Museus Grátis de Paris: Lista com endereço, horários e metro mais proximo

junho 20, 2012 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Ola Pessoal!

Peço desculpas a todos pelas minhas ausencias aqui pelo blog. Tenho deixado voces “aos cuidados da Stephany”, mas tive de arranjar um tempo para vir escrever novamente.

Existem centenas de Museus em Paris e muitos bons museus são gratuitos e valem a pena serem visitados.

E possivel programar uma viagem com poucos gastos (ou nenhum) em entradas de museus. a boa noticia é que os museus desta lista são tão pouco conhecidos pelso turistas que não tem filas pra entrar.

Aqui vai, então, a lista os melhores  Museus que tem entrada gratuita em Paris. Coloquei alem do endereço, a estacão de metro mais próxima, mas se você quiser mesmo economizar, vá caminhando, porque a maioria deles estão bem no centro de Paris!

Se você selecionar também os Jardins, parques e Igrejas de Paris para ver durante a sua estada por aqui, o custo dos tickets de entradas cai a zero. As igrejas e catedral são todas gratuitas, exceto algumas partes especiais como subir na torre da Catedral de Notre Dame, por exemplo. A própria torre Eiffel tem um show de luzes fantástico todos os dias as 10 horas da noite, de graça. Tem muito o que fazer em Paris para não somente economizar, mas sair um pouco do circuito super turistico.

Não esqueça de que você não é obrigado a subir a torre Eiffel. Muitos turistas preferem ir la, olhar e passear pelo parque ao lado, em vez de pagar 9 Euros pra subir até o alto. Se as filas de verão estiverem muito grandes, poupe o seu tempo e va conhecer outros locais menos cheios de gente, como estes Museus:

Musée de la Vie Romantique · 16 Rue Chaptal
Metro 2, 12: Pigalle; Metro 2: Blanche
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.

Musée Cernuschi ·
Avenue Velasquez 7
Metro 2: Monceau; Metro 2, 3: Villiers
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.

Petit Palais / Musée des Beaux-Arts de la Ville de Paris ·
Avenida Winston Churchill
Metrô: Champs-Élysées – Clemenceau
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.
Construída para a Exposição Universal em 1900 pelo arquiteto Charles Girault, que agora abriga o Museu de Belas Artes da Cidade de Paris: pinturas medievais e renascentistas, desenhos, mobiliário do século 18 e obras de artistas franceses como Gustave Courbet, Delacroix Eugène e Jean Ingres.

Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris ·
11 Avenue du Président Wilson
9 Metro: Alma – Marceau, Iéna
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.

Musée Cognacq-Jay ·
Elzevir Rua 8
Metro 1: Saint-Paul
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.
As coleções de arte por d’Ernest Cognacq (século 18)

Musée Carnavalet / Histoire de Paris ·
23 rue de Sévigné
Metro 1: Saint-Paul
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.
Museu dedicado à história de Paris.

Maison de Balzac
Rue Raynouard 47
Metro 6: Passy
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.
Museu dedicado ao escritor francês Honoré de Balzac

Maison de Hugo Victor
6 Place des Vosges
Metro 1: Saint-Paul Metro, 1, 5, 8: Bastille
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.

Compagnonnage du Musée
10 rue Mabillon
Metro 10: Mabillon
Entrada gratuita para exposições permanentes.

Museu do Perfume : Fragonard Musee Du Parfum
9 Rue Scribe
Metro: Opera

Musée Bíblia  et Terre Sainte- Institut Catholique de Paris
21 rue d’Assas
Metro 12: Rennes
fecha Sábado de 16:00-18:00
Cerâmica e outros itens da Palestina: remonta a 5000 aC até 600 dC

Curie Musée (Institut du Radium)
11 Rue Pierre et Marie Curie
Metro 10: Lemoin Cardeal, 7 Metro: Place Monge
Ter-sex 10:00-18:00 (excepto em Agosto, na última semana de dezembro e nos dias feriados)
Entrada gratuita para exposições permanentes.
O Museu Curie é no piso térreo do Pavilhão Curie, em um dos prédios do Instituto Curie. Este laboratório, construído a algumas ruas de distância do “barracão”, onde o casal Curie descobriu o polônio e o rádio em 1898, foi construída especialmente para Marie Curie pela Universidade de Paris e do Instituto Pasteur, entre 1911 e 1914.

Zadkine Musée
100, rue d’Assas
Metro 4: Vavin; Metro 12: Notre-Dame-des-Champs;
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.
Museu sobre o escultor russo Ossip Zadkine.

Musée Bourdelle
18 Rue Antoine Bourdelle
Metro 12: Falguière
Ter-dom 10:00-18:00, seg e feriados fechado
Entrada gratuita para exposições permanentes.

Para saber mais sobre os outros Museus de Paris, leia tambem: A lista dos 10 lelhores museus de Paris com endereco e estação de metro mais próxima.

 

Leia mais...

Compras em Paris: como analisar se as roupas e accessórios que você esta comprando valem o preço que você esta pagando

outubro 16, 2011 | Posted in Compras em Paris, Cultura Francesa, Turismo dicas | By

Você sabe avaliar se uma roupa ou óculos que você esta pensando em comprar vale mesmo a pena?

Uma das coisas que nos pensamos quando viemos a Paris é investir em alguma coisa de qualidade, que realmente não falta por aqui.

Óculos, bolsas sapatos, cintos, roupas, enfim, o que não faltam são opções. Vamos analisar como decidir na hora de investir uma grande quantia de dinheiro neles.

Roupas: Mulheres, de uma forma geral, não resistem quando chegam a Paris e veem todas estas marcas famosas e grifes que são muito mais caras no Brasil, e não pensam duas vezes antes de comprar alguma coisa de marcas europeias ou mesmo americanas. Mas vale mesmo a pena?

Quanto a qualidade, vale a pena sim, mas sera que vale a pena você comprar?

Roupas de marcas como Chanel, Armani, Dolce e Gabana, etc, são realmente de alta qualidade e vão durar pra sempre. Se você optar por um modelo mais clássico, você terá a sua roupa para o resto da vida. Como escolher então o que comprar?

Invista em algo que você vai usar mesmo. Coisas de qualidade são resistentes e duráveis, e é melhor investir em algo que você vai usar regularmente, portanto não pense em comprar um vestido de festa super chamativo se você não costuma ir a muitas festas. Eu, por exemplo, prefiro muito mais investir em roupas usáveis no dia a dia. Calças da Armani e da Calvin Klein, assim como Republic of banana’s, blazers para o dia a dia fazem parte do meu guarda roupa, sendo as peças compradas nas lojas mesmo, ou nos outlets.

