40 Dicas de Turismo em Paris: Como aproveitar ao máximo as suas ferias!

novembro 13, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Mais dicas de Turismo para que as suas ferias em Paris sejam fantasticas!

1.As Galerias Printemps (ficam perto das Galleries Lafayettes – na mesma area da Opera Garnier- metro L’Opera) oferece um serviço de concierge para turistas estrangeiros para conseguir entradas para shows ou clubes noturnos.

2.Chegue cedo na estação de trem pois os detalhes de chegadas e partidas são difíceis de entender em um idioma estrangeiro. Boa viagem!

3.Aproveite o bom tempo para fazer um piquenique no Canal St Martin na primavera ou verão.
Se tiver tempo, visite o Vale do Loire, Chambord e Chenonceau que são castelos incríveis!

4.O Chateau de Versailles vale a pena visitar: pegue o trem linha Versailles-Chateau-Rive Gauche que segue o rio Sena e pare próximo ao castelo para aproveitar o cenário do caminho.

5.Arranje um tempo para uma taça de champanhe no St Pancras Champagne Bar antes de tomar o Eurostar caso você esteja viajando de trem.

6.No verão, você pode dançar tango ao ar livre no Quai d’Austerlitz! Bom se você não sabe ou não gosta de se expor assim, vale a pena olhar os outros também!
7.Apesar do metrô de Paris ser ótimo, muitas estações não têm elevadores ou escadas rolantes, evite carregar malas muito pesadas!

8.Os guias turísticos que ficam do lado de fora de Pere Lachaise adaptam seus tours de acordo com seus interesses. Negocie o preço antes!

9.Há um passeio de patins semanal em Paris: aos domingos para principiantes, sextas para quem tem mais experiência. É uma tradição no Natal!

10.Há um cinema ao ar livre em La Vilette no verão,
11.Explore as ruas menos conhecidas para conseguir melhores preços e encontrar lojas mais interessantes.
12.Recomendo La Musee de la vie Romantique no verão: lindo local e tem um ótimo salão de chá.
13.Procure o aviso de “Hotspot” no seu trem: significa que Wi-Fi está disponível a bordo.
14.Se seu orçamento está apertado, pegue o ônibus linha 42 para fazer um tour barato de Paris.

15.Você deve subir o Grand Arc of La Defense para uma vista espetacular da cidade.

16.Torre Eiffel à tarde, com suas luzes brilhante, é uma visita obrigatória!
17.Se você estiver em Paris em outubro, “La fete des vendanges” em Montmartre é uma boa opção.

18.Tome chá com bolo no Fauchon ou Laduree.

19.Faça o passeio de um dia no ônibus turístico e pare nos pontos turísticos ao longo do dia.

20. Um passe de 3 dias para a maioria dos pontos turísticos terá a metade do preço normal e você não precisara entrar na fila para comprar o ticket! De uma pesquisada no Paris pass, que ainda vem com passe de metro junto.

21.Tente programar a sua viagem para estar em Paris no primeiro domingo do mês. Todos os museus são gratuitos, inclusive o Museu do Louvre.

22.Assegure-se de ser pontual, pois os trens são!
23.O sistema de metrô de Paris e ótimo e os ônibus RER também são fáceis de usar! Se você não que comprar um passe, peca
24.O Marais é um bom lugar para visitar aos domingos, quando muitos lugares de Paris estão fechados. Tomar um brunch é uma tradição.
25.O Museu Le Bourget Air & Space não aparece muito nos guias turísticos, mas é uma visita obrigatória se o assunto te interessa.
26.A vista de cima do Pantheon é a melhor em Paris, não só na minha opinião como de muita gente, vá conferir que vale pena!
27.O centro de Paris tem um tamanho razoável, você pode ver muito em 4 dias, programe-se bem!
28.Leve seu melhor sapato para caminhadas! Escolha um sapato mais usado, não tente usar sapatos novos que podem ainda estarem muito duros.
29.É possível conseguir refeições baratas: faça um piquenique na Pont des Arts, visite as ruas de Rosiers para comer um felafel ou aproveite os melhores crepes de Paris no Breizh Café, em frente ao Museu Picasso.
30.Use os trens noturnos para viajar entre as maiores cidades e maximizar seu tempo de passeio durante o dia, durma no trem e acorde em outro lugar, cheio de energia para o passeio!
31.A Disneylândia de Paris fica próxima da cidade – seus filhos vão agradecer! É um dos pontos turísticos imperdíveis para quem viaja com crianças!
32.Áreas como 13th arrondissement, onde há uma grande comunidade chinesa, dão um toque diferente à cidade. Uma boa dica é o “Fleur de Mai” (61 avenue de Choisy) para uma excelente sopa.
33.Café no Les Deux Magots, caminhar pela rua des Rosiers em Marais, sentar-se ao sol na praça des Vosges….tantas coisas para fazer, programe bem o seu tempo mas não veja tudo na correria, desfrute os bons momentos, relaxe, você esta em férias!
34.O Museu Rodin não é muito grande ou cheio de gente e tem um lindo jardim com uma cafeteria. Vale a pena conhecer!
35.Viagens de avião podem ser econômicas, mas taxis de aeroporto são caros. Um passe de trem que possibilite ir do aeroporto ao centro é muito conveniente se você não esta viajando cheio de malas pesadas.

