Paris no inverno – 5 Dicas para Ajudar Você a escolher as roupas certas para passeios em Paris.

outubro 25, 2013 | Posted in Turismo dicas | By

Em um clima frio como o de Paris, é sempre bom estar bem preparado para que os seus passeios pela cidade sejam confortáveis e que você possa ver tudo o que Paris tem de lindo no inverno, sem congelar na rua!
Aqui vão, então, dicas de como vestir-se para poder aproveitar ao máximo a sua estada em Paris:
1.Vista-se em camadas.
Quanto mais camadas, melhor. Vestir-se com varias camadas de roupa são a melhor opção, vamos analisar porque:

Camadas preenchem o espaço entre você e seu casaco de inverno (externo) com isolamento. Uma camiseta interior, uma camisa, um suéter: cada um representa uma camada. O seu casaco de inverno é mais uma camada. Quanto mais camadas de isolamento, melhor.
Camadas tendem a prender o ar melhor. Se você tiver apenas um casaco, o ar quente próximo ao seu corpo tendem a vazar para fora da parte superior e inferior do casaco quando você faz movimentos do corpo, esfriando você . Camadas ajudam a manter este ar quente perto de você.
Camadas permitem que você regule a temperatura do corpo com mais precisão. Se você ficar muito quente, você pode sempre abrir uma camada – começando com abertura no topo do seu casaco e, progressivamente, abrindo mais e mais camadas quando você começar ficar mais quente com a caminhada.
2.Escolha um bom casaco. 
Na minha opinião, não há nada mais quente e mais leve do que um casaco de nylon com forro de penas tipo “parca” ou uma “doudoune”,
O problema é que eles não favorecem a todos os tipos físicos (na verdade nenhum eu acho), eu por exemplo, evitava, porque fico parecendo um astronauta, mas afinal é tão fofinho e quentinho, além de pratico que não tem como resistir. Enfim, no inverno deixe a vaidade um pouco de lado.
Se você gosta, vá em frente. A outra opção, mais cara e mais elegante, também quente mas não tão leve são os casacos de la. Estes não são tão quentes como que os de nylon e não são tao leves. Existem casacos de lã que também são impermeáveis, estes são uma ótima opção desde que você vá usar depois, e não somente na viagem, porque são bem caros.
Muitas vezes, materiais sintéticos são altamente recomendados. Antes de comprar materiais sintéticos, no entanto, esteja ciente do seguinte:
A lã vai manter você quente mesmo quando está molhada. Não sei de nenhum material sintético que vai fazer isso. Algodão seria realmente a ultima opção, porque “gela” quando molha, portanto cuidado com as calças jeans se o tempo estiver com cara de chuva. Nylon é bom tambem, e os casacos impermeaveis de chuva. Ha sprays que voce pode deixar qualquer tecido impermeavel (até a proxima lavada).
Materiais naturais tendem a respirar melhor. Isto pode ser crítico quando você começar a caminhar e a transpiração precisa evaporar, porque você molhado vai sentir frio depois.
Se voce não tem um super casaco, coloque um moleton com fecho, uma jaqueta tipo jeans e uma jaqueta de nylon (dessas fininhas de verão mesmo, tipo “corta vento”. Por dentro, um blusão de la e voce fica quentinho.
Aqui em Paris voce pode comprar um bom casaco barato na Zara, Uniqlo (recomendo muito), enfim.
3.Esteja ciente que você perde mais calor através de sua cabeça do que qualquer outra parte do corpo.
A nossa  cabeça nunca sente frio, mas…
O fato da sua cabeça não sentir frio não significa que você não está perdendo o calor.  Você não vai sentir perda de calor pela cabeça, você vai sentir as suas mãos e pés frios!
A razão de seus pés e mãos estão frias é porque você está perdendo calor na região da cabeça. Por quê? Porque as mãos e os pés são de baixa prioridade e sua cabeça é a principal prioridade.
Lembre-se então! Use um chapéu para bloquear o “vazamento de calor”.
Se você der prioridade a manter a cabeça quente, você terá vencido metade da batalha para manter seu corpo quente.
Não tente ficar chic ou na moda, use um chapéu que seja quentinho mesmo, de la, pele ou couro, com forro, touca quentinha, etc.
4.Mantenha os pés aquecidos.
Seus pés estão em contato com o chão frio. Você deve usar botas ou tenis/sapato com um bom solado, para isolar o frio.
Novamente, os materiais favoritos são os naturais. Use meias de lã, uma ou duas. Se você só tem 1 par de meias de la, coloque as meias de la primeiro, e outra qualquer por cima. Meias sinteticas tipo de sky são perfeitas. Hoje em dia ha muita meia com “alta tecnologia” que são finas e bem quentes.
5.Mantenha o seu pescoço quente.
Um lenço ou echarpe ao redor do pescoço e muito melhor para aquecer do que uma blusa de gola alta, porque você tem a opção de tirar quando entrar em um restaurante ou loja, por exemplo.
Há duas razões importantes para usar uma echarpe:
Você quer ficar o menos exposto ao frio e ao vento. Esta razão  é o óbvia.
A razão menos óbvia é que você quer para selar o topo de sua jaqueta para que não escape de ar para fora do corpo de sua jaqueta. Você perde muito calor Quando o topo do seu ano jaqueta é basicamente buraco aberto em torno de seu pescoço.
Então, em resumo, você não precisa ficar parecendo um astronauta nem precisa de roupa especial para vir pra ca, você precisa de camadas, materiais térmicos que não esfriem quando molhados, tipo la, cashmire, merinos, seda, etc. E só usar roupas em camadas. Evite colocar camisetas interiores de algodão puro, porque o algodão não seca e se você transpirar você vai gelar.

Segue então, por ordem de prioridade, como você deve pensar ao vestir-se:

  • Primeiro, você quer manter seu torso quente.
  • Em segundo lugar, mantenha a cabeça quente.
  • Terceiro, você deseja manter os pés quentes.
  • Quarta, mantenha seu pescoço quente.
  • Quinto: as mãos quentes.
  • Sexto: manter suas pernas quentes .

leia tambem o artigo sobre o que colocar na mala no outono e no inverno em Paris

Leia mais...

Dicas de viagem! O que vestir em Paris no verão!

maio 1, 2012 | Posted in Cultura Francesa, Turismo dicas | By

Verão em Paris, o que colocar na mala?

Ola pessoal!

Em primeiro lugar, gostaria de esclarecer uma coisa que faz um pouco de confusão com o pessoal no Brasil, que não esta sempre viajando. Quando é inverno no Brasil, aqui é verão. Quando é primavera aqui, é outono no Brasil, ou seja sempre ao contrario. Pode parecer obvio para os viajantes acostumados, mas acreditem que muita gente não sabe.

Então, vamos falar um pouco do que colocar na mala para estar preparada para o verão parisiense.

E normal as pessoas ficarem um pouco inseguras ao virem para Paris, já que aqui os parisienses terem fama de andarem sempre na ultima moda e ligarem muito para estilo, etc.

Vamos começar então pelo começo:

O conceito de moda aqui é bem diferente do que no Brasil. Apesar da Europa ser dita como lançadora de moda para o resto do mundo, o Brasil segue muito mais o estilo Americano de vestir (eu costumo chamar de moda Miami, ou moda Califórnia, cabelos mechados e alisados, roupa sexy, você sabe do que eu estou falando né?).

Os parisienses estão mais preocupados em acessórios do que em outfits completos da moda, ate porque aqui, pela qualidade e preço das roupas (sem crediário…) não se tem como ficar fazendo shopping terapia todo o sábado. As pessoas usam as roupas ate não dar mais mesmo, inventando, criando, pintando e bordando (as vezes literalmente rsrs), com o que tem. Por isso echarpes e cintos são um must por aqui. Assim se muda o visual com uns poucos euros, sem precisar ficar comprando blusas e calças o tempo todo. E de resto, vivem usando e repetindo os seus básicos de qualidade que compraram a 10 anos atras.

Vamos então as dicas:

Ah… o verão! Corpo a mostra!

Hora de mostrar que todas aquelas horas malhando na academia valeram a pena, mostrar que você esta em plena forma e que nem aparenta a idade que tem, certo? Não. Pelo menos em Paris.

 Aqui não se tem cultura nem moda de praia. Não traga shorts ou blusas com costas de fora, porque depois você não pode entrar nas igrejas ,etc. Bermudas (larguinhas) são bem vindas mas saias são mais polivalentes, dando pra usar de dia, com sapatinho tipo bailarina e camisete ou camisetinha lisa, e de noite com sapatos sociais e uma blusa bonita você já esta pronta para jantar em um lugar fino ou mesmo ir ao Moulin Rouge, etc. Esqueça a roupa de academia em casa.

Não compre roupa nova pra vir. Roupas por aqui não ficam velhas, elas se tornam “ vintage”. Pode usar sem medo, desde que sejam de boa qualidade. Sapatos bons pra caminhar são sapatos velhos, usados e amolecidos, portanto nada de ficar gastando os euros que você poderia usar pra gastar por aqui comprando um sapato pra vir.

 Tenha cuidado com estampas muito florais ou oncinhas, porque elas são muito casuais e depois fica difícil de usar se você precisar ir a algum local que exija traje social. Prefira as cores lisas e mantenha-se fiel a uma paleta de cores para não precisar trazer muita coisa. Uma saia tipo secretaria em cor neutra tem muito mais utilidade do que uma saia florida, a não ser que você saiba combinar muito bem com outras coisas bem discretas.

 Não mostre muito a pele: Se você esta com uma blusa muito aberta, cubra as pernas. E Vice versa. Tenha atenção a sua idade: aqui as pessoas se vestem de acordo com a idade, mesmo estando com o corpo bonito, umas bermudas curtas podem ficar ótimas em uma adolescente, mas não são muito bem vistas de você já passou dos 50. Mesmo que você tenha lindas pernas.

 Prefira sapatos fechados ou bailarinas para andar pela cidade, sandálias cansam muito os pés e podem ser usadas de vez em quando mas não todos os dias. A não ser que você esteja bem acostumada em usá-las.