Óculos, sapatos e acessórios:

Existem marcas ótimas para óculos, e outras que tem linhas de óculos de sol como parte da coleção de roupas. Saiba analisar quais são as especialidades das marcas: Prada e Jimmy Choo para sapatos, Guess para jeans, Armani para ternos, blazers, camisas e calças, Ray ban para óculos e… claro, Louis Vuitton para bolsas e carteiras. Escada faz muita coisa boa, desde óculos, sapatos ate perfumes.

 

Agora, o que fazer se você não conhece a marca da roupa e quer avaliar se a roupa vale a pena?

  • E importante, em primeiro lugar, ver a etiqueta e de que material e feito.
  • Roupas feitas com fibras naturais, misturadas com uma percentagem pequena de sintético ou seda duram mais.
  • Verifique como se lava a roupa. Se você não é de lavar roupa fina a mão, e gosta de jogar tudo na maquina, não compre coisas que sejam para lavar a mão. Por melhor que seja a qualidade da roupa, se você não seguir as instruções de lavagem, você estraga a roupa.
  • Veja se a roupa é para ser lavada a seco e avalie se vale a pena.
  • Não compre nada que contenha acrílico. Esse sintético fica com cara de velho e com bolinhas depois do primeiro uso. É jogar dinheiro fora.
  • Só compre roupas que venham com botoes sobressalentes, e melhor ainda, com a linha para você costurar o botão. Ficar com uma roupa sem poder usar só por causa de um botão perdido é uma pena.
  • Botoes sobressalentes também são uma dica de que a qualidade da roupa e boa.
  • Repare nas costuras interiores da roupa: fios soltos, costuras tortas pedem que você coloque a roupa de novo na prateleira.
  • Roupas e jeans com costura forrada por dentro são um ótimo sinal de que a roupa e de boa qualidade.
  • Qualquer roupa de la em tweed tem de ter forro. Não compre calcas nem casacos sem forro porque é sinal de péssima qualidade e dão alergia ao entrar em contato com a pele.
  • Tweed de linho com viscose, por exemplo, pode ser comprado sem forro se as costuras forem forradas.
  • Avalie se a roupa esta vestindo bem e tem um bom corte. Roupa de boa qualidade tem bom caimento.
  • Veja se os botoes são feitos em algum material mais nobre, como madrepérola, metal, ou madeira. Botoes de plastico não são bom sinal, a não ser que a roupa seja uma calca social, por exemplo, onde um botão de outra cor não ficaria bem.
  • O mesmo para zipers: os de metal duram mais, mas temos de avaliar se o estilo da roupa suportaria um zíper de metal. Novamente, as calcas sociais não ficam bem com um zíper tao pesado.
  • Existem vários tipos de linho, e aquele que é lisinho, e você não vê as bolinhas no fio, são de melhor qualidade, mais finos. Não que o linho com bolinhas no fio não seja bonito e durável (eu acho lindo), ele é um linho mais barato, portanto não pague uma fortuna por linho que não seja totalmente liso.

Se você é como eu, que prefere qualidade a quantidade (eu tenho somente 5 bolsas – todas boas), invista em uma Louis Vuitton, mas se você é daquelas que tem 30 bolsas em casa e adora variar de acordo com a cor da roupa, não vale a pena, pegue o dinheiro e compra montes de outras coisas legais que você vai usar mais.

Vale lembrar que no Brasil as pessoas compram e usam roupas baseadas em moda, portanto se você não se vê usando a mesma bolsa por 5 anos consecutivos, não gaste dinheiro nelas. Eu ando usando as mesmas 5 bolsas rsrs há mais de 5 anos…mmmm talvez seja tempo de comprar outra…

Se você precisar de ajuda para guiar as suas compras, eu estou disponível para levar você em lojas que são a sua cara! É só entrar em contato.

Leia mais...

Compras em Paris: Aproveite os grandes descontos do Grupon

julho 5, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Esta é uma dica imperdível.

Você já deve ter ouvido falar do Grupon, site onde você pode comprar de tudo com ate 70% de desconto.
É hora de usar o Grupon Paris também!

Se você esta planejando férias por aqui, ou passar aqui uma temporada maior, dinheiro economizado é sempre bem vindo.

Você pode economizar muito em restaurantes, lancherias, perfumarias, spas, lojas de departamentos, tours, espetaculos, enfim, o que não falta são opções.

Inscreva-se no Grupon Paris e receba por e-mail as promoções!

Eu aconselho mesmo, vale a pena.

Se você não conhece o Grupon, faca uma pesquisa no site do Grupon Brasil para ver do que se trata, e depois venha aqui se inscrever no Grupon Paris! Pra quem não conhece o site, ele abre uma janela pra voce se inscrever, se voce nao quiser e só clicar no botao que diz que ja esta registrado.

Voce pode se inscrever para receber as informações do Grupon sem comprar nada, a inscrição é gratuita e voce só compra se quiser. Eu as vezes passo meses sem comprar nada. Uma boa idéia é usar as promoções do grupon para fazer o seu roteiro, por exemplo, ao comprar um jantar num restaurante ou tickets para algum show, pesquise a area na volta e planeje um passeio nos arredorres.

Eu costumo utilizar o Grupon para comprar tickets de espetáculos por aqui (alem de manicure e roupas claro). Vale a pena porque você pode ir aos Cabarés de Paris, assistir o show e jantar, por exemplo, pela metade do preço. 

Pra quem viaja e come mais em restaurante, vale a pena também ver as promoções de lancherias para um almoço rápido como também as promoções em restaurantes de luxo (que sem o desconto do Grupon ficariam muito caros) para jantares aqui.

Aproveite para economizar usando o Grupon Paris!

 

 

Leia mais...

Rue Rivoli em Paris: Mais um endereço para compras

junho 30, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

A Rue Rivoli é uma das ruas mais famosas de Paris.

Mesmo no centro, passando ao lado do Museu do Louvre, esta rua é o destino certo para quem esta atras das grandes lojas de departamentos como H&M, Zara, Mango, e muitas outras.

Mesmo que algumas destas lojas também existam na sua cidade, no Brasil, vale a pena dar uma olhada porque aqui e muito mais barato.

