalmente é o conjuge frances, não o conjuge brasileiro.
      O meu conselho é que voce peça ajuda para o seu marido, porque se ele casou com voce e quer mesmo que voce venha, é tarefa dele arranjar o visto pra voce, o que seria muito mais facil. O fato de voce ter apenas a certidão de casamento, mas não ter o marido frances ao lado faz com que as pessoas no consulado desconfiem de casamento branco e não ajudam mesmo. O seu marido tem de pelo menos conseguir estes documentos aqui e mandar pra voce; assim como copias dos documentos dele provando que ele é frances, copia do contrato de trabalho provando que ele tem condições de receber voce aqui; copia do contrato do aluguel ou escritura de imovel caso ele seja proprietario, alem de declaração por escrito que ele quer voce qo lado dele, etc.
      Veja se ele pode fazer isso, porque sera muito mais facil se ele puder ajudar no processo.
      Se voce soubesse que ele ia deixar voce pra tras depois do casamento seria melhor ter vindo pra casar aqui na frança mesmo, assim ele poderia tratar de tudo sem precisar se deslocar.
      bj e boa sorte!
      Alexia

  • Paula says:

    Ola Alexia,
    Primeiro parabens pelo seu site, muito bem esclarecido!
    Estou morando na França desde agosto de 2011, sou casada com um Frances, nosso casamento foi realizado aqui na França. Em seguida procuramos a Prefeitura e a mesma nos informou que eu deveria voltar ao meu Pais de origem (Brasil) para solicitar o visto permanente. Como sabemos que a Lei diz que a partir do momento que eu entro legalmente no Pais, caso com um conjugue Frances, não sou obrigada a voltar ao meu Pais para dar entrada ao visto, então contratamos uma advogada especializada em emigração e desde Novembro estamos no processo. Em Janeiro desse ano enviamos um dossier com todos os documentos solicitados à Prefeitura. Em seguida a mesma nos enviou uma carta solicitando o pagamento do timbre no valor de 110 euros, feito, em seguida a mesma nos enviou outra letra nos solicitando outros papéis complementares (que ja tinham sido enviados da primeira vez) e mais 5 fotos 3×4. Isso ocorreu no começo de Março. Normalmente a resposta deve se proceder no maximo em 2 meses, mas até hoje (14.04) não temos a resposta. Falamos com a advogada e a mesma nos informou que não nos resta nada a fazer a não ser esperar a Prefeitura, pois tudo que poderiamos enviar ja foi feito. Minha pergunta é: O que voce, com sua experiencia, acha de tudo isso? Se voce tem idéia mais ou menos do tempo que se leva para obter a resposta? E se voce acha que depois de todo esse processo é possivel que eu tenha a resposta positiva? O que me preocupa é que em Julho desse ano irei ao Brasil, pois meu casamento catolico esta marcado para Agosto proximo, e como li, depois de 3 meses do recebimento da carte de sejour tenho que fazer a renovação, não é isso? E outrem, caso não tenha recebido a carte de sejour até julho, não poderei sair da França, caso queira voltar, pois hoje estou como ilegal aqui, seria isso? Bom, desculpa tantas perguntas, mas eu e meu esposo estamos “desesperados” por uma resposta concreta, ja solicitamos ajuda de todos possiveis, mas ninguém, até hoje, nos deu uma resposta concreta. Muito obrigada e fico no aguardo!

    • Ola Paula
      Que chato esta demora na resolução do seu caso. Se voce tem o recepisee de espera do titre de sejour voce pode ir renovando, e quando chegar a hora de ir ao Brasil é so ir pedir uma autorização para deixar o pais, depois voce entra com o recepisee mesmo e com o papel da autorização caso eles peçam qualquer coisa no aeroporto.
      Caso chegue o seu titre de sejour antes, voce não tem de validar nada, porque so se valida vistos recebidos fora do territorio frances. Ao recever o seu titre de sejour, voce ja esta com o original, néao precisa fazer nada.
      Realmente o Sarcozy esta dificultando muito os vistos de conjuges de franceses nos ultimos meses.
      Abraço
      Alexia

  • vanessa says:

    ola alexia adorei seu espaço pois muita pessoas tem duvidas como eu e vc faz com fiquemos mais seguros e tranquilos e minha 1 vez aqui e espero voltar outras vezes bom meu caso e o seguinte namoro ha 9 anos um frances pela net ele agora esta com a vida tranquila estabilizada e me fez um convite para que eu va ficar um mes ou mais com ele vai mandar o atestado de acolhimento e as passagens pra mim sei que parece loucura nos vimos muito na webcam esses nove anos ele participa de minha vida no brasil e u da dele na frança em todo caso estou me certificando de quem ele e realmente antes de ir rsrs sei muitas coisa dele mas temos que ser realistas neh e averiguar os fatos afinal la fora tambem e perigoso mas e fato sou louca por ele e o meu principe encantado gentil, amavel e acredito que ele tambem por mim ja o vi implorar pra mim add ele de novo ao msn durante uma briga que tivemos e eu deletei ele com raiva o plano e eu ir ficar um mes talvez dois veremos como vai correr as coisas e depois retornar ao brasil ai falarei com o meu ex companheiro pai de minhas filhas pedindo autorizaçao pra leva-las embora comigo em segurança ja que tenho a guarda total delas,pra morar la fora com ele ,matricula minhas filhas no colegio, e nao ter problemas que tipo de visto vou precisar. como fazer pra casar na frança com ele do que vou precisar,na frança tem colegios de meio periodo,ele pensa em registrar minha filha mais nova que vai fazer tres anos pode isso as outras duas sao grandes e tem o nome do pai todos dizem e loucura mas a vida nem sempre e sa rsrs minha amiga namorou 6 meses na net e foi embora pra noruega casou recentemente la com ele ja viviam juntos so k ela nao tem filhos e tem muitos outros casos na net e eu sim eu acredito que tudo vale a pena quando a alma nao e pequena fracassa e comum mas nao tentar e fracassa como ja dizia friedrich nietzche ha sempre alguma loucura no amor.mas ha sempre um pouco de razao na loucura quando queremos algo,a distancia e um pequeno detalhe sem importancia o que importa e determinaçao pra mim o acaso no existe tenho muito medo de ir e sofrer mas evitar a felicidade com medo de sofre e o melhor metodo pra ser infeliz por isso decidi vou a luta sempre foi um sonho ir a paris e o destino me colocou a frente um lindo frances naquele momento eu sabia que eu poderia conhecer mil pessoas no mundo mas dele eu nunca mis me esqueceria ,eu soube ali que eu sempre amaria aquele homem ,que ele era o homem da minha vida o unico a despertar em mim amor porque todos meu ex relacionamentos eram pele e paixao nele eu senti uma coisa arde dentro de mim mas como amor nao se expica se sente ok e dai eu que ja era louca pra ir a paris,louca pelo idiomas fiz dois anos de frances eu ja estudava quando conheci ele comecei a cantarorar rssrs celine dion,garou,jacques brel e outras como la vie n rose rsrsrs pelos cantos da minha casa gente apaixonada e chata sonhei tanto com esse momento sinto que antes ele era muito novo pra casar e assumi familia e agora com mais responsabilidade ele me quer pra minha alegria ele e frances! mas e descendente de arabes meu sogro pai dele e arabe rsrs como diz a letra de uma musica que amo de paixao fall again a traduçao fala que eu posso respirar,eu posso sangrar,eu posso morrer dormindo porque tu sempre estara em meus sonhos.ah ja ouvi essa coisa da imigraçao verificar na residencia se ali e um casal mesmo ja passou ate em novela se nao me engano era america na globo e er a personagem da debora secco que era casada com caco ciocler mas e real mesmo ou nao. tem comunidades de brazucas por la,lugares onde se pode comprar coisas do nosso pais falo comida brasileira,e facil conhecer outros brasileiros como nos, se eu for ficarei na capital mesmo. desde ja muito obrigada e parabens pelo espaço e lindo e organizado informaçao as claras j adore bisous

    • Oi Vanessa
      Realmente e bom voce avaliar com muito cuidado o tempo de voces juntos realmente, porque relacionamento online é bem diferente. O fato dele ser frances não quer dizer muito se o pai é arabe. Ele deve seguir as tradições arabes e não francesas.
      Voce como tem as suas filhas sob sua tutela, tem de ter mesmo os dois pes no chao, principalmente em se tratando de unioes não somente internacionais como interculturais (diferente religião, etc)
      Não esqueça que a maioria das mulheres casadas com muculmanos aqui devem usar veu. Veja se isso se aplicara as suas filhas, voce, etc. Voce sabe… detalhes que na maior parte das vezes so de fica a par depois do casamanto.
      bj e boa sorte
      Alexia

      • vanessa says:

        obrigada pela orientaçao mas tem uma coisa que realmente me deixa confusa e o fato dele ser muçulmano e comer carne ,tomar bebida alcoolica e fuma e nao saber falar bem o arabe segundo ele diz ser muçulmano devido o pai mas nao seguir o livro sagrado totalmente outra coisa essa coisa do veu usado na frança foi banido ou nao

        • Oi Vanessa
          Muçulmano come carne sim! So nao come carne de porco.
          A maioria dos homens muçulmanos fumam e bebem; a restrição é mais para mulheres.
          O veu não foi nem nunca sera abolido aqui nem em outro local, aqui se usa direto pelas muçulmanas. Seria o mesmo de proibir as cristãs (evangelicas,etc) de usarem cabelo comprido (que seria como um veu). O que é proibido é a burka, que cobre o rosto todo, dificultando o reconhecimento delas no medico ou nos aeroportos, etc.
          Nao interessa o quao seguidor ele é do islan, voce tera de usar o veu em respeito a familia dele. E suas filhas tambem usarao.
          E isso que voce quer mesmo? O pai das meninas esta de acordo? Vir pra ca e ficar so olhando a cultura francesa e nao poder participar, porque voce ira estar vinculada a uma cultura imigrante super dominadora para as mulheres, pode ser frustrante. Eu tenho amigas muçulmanas que ficam todas cobertas no verao, enquanto os maridos se refrescam na piscina e bebem cerveja. Eles podem, elas nao.
          bj
          Alexia

  • Rosa says:

    Olá, Alexia!!!Eu aqui outra vez!
    Minha filha está estudando por 2 anos na França (2010 a 2012).Pelo q entendi, eu, como aposentada e provando q tenho condições de me manter, poderia conseguir um visto e viver por 1 ano aí na França? E esse visto sai rápido? Seria bom demais pra mim.
    Obrigada.