 E por ultimo, mas não menos importante: Não se vista para “arrasar”. Aqui ninguém faz isso (só os turistas).

Mesmo que o seu intuito seja encontrar o seu príncipe encantado por aqui, os franceses não encaram muito na boa essa coisa de popuzuda, leggings com tops curtos, e minivestidos super ultra sexy – você corre o risco de ser mal interpretada.

Mantenha-se discreta e assim você chamara a atenção pelo lado positivo e não pelo negativo. Invista na maquiagem, no cabelo, enfim, tem varias coisas que você pode fazer para ficar bonita sem ficar muito provocante. No Brasil é super normal, mas aqui não. O meu marido mesmo ate chama essas oncinhas, leggings e botas por fora da calça apertada de “estilo brasileiro”. E para quem quer saber, ele não acha bonito.

 Enfim, resumindo, entre um minivestido apertado de costas de fora e umas calças de linho largas e uma camisete, fique com a segunda opção. No mais, relaxe, você esta de férias e no verão é mais provável que você veja mais os outros turistas por aqui do que franceses.

 Agora, uma lista do que você deve colocar na mala:

 1 Saia reta clássica lisa, ou saia plissada, lisa também

2. Uma bermuda ou saia mais informal.

Sapatilha, sapato boneca, sapatenis, enfim, sapatos bons pra caminhar. Ou espere para comprar uns Mefistos por aqui. Esses são sapatos super confortáveis para caminhar, franceses. Campers são ótimos também, porém são espanhóis. Traga uns scarpins para sair a noite.

Calça jeans – 1 somente, para viagens de trem, passeios no campo tipo em Giverny ou Versailles, etc.

3 Camisas ou camisetes de cor lisa

2 Calças de linho largas para andar no dia a dia. De preferencia a fibras naturais: Rami, seda, canhamo, algodão, também são ótimos.

3 camisetas pequenas (não traga camisetas coloridas com coisas escritas na frente, traga tipo baby look lisas que assim você pode colocar echarpes e estar bonita.

Echarpes e lenços de seda.

Aproveite para trazer as suas joias ou bijuterias que você herdou da sua avo e nunca usou porque no Brasil coisa velha não se usa. Aqui você vai fazer o maior sucesso com um detalhe vintage no seu outfit. Lenços antigos, bolsinhas do tempo do guarana de rolha, broches do tempo que a sua bisa ainda era mocinha, enfeite de cabelo, enfim, vale tudo desde que não seja uma peça de 10 centímetros de tamanho, é claro (tirando a bolsa, é claro, essa poder ser maior do que 10 cm, logico).

Enfim, aproveite para testar os seus dotes criativos e traga peças básicas, muitos acessórios de qualidade, lenços , etc (deixe os brincos de plastico e bijuterias douradas de 10 cm para a sua viagem aos USA).

 Atenção:

Esta é somente a minha opinião. Na realidade, desde que voce não esteja usando burka, tudo é permitido.  De resto, algumas restrições quanto as igrejas, restaurantes finos, Moulin Rouge e nada mais.

Leia mais...

Primavera em Paris: O que colocar na mala

março 13, 2012 | Posted in Turismo dicas | By

A primavera esta chegando em Paris e a temperatura começa a mudar.

Este é o momento em que Paris floresce e todos os cantos se tornam lindas paisagens para um cartão postal.

Uma época em que a cidade está inundada de repente com cores: cereja e maçãs, flores, narcisos  e outras flores que eu não sei o nome (haha desculpem cortar o tom poetico do artigo). O ar pode permanecer um pouco frio por alguns dias e principalmente a noite, e as chuvas são definitivamente de se esperar, mas Paris, na Primavera ainda é digna das famosas canções e poemas que prestar homenagem a ela.

Os moradores locais estão geralmente de bom humor (principalmente por causa do grande feriado de Maio), e você vai querer passar muito tempo ao ar livre, quando não está chovendo. Entre abril e junho é o grande momento para explorar os belos parques e jardins de Paris e arredores.

Paris, na primavera também é perfeita para desfrutar atividades românticas, e como é comum as pessoas se casarem em maio no Brasil, quem sabe esse não é o momento para aproveitar aquela viagem de sonho de lua-de-mel ou aniversario de casamento?

As temperaturas começam a mudar em Abril, com minimas de 7 graus e máximas de 15. A media durante o dia fica entre 10 e 12 graus, baixando a noite. Em maio, a temperatura sobe ainda mais.

Bom, sabendo disso, o que devemos colocar na mala para não passar frio nem morrer de calor durantes as caminhadas pelos parques e jardins?

Como regra geral, traga roupas que possam ser usadas em camadas:

  • Duas ou três blusas de algodão – tipo camisetas de manga comprida lisas que fiquem bem rente ao corpo.
  • Camisas que possam ser usadas com as blusas por baixo ou fechadas normalmente
  • Três cardigans
  • Um casaco
  • Uma capa de chuva que combine com o resto das suas roupas.
  • Um vestido preto basico para ir a opera, teatro, moulin rouge ou a um jantar especial.
  • Traga bastante echarpes (ou compre aqui), colares e pulseiras para mudar o visual.
  • Não traga brincos muito grandes porque aqui praticamente ninguém usa brincos – Bolinhas pequeninas e pequenos brincos em ouro ou prata, ou uma perola são discretos e ficam bem.

 

Tente manter um padrão de cores para que tudo combine com tudo: invista nos marrons e bejes, verdes olivas e marfim, todas estas cores ficam ótimas juntas.

Se você não gosta ou não tem roupas nestas cores, traga tudo em tons de azul e cinzas por exemplo.

Calças e saias: cores escuras são boas porque não mostram a sujeira (rsrs), mas mantenha-se fiel ao sua paleta de cores e traga somente 1 calca jeans se você gosta. É suficiente.

Traga roupas que possam ser usadas de varias maneiras, calças mais clássicas que fiquem bem com sapatos baixos são a melhor opção para caminhar por Paris.

Ao contrario de muitos países, aqui se usa muito salto baixo e meio salto. Como os Parisienses caminham bastante, é realmente a melhor opção.

Não e o momento de começar a usar sapatos novos, use os seus confortáveis sapatos para passear ou compre um par e comece a usar antes da viagem (para “amaciar”).

Traga sapatos baixos e confortáveis que sejam clássicos o suficiente para você não ser barrado em restaurantes. Os “sapatenis” são ótima opção. Se você não vive sem tênis, os do tipo all star são bons. mas tudo depende do seu estilo e tipo de pé. Se voce não vive sem tenis tipo “de corrida”, tende não fazer o visual “estou correndo uma maratona”, use roupa normal, e os tenis esportivos, coloridos “pra quebrar a monotonia”.

Não esqueça de trazer sapatos impermeáveis, porque esta é a época das chuvas.

So um detalhezinho: leggings são super confortaveis e boas para meia estação, mas por favor, use com saia, short ou vestido por cima, pois elas não são consideradas calças aqui.

Para saber mais sobre as ultimas tendencias da moda por aqui, de uma olhada na revista Marie Claire.

 

 

 

 

Leia mais...

Compras em Paris: O que vale a pena comprar nas suas férias.

dezembro 24, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Compras, compras, compras, Paris tem uma grande fama de ter produtos maravilhosos e uma das primeiras coisas que passa a cabeça de quem vem a França, é o que comprar.

Pensando nisso, estou escrevendo um artigo fazendo uma analise sincera e honesta do que realmente vale a pena comprar por aqui, e por quais motivos.

Partindo do principio de que você que esta lendo este artigo mora no Brasil ou em Portugal, vou fazer comparações sobre o que se encontra aqui que não há ou e muito caro no Brasil ou em Portugal.

Cosméticos, cremes e afins:

Vale a pena comprar aqui por causa do preço, mas cuidado com os prazos de validade!!!!

De nada adianta comprar 10 tubos de cremes se voce uma somente um por ano… Compre o que voce vai usar no ano e claro, cosmeticos são otimos presentes. La Roche Posay, L’Occitane; ROC, enfim, tudo isso é muitissimo mais barato por aqui…

Produtos considerados “de luxo” no Brasil nada mais são do que produtos de supermercado e farmacias. Se voce não encontra o que procura nas Galeries Lafayettes ou Sephora, provavelmente encontrara em supermercados e farmacias.

Maquiagem:

Ótimo negócio para ambas as nacionalidades, Tanto portuguesas como brasileiras devem comprar pelo menos um batonzinho de lembrança. São ótimos e mais baratos aqui. Batons são ótimos presentes também, porque são pequenos, não pesam na mala e praticamente todo mundo usa (mulheres, claro) nem que seja em ocasiões especiais. Como batons, se bem guardados, tem prazos de validade quase eternos rsrs (desde que não fique pegando sol ou derretendo dentro da sua bolsa), mais cedo ou mais tarde todo mundo usa.

Sabonetes e loções de banho, perfumes, shampoos:

Ótimos presentes também. Os produtos de toilete são uma das marcas da cultura francesa, e vale a pena comprar.Você pode comprar o mesmo perfume francês que voce encontra no Brasil,  aqui, por preços mais em conta. Aconselho mesmo comprar perfumes franceses. Tem gente que diz que no Brasil tem ate mais barato. Eu nunca vi um perfume frances mais barato no Brasil. So se for falsificado.  sabonetes franceses são otimos para dar de presente. Repare que não ha local mais barato do que o Free Shop do aeroporto. Galeries Lafayettes ou Benlux são otimas para lançamentos.

Shampoos: Shampoos comuns não valem a pena, somente se você for comprar Kerastase e outros shampoos que voce não encontra no Brasil.  Os shampoos no supermercado são mais caros que em Portugal e obviamente no Brasil (shampoo tipo L’Oreal, Garnier..).  Os shampoos comuns aqui custam cerca de 4 euros. Estes são os shampoos que “todo mundo” usa. Os shampoos mais elaborados são mais indicados pra quem frita muito o cabelo com chapinhas e pinturas.