Eu particularmente gosto muito das ofertas da Stradivarius, por exemplo, que é uma loja espanhola (como a Zara), mas mais barata. Vale a pena conferir. As roupas da Mango duram muito.

Passear pela rua Rivoli não é só “coisa de turista”. A rue Rivoli é também o ponto de encontro dos parisienses quando pensam em compras.

Cheia de lojas de roupas, perfumarias,  sapatos e óticas, em uma rua somente você pode comprar praticamente tudo o que precisa.

A grande vantagem de percorrer a Rue Rivoli para compras e que você tem a parte que começa na Place de la Concorde, onde estão as lojas de souvenires que seguem ao lado do Museu do Louvre, você encontra a Benlux na esquina com a Avenida da Opera para as suas compras de cosméticos, e seguindo adiante você verá as grandes lojas de departamentos, enfim, é bom porque não tem como se perder: é só seguir em linha reta.

A Rue Rivoli em Paris é uma das ruas mais longas de Paris e se você seguir reto ela irá terminar “se transformando” na Rue St. Antoine. Se você ainda tiver energia, siga em frente também, e terminará na place de la Bastille.

Na Place de la Bastille tem um mercado de artesanato, com quiosques representando os países do mundo e você encontra de tudo la: chapéus Panamá a 35 euros, sabonetes de Marseille (ótimo para dar de presente, esses sabonetes são famosos por seus “poderes” medicinais, feitos a moda antiga, sem químicos esquisitos adicionados).

Bom, este é um roteiro que também vale a pena fazer, e é bem simples – uma linha reta mesmo:

Va ate a Place de La Concorde (metro concorde).

Siga reto acompanhando a rua Rivoli, passe pela estatua dourada da Joanne D’Arc, enfim, o que não falta são coisas interessantes pra ver nesta rua.

 

Ou:

Va ate a Place de la Bastille (metro bastille)

Compre aqui o seu chapéu Panamá he he. Siga reto na Rue St. Antoine, no Marais, e vá em frente ate encontrar uma bifurcação: passe para a Rue Rivoli e pronto, siga em frente ate encontrar a Place de La Concorde.

 

Leia mais...

La Vallée Vilage: O Paraíso outlet para compras a 40 minutos de Paris

junho 30, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Compras em Paris!

Essa Village, dedicada somente a compras merece uma visita.

Acompanhamento, guia de compras brasileira, transporte de onibus inda e volta incluido.

Para quem esta interessado em roupas de marca famosas, de alta qualidade, e não esta disposto a percorrer Paris de ponta a ponta a procura dos outlets das marcas espalhados por aqui, tem a opção de encontrar um lugar onde as lojas estão lado a lado.

A poucos minutos da Disney, a La Vallée Vilage é o destino certo para compras.

Com descontos que podem chegar ate a 70% esta é a oportunidade de você comprar sapatos, óculos, bijuterias, roupas, enfim, tudo no mesmo lugar.

Aberto todos os dias, também é o lugar ideal para ir aos domingos, quando todas as outras lojas estão fechadas.

A La Vallee Village abre as 10 horas da manhã e fecha as 8 da noite.

 

Você vai encontrar varias opções de restaurantes, cervejarias e brasseries e cafés para quando sentir fome, sede ou quiser dar uma pausa para descansar.

Apesar de ter praticamente todas as marcas que você imaginar, o La Vallée Vilage é muito pratico porque você encontra tudo reunido.

Este é um passeio perfeito para quem quer fazer compras em lojas de marca, mas não quer pagar os preços das boutiques no centro. Se você dedicar um dia para ir la, você vai economizar tempo e ainda se divertir muito, porque o lugar e muito bonito. Vale a pena!

 

Se voce estiver interessada/o em visitar com guia acompanhando, escreva pra mim:

 

Leia mais...

Intercâmbio cultural e hospedagem “free”: Sim, é possível e você também pode fazer!

abril 14, 2011 | Posted in Turismo dicas, Viver em Paris | By

Inspirada na minha filosofia de viajante independente, resolvi falar neste artigo sobre a possibilidade de realizar intercâmbio cultural durante a viagem de férias. Sim, é possível fazer intercâmbio sem precisar ficar meses em um país.

Existem comunidades virtuais de viajantes independentes, onde a filosofia é a hospedagem gratuita em troca de intercâmbio cultural. Entre essas comunidades, os mais conhecidos são o Hospitality Club (http://www.hospitalityclub.org/) e o CouchSurfing (http://www.couchsurfing.org/).

De uma forma geral, nestas comunidades basicamente você “se oferece” para receber pessoas em sua casa e também “solicita” hospedagem na casa de outros membros com o perfil compatível com o seu. Esses membros estão espalhados em todos os continentes, e você tanto pode receber na sua casa uma pessoa do Japão, como pode hospedar-se em Paris!

A primeira vista parece um pouco de loucura, mas cada uma destas comunidades possui regras claras para seus participantes, que são auto reguladas pelos membros e geralmente são respeitadas. Além disso, essas comunidades possuem ferramentas de segurança e verificação de seus membros, como uma forma de ajudar na segurança do projeto.

COMO FUNCIONA:

1) Você deve criar um perfil em um dos sites (eu indico o CouchSurfing), como um site de relacionamento, porém muito mais específico, já que o foco é voltado para hospedar e ser hospedado. Quanto mais detalhista você for, melhor na hora de solicitar hospedagem;

2) Depois de ter um perfil completo, participe dos grupos. Cada cidade tem um grupo. O grupo de Paris é um dos mais movimentados e ativos do CouchSurfing;

3) Se você mora no Brasil, nas principais capitais também tem grupos ativos, participe dos eventos e conheça pessoas. Isso é importante como forma de iniciar sua fase de confiança no projeto. Eu aconselho isso, assim você verá por si só que o projeto é realmente sério;

4) Antes de sua viagem pesquise pessoas que moram na sua cidade de destino, leia o perfil completo da pessoa e veja se há afinidade com você;

5) Se tiver a intenção de se hospedar, envie um e-mail solicitando, informe o período que você ficará na cidade e fale um pouco de você;

6) Você também pode simplesmente solicitar companhia para alguns passeios, alguma pessoas se disponibilizam a apresentar a cidade, tomar um drink ou apresentar alguma balada legal.