36.De Paris é fácil chegar até a Normandia de trem e a viagem vale a pena

37.Confira todas as possibilidades de passeios, viagens e passes de trens no site da RailEurope, que tem o link aqui no blog com descontos para os leitores (se você acessa o site pelo link você tem desconto maior).

38.Aproveite as promoções e dicas aqui do nosso blog! Você pode economizar muito usando as promoções e links de desconto.  39.De uma olhada nas opcoes de hospedagem no diversos links aqui do blog.

40.Viajando de trem, use o seu tempo a bordo para planejar o que quer ver, para tirar fotos das paisagens, para dormir, ou para comer. Relaxe!

41.Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Trabalhar e estudar em Paris! Intercambio Au Pair em França!

novembro 10, 2010 | Posted in Viver em Paris | By

Viver em Paris: Dicas de como você pode fazer o seu sonho tornar-se realidade!

Se você sempre sonhou em percorrer o mundo, falar varias línguas, que tal tentar um intercâmbio como Au pair?

Você tem entre 18 e 28 anos? Gosta de cuidar de crianças? Então Au pair pode ser a solução para você conhecer a França!

A estada da “fille au pair” é a melhor forma de fazer um intercâmbio econômico, seguro, além de compartilhar o dia-a-dia de uma família francesa.

O programa Au pair é voltado principalmente (não somente) a pessoas do sexo feminino que buscam uma experiência de vida no exterior.

A “fille au pair” é considerada um membro da família que a acolhe, além de participar das atividades cotidianas, tendo a oportunidade de conhecer um novo país, viajar, explorar uma nova cultura e praticar o idioma. O programa normalmente e de 1 ano e você pode renovar ou não. E possível mudar o visto depois e simplesmente ficar no pais com visto de trabalho, portanto, se você esta pensando em vir trabalhar em Paris, Au pair pode ser um bom começo! Quando o seu intercambio estiver chegando ao fim, comece a procurar emprego, e quando o seu visto estiver vencendo (2 meses antes), você vai a prefeitura, pede para mudar de status comprovando que já tem emprego garantido (por isso e importante começar a procurar emprego antes do intercambio terminar!)

No intercambio Au pair você terá à sua disposição um quarto individual, receberá uma ajuda de custo (tipo uns 80 euros por semana – os valores variam de família para família) e compartilhará das refeições junto aos membros da casa – você não tem de pagar alojamento nem comida. Muitas vezes você ira viajar com a família de férias também – sem pagar nada. O principal objetivo é que a participante aproveite cada momento de sua estada, criando bons laços e adquirindo novos conhecimentos. Dependendo da família, pode ser necessário ter carteira de motorista – mas você pode ser Au pair em Paris sem carteira de motorista, não há obrigatoriedade.

A “fille au pair” deverá ajudar (nao é empregada nem faxineira, é so ajudar mesmo) a família a cuidar das crianças e também freqüentar uma escola de francês. Todos os recursos possíveis estarão ao seu alcance para que ela possa não só aperfeiçoar a linguá francesa, como também viver momentos inesquecíveis !

Para maiores informações, vá ao web-site do Cheguei Paris

Boa sorte!

Leia mais...

Dicas de turismo na França: Trouville (Normandia)

novembro 5, 2010 | Posted in Destinos | By

 

 

 

Olá a todos, aqui estou eu mais uma vez dando dicas de turismo na Normandia!

Então, dando seguimento á serie “dicas de turismo na França”, depois de escrever os artigos:Dicas de Turismo na França – Deauville (Basse Normandie) ,Dicas de Turismo na França- Rouen (Haute-Normandie) , Dicas de Turismo na França-Mulhouse (Alsace) e Dicas de Turismo na França – Honfleur (Basse Normandie) hoje escreverei sobre Trouville .

 

 

Como já foi dito nos posts anteriores, Normandia é um lugar interessante e perto de Paris.

Em um fim de semana você pode visitar vários lugares diferentes.