Roupas:

Só se for “de marca”, ou de boa qualidade. Roupas do tipo Zara e afins, compre somente se você estiver a procura de alguma coisa diferente pra mostrar em casa e poder dizer “comprei em Paris”, mas sinceramente não são de melhor qualidade que as roupas no Brasil ou Portugal (mas pelo menos não são made in china). As roupas de marca francesas são as que valem a pena comprar, mas claro, não são nada baratos. Essas roupas serão mais baratas que no seu pais, porem procure as lojas outlets e saldos para conseguir comprar coisas mais em conta. Aqui como não se compram roupas para usar apenas por uma estação, as pessoas podem se dar ao luxo de comprar uma calça de 200 euros ou mais, porque sera muito usada por muitos anos. como no Brasil a nossa cultura é seguir a moda da estação, compras deste tipo não valem a pena.

Vale a pena comprar um casaco bom, se você for realmente usar e por bastante tempo. Para os brasileiros de áreas tropicais, pense duas vezes e veja se vale a pena gastar 500 euros (ou muito mais) em um casaco que você quase não vai usar. Para Portugueses é um ótimo negocio.

Sapatos:

Não vale a pena, a não ser que você queira um modelo diferente. Sapatos tanto em Portugal como no Brasil são de alta qualidade. Se você for passar pela Itália, sim, aproveite para comprar sapatos por la. Só compre sapatos aqui se você estiver querendo “mostrar” que comprou aqui para os amigos, de resto, não vejo nenhum outro motivo pra comprar, a não ser claro, que voce esteja com o pe machucando e não tenha um sapato legal, mais confortável.

Bolsas/malas:

Vale a pena se você estiver disposto a pagar por uma Louis Vuitton ou Hermes legitima, ou alguma outra marca que seja francesa. Essas bolsas são eternas e passam de mãe pra filha, alem de ser um investimento. Você sempre pode vender mais adiante. Se você tem vontade e dinheiro, vá em frente.

Bolsas de outras marcas famosas, mais baratas, também valem a pena, mas veja bem se a relação custo/beneficio e favorável. As bolsas Longchamp são super populares aqui, e usadas por anos. Elas são duraveis e beeem basicas e baratas (cerca de 70 euros). acredito que este tipo de bolsa seja muito basica para a estetica brasileira, mas é uma opção que vale muito a pena.

Chocolates:

Ótimos para dar de presente, na verdade os chocolates belga são os melhores, não os franceses. Vale a pena de qualquer forma, porque você encontra de tudo por aqui.

Bijuterias/joias:

Vale a pena pelo design diferente. Aconselho. Note que a palavra “bijouterie” ou “bijou” em frances significa joia (coisas de prata, ouro, etc, e a nossa bijouterie se chama “fantasie”.

 

Óculos de sol/armações para óculos de grau.

Vale a pena. Sai muito mais barato aqui.

 

Relógios:

Vale a pena para os Brasileiros, os portugueses tem todas as marcas que se encontram aqui, mais barato. Relógios não são o forte dos franceses. Ainda vale mais a pena comprar um bom relógio suíço.

 

Bom, é isso! Boas compras!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia mais...

Onde comprar casacos bons bonitos e baratos em Paris

novembro 13, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Compras em Paris! Com o Inverno chegando em Paris, e como a maioria dos estados brasileiros não faz o frio que faz na Europa, as vezes um casaco simples no Brasil pode custar muito caro.

O meu conselho é comprar aqui mesmo. Peça emprestado uma jaqueta qualquer, ou venha com a sua jaqueta ou casaco mais pesado, para a chegada, e depois compre um casaco aqui mesmo.

Em Paris, sabendo onde ir, você pode comprar casacos bons e bonitos por 20, 30, 40 euros.

Eu já falei de vários locais onde se pode comprar roupas por aqui, inclusive já falei de vários outlets com muitas opções para todos os gostos.

Hoje vou falar de onde eu compro a maioria das minhas roupas de inverno:

O maravilhoso Outlet Mistigriff!

Endereço: 83 Rue St Charles 75015 Paris

Metro: Charles Michels.

Website: http://www.mistigriff.fr/

A loja fica aberta das 10h30 as 19h30 (fecha Domingo)

Este outlet não e enorme, mas tem de tudo, bem barato. Da pra comprar blusões de cashmire por 15 euros, meias de la que vão ate acima dos joelhos por 2,50 euros, botas IKKS por cerca de 40 euros ou menos, cachecóis, calcas da Guess, casacos estilo sobretudo ou de nylon acolchoado com penas por dentro, enfim, tem coisas para todos os estilos e gostos.

Quando eu vou nos meus passeios de compras guiadas nos famosos outlets da Rue D’Alesia ou La Valee Vilage, que ficam longe do centro, a maioria das pessoas concorda comigo quando eu digo que estes locais são ótimos para comprar coisas mais clássicas, mas no Mistigriff é onde todos acham roupas que são mesmo pra usar no dia a dia.

Outra coisa boa da Mistigriff é que tem roupas para todas as idades, masculino e feminino, no mesmo local. Da pra comprar muita coisa por, digamos 150 euros no total. Com esse mesmo dinheiro você compraria uma peça de roupa nos outros outlets.

Porque a Mistigriff e tao barata? A principio eles tem tanto roupas com pequenos defeitos, que não passaram no controle de qualidade das grifes, como coisas de estacoes passadas mesmo.

Os “pequenos defeitos” podem ser roupas do tamanho 40 com etiqueta 42, portanto experimente a roupa antes de comprar. Eu nunca vi roupas com defeitos gritantes. Alias quase nunca acho defeito nenhum rsrs.

O local parece uma especie de supermercado, e você não precisa mesmo falar francês pra comprar. E só pegar as roupas, experimentar e passar no caixa. Quase não tem funcionários nos corredores, somente alguns seguranças e senhoras repondo o estoque. Ninguém fica tentando “vender” ou perguntando o que você precisa. Isso é ótimo quando não se fala a língua, porque fica-se mais a vontade.

Estas são as marcas que você encontra na Mistigriff, alem de outras não tão conhecidas no Brasil, porque a midia faz mais propaganda das marcas americanas:

ABSORBA

ADIDAS

AIGLE

AN’GE

APEPAZZA

AXARA

AZUREE

BARBARA

BEBE CHOCOLAT

BEST MOUNTAIN

BISCOTE

BRUMS

CACHAREL

CALVIN KLEIN

CATIMINI

CERRUTI

CHANTAL THOMASS

CHATTAWAK

CHEVIGNON

CHIPIE

CHRISTIAN LACROIX

CLAYEUX

COLUMBIA

COMPLICES

COOL SHOE

COP COPINE

DANIEL HECHTER

DC SHOES

DDP

DIESEL

DIRK BIKKEMBERGS

DOLCE GABBANA

DOROTENNIS

DU PAREIL AU MËME

EAST POLE

ELLE

FILA

FLEUR DE SEL

GENTLEMAN FARMER

GERARD DAREL

GIANFRANCO FERRE

GUESS

HARMONT & BLAINE

HENRY COTTON’S

INES DE LA FRESSANGE

JONAK

KARTING

KRISTINA POPOVITCH

LAMARTHE

LANCEL

LAUREN VIDAL

LE COQ SPORTIF

LEE COOPER

LEJABY

LIBERTO

LOLLIPOPS

LOU

LOUIS FERAUD

MAC DOUGLAS

MAJE

MANILA GRACE

MANOUKIAN

MARESE

MARION ROTH

MARLBORO CLASSICS

MAUBOUSSIN

MELO & GRANO

MEXX

MISS SIXTY

MIZUNO

NAF NAF

NANA BAÏLA

NID D’ABEILLE

NITYA

O’NEILL

OKAÏDI

OXBOW

PACO RABANNE

PASCAL MORABITO

PASSIONATA

PIERRE BALMAIN

PIROUETTE

PRINCESSE TAM TAM

RENE DERHY

Up-date 2013: Ola pessoal… acabei de chegar da Mistigriff e ao chegar me deparei com Brasileiros “tentando comprar”.

So ouvi as reclamações de “aqui não tem nada de marca… ” ,  “vamos embora porque esta me dando uma crise”.

Bom, realmente outlet deste tipo (meio povão – atenção que a Mistigriff não é uma loja fina), brecho, etc, tem de ser frequentado por quem tem paciencia e conhece marcas, quem tem paciencia de garimpar pelo local. E quem não corre risco de ter “crise” dentro da loja. Estava cheio de “coisas de marca”. Eles não conheciam as marcas, esse foi o problema.

Se voce vai la atras somente de Calvin Klein, por exemplo, pode ser complicado porque depende muito do dia que voce vai.

Eu sai de la com duas calças lindas da Volcam (marca de luxo para roupa jovem, da mesma empresa que faz Gucci, YSL e Balenciaga) e mais duas echarpes. Paguei 70 euros por tudo e acho que fiz um excelente negocio. Cada calça da volcom custa cerca de 100 euros normalmente.

Tem é que conhecer as marcas… O ideal é ir la pensando em marcas européias e não americanas… Mas acontece sim de chegar la e não achar nada que agrade.

bjos a todos.

 

 

Leia mais...

Compras em Paris: como analisar se as roupas e accessórios que você esta comprando valem o preço que você esta pagando

outubro 16, 2011 | Posted in Compras em Paris, Cultura Francesa, Turismo dicas | By

Você sabe avaliar se uma roupa ou óculos que você esta pensando em comprar vale mesmo a pena?

Uma das coisas que nos pensamos quando viemos a Paris é investir em alguma coisa de qualidade, que realmente não falta por aqui.

Óculos, bolsas sapatos, cintos, roupas, enfim, o que não faltam são opções. Vamos analisar como decidir na hora de investir uma grande quantia de dinheiro neles.

Roupas: Mulheres, de uma forma geral, não resistem quando chegam a Paris e veem todas estas marcas famosas e grifes que são muito mais caras no Brasil, e não pensam duas vezes antes de comprar alguma coisa de marcas europeias ou mesmo americanas. Mas vale mesmo a pena?