Sou entusiasta deste projeto, já hospedei pessoas na minha casa em São Paulo, já acompanhei em passeios pela cidade, baladas e fiz ótimos amigos entre brasileiros e estrangeiros. Isso tudo sem sair de São Paulo.

Claro que existem pessoas que não procuram entender a filosofia do projeto e acabam se equivocando ao tentar conseguir hospedagem de graça para economizar dinheiro na viagem, mas logo percebe-se que são a grande minoria e geralmente não conseguem nada além de uma recusa por parte de algum membro da comunidade.

Pessoas altamente conservadoras geralmente não se identificam com o projeto, mas se este não é o seu caso, vale a pena acessar os sites indicados e conhecer um pouco mais sobre assunto. Quem sabe na sua próxima viagem você acabe se hospedando na casa de um típico parisiense e tendo a oportunidade de mergulhar de cabeça na cultura e dia-a-dia da cidade luz?

Leia mais...

O seu sonho de conhecer Paris pode tornar-se realidade com o projeto “Vamos a Paris”

janeiro 11, 2011 | Posted in Compras em Paris, Turismo dicas | By

Alexia

 

UP-DATE: Infelizmente o projeto foi cancelado e a Cida não esta mais fazendo este passeio.

Estamos à procura de pessoas que estejam interessadas em trabalhar neste projeto. Voce quem sabe quer criar o seu proprio projeto? compras em Paris? Museus? Palacios da Europa?
Se voce mora no Brasil e tem interesse em trabalhar conosco, sendo pago por comissão, escreva para a gente: alexialiveira@artdeviv.com

Venha fazer parte da nossa familia artdeviv!

 

Se você sempre sonhou em vir a Paris mas não tem companhia, esta pode ser a sua oportunidade!
As minhas primeiras viagens a Europa, nos meus tempos de adolescente sempre foram solitárias. Aproveitei bastante, mas a gente tem de lidar com a situação de ficar sem conversar com ninguém por praticamente toda a estada. Eu passeava pelos museus em geral, mas restaurantes e compras tiveram de ficar de lado ( realmente não tem muita graça ir fazer compras sozinha).
Claro que comprei alguns livros porque ainda era estudante.
A minha solução foi vir fazer “cursos de verão” na minha área, o que ajudava a não ficar tao sozinha nos passeios, mas esses cursos alem de caros são super concorridos, ou seja, eu tinha de planejar tudo com quase 1 ano de antecedência.

Que maravilha seria se eu tivesse tido a oportunidade que temos agora, gracas ao projeto incrível da Cida Marques!

A proposta do projeto “Vamos a Paris” é organizar grupos para o  poder vir aproveitar ao maximo Paris.
Com a Cida, você vai passear pelas lojas e cafés da Champanhenses, 
Subir ao topo da Torre Eiffel, ir ao Arco do Triunfo e outros.
Durante uma semana, você terá a oportunidade de conhecer belíssimos lugares e lojas de Paris, (com a participação da idealizadora do projeto) Cida Marques.
O pacote inclui hospedagem em hotéis de categoria turística, city tour panorâmico, café da manhã, traslado aeroporto/hotel- hotel/aeroporto e programação de visitas especialmente elaborada onde você terá a oportunidade de conhecer a arquitetura, o mix da moda, a cultura, a gastronomia e o entretenimento local.
Diesel, Louis Vuitton, Gucci e outras marcas que são destaque na Europa, estarão no tour de compras. 
A equipe de turismo também selecionou os melhores locais para compras, exclusivamente para este pacote.
As principais atrações turísticas parisienses não vão ficar para trás. 
A Torre Eiffel, a Av. Champs-Élysées, o Arco do Triunfo, o Museu do Louvre, o Moulin Rouge, entre outros, vão dar um toque especial de charme e elegância à essa viagem inesquecível.
Venha conhecer a cidade luz em Abril.

Itinerário:

CANCELADO

 

 

Leia mais...

Compras em Paris: Vintage e artigos de segunda mão

novembro 24, 2010 | Posted in Compras em Paris | By

Paris é o centro comercial da moda e os parisienses são famosos pelo seu estilo único e elegante.

Já escrevi aqui sobre O estilo parisiense de ir às compras., e gostaria de dar um pouco mais de informação a respeito de como eles conseguem esse estilo.

O Parisiense de uma forma geral investe em peças únicas e interessantes, sendo assim as boutiques vintages são sempre um sucesso (não podem faltar no roteiro de compras dos parisienses).

Então, dando seguimento a nossa serie de artigos a respeito de compras em Paris, eu não poderia deixar de lembrar das lojas especializadas em artigos de segunda mão e vintage.

Mesmo que você não esteja muito interessado em roupas de segunda mão, essas boutiques são verdadeiras galerias de coisas interessantes que vale a pena conferir, nem que seja por curiosidade. Quem sabe você não encontra alguma coisa interessante?

Os mercados de pulgas de Paris são o primeiro lugar para procurar roupas vintage e de segunda mão, mas há também uma série de excelentes boutiques que podem ser encontradas nas ruas ao redor do Centro Pompidou e Les Halles. Esses lugares são pontos turísticos um pouco fora do roteiro “museus e galerias”, mas também muito importantes se você quiser experimentar a cultura Parisiense de uma maneira mais aprofundada.

A Boutique Igleide (12, rue de la Grande-Traunderie) é especializada em roupas vintage chic e acessórios, enquanto que o Kiliwatch (64, rue Tiquetonne) tem uma mistura de antigos e novos, bem organizado e com um preço ligeiramente mais alto. Vale a pena conferir.

Para o “Vintage Couture”, visite as três boutiques do Palais Royal de Didier Ludot (20-24 Galerie Montpensier e 125 Galerie de Valois, Jardin du Palais Royal, www.didierludot.com). Uma das boutiques é dedicada somente a vestidos pretos – imperdível!

Em St-Germain-des-Prés você pode encontrar alguns colecionadores, incluindo Ragtime (23, rue de l’Echaudé), com roupas antigas datam de 1860 e 1970, e Le Depot Vente de Buci (4-6 Rue de Bourbon-le-Château), vendendo muito roupas e acessórios dos anos 80.

Qual e a diferença entre vintage e peças normais de segunda mão?

Tanto o vintage como as roupas de segunda mão são usadas, mas nas lojas de roupas usadas você vai encontrar de tudo, coisa boa e porcaria.