    • Oi Rosa. Sim esse visto e bem facil de conseguir se voce tem como provar que tem uma renda estavel para viver aqui.
      Depois de dar entrada no visto (entregar uma especie de dossie com todos os documentos pedidos por eles), voce deve esperar no maximo 2 meses.
      Bj e bem-vinda!

  • Sandra says:

    Oi Alexia
    Nossa, seu site e’ muito informativo, ajuda mesmo! Como parece que vc sabe bastante sobre os vistos, vou aproveitar e tirar umas duvidas com voce.
    To morando aqui em Paris com o visto de “visiteur” e vou me casar em maio. Eu li acima que vou receber um outro sejour, o de vida familiar/privada valido por um ano e renovavel por quatro ate’ receber o sejour permanente. O sejour vida privada/familia de 1 ano me dara’ o direito de trabalhar logo depois de casar? Para obter esse visto eu nao preciso voltar ao meu pais de residencia certo? Voce sabe quanto tempo leva para obter esse visto e onde eu faco ele?
    Merci
    Sandra

    • Ola Sandra!
      Bem vinda ao Artdeviv! E parabens pelo casamento! Maio, o mes das noivas!
      Bom, voce nao precisa voltar ao Brasil, depois do casamento e so ir na prefeiture de police mais proxima da sua casa e pedir o visto de vida familiar.
      Voce ira receber um recibo que ja valera como visto e permissao de trabalho ate a sua carte de sejour ficar pronta. Nao precisa ficar a espera de nada, ja pode comecar a trabalhar!
      Ah so pra esclarecer, agora mesmo (com visto visiteur), o seu pais de residencia ja e a Franca, o Brasil e o seu pais de origem.
      So pra nao ficar duvidas e evitar idas e vindas, telefone ou peca para o seu noivo telefonar para a prefeitura para saber quais documentos levar, ou passe por la antes mesmo do casamento para pegar a lista de documentos. Nao vai ser nada dificil, esse visto voce tem direito automaticamente depois de casada.
      bj e te desejo muitas felicidades! Parabens de novo!

  • Olà! Estou com uma duvida. Moro na França , sou casada com frances , estou legalizada. Gostaria de saber como faço para legalizar meu filho de 5 anos que é filho de um relacionamento meu anterior com um brasileiro. Ele ja esta aqui comigo na França trouxe ele , e o pai me deu uma autorização de viagem. Procurei informações sobre legalizar ele aqui como “enfant de conjoint de français” ou seja filho de conjugues de francês e fiquei com duvidas, porque dizem mas não sei se é verdade que preciso de uma delegação de autoridade sobre o meu filho. O que é isso? Eu sempre cuidei, ele tem o nome do pai, mas nunca brigamos para ter guarda. Como saber se eu tenho autoridade sobre meu filho?
    Muito obrigada e parabéns pelo site!!

  • WALDETE QUIRINO DOS REIS says:

    OI ALEXIA, OBSERVEI QUE VC TIRA MUITAS DÚVIDAS EM RELAÇÃO DE COMO MORAR NA FRANÇA!
    MINHA FILHA É CASADA COM UM ITALIANO E MORA NA FRANÇA, EU GOSTARIA DE SABER SE TEM COMO EU IR MORAR NA FRANÇA E COMO POSSO FAZER, SOU VIÚVA E SÓ TENHO ELA DE FILHA.
    DESDE JÁ TE AGRADEÇO SE PUDER ME ORIENTAR, OBRIGADO.