Quanto a qualidade, vale a pena sim, mas sera que vale a pena você comprar?

Roupas de marcas como Chanel, Armani, Dolce e Gabana, etc, são realmente de alta qualidade e vão durar pra sempre. Se você optar por um modelo mais clássico, você terá a sua roupa para o resto da vida. Como escolher então o que comprar?

Invista em algo que você vai usar mesmo. Coisas de qualidade são resistentes e duráveis, e é melhor investir em algo que você vai usar regularmente, portanto não pense em comprar um vestido de festa super chamativo se você não costuma ir a muitas festas. Eu, por exemplo, prefiro muito mais investir em roupas usáveis no dia a dia. Calças da Armani e da Calvin Klein, assim como Republic of banana’s, blazers para o dia a dia fazem parte do meu guarda roupa, sendo as peças compradas nas lojas mesmo, ou nos outlets.

Óculos, sapatos e acessórios:

Existem marcas ótimas para óculos, e outras que tem linhas de óculos de sol como parte da coleção de roupas. Saiba analisar quais são as especialidades das marcas: Prada e Jimmy Choo para sapatos, Guess para jeans, Armani para ternos, blazers, camisas e calças, Ray ban para óculos e… claro, Louis Vuitton para bolsas e carteiras. Escada faz muita coisa boa, desde óculos, sapatos ate perfumes.

 

Agora, o que fazer se você não conhece a marca da roupa e quer avaliar se a roupa vale a pena?

  • E importante, em primeiro lugar, ver a etiqueta e de que material e feito.
  • Roupas feitas com fibras naturais, misturadas com uma percentagem pequena de sintético ou seda duram mais.
  • Verifique como se lava a roupa. Se você não é de lavar roupa fina a mão, e gosta de jogar tudo na maquina, não compre coisas que sejam para lavar a mão. Por melhor que seja a qualidade da roupa, se você não seguir as instruções de lavagem, você estraga a roupa.
  • Veja se a roupa é para ser lavada a seco e avalie se vale a pena.
  • Não compre nada que contenha acrílico. Esse sintético fica com cara de velho e com bolinhas depois do primeiro uso. É jogar dinheiro fora.
  • Só compre roupas que venham com botoes sobressalentes, e melhor ainda, com a linha para você costurar o botão. Ficar com uma roupa sem poder usar só por causa de um botão perdido é uma pena.
  • Botoes sobressalentes também são uma dica de que a qualidade da roupa e boa.
  • Repare nas costuras interiores da roupa: fios soltos, costuras tortas pedem que você coloque a roupa de novo na prateleira.
  • Roupas e jeans com costura forrada por dentro são um ótimo sinal de que a roupa e de boa qualidade.
  • Qualquer roupa de la em tweed tem de ter forro. Não compre calcas nem casacos sem forro porque é sinal de péssima qualidade e dão alergia ao entrar em contato com a pele.
  • Tweed de linho com viscose, por exemplo, pode ser comprado sem forro se as costuras forem forradas.
  • Avalie se a roupa esta vestindo bem e tem um bom corte. Roupa de boa qualidade tem bom caimento.
  • Veja se os botoes são feitos em algum material mais nobre, como madrepérola, metal, ou madeira. Botoes de plastico não são bom sinal, a não ser que a roupa seja uma calca social, por exemplo, onde um botão de outra cor não ficaria bem.
  • O mesmo para zipers: os de metal duram mais, mas temos de avaliar se o estilo da roupa suportaria um zíper de metal. Novamente, as calcas sociais não ficam bem com um zíper tao pesado.
  • Existem vários tipos de linho, e aquele que é lisinho, e você não vê as bolinhas no fio, são de melhor qualidade, mais finos. Não que o linho com bolinhas no fio não seja bonito e durável (eu acho lindo), ele é um linho mais barato, portanto não pague uma fortuna por linho que não seja totalmente liso.

Se você é como eu, que prefere qualidade a quantidade (eu tenho somente 5 bolsas – todas boas), invista em uma Louis Vuitton, mas se você é daquelas que tem 30 bolsas em casa e adora variar de acordo com a cor da roupa, não vale a pena, pegue o dinheiro e compra montes de outras coisas legais que você vai usar mais.

Vale lembrar que no Brasil as pessoas compram e usam roupas baseadas em moda, portanto se você não se vê usando a mesma bolsa por 5 anos consecutivos, não gaste dinheiro nelas. Eu ando usando as mesmas 5 bolsas rsrs há mais de 5 anos…mmmm talvez seja tempo de comprar outra…

Se você precisar de ajuda para guiar as suas compras, eu estou disponível para levar você em lojas que são a sua cara! É só entrar em contato.

Leia mais...

Paris: Moda, beleza, cultura e afins

julho 23, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Olá pessoal!

Estou escrevendo este post em resposta a vários e-mails que tenho recebido de leitores (e leitoras) perguntando sobre a moda francesa, novidades de beleza e cosméticos, lançamentos, entre outros temas.

Como já sabemos a moda muda a toda estação mas cada pais tem os seu próprio estilo. E normal as pessoas se referirem ao estilo francês como mais clássico, mais formal.

Diferentes culturas e modos de pensar vão exigir diferentes formas de pensar a moda.

Aqui em Paris, e podemos dizer Europa de uma forma geral, não existe esta cobrança social que existe no Brasil de que se você repete uma roupa as pessoas “ficam falando”. As pessoas repetem roupas sim, e muito. E normal ver as pessoas no metro com o mesmo casaco quase o inverno todo. Mas são casacos caros, que duram uma vida inteira e podem ate passar de mãe pra filha. Assim como as bolsas Hermes ou Louis Vuitton, essas bolsas são, como todos sabem, caríssimas. Mesmo assim no Brasil existem certos grupos de senhoras que se você não tem a Louis Vuitton “do ano” você já não e mais bem- vinda no grupo. Aqui e exatamente o contrario! Quanto mais velha a sua bolsa mais interessante ela fica! Outra coisa que se faz muito por aqui e quando chega os saldos, onde as roupas estão muito mais baratas, ir em lojas tipo Armani, Uniclo, enfim, a sua loja favorita e comprar varias pecas do mesmo modelo para guardar. Isso não pode ser feito com roupas muito da moda, mas funciona muito bem para cashmires, casacos e botas de modelos mais clássicos.

Os brasileiros tem muito mais quantidade de roupas, e comprar mais por impulso do que os francês. Eu lembro de ouvir na minha família mesmo, expressões do tipo, “não é muito bonito mas tava barato, então comprei”. E só mesmo pra ter o que variar.

 

Em resumo,  aqui as roupas  são mais caras mas duram muito mais por causa da qualidade, o que evita da pessoa ter que ficar consumindo, consumindo o tempo todo.

No Brasil se compra roupa “por estação”. Aqui se compra roupa “pra vida inteira”, por isso compram coisas mais discretas e clássicas, para poder atravessar vários anos com elas.

Então, já vimos que Brasileiros e Franceses se vestem de forma completamente diferente mesmo.

 

Muitas vezes me perguntam “que tipo de roupa os franceses usam?” ou “que tipo de roupa devo colocar na mala para um período de férias na França?”

A minha opinião é que não devemos ficar mudando o guarda roupa só porque vamos viajar. Se fosse assim teríamos um guarda roupa para as viagens a Ásia, outro para a Europa, outro para a África e assim por diante. Vista-se de acordo com o clima, esteja confortável e traga roupas que combinem entre si. Pronto. Use o que você tem, e compre coisas novas na viagem. E melhor do que gastar fazendo “enxoval de viagem” antes de partir.  Planeje os seus passeios e traga roupas de acordo.

Leia mais nos artigos Outono e Inverno em Paris! O que colocar na mala?Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris Compras em Paris: Vintage e artigos de segunda mão eO estilo parisiense de ir às compras.

Mas claro, se você quer ter uma idéia de como andam as tendências por aqui, eu aconselho assinar de graça a revista Marie Clair, em Francês, o que vai ajudar também com o aprendizado do idioma. Eu assino e gosto muito de ler as novidades, tem varias seções e você recebe gratuitamente na sua caixa de email.

Mesmo se você não entende Francês a 100% você vai adorar ver as fotos. Infelizmente eu não posso copiar as fotos aqui por causa dos direitos autorais, só posso colocar aqui fotos que são minhas.

Pra assinar, você vai no website da Marie Clair francesa: http://www.marieclaire.fr/

Logo na primeira página você vai ver, no meio da página, à direita, um anúncio igual a este:

Você coloca o seu email, clica em “valider” e pronto!

Eu tenho certeza de que as informações que vocês podem encontrar nessa revista são de muito melhor qualidade e mais atualizadas do que eu poderia prover aqui no site.

Então fica aqui a minha dica, se vocês tiverem interessados em saber as últimas tendências de moda, beleza, cortes de cabelo, cultura e sociedade, não percam a oportunidade!

Nota: Quem conhece Paris deve ter notado que apesar desta ser uma das capitais da moda, as pessoas se vestem de forma discreta e repetem muito as roupas, portanto, não se preocupe em trazer toda a sua coleção de sapatos!

Leia mais...

Compras em Paris: Aproveite os grandes descontos do Grupon

julho 5, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Esta é uma dica imperdível.

Você já deve ter ouvido falar do Grupon, site onde você pode comprar de tudo com ate 70% de desconto.
É hora de usar o Grupon Paris também!

Se você esta planejando férias por aqui, ou passar aqui uma temporada maior, dinheiro economizado é sempre bem vindo.

Você pode economizar muito em restaurantes, lancherias, perfumarias, spas, lojas de departamentos, tours, espetaculos, enfim, o que não falta são opções.

Inscreva-se no Grupon Paris e receba por e-mail as promoções!

Eu aconselho mesmo, vale a pena.

Se você não conhece o Grupon, faca uma pesquisa no site do Grupon Brasil para ver do que se trata, e depois venha aqui se inscrever no Grupon Paris! Pra quem não conhece o site, ele abre uma janela pra voce se inscrever, se voce nao quiser e só clicar no botao que diz que ja esta registrado.