Trouville fica mesmo ao lado de Deauville. É quase como uma continuação da mesma cidade, porém com características diferentes. Vale a pena conhecer!

 

Como já tinha dito passei o feriado de “finados” em Le Havre -Honfleur -Trouville. É tudo pertinho. Fiquei em um hotel em Le Havre (cidade patrimônio mundial – ainda não descobri porque, não é muito bonita… deve ser pelo porto – nem me cansei em tirar fotos, vou voltar la para ver melhor, quem sabe tenho alguma boa surpresa). Adorei o hotel.

Assim como outros lugares na Normandia, Trouville sempre chamou a atenção de artistas pela sua beleza natural.

Claude Monet pintou varias paisagens de Trouville, assim como outros pintores famosos.

Assim como Deauville, Trouville é o destino de férias de parisienses e de turistas que preferem ficar perto de Paris. Também tem um lindo Cassino como Deauville mas não é uma praia tão cara como Deauville. Eu aconselho conhecer as duas (estão mesmo uma do lado da outra).

 

 

Hoje vou falar sobre Festa da Maçã, fruta típica na região.

A “Fete de la pomme” inicia amanhã, com varias atrações.

A feira dura 2 dias, sábado e domingo (6 e 7 de Novembro).

No sábado, as 14 horas um desfile de grupos folclóricos abre oficialmente a feira.

Esse desfile dura 4 horas.

Com a abertura da feira, tem inicio, também as 14 horas o Concurso da Melhor torta de Maçãmeilleiur gateau aux pommes. Em frente do “L’Office de Tourisme”

 

A seguir:

15h – 17h: Atelier de geléias – Na “Mairie” (prefeitura)

15h – 16h: vários jogos envolvendo Maçãs. (deve ser engraçado!)

20h 30: Concerto ao ar livre.

 

No Domingo:

10h – 13h: Venda de Tortas de Maçã e outras gostosuras como geléias, bebidas, etc.

12h – 18h: Mais desfile folclóricos! Vale a pena ver os trajes típicos da região! Tem as roupas estilo Viking que eu já comentei nos outros artigos sobre a Normandia! Pena que não poderei ir… :(

14h: Momento ecológico: plantar macieiras!

15h: Filme sobre a fabricação de cidra na região.

15h 30: Degustação! Tortas, doces e bebidas pra todos! Bem… ainda bem que não vou mesmo, estou de dieta de novo…

16h 30: Divulgaçao do vencedor do concurso “A melhor torta de Maçã”, entrega do premio (não descobri qual e o premio mas deve ser dinheiro e um troféu? Não sei.

 

Bom essa é a programação oficial da prefeitura, claro que cada restaurante, empresa e associação vai estar presente com outras atividades, degustações e concursos.

 

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

 

Leia mais...

Condições de entrada na França: Dicas para não ser barrado no aeroporto

outubro 28, 2010 | Posted in Vistos e permanencia | By

Muita gente tem medo de viajar porque vive lendo noticias de brasileiros com a entrada recusada em países europeus.
Na verdade muitas noticias são sensacionalistas e querem mesmo é captar a atenção dos leitores, não contando todos os fatos.
A maioria das pessoas recusadas nos aeroportos realmente falham em apresentar algum documento exigido. Por isso, gostaria de colocar algumas informações a respeito das condições de entrada em território francês e quais os documentos devemos ter em mãos ao chegar ao aeroporto:

1.PASSAPORTE VÁLIDO:

O passaporte deverá ter validade de 6 meses a partir da data da ida ou 3 meses a partir da data da volta.

2.COMPROVANTE DE ESTADIA

reserva de hotel -pode ser a copia enviada por e-mail, imprimida. / atestado de acolhimento oficial* / voucher de excursão

passagem de ida e volta comprovando a saída da Europa – não precisa ser volta ao Brasil.

carta da empresa (se a viagem for profissional)

*Atestado de acolhimento – “attestation d’accueil” é um documento oficial (Cerfa n°10798*03) emitido pela Mairie ou Préfecture de police do município onde mora a pessoa que irá acolher você. Você  deverá apresentar este documento à Polícia da Fronteira no momento da chegada, caso seja necessário apresentar os documentos.
Uma carta ou e-mail de uma amigo ou familiar dizendo que você vai ficar alojado na casa/apartamento dele não serve, tem de ser o documento oficial. Tenha em mente que você deverá ter o documento oficial em mãos, não adianta apresentar a cópia do documento dizendo que o amigo está no aeroporto a sua espera com o documento verdadeiro. Peça para a pessoa enviar por correio o documento oficial, não esqueça de pedir para enviar por Sedex, ou você vai ter de esperar uns 2 meses até chegar a carta. (Atenção: atestado/declaração de acolhimento  e carta convite não são a mesma coisa!)