Vintage eh um estilo, você encontra muito Chanel, Dior, roupas realmente especiais que valem ate mais do que os modelos novos. Se você não esta muito certa de que quer investir muito em uma roupa estilo vintage, que tal comprar uns óculos, ou algumas bijuterias deste estilo? Sempre dará um toque especial no seu visual. Experimente!

Leia mais sobre compras em Paris:

Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Dicas de turismo em Paris: Roteiros temáticos

novembro 22, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Estabelecer roteiros baseados em temas específicos torna muito mais fácil e produtiva as suas férias.O tipo de visita e passeios a escolher depende muito do tipo de experiencia que você quer ter em Paris. Paris é o centro turístico mais visitado no mundo, e não é a toa! Existe a Paris histórico- cultural, a gastronômica, a social, artística, religiosa, Paris para crianças e mais um infinito de opções.

Que tipo de turista é você? Quais são as suas prioridades de passeio ou experiencias que quer ter?

Vamos analisar alguns tipos de roteiros temáticos baseados em algumas prioridades:

Turismo Histórico cultural:

Este é o principal e mais comum tipo de turismo. É altamente recomendado para quem vem pela primeira vez e gosta de historia, palácios e museus.

Não vou aqui listar todos os Museus que você pode ir, mas se você pretende seguir este roteiro, aqui vai umas dicas:

  • Hospedagem:

Hoteis/albergues no centro da cidade (fique perto do metro!) são o indicado para você.

Aconselho a cadeia de Hotéis do Grupo Inter Continental, onde você vai encontrar hotéis conhecidos como o Holiday Inn; eu tenho ate cartão de usuário frequente, o que me da 20% de desconto no minimo nestes hotéis (eu já me hospedei no Holiday Inn em Paris, Hong Kong, Thailandia – Phiphi Island e Phuket). Estou aconselhando porque eu já testei o bastante para garantir que são bons.

Mas toda a rede Inter Continental é ótima. Você tem o link do web site da Intercontinental aqui no blog, com um minimo de 20% de desconto. Voce pode pesquisar por hoteis aqui mesmo no blog.

Albergues baratos: eu aconselho o site do Hostelworld, que tambem tem aqui no blog o link. Já utilizei o Hostelworld para uma viagem a Normandia (fica perto de Paris) e gostei muito do hostal – superbarato.

  • Passes de museu/metro/Bus tour (passeio de onibus turistico, onde você para onde quer e depois pega o próximo para seguir o passeio).

Para quem vai visitar muitos museus e seguir este roteiro cultural de Paris, aconselho firmemente o Paris Pass. Também provado e aprovado por mim. Eles dão um guia turistico (livro de 120 paginas) para você seguir. Comprei um passe de 2 dias e foi ótimo. Com um passe destes na mão você vai passear pelo Sena de barco, vai degustar vinhos em adegas, e claro visitar tantos museus quantos você quiser.

  • Não precisa mais nada.

Turismo Gastronômico

  • Segundo tipo de turismo mais popular, principalmente entre os Norte-Americanos.
  • Neste caso aconselho ficar em Hotel com café da manha incluído, o que não acontece na maior parte do albergues. Aconselho Hotel mesmo.
  • Para ter uma verdadeira experiencia gastronômica sem gastar uma fortuna, adira a programas do tipo  Restoprive (Restoprivé – Page d’accueil) , por exemplo, que da descontos incriveis pela internet, se você reserva através deles você vai economizar muito.
  • Outro programa incrível é o Lafourchette, parecido com o Restoprive, com a diferença que você não precisa pagar pelo restaurante online, você só faz a reserva, tem descontos tambem e o site deles é , na minha opinião, melhor para quem não fala francês (você pode mudar o idioma), alem de poder fazer pesquisa por área em todas as regiões de Paris.
  • Ambos os programas eu aconselho. Vá ao site deles, inscreva-se e comece a receber as novidades. Assim você já vai tendo uma ideia dos preços e dos restaurantes (os sites tem montes de fotos). Inscrever-se para receber o e-mail deles é  de graça. Eu uso os 2 programas.
  • Eu tambem aconselho viajar um pouco ao norte a ter uma verdadeira experiencia com queijos franceses. Você pode encontrar informação aqui no blog sobre vários lugares incriveis e perto de Paris na Normandia – este é o lugar para experimentar queijos e afins.
  • Quem vem pensando passear pensando na gastronomia francesa vai se beneficiar se tiver com um laptop ou netbook, iphone, etc. É a melhor maneira de consultar os sites, ver onde ir, olhar mapas e etc. Não aconselho livros impressos, aconselho mapas.
  • Compre vários “carnets” de 10 tickets para usar no metro, não precisa comprar um passe.
  • Instale um dicionario ou tradutor no celular – só pra per certeza de que você esta pedindo a comida certa no restaurante.
  • Dica: existem vários restaurantes caríssimos em Paris, alguns eu já experimentei e posso dizer: a comida não é muito, muito melhor do que os restaurantes com preços razoáveis. Experimente também o restaurante dos hotéis que você ficar, geralmente são ótimos.
  • Nos restaurantes, opte pelos menus prontos, com entrada, prato principal, saladas e sobremesa.
  • Não esqueça dos vinhos!

Turismo Religioso

Esse é o tipo de turismo mais barato, a maioria das catedrais, igrejas e afins são de graça.

Eu fiz muito esse tipo de turismo quando adolescente, não por questões religiosas mas porque as catedrais da Europa são uma experiencia a parte. Vale a pena.

Você só precisa de:

  • Um guia turistico (pode ser impresso, não muda nada a anos mesmo).
  • Um passe de metro ou “carnet” de bilhetes.
  • Um mapa
  • Bons sapatos para caminhar por ai.
  • Se for verão, cuidado com os shorts, as vezes eles não permitem a entrada de pessoas com roupas muito “abertas”.
  • Veja as programações culturais das paroquias, geralmente tem afixado nas portas concertos de órgão, canto, canto gregoriano, etc. De graça! Pra quem gosta de musica sacra a Notre Dame tem ótimos cantores, se você gosta pode ir a missa de domingo la.
  • Não perca a oportunidade de visitar as principais catedrais de Paris ao entardecer, o sol batendo nos vitrais deixa a catedral com um ar magico.

Hospedagem:

Qualquer lugar perto do Metro, mas não na área da Gare du Nord (essa e a área do Mulin Rouge). A 19eme fica um pouco fora do contexto do passeio, porque é a zona de prostituição, etc.

Melhor para outro tipo de “roteiro”.