Voce pode se inscrever para receber as informações do Grupon sem comprar nada, a inscrição é gratuita e voce só compra se quiser. Eu as vezes passo meses sem comprar nada. Uma boa idéia é usar as promoções do grupon para fazer o seu roteiro, por exemplo, ao comprar um jantar num restaurante ou tickets para algum show, pesquise a area na volta e planeje um passeio nos arredorres.

Eu costumo utilizar o Grupon para comprar tickets de espetáculos por aqui (alem de manicure e roupas claro). Vale a pena porque você pode ir aos Cabarés de Paris, assistir o show e jantar, por exemplo, pela metade do preço. 

Pra quem viaja e come mais em restaurante, vale a pena também ver as promoções de lancherias para um almoço rápido como também as promoções em restaurantes de luxo (que sem o desconto do Grupon ficariam muito caros) para jantares aqui.

Aproveite para economizar usando o Grupon Paris!

 

 

Leia mais...

Rue Rivoli em Paris: Mais um endereço para compras

junho 30, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

A Rue Rivoli é uma das ruas mais famosas de Paris.

Mesmo no centro, passando ao lado do Museu do Louvre, esta rua é o destino certo para quem esta atras das grandes lojas de departamentos como H&M, Zara, Mango, e muitas outras.

Mesmo que algumas destas lojas também existam na sua cidade, no Brasil, vale a pena dar uma olhada porque aqui e muito mais barato.

Eu particularmente gosto muito das ofertas da Stradivarius, por exemplo, que é uma loja espanhola (como a Zara), mas mais barata. Vale a pena conferir. As roupas da Mango duram muito.

Passear pela rua Rivoli não é só “coisa de turista”. A rue Rivoli é também o ponto de encontro dos parisienses quando pensam em compras.

Cheia de lojas de roupas, perfumarias,  sapatos e óticas, em uma rua somente você pode comprar praticamente tudo o que precisa.

A grande vantagem de percorrer a Rue Rivoli para compras e que você tem a parte que começa na Place de la Concorde, onde estão as lojas de souvenires que seguem ao lado do Museu do Louvre, você encontra a Benlux na esquina com a Avenida da Opera para as suas compras de cosméticos, e seguindo adiante você verá as grandes lojas de departamentos, enfim, é bom porque não tem como se perder: é só seguir em linha reta.

A Rue Rivoli em Paris é uma das ruas mais longas de Paris e se você seguir reto ela irá terminar “se transformando” na Rue St. Antoine. Se você ainda tiver energia, siga em frente também, e terminará na place de la Bastille.

Na Place de la Bastille tem um mercado de artesanato, com quiosques representando os países do mundo e você encontra de tudo la: chapéus Panamá a 35 euros, sabonetes de Marseille (ótimo para dar de presente, esses sabonetes são famosos por seus “poderes” medicinais, feitos a moda antiga, sem químicos esquisitos adicionados).

Bom, este é um roteiro que também vale a pena fazer, e é bem simples – uma linha reta mesmo:

Va ate a Place de La Concorde (metro concorde).

Siga reto acompanhando a rua Rivoli, passe pela estatua dourada da Joanne D’Arc, enfim, o que não falta são coisas interessantes pra ver nesta rua.

 

Ou:

Va ate a Place de la Bastille (metro bastille)

Compre aqui o seu chapéu Panamá he he. Siga reto na Rue St. Antoine, no Marais, e vá em frente ate encontrar uma bifurcação: passe para a Rue Rivoli e pronto, siga em frente ate encontrar a Place de La Concorde.

 

Leia mais...

Avenue Montaigne: O Endereço da moda em Paris

março 31, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Se você ama moda e conhece melhor a historia da Vida de Coco Chanel e Valentino do que a historia da Torre Eiffel, ou se você suspira mais ao ver uma boutique da Dior do que uma Igreja medieval, você não esta sozinho.

Além de museus e monumentos, Paris também é famosa por ser um dos maiores centros da moda do Mundo. Reserve um dia para fazer o roteiro da moda em Paris.

A Avenue Montaigne foi originalmente chamada de Veuves Allée des (beco das viúvas), porque as mulheres de luto se reuniram ali, mas a rua mudou muito desde os dias do início do século 18.

O nome atual vem de Michel de Montaigne, um escritor francês do Renascimento. No século XIX, a rua ganhou notoriedade por sua decoração brilhantes e coloridas nas noites de sábado.

 

A Avenue Montaigne possui inúmeras lojas especializadas em moda, como Dior, Chanel, Fendi, Valentino e Ralph Lauren, assim como joalheiros como Bulgari e outros estabelecimentos de luxo, como o hotel Plaza Athénée.

Essa avenida também foi residência de atores e atrizes famosos: A atriz Marlene Dietrich, por exemplo, manteve um apartamento na avenida Montaigne 12, por muitos anos, e lá morreu em 1992.

Em uma rua somente você encontra grande parte das boutiques mais famosas do mundo, e o passeio pode ser feito em uma manhã ou tarde.

 

Para completar o dia, aproveite para ir também:

Museu do Perfume: Fragonard Musee Du Parfum

9 Rue Scribe, 75009 Paris, France +33 1 47 42 04 56 ‎ fragonard.com

 

Ao museu da Moda de Paris: Musée de La Mode et du Textile

Musée de La Mode et du Textile, 107 Rue de Rivoli, 75001 Paris, France +33 1 44 55 57 50 ‎ lesartsdecoratifs.fr

 

Como chegar:

O metro Franklin D. Roosevelt deixa você mesmo no meio desta rua. Se você estiver passeando a pé, siga a Champs Elysee, saindo da Place de La Concorde (outro lugar imperdivel para quem quer ver boutiques famosas também) e ao chegar a rotunda de Champs Elysee, vire a esquerda.

Pronto, você já esta no paraíso da moda em Paris.

 

Para passeios guiados e guia de compras, entre em contato: alexiaoliveira@artdeviv.com

Leia mais...

Caminhando por Paris: Quais são os melhores sapatos para fazer turismo.

março 10, 2011 | Posted in Turismo dicas | By

Caminhando pelas ruas de Paris: Que sapatos (e roupas) usar em diferentes ocasiões.

Eu não posso contar o número de viajantes que me perguntam: “Posso usar usar tênis em Paris? “E outras variações da mesma questão. Turistas brasileiros, especialmente, estão muito preocupados em fazer bonito quando passeiam pelas ruas de Paris.

Essa atitude é realmente impressionante. Vestir-se, para não “chocar a sensibilidade dos moradores”, é uma atitude a ser considerada, (ou não…). Eu só posso dar os parabéns a todos vocês que já fizeram esta pergunta ou pensaram sobre isso, mas em uma cidade como Paris, que esta acostumada a receber indianos com os seus trajes típicos, japoneses vestindo roupas tradicionais para ir a opera e senhoras com seus véus na cabeça, realmente todos estão bem acostumados com tudo o que é tipo de roupa mesmo.

Parisienses e tênis

Muitos visitantes de primeira viagem estão convencidos de que todas as mulheres francesas são imagens perfeitas de elegância e classe. Isso é muito exagerado, claro que a moda e a forma de pensar ao vestir-se por aqui não é nem parecida com o Brasil, mas as ruas de Paris estão longe de serem uma especie de desfile de moda.

Mas a questão sobre o tênis continua a ser válida. Tênis se tornaram um acessório que vai alem das academias de ginastica no Brasil. Como é em Paris?

À primeira vista, eu diria que realmente e difícil ver parisienses usando roupas tao informais e esportivas como se usa no Brasil. O código de vestuário geralmente aceito em locais de trabalho na França olha com desdem os “looks esportivos”. Portanto, a menos que o empregador cultive uma imagem mais jovem, esportiva, a mulher parisiense usa sapatos com aparência discreta para ir trabalhar, e calcas não tao “coladas ao corpo”, assim como saias na altura do joelho.

Então, qual é a principal diferença na atitude entre o consumidor brasileiro (feminino principalmente) e da consumidora francesa? Ela vai usar tênis de corrida nas academias, ou para corridas pelos parques. Não para ir encontrar os amigos no café ou para almoçar. Aqui é praticamente impossível pensar no trio calcas jeans-tenis-camiseta para ir trabalhar, portanto estou falando basicamente do uso deste tipo de roupa para momentos de lazer mesmo. Entretanto, o converse All Star esta nos pes de todas e todos os Parisienses.

Aqui o pensamento básico quando se trata de escolher roupas para o dia a dia é “quanto mais discreto , melhor”. Os Parisienses adoram tentar ficar invisíveis no meio da multidão, completamente diferente do pensamento brasileiro, que gosta de vestir-se “para arrasar”.

Como aqui não tem tantas facilidades de credito, as pessoas compram muito menos, e usam muito as roupas que tem, repetindo bastante. Não da realmente pra ter roupas muito chamativas.

E essa é outra grande diferença entre a mulher francesa e brasileira. Eufemismo é uma regra básica da moda francesa. Qualquer coisa que é muito visível é considerada berrante. É por isso que o vestido preto (pretinho básico) é um ícone de moda por aqui.

Mas voltando ao tênis.

Turistas e tênis

Isso quer dizer que você não pode usar tênis quando você viajar para Paris? Claro que não!

Primeiro de tudo, tênis são um dos calçados confortáveis ​​para caminhar.

A melhor maneira de descobrir a cidade de Paris é andar pelas suas ruas. Uso de calçados em que você se sinta confortável para andar 10 quilômetros por dia em um ritmo calmo é uma decisão muito importante para o clima geral da sua estadia na capital francesa.

Não receie usar tênis, se estes são seus melhores sapatos para caminhar.
Quem se importa com como você anda na rua? É muito importante estar confortável em seus sapatos. Você é um visitante, este é o seu tempo de férias, o seu tempo próprio! Jeans e tênis são internacionais. As pessoas não vão se ofender com sua aparência. A menos que você vista tops rosa e calça azul elétrico, com tênis dourados ou blusas de costas de fora em estilo “oncinha” com legging preta, ninguém por perto terá nenhum segundo pensamentos sobre seu traje.