    • Oi Waldete! bem vinda!
      Claro que tem como voce vir pra ca, mas tudo depende do tipo de visto que voce pretende. Voce pode vir pra ca com um visto de visiteur baseado no fato de que a sua filha ficaria responsavel por voce. Este visto nao da direito a ter emprego aqui, mas uma vez aqui, se voce quiser trabalhar pode pedir autorizacao na prefeitura. Outra maneira de vir e fazendo o visto de aposentado que e de 5 anos (se nao me engano). Esse visto nao da chance de voce pedir autorizacao para trabalhar aqui, mesmo conseguindo emprego.
      Para ambos os vistos voce tem de provar que tem meios economicos para viver aqui (ou a sua filha, caso ela se responsabilize).
      Basicamente, voce tem de apresentar comprovantes de meios de subsistencia aqui (pode ser a sua aposentadoria, carta da sua filha se comprometendo em sustentar voce aqui, conta bancaria, essas coisas). Comprovante de moradia (de novo carta da sua filha declarando que voce vai viver com eles, copia do contrato do apartamento e informacoes sobre o tamanho deste (em metros quadrados, numero de quartos)- para mostrar que voce nao vai ficar dormindo na sala, por exemplo. Se voce nao quiser morar com eles basta um contrato de aluguel de qualquer apartamento,quarto ou pensao, que a sua filha podera arranjar aqui mesmo e te mandar por correio o comprovante.
      Eles vao te pedir um seguro de saude internacional porque voce nao vai ter direito a seguranca social do governo aqui – so para os primeiros 3 meses.
      Em resumo, conseguir esse visto para vires dependera muito mais da sua filha caso ela fique como sua responsavel.
      Se voce nao tem problemas quanto a sustentar-se aqui, o processo e super facil e rapido.
      Waldete, ficamos entao em contato e se quiseres mais informacoes ou ajuda e so escrever para o meu email administrator@artdeviv.com
      Grande abraco e boa sorte!

  • Ninon Lecomte says:

    Alexia e todo mundo. Eu sou francesa e meu namorado brasileiro, estamos chegando na Franca no dia 1 de marco de 2011, vamos nos casar la como e tentar regularizar a situacao dele, durante o visto de 3 meses de turista. Se necessario for, em maio ele voltara para obtencao de visto e retornara a Franca.
    Vou mandar um email para o consulado, esperando que me deem uma resposta como esta que o Murilo recebeu, para mostrar se for preciso.
    Conforme for, vou atualizando voces de nossa situacao.
    Alexia, tenho duas perguntinhas agora: Devo mandar um email ja em frances ou em portugues para o consulado em SP? e voce sabe me dizer quais sao os documentos que o Lucas, meu noivo, tem que levar daqui? Fora a declaracao de estado civil.
    Estou bastante chateada com o atendimento dos consulados aqui no Brasil, estao deixando muito a desejar e nao em poucas ocasioes, da vontade de arrancar os cabelos pois voce nem termina a frase e ja te passam para outro setor que obviamente, ninguem atende.
    Vou escrever por e-mail e aguardar.

    Muito obrigada Alexia!

    • Ola Ninon!
      Eu entendo esa frustracao com o consulado… O pior de tudo e que parece que e uma “tradicao” mesmo, os consulados sao os ultimos a saber das informacoes.
      Se eu fosse voce escrevia em Frances mesmo ( e bom mostrar que voce e francesa). O Lucas tem de ter a segunda via da certidao, a declaracao de que e solteiro, passaporte, fotos. Da uma olhada nessa site para ter certeza dos documentos http://vosdroits.service-public.fr/F930.xhtml. Eles pedem declaracao (um papel escrito a mao mesmo) de monogamia mas acho que para os Brasieliros nao e necessario.
      Vamos nos falando… obrigada por colocar aqui no blog o seu comentario com as informacoes sobre o processo de obtencao do visto, isso ajuda a todos aqui!
      Abraco

  • Gabi says:

    Bom dia Alxia,

    Achei o seu site, e espero ser cada hora mais útil.

    Seguinte, e eu meu noivo ( ele é Francês) fizemos o PACs agora em Janeiro 2011. Estamos juntos ha 2 anos, mas sempre em indas e vindas… Já fiquei em Paris durante 3 meses, depoisl voltei ao brasil, ele veio, eu fui denovo………
    Bom, agora em Abril , quero ir p lá p começar fazer meus contatos de trabalho ( sou Fotógrafa), mas não sabemos como poderei trabalhar,
    Através de nossas pesquisa, vimos algumas possibilidade.

    1º Visto de estudante: Descartado, pois vai sair muito caro… ( mínimo 2h/ semanais por 3 meses)
    2º Visto de trabalho: um pouco difícil
    3º: Visto de Long Sejour- Vida Familiar/Privada ( interessante)

    Bom, algumas perguntinhas:

    Com a PACs, podemos tirar o meu visto de Long Sejour?
    Este visto me dá direito a trabalhar?
    Ele ( que mora na França) pode ir adiantando este processo para mim, ou preciso estar presente?
    Preciso levar mais algum documento do Brasil, ou só o passaporte e o documento do PACs?

    Muito obrigada. Em breve ( abril) estarei de volta a Paris que tanto amo.