Aconselho albergues em geral, hotéis pequenos e baratos, no centro.

Paris para crianças:

  • Viajando com crianças? Escolha um dia para ir a Disney Paris (site oficial), Ao Parque do Astérix (site oficial) entre outras diversões como as praças e jardins no centro da cidade (O Jardim de Luxemburg não pode faltar no roteiro!)

Faça um picnic a beira da torre Eiffel, use os parques e divirta-se! Todos os dias as 10 da noite tem um espetaculo maravilhoso na torre eifell que fica toda iluminada, vale a pena ver! As criancas vão adorar e voce tambem.

  • Alojamento:

Recomendo alugar um apartamento em vez de ficar em hotel.

De uma olhada no site do Residhotel.  Já usei os serviços deles e adorei.

No próximo artigo escreverei um pouco mais sobre outros roteiros, tais como Turismo Artistico, Social (Paris durante a noite!) e Compras em Paris (Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris).

Ate breve!

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Viagem de Trem: A melhor forma de ver a Europa

novembro 18, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Dicas de Turismo:
Viagem de trem pela Europa é conveniente e barata. Com uma ampla variedade de destinos, passagens e horários, você pode usar o seu tempo da melhor maneira possível.

Relaxe em um cômodo ambiente, escute a língua local e observe as paisagens do pais a passar pela sua janela.

Veja essa lista de algumas das vantagens do trem em comparação com o avião e o automóvel. Por que viajar de trem?

1. Melhor uso do seu tempo

Graças aos serviços frequentes você normalmente tem a flexibilidade de escolher o horário que mais convém. Para viagens com duração entre 1 e 4 horas (200 a 900 km) o trem de alta velocidade te leva ao destino, o centro da cidade – você não quer ter de gastar mais dinheiro em taxi para chegar ao seu verdadeiro destino.

É mais rápido do que viajar de avião, dando a você mais tempo para o que interessa: aproveitar as cidades. Com viagens de centro a centro das cidades, terminou o tempo perdido sentado no aeroporto ou viajando a um aeroporto distante (as viagens de avião Low-cost não te levam para os aeroportos principais!) E com uma média de 90% a 95% de pontualidade, a economia de tempo é ainda maior.

Mas fique atento: os trens são pontuais, não chegue atrasado!

2. Com passe de trem é mais barato!

Com uma variedade de Passes de Trem e passagens Ponto a Ponto que cabem em todos os bolsos, além de ofertas especiais habituais, você pode fazer com que o seu dinheiro dure mais. Reservar com antecedência significa não ter que ficar na fila para comprar passagens nas estações mais procuradas, e também economizar.

3. A melhor forma de ver (mesmo!) a Europa

Você veio à Europa para ver a Europa – por que perder tempo voando sobre ela? Em vez disso, recline o assento e aproveite o burburinho das línguas europeias ao seu redor. Admire as paisagens. Tire fotos, filme! Aprecie os pontos turisticos no caminho! Para uma autêntica experiência europeia, viaje de trem!

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

10 Dicas para fazer férias baratas em Paris

novembro 15, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Dicas de turismo: Como economizar durante as férias?
Férias em Paris! Outono, Inverno, Primavera ou Verão. E sempre boa estacão para visitar Paris.
Ao contrario do que se pensa, Paris pode não ser tao caro assim. Viajar planejando bem os seus dias e observando as suas prioridades vale a pena. Afinal você não que ficar sem dinheiro durante as férias, não e mesmo?
Viagens à Europa podem custar caro, ainda mais se você quiser is a muitos museus e restaurantes, por exemplo.

Mas relax! Com um pouquinho de organização, tudo pode ser feito. Se você planejar e seguir os meus conselhos abaixo, sua viagem tem tudo para ser maravilha. Se voce souber administrar bem os seus gastos, podera ainda voltar para casa com dinheiro (ou sem muitas dividas!).

1. Planeje a sua viagem para Paris ou outro lugar da Europa antes, especialmente se ela for uma viagem a solo (se voce não for usar pacotes ou excursões), que eu acho bem melhor. Você terá autonomia para escolher os lugares mais adequados ao valor que você está disposto a gastar. O grande problema de viajar com um grupo desconhecido e que as vezes você perde um tempo enorme em lugares que não iria se tivesse tido a opção de escolher. Pesquise, faça roteiros, leia sobre os destinos e quanto mais ou menos se gasta por dia em cada um deles.

2. Compre a sua passagem também com antecedência. Quanto maior for a antecedência, maiores são as suas chances de achar preços melhores. Os preços das passagens aérea varia bastante. Eu aconselho comprar pela internet que sai mais barato.

3. Em Paris não existe “baixa temporada”, mas épocas como Natal e Réveillon são muito concorridas. Isso significa que se você vier nesta época, aconselho programar bem e não deixe para comprar tickets de operas, teatros e outros espetáculos na mesma semana. Eu aconselho comprar com pelo menos 2 semanas de antecedência.

4. Quando voce for planejar a sua viagem, pesquise sobre os hotéis ou hostais na internet. Livros nunca vão ser mais atualizados que a internet. Confira os preços, procure as promoções, veja o que e melhor, se hotel, hostal, alugar apartamento, etc.
Alias alugar apartamento e ótimo para quem vem com a família para passar o Natal, por exemplo, vocês podem programar uma bela ceia em casa mesmo. Muito mais barato e com direito a arvore de Natal e tudo mais! Para quem tem filhos pequenos e uma ótima dica, eles não gostam muito de ficar um tempo enorme em restaurante.

5. Aproveite para experimentar os restaurantes locais saindo um pouco da área turística. Já dei aqui dicas aqui sobre restaurantes que oferecem ate 50% de desconto para quem fizer a reserva pela internet.

6. E claro que você vai querer visitar alguns museus, então, é recomendável que você compre o paris passe para economizar nos museus (um passe de 2 dias e suficiente). Além de economizar, você vai economizar também seu tempo, muito valioso em viagens. Em cidades onde o fluxo de turistas e grande, as filas para comprar as entradas podem ser enormes.

Voce pode comprar o passe de museu/metro “Paris Pass” aqui:


60 Ways To Save In  Paris - Paris Pass, Buy Now

7. Evite trocar o seu dinheiro nos aeroportos. A diferença das taxas, em relação a outros pontos de troca pelas cidades sao altas. Traga Euros, não traga dólares, porque trocar Real-Dolar e depois dolar-euro não e vantajoso. Esqueça os dólares se vier para a Europa, OK?