Restaurantes sofisticados e tênis

Agora, isso significa que você pode usar tênis em todos os lugares, em qualquer ocasião e cada? Provavelmente não.

Restaurantes sofisticados são um caso a parte. Você pode jantar fora de tênis?

Você está passeando em seu jeans casual e seus tênis brancos de corrida. Agora é hora do jantar, e você está procurando um restaurante atraente, com clientes vestidos de forma elegante. Será que vão deixar você entrar? Você se encaixa? Note que aqui é muito não existe a ideia de que você “colocando uma blusa bonita” pode entrar em qualquer local usando calcas jeans, por exemplo, tênis então…

É verdade que alguns lugares da moda, mais sofisticados vão recusar a sua entrada com a pergunta: “Você tem uma reserva? Desculpe, estamos nesta noite cheia “. Mas de modo geral, nenhum restaurante irá se recusar a atende-lo porque você usar tênis.

A pergunta certa não é, portanto, “Será que vão permitir a minha entrada?”, Mas “Você vai se sentir confortável entrar em um lugar sofisticado usando calcas jeans e tênis?” Eu ouso dizer que provavelmente não. E ser auto-consciente não é a melhor maneira de apreciar a sua refeição. Sua atenção deve estar no seu prato e em seu alimento, e não em seus sapatos e roupas.

Assim, a minha regra prática é “Vestido de acordo com o lugar que você vá”. Se você pretende jantar fora em restaurantes caros, ir a opera ou teatro, vista-se de acordo. Não se preocupe com as brasseries, bistrôs ou creperies, estes são locais onde se come bem e são muito simples, aceitando todo tipo de roupa. Quando eu falo de restaurantes caros, estou falando de restaurantes onde você vai pagar uns 100 euros por pessoa.

Outros lugares e tênis

A Opera é definitivamente um dos lugares onde se vê de tudo, e muitos vão vestidos de forma bem informal, portanto o que e considerado informal na Europa não é bem o mesmo que no Brasil. Informal aqui é jeans, sapatos, blazer ou casaco estilo clássico (não jaquetas de nylon acolchoadas). Depende também onde você tem a sua cadeira. Não faz muito sentido se vestir para uma noite “de gala” se você comprou os bilhetes mais baratos da Opera (como eu estou acostumada a fazer rsrs).

Se nota que o pessoal que fica no centro da Opera se veste de forma mais elegante do que os que ficam nas laterais, nos lugares baratos. É tudo uma questão de logica mesmo, mas voce nao precisa se preocupar muito em estar “bem vestido” na opera, porque a gente ve de tudo mesmo.

Que tal um cabaret? Eu diria que é muito melhor vestir-se mais formalmente quando você tem um jantar em um cabaré, como “Moulin Rouge”, “Lido” e “Paradis Latin”. O fato é que as pessoas ao seu redor estarao muito bem vestidas, e muitos cabarés simplesmente não admitem jeans ou tênis mesmo. Você vai se sentir muito mais confortável nestes locais se estiver vestido de acordo.

E os barcos no Sena? Se estiver a bordo de um barco para um cruzeiro com jantar, não use tênis. Esta é uma experiência romântica, você vai querer fazer mais do mesmo. Um vestido de noite é “de rigueur”. Por outro lado, se você simplesmente quer cruzeiro diurno de passeio, tênis estão bem, assim como qualquer roupa esportiva.

Museus? Esqueça o estilo, use sapatos muito confortáveis. Ninguém vai olhar para seus sapatos, a arte é nas paredes. Mas andar pelas galerias do Louvre é uma experiência cansativa: muito, muito pra ver, muitas galerias, escadas, etc.

Galeria de arte e ‘vernissages’? Vestido de noite preto, de preferência, nada chamativo, e sapatos de boa aparência. Sem tênis. Os homens podem colocar uma calca mais informal, desde que não seja jeans azul, um blazer, ou uma camisa.

Use tênis na rua sem vergonha. Você vai misturar-se sem qualquer problema se você usar jeans e um par de tênis. Nike é uma marca americana, e é muito popular na França. , Levis, Diesel, Wrangler, e Calvin Klein são marcas americanas, e governam o mundo de jeans na França também.
Então, esteja confortável em seu tênis, e aprecie a vista. Eu uso muito os converse All star, se eu pudesse ($$$) teria um de cada cor…

Sapatos no inverno: Voce nao precisa comprar sapatos de neve ou botas forradas para caminhar por Paris no inverno. Eu nao tenho nenhum bota forrada, nem de neve.

O truque que eu faco para usar as minhas botas normais (sem forro) ou mesmo os meus queridos converses da all star e colocar palminhas termicas ou mesmo estas magneticas, com imans que ativam a circulacao sanquinea. Assim em vez de comprar umas botas por 100 euros, que talvez voce nem use muito no Brasil, voce gasta uns 20 euros e compra uns 2 pares de palmilhas termicas, e pronto. Eu recomendo 2 palminhas assim voce pode revezar e deixar elas respirarem de um dia para outro.

Voce pode ate optar por palmilhas com pilhas, que aquecem mesmo (20 euros na Declathon).

Leia mais...

30 frases uteis para fazer compras em francês

fevereiro 4, 2011 | Posted in Compras em Paris, Curso de Francês | By

Frances basico para viagem! 30 frases Uteis para fazer compras em francês

Como eu já tenho dito em outros artigos, você encontra muitos franceses que falam inglês em lojas e restaurantes turísticos em Paris.
Se a sua ideia é sair um pouco do usual roteiro de compras dos turistas e pretende fazer compras em lojas e boutiques não muito badalados pelos estrangeiros, aprender umas frases em Frances ajuda bastante quando você for as compras em Paris ou em qualquer outra cidade aqui.
A maior parte das cidades e villages perto de Paris são ótimas para fazer compras e muito mais baratas do que Paris. Eu, por exemplo, costumo fazer a maior parte das minhas compras em Le Havre (Normandia).

Esta lista foi originalmente publicada no meu outro blog learn-french-easy.net mas como esta em inglês resolvi traduzir aqui para facilitar a vida de quem não lê em inglês.

1. Shopping center – centre commercial (sim, tem shopping centers em Paris)
2. Estou só olhando – Je suis simplement en regardant (“je recherche” e usado se você esta a procura de alguma coisa especifica)
3. Eu preciso comprar… – J’ai besoin d’acheter ..
4. Eu estou a procura de…– Je suis à la recherche de …
5. Você tem outra cor? – Avez-vous une autre couleur?
6. é muito grande – Il est trop gros
7. é muito curto – il est trop court
8. é muito grande – Il est trop grande
9. é muito pequeno – Il est trop petit
10. Esta um pouco apertado – Il est un peu serré
11. Não é confortável – Il n’est pas confortable
12. Onde eu devo pagar? – Où dois-je payer?
13. Quanto custa esse aqui? – Combien pour celui-ci?
14. Eu quero este – Je veux que ce
15. Eu não gosto – Je n’alma pas cá
16. Eu não gosto desta cor– Je n’aime pas cette couleur
17. Eu quero uma cor mais clara – Je veux une couleur plus claire
18. Estou a procura de sapatos pretos – Je cherche des chaussures noires
19. Alguma coisa meio clássica mas confortável – Quelque chose de classique mais confortable
20. Eu não quero tenis – Je ne veux pas des chaussures de tennis
21. Que tal estes aqui? – Que diriez-vous ceux-ci?
22. Posso experimentar um numero maior? Esta muito apertado – Puis-je essayer un plus grand nombre? elle est trop serrée
23. Posso pagar com o meu cartão de credito? Puis-je payer avec ma carte de crédit?
24. é para caminhar– Il est pour la marche
25. Mas eu não quero muito esportivo – Mais je ne veux pas trop sportive
26. Estes são bons – Celles-ci sont bonnes
27. Vou leva-los – Je vais les prendre
28. Nao tenho certeza – Je ne suis pas sûr
29. Eu vou pensar – Je vais y réfléchir
30. Voltarei amanha – Je reviendrai demain

Atenção: Eu não coloquei na lista a frase: é muito caro!(C’est trop cher!), porque a meu ver você não vai usar isso aqui. A menos que você esteja em algum mercado asiático, onde pechinchar e pedir desconto faz parte do jogo, a ideia básica continua sendo: Se você não tem dinheiro, não compre e pronto. Agradeça e vá embora e procure outro lugar para comprar.

Leia mais...

Saldos de Inverno: O melhor momento para fazer compras na Europa

janeiro 12, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Saldos, Saldi, rebajas … seja qual for o país ou o nome, o princípio continua o mesmo: Divertir-se a preços de pechincha. E os saldos de Inverno de 2011 estão ao virar da esquina em toda a Europa. Esta é uma oportunidade ideal para renovar o guarda roupa, comprar os itens necessários que você estava namorando a tempo mas o preço estava impedindo…
Chegou a hora! Época dos saldos!
Os saldos de inverno são particularmente populares porque as roupas de inverno são caras, materiais como cashmire, couro, peles e las de boa qualidade custam muito caro.
Os Parisienses preferem comprar roupas de boa qualidade e que durem muito, então da para imaginar a correria para comprar umas peças de cashmire ou bons casacos a partir de hoje.
Todos os anos um pouco antes do fim do inverno começam os saldos por toda a Europa: As datas não são as mesmas e muitos atravessam as fronteiras nestas épocas para aproveitar saldos de diferentes cidades.
Falando em comprar em Paris, existem vários mitos em relação as lojas famosas de Paris que eu gostaria de esclarecer:
As Galerias lafayettes são frequentadas somente por turistas que não sabem onde ir. Mentira. Os Parisienses compram muito nas Galeries Lafayettes. A qualidade das roupas é ótima e sempre tem boas promoções para aproveitar ( durante todo o ano).
Paris é a capital mais fashion da Europa e todo mundo anda na ultima moda. Mentira. Os Parisienses gostam de roupas de boa qualidade mas não se vestem de forma exuberante e chamativa. O estilo para o dia a dia é bem clássico – urbano. Se vê muita gente com roupa chamativa nas ruas, mas esses são os turistas, que acham que tem de “mostrar o seu melhor” em Paris.