    Abraços

    • Oi!
      Bem vinda!
      Gabi, voce com o PACS pode tirar o visto de Vida familiar/privado sim. Voces tem de provar que estao juntos a mais de 1 ano (nao precisa ser morando juntos), por isso comece ja organizando fotos de voces (que na deve ser dificil pra voce :D), copias dos tickets de aviao das indas e vindas de voces para se encontrarem, essas coisas. Este visto te da direito a trabalhar sim. Se eu fosse voce dava uma pesquisada pra saber se e possivel fazer o visto de vida familiar ai no brasil mesmo, no consulado. Escreva pra eles pra saber. Eu acredito que seria mais facil.
      Se voce estiver pensando em fazer isso aqui, nao esqueca que e bom ter uma segunda via da sua certidao de nascimento tambem (depois voce traduz aqui) caso eles exijam. Eu acredito que voce precise entregar uma serie de documentos tipo fotos, documentos bancarios entre outros (de uma olhada no site http://www.ofii.fr/ para saber com certeza as informacoes atualizadas)
      Falando em trabalho, olhei o seu blog http://gabialves.com a adorei (mesmo!) as suas fotos. Se quiseres podes dar uma entrevista aqui no artdeviv quando chegares para divulgares o teu trabalho e projetos.
      Se precisares de qualquer coisa, estou por aqui… abraco!

      • Gabi says:

        Superrrrrrrrrr… je suis trés contente!
        Vou no consulafo Francês aqui em São Paulo.
        Mas eu e o Jean estamos dando pulos de alegria antecipado ( espero que funcione)

        Vou ver se eles me dão informações sobre os documentos e se posso fazer aqui no Brasil.

        Muitíssimo obrigada

        abraços.

        Com certeza irei te contactar em Abril quando chegar

        • Oi Gabi!
          Claro que vai dar certo! Nao esquece que se por um acaso do destino (nao acredito que vai acontecer) eles nao aceitam que voce entre com o pedido de visto vida familiar voce sempre pode fazer o visto “visiteur” (que nao da direito a trabalhar) e vir pra ca, depois de conseguir emprego voce pode pedir autorizacao de trabalho. O visto visiteur e super simples e nao precisa tanta papelada, mas e um visto de long sejour e por isso te da chance de mudar depois.
          Vai dar tudo certo!
          Abraco e estou aguardando a tua chegada! Tudo de bom pra voces dois e boa sorte em tudo.

      • Gabi says:

        Bom dia Alexia,

        Tudo bem?

        Comigo está tudo triste!!! Vc não imagin ao que aconteceu?

        Fui no Consulado Francês em SP, para confirmar a informação que vc me passou. Isto sem falar que não tive resposta no email que mandei, então resolvi ir lá.

        Sguinte, o que eles me informaram é que não existe mais o visto de long Sejour Vida Familiar / Privada

        Se eu quizer morar na França, com o direito de trabalhar, só ha 2 opções. ( Pois com o PACS, não muda nada)
        Opção 1: Visto de estudante… mas ficaria um pouco caro para 3 meses, seguro saúde, etc..
        Opção 2: Visto de Visitante: mas NÃO posso trabalhar
        Opção 3: Visto de Log Sejour conjoint de Francês: para ter este temos que estar casados… Se casarmos lá, tenho que voltar para o Brasil para pedir este visto!!!

        UFFFFFFFFFFF…. estou totalmente decepcionada!!!

        Não sabemos o que faremos… já estamos mais de 2 anos juntos entre inda e vindas, e estamos cansados de sentir saudade, de usar skype, etcccccc… queremos estar REALMENTE juntos… mas p eu ir morar lá, sem poder trabalhar, fica um pouco difícil.

        oi Opção 4: se alguma empresa de lá em der trabalho: posso perguntar sobre o visto de trabalho…

        Fica o desabafo e a tristeza… por enquanto.

        Grata mais uma vez

        abraços

        • Oi Gabi!
          Olha estou agora mesmo pesquisando sobre isso, porque pretendo/pretendia mudar o meu visto de visiteur para vida familiar aiai…
          Acho que a solucao (se essa informaca for verdadeira) e casar. Voce pode vir com visto de visiteur pra ca e depois trocar para o de casada depois do casamento sem ter de voltar ao Brasil. Bom, estou mesmo interessada em esclarecer essa informacao, porque ate semana passada estava tudo ok com os pedidos de vistos de vida familiar por aqui…
          Ah detalhe: Fiquei sabendo atraves de um leitos aqui do artdeviv, que os funcionarios dos consulados, prefeituras e mairies tem ordens de dar informacoes erradas e fazer a gente ir de um lado para outro em busca de informacao. Eles dizem que e para filtrar as pessoas que estao de ma fe e se alguem insiste umas 3 vezes eles acreditam que e de verdade e acabam ajudando. Nao desanime!!!
          Querida, eu acho que quem deve buscar informacoes e o teu noivo. Ele como frances tem mais ascesso a informacoes corretas por aqui. Da uma olhada nesse link (que fala deste visto ) e tem opcao de entrar em contato com eles. http://vosdroits.service-public.fr/F2209.xhtml
          Pelo site dos sevicos publicos franceses nada mudou e eles atualizam sempre (bom, nunca diga sempre..).