8. Se você pretende conhecer vários lugares (cidades), compre bilhetes para o trem noturno e aproveite para dormir na viagem, caso o trajeto seja longo, assim você já economiza na diária de hotel. Veja aqui no blog o link para o web site da rail europe. Ali você vai encontrar links para todas as opções de passes de trem por toda a Europa!

9. Utilize cartão de crédito para sacar dinheiro. Analise bem as taxas que voce tem de pagar, mas normalmente elas costumam ser as melhores.

10. Comunique-se com a família por e-mail. E muito mais barato do que telefone.

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

40 Dicas de Turismo em Paris: Como aproveitar ao máximo as suas ferias!

novembro 13, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Mais dicas de Turismo para que as suas ferias em Paris sejam fantasticas!

1.As Galerias Printemps (ficam perto das Galleries Lafayettes – na mesma area da Opera Garnier- metro L’Opera) oferece um serviço de concierge para turistas estrangeiros para conseguir entradas para shows ou clubes noturnos.

2.Chegue cedo na estação de trem pois os detalhes de chegadas e partidas são difíceis de entender em um idioma estrangeiro. Boa viagem!

3.Aproveite o bom tempo para fazer um piquenique no Canal St Martin na primavera ou verão.
Se tiver tempo, visite o Vale do Loire, Chambord e Chenonceau que são castelos incríveis!

4.O Chateau de Versailles vale a pena visitar: pegue o trem linha Versailles-Chateau-Rive Gauche que segue o rio Sena e pare próximo ao castelo para aproveitar o cenário do caminho.

5.Arranje um tempo para uma taça de champanhe no St Pancras Champagne Bar antes de tomar o Eurostar caso você esteja viajando de trem.

6.No verão, você pode dançar tango ao ar livre no Quai d’Austerlitz! Bom se você não sabe ou não gosta de se expor assim, vale a pena olhar os outros também!
7.Apesar do metrô de Paris ser ótimo, muitas estações não têm elevadores ou escadas rolantes, evite carregar malas muito pesadas!

8.Os guias turísticos que ficam do lado de fora de Pere Lachaise adaptam seus tours de acordo com seus interesses. Negocie o preço antes!

9.Há um passeio de patins semanal em Paris: aos domingos para principiantes, sextas para quem tem mais experiência. É uma tradição no Natal!

10.Há um cinema ao ar livre em La Vilette no verão,
11.Explore as ruas menos conhecidas para conseguir melhores preços e encontrar lojas mais interessantes.
12.Recomendo La Musee de la vie Romantique no verão: lindo local e tem um ótimo salão de chá.
13.Procure o aviso de “Hotspot” no seu trem: significa que Wi-Fi está disponível a bordo.
14.Se seu orçamento está apertado, pegue o ônibus linha 42 para fazer um tour barato de Paris.

15.Você deve subir o Grand Arc of La Defense para uma vista espetacular da cidade.

16.Torre Eiffel à tarde, com suas luzes brilhante, é uma visita obrigatória!
17.Se você estiver em Paris em outubro, “La fete des vendanges” em Montmartre é uma boa opção.

18.Tome chá com bolo no Fauchon ou Laduree.

19.Faça o passeio de um dia no ônibus turístico e pare nos pontos turísticos ao longo do dia.

20. Um passe de 3 dias para a maioria dos pontos turísticos terá a metade do preço normal e você não precisara entrar na fila para comprar o ticket! De uma pesquisada no Paris pass, que ainda vem com passe de metro junto.

21.Tente programar a sua viagem para estar em Paris no primeiro domingo do mês. Todos os museus são gratuitos, inclusive o Museu do Louvre.

22.Assegure-se de ser pontual, pois os trens são!
23.O sistema de metrô de Paris e ótimo e os ônibus RER também são fáceis de usar! Se você não que comprar um passe, peca
24.O Marais é um bom lugar para visitar aos domingos, quando muitos lugares de Paris estão fechados. Tomar um brunch é uma tradição.
25.O Museu Le Bourget Air & Space não aparece muito nos guias turísticos, mas é uma visita obrigatória se o assunto te interessa.
26.A vista de cima do Pantheon é a melhor em Paris, não só na minha opinião como de muita gente, vá conferir que vale pena!
27.O centro de Paris tem um tamanho razoável, você pode ver muito em 4 dias, programe-se bem!
28.Leve seu melhor sapato para caminhadas! Escolha um sapato mais usado, não tente usar sapatos novos que podem ainda estarem muito duros.
29.É possível conseguir refeições baratas: faça um piquenique na Pont des Arts, visite as ruas de Rosiers para comer um felafel ou aproveite os melhores crepes de Paris no Breizh Café, em frente ao Museu Picasso.
30.Use os trens noturnos para viajar entre as maiores cidades e maximizar seu tempo de passeio durante o dia, durma no trem e acorde em outro lugar, cheio de energia para o passeio!
31.A Disneylândia de Paris fica próxima da cidade – seus filhos vão agradecer! É um dos pontos turísticos imperdíveis para quem viaja com crianças!
32.Áreas como 13th arrondissement, onde há uma grande comunidade chinesa, dão um toque diferente à cidade. Uma boa dica é o “Fleur de Mai” (61 avenue de Choisy) para uma excelente sopa.
33.Café no Les Deux Magots, caminhar pela rua des Rosiers em Marais, sentar-se ao sol na praça des Vosges….tantas coisas para fazer, programe bem o seu tempo mas não veja tudo na correria, desfrute os bons momentos, relaxe, você esta em férias!
34.O Museu Rodin não é muito grande ou cheio de gente e tem um lindo jardim com uma cafeteria. Vale a pena conhecer!
35.Viagens de avião podem ser econômicas, mas taxis de aeroporto são caros. Um passe de trem que possibilite ir do aeroporto ao centro é muito conveniente se você não esta viajando cheio de malas pesadas.

36.De Paris é fácil chegar até a Normandia de trem e a viagem vale a pena

37.Confira todas as possibilidades de passeios, viagens e passes de trens no site da RailEurope, que tem o link aqui no blog com descontos para os leitores (se você acessa o site pelo link você tem desconto maior).

38.Aproveite as promoções e dicas aqui do nosso blog! Você pode economizar muito usando as promoções e links de desconto.  39.De uma olhada nas opcoes de hospedagem no diversos links aqui do blog.