Aqui vai a informação das cidades Europeias que são famosas por terem os melhores períodos de saldos de inverno:

Saldos em Paris 2011
Paris, capital da moda francesa é, obviamente, o mais popular da cidade para aproveitar os saldos na França. Em Paris, a partir de 12 de janeiro (2011), você será capaz de correr para as lojas da capital para fazer um bom negócio. Existem lojas como a Galeries Haussmann, Galeries Lafayettes que estarão literalmente lotadas. Elas são normalmente os lugares mais frequentados durante todo o ano, então não e de admirar que na época dos saldos o publico aumente ainda mais. Talvez fosse melhor focar a sua sessão de compras durante as vendas para as áreas um pouco menos concorridas, como as ruas de Rennes, ou do Marais.
Até 15 de fevereiro de 2011.

Saldos em Londres 2011
A capital britânica é o destino ideal para todos os viciados em moda.
Aproveite os saldos em Londres, para colocar um pouco do kitsch Inglês em seu guarda-roupa!
Dia 26 de dezembro foi a data de abertura dos saldos na cidade de Londres, o suficiente para aumentar seu apetite por compras na França ou em outro lugar.
Até 23 de janeiro de 2011.

Saldos em Milão 2011
Saldos muitas vezes pode pagar um bom preço para os itens que são normalmente inacessíveis para a bolsa. Milão é a capital da moda italiana e luxo. Mime-se, escolha de um par de sapatos italianos e aquela bolsa de luxo que você sempre sonhou. Você vai adorar os saldos em Milão!
2 janeiro – 3 março de 2011.

Leia mais...

O seu sonho de conhecer Paris pode tornar-se realidade com o projeto “Vamos a Paris”

janeiro 11, 2011 | Posted in Compras em Paris, Turismo dicas | By

Alexia

 

UP-DATE: Infelizmente o projeto foi cancelado e a Cida não esta mais fazendo este passeio.

Estamos à procura de pessoas que estejam interessadas em trabalhar neste projeto. Voce quem sabe quer criar o seu proprio projeto? compras em Paris? Museus? Palacios da Europa?
Se voce mora no Brasil e tem interesse em trabalhar conosco, sendo pago por comissão, escreva para a gente: alexialiveira@artdeviv.com

Venha fazer parte da nossa familia artdeviv!

 

Se você sempre sonhou em vir a Paris mas não tem companhia, esta pode ser a sua oportunidade!
As minhas primeiras viagens a Europa, nos meus tempos de adolescente sempre foram solitárias. Aproveitei bastante, mas a gente tem de lidar com a situação de ficar sem conversar com ninguém por praticamente toda a estada. Eu passeava pelos museus em geral, mas restaurantes e compras tiveram de ficar de lado ( realmente não tem muita graça ir fazer compras sozinha).
Claro que comprei alguns livros porque ainda era estudante.
A minha solução foi vir fazer “cursos de verão” na minha área, o que ajudava a não ficar tao sozinha nos passeios, mas esses cursos alem de caros são super concorridos, ou seja, eu tinha de planejar tudo com quase 1 ano de antecedência.

Que maravilha seria se eu tivesse tido a oportunidade que temos agora, gracas ao projeto incrível da Cida Marques!

A proposta do projeto “Vamos a Paris” é organizar grupos para o  poder vir aproveitar ao maximo Paris.
Com a Cida, você vai passear pelas lojas e cafés da Champanhenses, 
Subir ao topo da Torre Eiffel, ir ao Arco do Triunfo e outros.
Durante uma semana, você terá a oportunidade de conhecer belíssimos lugares e lojas de Paris, (com a participação da idealizadora do projeto) Cida Marques.
O pacote inclui hospedagem em hotéis de categoria turística, city tour panorâmico, café da manhã, traslado aeroporto/hotel- hotel/aeroporto e programação de visitas especialmente elaborada onde você terá a oportunidade de conhecer a arquitetura, o mix da moda, a cultura, a gastronomia e o entretenimento local.
Diesel, Louis Vuitton, Gucci e outras marcas que são destaque na Europa, estarão no tour de compras. 
A equipe de turismo também selecionou os melhores locais para compras, exclusivamente para este pacote.
As principais atrações turísticas parisienses não vão ficar para trás. 
A Torre Eiffel, a Av. Champs-Élysées, o Arco do Triunfo, o Museu do Louvre, o Moulin Rouge, entre outros, vão dar um toque especial de charme e elegância à essa viagem inesquecível.
Venha conhecer a cidade luz em Abril.

Itinerário:

CANCELADO

 

 

Leia mais...

Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris

novembro 24, 2010 | Posted in Compras em Paris | By

Compras baratas em Paris

Paris não é necessariamente famosa pelas roupas com baixo preço, e sim por artigos de luxo, com preço bem acima da média. Este artigo tem como objetivo mostrar um pouco das opções que você tem quando procura por lugares para comprar roupas baratas de alta qualidade a preços baixos: As lojas outlet e lojas com grandes descontos em Paris.

Afinal o que são lojas outlet? Estou comprando o que?


Lojas outlet:

São lojas especializadas em vender artigos de marcas famosas de estações passadas. Nestas lojas você encontra artigos de grande qualidade com descontos de ate 70%.

É o destino principal de compras dos parisienses, que procuram roupas em estilo mais clássico (os básicos: roupas em cores neutras, etc)

Stocks:

Outro nome que se vê para as lojas outlets, ou seja roupas que ficaram no estoque da boutique/loja e não foram vendidas no lançamento. Em resumo, “stock” refere-se a mercadorias que sobraram da(s) última(s) temporada(s) de uma determinada boutique. Geralmente é reduzida em cerca de 50 por cento, e não está disponível em todos os tamanhos ou cores

Devoluções e trocas não são aceitas na maior parte das vezes (experimente antes!). Uma loja destas não é o lugar para equipar-se com uma coleção das últimas tendencias da moda, mas pode ser uma grande oportunidade para comprar bons clássicos de qualidade, como um blazer de lã bem cortado, a um preço muito razoável.

Promoções:

São descontos especiais na linha atual, em uma ampla gama de tamanhos. Nestas lojas você encontra o que há de mais atual. É o lugar ideal para apimentar o seu visual com as últimas tendencias da moda, não esqueça, quando o verão termina aqui, está começando no Brasil.

Degriffes:

Indica que os rótulos dos designers foram cortadas. Essas lojas são, na maioria das vezes muito mais baratas do que as outlets porque as roupas não tem mais a etiqueta.

Dica:

  • Em jeans, por exemplo, você pode ver a marca original olhando o botão da calca, por exemplo, porque eles não tiram “todas” as peças que mostram a marca, só a etiqueta externa. Dá pra saber qual é a marca se você procurar bem.
  • Essas roupas “degriffes” são classificadas como “não boas o suficiente” para receber a marca do designer. Em resumo, tem algum defeito. Normalmente estes defeitos são:
  • Roupas com etiqueta de tamanho errada: uma camisa que é tamanho 38 com etiqueta 42. Nestas lojas você tem de experimentar as roupas ou comparar o tamanho.
  • Pequenos detalhes como uma bainha mal costurada. Avalie se são pequenas coisas, ainda vale a pena comprar.
  • Manchas: Algumas manchas sutis podem comprometer a qualidade da roupa: Mas não o suficiente. Eu, por exemplo tenho umas calcas Calvin Klein que apresenta umas manchas mais escuras imperceptíveis – só vejo mesmo se eu colocar na luz.

Estes pequenos defeitos não são o suficiente para comprometer a durabilidade e caimento da sua compra, as roupas ainda são de alta qualidade.


Soldes: Saldos, exibidas para anunciar as vendas a vista, normalmente em finais de estação e depois do Natal.

É o principal alvo dos turistas que vem do hemisfério sul, porque se beneficiam da estacão “ao contrario”, ou seja, quando o inverno esta terminando aqui (e as lojas começam os saldos) é hora de começar a pensar em roupas de inverno no hemisfério sul. Você não precisa esperar um ano para vestir as roupas.

Onde encontrar estas lojas em Paris? Endereços aqui:


A linha 4 do metro vai levar você a 2 diferentes lugares famosos pela grande concentração de lojas outlet:
Rue d’Alesia:

Entre a Place Victor Basch (na Avenue du General-Leclerc) e Rue Didot, no 14 º Arrondissement.
Peque a Linha 4 do Metrô em direção à Porte d’Orleans até à estação Alesia e caminhe para oeste na rua Alesia, ou simplesmente siga a multidão.
Esta área é fundamental para quem está a procura de lojas outlets, por toda a rua você vai encontrar lojas fantásticas de suas marcas favoritas. As minhas dicas, nesta rua são:

Dorothee Bis Stock (74) e Dorotennis (mesmo prédio), para a coleção outlet estilista, uma das lojas e para malhas e outra para artigos esportivos.

Banco de dois (92), para comprar marcas Daniel Hechter

Kookai (111 Bis) para comprar Kookai (o próprio nome diz, não e mesmo?)

Cacharel Stock (114) para comprar Cacharel (obvio… ;P)

Jerry Difusão (118), para Chantal Thomass

Evolutif (139), para comprar Kenzo, Yves Saint Laurent, e Cerutti.

A Rue d’Alesia tem várias cervejarias, restaurantes franceses e fast food. Você pode passar um pedaço da manha la, almoçar e seguir passeando pelo local depois.


Rue St-Placide

Outra rua com uma series de lojas outlet. Fica entre a Rue de Vaugirard e Rue de Sèvres, no 6 º Arrondissement. Para este destino, a saída da Linha 4 em St.-Placide, a oeste dos Jardins do Luxemburgo. Fica bem no centro, fácil de ir.

Esta pequena rua tende a ficar atolada com turistas e compradores.

O grande atrativo é o Mouton à Pattes Cinq (8 e 18 Rue Saint Placide) são quatro boutiques diferentes, cada uma com sua própria ênfase.