  • Mayra Olguin says:

    Olá, Alexia! Primeiro gostaria de agradecer você por este espaço bacana!
    Eu estou com meu namorando nas idas e vindase agora resolvemos nos casar. Eu moro aqui, ele lá.
    Estou indo pra lá normal, como sempre vou, como turista por 3 meses. Mas ele me pdiu em casamento =)… quer que a gente se case agora em Março quando eu chegar.
    Estamos correndo atrás da documentação que a Mairie pediu, e já está quase tudo pronto. A questão é a seguinte: cada órgão nos informa de um jeito. Ex: A Préfecture disse que eu tenho que pedir o visto aqui no brasil antes de ir pra lá casar.Só que aqui em SP a fila tá super demorada!
    No site do governo francês eu li que eles não podem negar meu visto de long séjour uma vez que estivermos casados.
    Posso casar como turista e pedir meu visto lá na Prefeitura, ou preciso realmente voltar pro Brasil?
    O problema é que eu não tenho mais tanta grana assim pra ficar indo e voltando…
    Se a gente se casar lá eu posso pedir por lá sem ter que voltar pro BR?

    Muuuuito obrigada desde já!

    Abraço!

    • Ola Mayra!
      Parabens pelo casamento!
      Olha , depois de casada voce tem o direito de ter o visto de long sejour de 1 ano, por 4 ou 5 anos (nao sei bem porque essas leis estao sempre nudando) depois voce pode pedir nacionalidade francesa. Eles nao podem te negar o visto depois de casada.
      Pode vir como turista, casar aqui e dar entrada no visto aqui mesmo. Como voce ja percebeu cada um informa de uma maneira diferente e dependendo do lugar (da prefeitura ou mairie) ou da pessoa que te atende voce tem uma informacao diferente. Da uma olhada abaixo no comentario do Murilo que escreveu para o consulado geral da Franca no Brasil e recebeu a confirmacao de que tudo pode ser tratado aqui. Ja nao existe mais o tal visto para casar que eles davam antes.
      Bom, quando chegares entra em contato! Seja bem vinda! voce vai adorar viver aqui!
      Se voce vier para Paris a gente pode se encontrar! :) abraco e qualquer coisa e so perguntar!

  • Erika says:

    Oi Alexia
    Obrigada pela sua atenção
    Eu aguardo
    bjs

  • Erika says:

    Estou feliz por poder contar com vc,muito obrigada
    Mais ainda continuo com uma pequena duvida,si eu posso fazer esta renovação por mais 3 meses onde é que eu posso ir,é na prefeitura,existe algum site ou leis que prove,onde posso me informar mais sobre isso.

    • Oi Erika!!!
      Eu estou a procura das leis atuais na internet para te enviar o link. Pelo o que sei esses vistos se renovam na prefeitura, mas e melhor ter certeza.
      Sabes que na pior das hipoteses poder ir passear na inglaterra (podes ir de onibus ate) ou qualquer lugar fora da UE e entrar de novo, mas estou a procura das leis para ter certeza de que podes renovar aqui mesmo.
      Abraco

  • Erika says:

    Oi Alexia,primeiramente parabéns pela sua iniciativa,agradeço pelas informações
    Alexica vc poderia me explicar melhor esta historia de renovação de 3 meses?
    Eu morei na França durante um ano e neste um ano conheci meu namorado,tentei meu visto de estudante no Brasil e não consegui pk no consegui comprovar renda.
    Como queriamos ficar junto vim como turista em outubro,estamos morando juntos para ver si vai dar certo antes de qq coisa.Como sei q turista so tem direito a 3 meses no dia 27 dezembro parti para Londres para poder ficar aqui mais 3 meses pois no sabia q existia esta possibilidade.
    Como no meu passaporte tem o carimbo q eu sai e entrei na França em dezembro posso fazer esta renovação?
    Fomos na prefeitura da cidade onde moramos para saber o q precisamos para q eu fique aqui mais tempo e la eles deram uma lista de documentos e pediram q comprovamos q estamos juntos a um ano.Vc sabe de alguma historia parecida ou de mais informações
    Aguardo informações

    • Oi Erika!!
      Bem vinda ao ArtdeViv!
      Erika, pela logica agora que voce entrou de novo voce tem mais 3 meses, com direito a renovacao de mais 3 meses dentro da Franca.
      Essa historia de comprovar que voces estao juntos a 1 ano e para a o visto de long sejour :) legal que eles te deram essa possibilidade!
      Se voces comprovarem que estao justos a “mais ou menos” 1 ano voce tem direito a pedir visto na categoria “vida familiar/privado”.
      Voces podem pedir para os amigos de voces escreverem uma declaracao de que voces estao juntos (escrita a mao, eles preferem), mostrar contas de banco conjunta, correspondencia de ambos para o mesmo endereco, essas coisas. Acho que vale do periodo que voce esteve aqui neste primeiro ano (quando voce conheceu o seu namorado) e agora (voce pode juntar tudo). Vale qualquer coisa.
      O seu namorado pode escrever uma declaracao de que voce esta vivendo com ele, essas informacoes sao uteis tambem.