40.Viajando de trem, use o seu tempo a bordo para planejar o que quer ver, para tirar fotos das paisagens, para dormir, ou para comer. Relaxe!

41.Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

O estilo parisiense de ir às compras.

outubro 18, 2010 | Posted in Compras em Paris | By

Estilo parisiense de ir às compras.

Os parisienses não mudam de guarda roupa a cada estação, ou seja, não compram um novo casaco a cada inverno que chega. Quando vão as compras, eles buscam roupas de qualidade que sejam capazes de durar vários anos. É por isso que se vê muitas cores básicas na rua, muito preto, marrom, cinza e azul escuro. Fica legal porque as roupas de todo mundo combinam umas com as outras.

Normalmente eles tem um bom casaco preto, marrom ou cinza, uma jaqueta de couro/jeans, um impermeável de meia estação e outro de inverno. Se vê muito casaco e jaqueta de couro nas ruas,de todos os modelos e tamanhos.

Outra coisa que eles fazem muito e combinar marrom com preto e com cinza, coisa que normalmente é vista como um “no no” em termos de moda. Mas como as roupas são de boa qualidade fica bem bonito.

É normal o parisiense esperar as temporadas de saldos e comprar peças mais baratas mas de boa qualidade. Quando encontram alguma coisa que tem qualidade e esteja com um preço bom, normalmente compram 2, 3 peças iguais para guardar e usar mais tarde- note bem: não é porque está barato que eles compram uma camisa de cada cor – eles compram varias da mesma cor! Como eles normalmente compram coisas num estilo mais clássico, nunca sai de moda. E claro que eles acompanham as tendências da moda, mas não investem em muitas peças, um acessório ou outro é o suficiente.

É muito comum eles comprarem em lojas outlet- aquelas lojas que vendem roupas de marca, verdadeiras, não são falsificadas, são de estações passadas. Eu costumo comprar Le Cooper, Banana’s Republic, entre outras marcas de qualidade nessas lojas. Afinal uma calça preta é sempre uma calca preta, não importa muito se é da coleção do inverno passado ou deste. E essas roupas duram muito! Eu tenho calças que estão perfeitas e já tem 10 anos!

Eu escrevi um artigo com os principais enderecos destas lojas em  Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris.

Uma coisa interessante sobre as francesas é a que respeito das bolsas que usam. Não existe essa de ter uma bolsa para o trabalho, outra para o fim de semana, outra para “ocasiões especiais”, outra para sair de noite, outra para sair de dia, etc. Elas tem uma mini colecção de 4 ou 5 bolsas, com tamanhos diferentes, e pronto. Essas bolsas duram a vida inteira e passam de mãe para filha! Uma bolsa Louis Vuiton ou Hermes pode durar gerações e elas usam no dia dia, não e só para dias de festa.

A respeito das calças jeans (as azuis denin: blue jeans), por exemplo, os homens usam regularmente, mas é difícil ver uma parisiense todo dia usando blue jeans. É claro que se vê muito blue jeans nas ruas, mas são mais os turistas que usam mesmo.

up-date: 4 meses depois de escrever este paragrafo sobre o uso de jeans entre os franceses, noto que tenho visto a maior parte das pessoas (mulheres inclusive) usando blue jeans ans ruas de Paris. Otima noticia pra quem gosta de usar jeans!

Parece que não é comum o conceito “ ah… só comprei porque era barato mas não gostei muito da cor…”

Os parisienses tem um alto padrão estético e senso de estilo, não se aventuram a usar uma coisa que eles não acham legal só porque “estava barato”. São amantes da arte, do luxo e da beleza, até parece que são todos librianos.

Leia mais...

Dicas de acomodações baratas na França! Hostais, albergues, hotéis baratos e camping

outubro 15, 2010 | Posted in Hoteis | By

Dicas de acomodações baratas na França!
Hostais, albergues, hotéis baratos e camping.
Estou fazendo uma pesquisa a respeito de acomodações na França, e como já tinha falado do Residhotel em Dicas de Turismo na França-Mulhouse (Alsace), resolvi experimentar outros serviços na internet para reserva de acomodações. Este que pesquisei e o Hotelscombined e aproveitei o fim de semana passado para “testar o produto”. Estou tentando ser honesta com as dicas e experimentando os serviços antes de colocar aqui. Como esse e um blog pessoal que mostra o meu nome, não quero ficar associada com maus serviços, ok?
Achei fácil de usar o site, fiquei em um hostal “médio preço” e adorei. Depois escrevo um artigo contando sobre o passeio e dando as dicas.
Aqui vão as dicas então para quem esta procurando lugares baratos para ficar na França:

Save on your hotel, spend on yourself

Hotelscombined e o líder do mercado para reservas de acomodações de todos os preços, perfeitas para viajantes independentes que querem liberdade e comodidade sem estarem presos a nenhum pacote turístico em especial. O que eu costumo fazer quando viajo é ver no mapa os lugares que eu quero ir, colecionar informações básicas sobre os pontos turísticos e reservar a primeira noite em um hostal ou hotel. Depois eu vejo se e bom, e afinal o tempo previsto para o passeio esta certo (as vezes você planeja ficar uma semana em um lugar, chega lá e afinal decide que seria melhor ficar 10 dias ou mais).
O Hotelcombined e fantástico quando você não esta querendo gastar muito em acomodação (tem hostais muito baratos mesmo, outros médios, outros muito bons mais caros).

Você pode procurar hostais por preços, lugar aqui mesmo no blog, em cima do cabeçario (header) tem uma pagina dedicada exclusivamente para a busca de hoteis no hotelscombined.
Não esqueça ver os comentários dos viajantes que se hospedaram nos hostais que você esta buscando, leia bem, essas informações são valiosas. Se muita gente diz que e ruim e melhor não arriscar. Tambem  é normal as pessoas irem colocando comentários quando não estão muito satisfeitas, mais do que quando estão, então não leve muito em consideração um ou outro comentário negativo, se a maioria diz que vale a pena. Veja bem as fotos, veja no Google Earth a localização do hostal pelo endereço, veja se o lugar é interessante.

Aproveite a oportunidade, dê uma olhada mais de perto nas promoções!
Também e uma boa idéia fazer uma reserva barata pra mostrar no aeroporto, se você quer mudar de idéia e partir pra outros lados afinal foram só uns 20 euros despesa.

 

Leia mais...