Nesta rua, a minha loja favorita é Pilou (9), com degriffes Guy Laroche, imperdível!

Algumas destas lojas tem “Monnai des Affaires”, com uma área para remexer, com preços realmente baixos. Em português claro é o “balaio” da loja.

A maior parte das roupas encontradas nestes balaios realmente mereceram ir pra lá (são medonhas ha ha), mas não custa nada dar uma olhada, para encontrar blusas pretas, echarpes, malhas de cor neutra e coisas não muito esquisitas.

As vezes temos sorte.

Outras ótimas boutiques no centro de Paris:

Mendes (65 Rue Montmartre) para Saint Laurent e Lanvin

Soldes Lanvin Trois (3 Rue de Vienne) para Lanvin , em cerca de metade do preço;

Pierre Cardin Stock (11 Boulevard Sebastopol)

Emmanuelle Khanh (6 Rue Pierre Lescot).


Se você está procurando designers da alta costura, vale a pena a caminhada até
La Vallée (em Marne-la-Vallée, A4 RER Val d’Europe, www.lavalleeoutletshoppingvillage.com)

Com pelo menos um terço fora dos preços regulares em lojas elegantes

Anne Fontaine

Kenzo, Diesel

Lancel

MaxMara

Nina Ricci

Mandarina Duck

Versace

Camper

Charles Jourdan

Fica a uma estação de trem da Disney, mais ou menos 40 minutos do centro de Paris.

A melhor maneira de ir as compras nestes locais é pensando em passear, com uma lista de coisas que você precisa comprar. Relaxe, divirta-se e aproveite o passeio. Tire fotografias. Vá em grupo.Para mais informacoes sobre o Vallee la Vilage, leio o artigo La Vallee Vilage, o paraiso das compras a 40 minutos de Paris

Não entre em stress do tipo: Estou aqui a mais de 1 hora e não comprei nada… Pare, tome um café, leia a sua lista de novo e vá em frente.

Pense bem no que você vai comprar nestas promoções porque essas roupas são de alta qualidade e vão durar muito. Não vale a pena comprar umas calcas Armani vermelhas, por exemplo. Compre bege, azul escuro, marrom, preto, algo que daqui a 10 anos ainda seja usável.

Dicas de roupas para serem compradas em outlets:

Camisas brancas, bege ou pretas. Calças tipo social de cores neutras. Pulovers, cardigans, malhas de cashmira, casacos e blazers. Vestidos tipo “preto básico”. Saias retas de cores neutras. Sapatos e botas de cor neutra. Jaquetas de couro. Luvas, chapéus, etc.

Não compre coisas esquisitas só por causa da marca, mantenha-se fiel ao seu estilo, procure bastante e divirta-se!

Boas compras!

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Outono e Inverno em Paris! O que colocar na mala?

outubro 23, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Aqui em Paris temos a sensação de que já chegou o inverno,  temperaturas baixas como se fosse já época de Natal está fazendo todo mundo comentar e achar estranho.

À noite a temperatura vai a 2 e 3 graus… Agora só falta começar  a nevar em pleno Outubro!

Bom, estou escrevendo sobre esta “novidade” não só por curiosidade, mas para aproveitar o assunto e dar umas dicas de o que colocar na mala  caso você esteja planejando vir aqui no inverno.

1.     Aqui todos os lugares tem aquecimento central: tendo isso em mente, tente colocar na mala um casaco quente, de preferência impermeável por causa das chuvas, mas não traga blusões muito quentes porque dentro dos hotéis, restaurantes, teatros, é quente. Um bom casaco por cima é o suficiente para enfrentar o frio na rua. Chapéus, luvas e echarpes são bem vindas e você pode tirar facilmente quando chega no interior de algum lugar.  Se você vive em algum lugar que não faz tanto frio, considere comprar o casaco aqui, você pode encontrar coisas bem legais nas lojas outlet, por exemplo, a preços bem em conta. As lojas outlet vendem roupas e sapatos de marcas conhecidas mas a preços mais baratos porque são modelos mais antigos, mas tem muita coisa boa, bonita e barata.

2.     Traga guarda chuva e botas de inverno – eu aconselho botas confortáveis de salto baixo para agüentar as caminhadas. Uma coisa importante a lembrar: por mais confortavel que seja o sapato, vale a pena trazer mais de um par, assim os pes descansam do formato do sapato!

3.     Como você vai tirar o casaco toda vez que chega em algum lugar, não se preocupe muito se não for o casaco mais lindo do mundo, o que importa e estar quentinho!

4.     Aqui se usa casacos de nylon, lã, couro, couro com pele por dentro, casaco de pele natural ou falsa, tem de tudo, portanto não se preocupe com o modelo, se vê mais cores escuras mas também muito casaco cor de vinho, vermelho, bege, caramelo, vale tudo.

5.     Cardigans de lã são ótimos porque você pode colocar de baixo do casaco se estiver muito frio, e é fácil de tirar se você sente calor.

6.     Como roupas de inverno são mais pesadas e maiores do que as de verão, não traga muita coisa, um bom casaco escuro e suficiente, de resto, traga roupas que combinem entre si, escolha uma cor e mantenha os mesmos tons, você não tem como errar dessa maneira.

Book Early & Save up to 20% Off at Crowne Plaza!

7.     Então, resumindo, você vai precisar:

a.     Um bom casaco de inverno, de preferência impermeável para agüentar a chuva.

b.     Botas de inverno- 2 pares, ou um par de botas e botinas (botas de cano curto), não traga sapatos em veludo ou que estraguem na chuva.

c.      Blusas quentes – umas 3 e suficiente, em cores escuras, tipo 2 tons de cinza e uma preta.  Não traga blusas de gola alta – decote V ou redondo são melhores ou você vai ficar com calor depois.

d.     Cachecol e echarpe – uma de cada, em cores neutras.

e.     Chapéu de inverno – eu aconselharia 2, caso um fique molhado você tem outro, digamos um preto e um cinza ou da cor dos suas blusas.

f.      Luvas – 2 pares pelo mesmo motivo- se um par fica molhado você tem outro.

8.     A maioria dos hotéis tem, mas se você não tem certeza ou vai ficar em hostal (albergue) é sempre bom trazer um secador de cabelos – não saia na rua com cabelo molhado ou você vai sentir muito frio.

9.     Tenha em mente que por causa do aquecimento o ambiente e seco, então meias, roupas interiores secam facilmente durante a noite, você poderá lavar e usar no outro dia, então mais uma razão para não trazer 20 calcinhas.

Se voce estiver precisando de alguma roupa quando estiver aqui e nao quer gastar muito, leia as dicas em Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

O estilo parisiense de ir às compras.

outubro 18, 2010 | Posted in Compras em Paris | By

Estilo parisiense de ir às compras.

Os parisienses não mudam de guarda roupa a cada estação, ou seja, não compram um novo casaco a cada inverno que chega. Quando vão as compras, eles buscam roupas de qualidade que sejam capazes de durar vários anos. É por isso que se vê muitas cores básicas na rua, muito preto, marrom, cinza e azul escuro. Fica legal porque as roupas de todo mundo combinam umas com as outras.

Normalmente eles tem um bom casaco preto, marrom ou cinza, uma jaqueta de couro/jeans, um impermeável de meia estação e outro de inverno. Se vê muito casaco e jaqueta de couro nas ruas,de todos os modelos e tamanhos.

Outra coisa que eles fazem muito e combinar marrom com preto e com cinza, coisa que normalmente é vista como um “no no” em termos de moda. Mas como as roupas são de boa qualidade fica bem bonito.

É normal o parisiense esperar as temporadas de saldos e comprar peças mais baratas mas de boa qualidade. Quando encontram alguma coisa que tem qualidade e esteja com um preço bom, normalmente compram 2, 3 peças iguais para guardar e usar mais tarde- note bem: não é porque está barato que eles compram uma camisa de cada cor – eles compram varias da mesma cor! Como eles normalmente compram coisas num estilo mais clássico, nunca sai de moda. E claro que eles acompanham as tendências da moda, mas não investem em muitas peças, um acessório ou outro é o suficiente.

É muito comum eles comprarem em lojas outlet- aquelas lojas que vendem roupas de marca, verdadeiras, não são falsificadas, são de estações passadas. Eu costumo comprar Le Cooper, Banana’s Republic, entre outras marcas de qualidade nessas lojas. Afinal uma calça preta é sempre uma calca preta, não importa muito se é da coleção do inverno passado ou deste. E essas roupas duram muito! Eu tenho calças que estão perfeitas e já tem 10 anos!

Eu escrevi um artigo com os principais enderecos destas lojas em  Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris.

Uma coisa interessante sobre as francesas é a que respeito das bolsas que usam. Não existe essa de ter uma bolsa para o trabalho, outra para o fim de semana, outra para “ocasiões especiais”, outra para sair de noite, outra para sair de dia, etc. Elas tem uma mini colecção de 4 ou 5 bolsas, com tamanhos diferentes, e pronto. Essas bolsas duram a vida inteira e passam de mãe para filha! Uma bolsa Louis Vuiton ou Hermes pode durar gerações e elas usam no dia dia, não e só para dias de festa.

A respeito das calças jeans (as azuis denin: blue jeans), por exemplo, os homens usam regularmente, mas é difícil ver uma parisiense todo dia usando blue jeans. É claro que se vê muito blue jeans nas ruas, mas são mais os turistas que usam mesmo.

up-date: 4 meses depois de escrever este paragrafo sobre o uso de jeans entre os franceses, noto que tenho visto a maior parte das pessoas (mulheres inclusive) usando blue jeans ans ruas de Paris. Otima noticia pra quem gosta de usar jeans!

Parece que não é comum o conceito “ ah… só comprei porque era barato mas não gostei muito da cor…”

Os parisienses tem um alto padrão estético e senso de estilo, não se aventuram a usar uma coisa que eles não acham legal só porque “estava barato”. São amantes da arte, do luxo e da beleza, até parece que são todos librianos.

Leia mais...