      Entao em resumo: voce pode renovar o visto de turista, e voce “pode” dar entrada no visto de long sejour ( bom, na verdade com visto de turista voce nao pode, mas depende muito da mairie, do funcionario.. se eles aceitam vai em frente!
      Boa sorte!
      Qualquer coisa que precisares estou por aqui..
      abraco e otimo ano novo!

  • jone says:

    Oi Alexia, tudo bem? antes de qualquer coisa quero te agradecer pelas dicas e informações muito importantes que nos ajudam bastante.Sou o mesmo jone que lhe perguntava sobre vistos, documentos para entrar na frança e tudo mais. Cheguei bem e estou morando com a minha noiva, nós pretendemos casar em breve. Minha noiva é francesa e gostaria de saber se após o casamento terei direito de trabalhar por aqui. Temos muitos planos e isso é extremamente necessário. Fica com Deus e até logo! Ah e um feliz ano novo com muita saúde, paz e felicidades!

    • Oi Jone!
      Depois do casamento voce tem direito ao visto “vida familiar e privada” que da direito a tudo (trabalhar por exemplo). Depois de 4 anos voce pode requerer cidadania Francesa, mas como estas leis estao sempre mudando e melhor esperar para ver. O que e certo e que voce tera direito a este visto (e um direito seu, ninguem pode negar).
      Esse visto tera de ser renovado todos os anos e depois de 4 anos voce tem, na pior das hipoteses (se por acaso o governo mudar as leis que da direito a cidadania) um visto chamado “permanente” que vale 10 anos, renovavel.
      Nao sei com que tipo de visto voce entrou, mas como eu ja disse os vistos que dao direito a mudanca de status sao os vistos de long sejour ou visto de casamento.
      Espero que voce ja tenha um desses e que nao precise voltar ao brasil para dar entrada nos papeis la.
      Felicidades e parabens pelo casamento. Bem vindo a Franca! voce vai adorar viver aqui!
      Grande abraco para voces! Aproveitem bastante!

  • Murilo Holtz says:

    Ola Alexia,

    Moro em Dublin na Irlanda a 4 anos e sou casado com uma cidadã Portuguesa. Fui hoje ao consulado Francês para ter informações sobre o visto para França e fiquei meio confuso. Me disseram que posso pedir 2 tipos de vistos.
    1- long sejour que é simples e rápido com validade de 1 ano e renovavel onde eu posso morar mas NÃO TRABALHAR?????????
    2- long sejour para trabalho mas como você mesmo citou acima a empresa tem q fazer o pedido na préfecture local e enviar o documento para mim e ai eu apresentando este documento é q eu consigo o visto para poder tbm trabalhar.

    Pensei q uma vez casado com um cidadão europeu vc teria o direito a UM visto de residencia com direito a trabalho independente se vc tem ou não a oferta de trabalho.
    Pelo menos assim foi como consegui meu visto de permanência aqui na Irlanda q por sinal eles perguntaram se minha esposa (cidadã europeu) tinha trabalho ou não.

    Estou confuso e talvez vc pode me ajudar.

    Obrigado e parabéns pelo artigo acima.

    Murilo Holtz

    • Ola Murilo, bem vindo!
      Como voce ja deve saber, os funcionarios consulados/reparticoes publicas nao estao sempre bem informados porque as leis vivem mudando mesmo.
      Voce tem direito a um visto de 10 anos por ser casado com cidada europeia, e nao um visto de 1 ano somente. Nao sei detlhes de quanto tempo voce deve ter de casamento, mas eu sei que esse visto de 10 anos da direito a “tudo”. Como voce ja deve ter lido no blog, qualquer visto de long sejour e facilmente “modificavel’ estando aqui.
      Eu te aconselho a conseguir o visto que for mais facil e depois mudar aqui. Os conjuges de Europeus (nao franceses) tem muito mais facilidade para conseguir visto permanente aqui. E um direito seu, ninguem pode negar! Boa sorte e bem vindo a Franca!

      Conselho: Se voce for a prefeitura ou OFII e ouvir uma resposta que nao te agrada quanto ao visto, e so voltar outro dia e a outra hora, fale com uma pessoa diferente porque parece que cada um tem uma informacao diferente.

      • Murilo Holtz says:

        Obrigado pela a ajuda Alexia.

        Vou dar entrada no visto normal e ver o que da pois eles me disseram que é o mesmo formulário e só muda se eu enviar a eles o comprovante de trabalho na França ou ao contrario tenho apenas o visto de “permanência”!!!
        Talvez como vc falou quando receber o visto, ja é com tudo incluso (rsrs) vou torcer que seja!
        Se não ao menos posso trocar depois assim q conseguir o trabalho!!!

        Valeu de novo.

        Abraços

        • Oi Murilo,
          Faz isso mesmo, o maximo que vai acontecer e voce ter de dar entrada em um pedido de autorizacao de trabalho aqui. Depois voce se informa quando chegar como pode trocar o teu visto pelo permanente (de 10 anos). Se eu fosse voce usava esse de 1 ano mesmo (faz se o pedido de autorizacao de trabalho) e depois na renovacao pedia o permanente (voce tem dar entrada na renovacao com mudaca de status com 3 meses de antecedencia- antes do seu visto vencer).
          Nao esquece de colocar bem claro no pedido de visto que voce e casado com europeia, quem sabe voce ja recebe o permanente agora :)
          Boa sorte!
          Qualquer coisa e so perguntar.
          Estarei abrindo uma pagina aqui no blog (em janeiro) com anuncios – tipo classificados, se voce quiser colocar qualquer coisa.. e de graca.
          abraco.

          • Murilo Holtz says:

            Ola novamente Alexia,

            No dia em que fui ao consulado Francês aqui em Dublin, tbm enviei um e-mail para o consulado Francês em São Paulo tbm perguntando como adquirir o visto de conjugue de cidadão europeu, mas nesse caso apenas não falei que estava vivendo aqui e hj me responderam pelo e-mail.
            Da uma olhada o que me falaram.

            Bom dia,

            Se vocês são casados, você tem direito a regularizar sua situação, de esposo de cidadã da comunidade europeia, durante os 90 dias de turista a que todos os brasileiros têm direito, diretamente na França.
            Sugiro transcrever junto ao consulado português daqui de São Paulo o casamento de vocês, bem como levar a tradução juramentada da certidão de casamento.

            Atenciosamente,

            Georgia MOCELIN

            Consulat Général de France à São Paul

            Da para entender????

          • Oi Murilo, otima noticia para voce e para todos os Brasileiros e Brasileiras na mesma situacao! Deve ter havido muito recentemente um acordo qualquer que permite isso.
            Bom, so para garantir, leve este email imprimido contigo (foi respondido pela Consul Geral da Franca! ) Salve o email de uma forma que de para ver que e um email, mostrando a data e o seu endereco de email tambem. Acho que e melhor “save as PDF” e depois imprimir.
            Se precisares de tradutor juramentado eu recomentdo o Sergio BITTENCOURT DOS ANJOS Endereco: 97, rue de Charonne 75011 Paris Tél: 01 43 73 71 98
            Ele traduz na hora. A minha certidao custou 30 euros (nao tenho muita certeza mas foi perto disso). Telefone antes para marcar hora.
            Se eu fosse voce ia direto na Mairie do seu arrondissement para saber melhor, ou busca informacao no OFII para saber se precisa marcar hora para dar entrada no visto. Voce tem uma declaracao por escrito do Consul.

            Murilo, muito obrigada pelo “up-date” da situacao, e bom ter comentarios aqui que ajudam a todos.
            Parabens pela noticia e tenha um feliz 2011!
            Volte sempre ao ArtdeViv, leitores como voce melhoram o nivel do blog por causa da participacao ( dao exemplo aos outros leitores!)

          • Murilo Holtz says:

            oi Alexia,

            Tem certeza que ela é a Cônsul????
            De qualquer maneira como vc falou é uma boa prova, mas já viu né, eles sempre acabam por falar que o funcionário esta errado!!! rsrsrsr

            Agora estou na dúvida se vou direto ou faço a aplicação por Dublin.

            Feliz 2011 para vc tbm

          • Bom, voce pode escrever outro email respondendo este e explicar que voce ja esta na Europa e que em Dublin estao dando informacoes diferentes… mas o email foi “assinado ” pela consul… abraco

  • Osmar says:

    Ola, estou em paris a quase 2 meses, eu vim a passeio, mas como tenho alguns amigos aqui eu estou pensando e ficar p estudar, queria saber se tem como eu estar prolongando meu visto, e q sabe posteriormente trocar p um visto de trabalho.
    Obg

    • Ola Osmar, bem vindo ao ArtdeViv!

      Osmar, como eu ja falei nos artigos referentes a vistos aqui no Blog, o unico visto que da direito a mudanca de status e renovacao dentro do territorio frances e o visto de long sejour, seja ele qual categoria for: visiteur, estudante, vida familiar e privado e trabalho (empregado).
      Bom, supondo que nao tens visto, estas como turista (que da direito a ficar 3 meses com renovacao de 3 meses= 6 meses).
      Nao e possivel trocar “visto” de turista (que na verdade e so um carimbo de entrada no passaporte, nao e um visto), por nenhum outro.
      Eu aconselharia tu fazeres a matricula enquanto estas aqui, voltar ao brasil e com os papeis da universidade e dar entrada no visto.
      Agindo assim vai te poupar muita dor de cabeca no futuro. Podes usar o tempo que estas aqui para procurar emprego, e com os papeis em maos dar entrada no visto no Brasil. Voce com o visto de estudante pode trabalhar part-time.
      Franca nao da “temporada de anistia” como em Portugal, que de vez em quando libera geral e legaliza todo mundo que esta em situacao irregular.
      Um abraco e boa sorte!
      qualquer duvida estou por aqui..
      Alexia
      Aqui ate pode acontece algum dia, mas provavelmente sera para os cidadaos das ex-colonias, tal como argelianos, etc.

Comments Closed