3.COMPROVANTE(S) DOS MEIOS DE SUBSISTÊNCIA

Dinheiro em espécie, cheques de viagem, cheques certificados, cartão de crédito internacional válido.

Quanto dinheiro você dera ter? 60 € por dia OU 30 € por dia se você tem um atestado de acolhimento.

4.SEGURO-SAÚDE:
Todos os estrangeiros, submetidos ou não a um visto de curta duração, que desejarem ingressar na França, devem obrigatoriamente estar munidos de um seguro-saúde e de repatriamento no valor mínimo de 30.000 euros e que cubra todo o território “Schengen” (França, Alemanha, Grécia, Espanha, Itália, Áustria, Portugal, Finlândia, Suécia, Noruega, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Islândia e Luxemburgo).

Mais algumas informações:
Brasileiros que desejam permanecer menos de 3 meses na França – metropolitana beneficiam-se de isenção de visto se forem a passeio (turistas).
Se você for pensando em trabalhar – você precisa de visto de trabalho. Não venha para ficar ilegal aqui. É ruim para você trabalhar como ilegal porque você não tem nenhuma garantia de que irá receber o seu salário por exemplo, aliás e é comum após alguns meses de trabalho o próprio patrão denunciar você a imigração.
Aqui você conta com a concorrência de imigrantes de língua francesa das ex colonias, não e tão fácil conseguir emprego se você não fala francês. Todas as regalias e leis de legalização de imigrantes ilegais são para os cidadãos das ex colonias, não para os imigrantes ilegais de outras nacionalidades.
Ser deportado não e nada agradável, primeiro você vai ter de esperar julgamento – na prisão, só depois eles te enviam de volta e o seu nome fica registrado. Você pode ate voltar, mas nunca terá as regalias de um imigrante legal tendo a “ficha suja”.
Outro problema e que vindo como turista você nunca poderá mudar o status do seu visto sem voltar ao Brasil. Não adianta conseguir emprego e tentar ficar porque você não pode pedir autorização de trabalho com visto de turista.

Se você tem alguma dúvida a respeito de vistos e permanência,  deixe um comentário com a sua pergunta.

Nota: Este blog nao e escrito pensando unicamente nos leitores brasileiros, mas tento escrever sobre assuntos gerais que possam interessar e esclarerer duvidas de ambas as nacionalidades (portugueses e brasileiros). Neste caso, o artigo e sem duvida direcionado ao publico brasileiro.

Leia mais...

Outono e Inverno em Paris! O que colocar na mala?

outubro 23, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Aqui em Paris temos a sensação de que já chegou o inverno,  temperaturas baixas como se fosse já época de Natal está fazendo todo mundo comentar e achar estranho.

À noite a temperatura vai a 2 e 3 graus… Agora só falta começar  a nevar em pleno Outubro!

Bom, estou escrevendo sobre esta “novidade” não só por curiosidade, mas para aproveitar o assunto e dar umas dicas de o que colocar na mala  caso você esteja planejando vir aqui no inverno.

1.     Aqui todos os lugares tem aquecimento central: tendo isso em mente, tente colocar na mala um casaco quente, de preferência impermeável por causa das chuvas, mas não traga blusões muito quentes porque dentro dos hotéis, restaurantes, teatros, é quente. Um bom casaco por cima é o suficiente para enfrentar o frio na rua. Chapéus, luvas e echarpes são bem vindas e você pode tirar facilmente quando chega no interior de algum lugar.  Se você vive em algum lugar que não faz tanto frio, considere comprar o casaco aqui, você pode encontrar coisas bem legais nas lojas outlet, por exemplo, a preços bem em conta. As lojas outlet vendem roupas e sapatos de marcas conhecidas mas a preços mais baratos porque são modelos mais antigos, mas tem muita coisa boa, bonita e barata.

2.     Traga guarda chuva e botas de inverno – eu aconselho botas confortáveis de salto baixo para agüentar as caminhadas. Uma coisa importante a lembrar: por mais confortavel que seja o sapato, vale a pena trazer mais de um par, assim os pes descansam do formato do sapato!

3.     Como você vai tirar o casaco toda vez que chega em algum lugar, não se preocupe muito se não for o casaco mais lindo do mundo, o que importa e estar quentinho!

4.     Aqui se usa casacos de nylon, lã, couro, couro com pele por dentro, casaco de pele natural ou falsa, tem de tudo, portanto não se preocupe com o modelo, se vê mais cores escuras mas também muito casaco cor de vinho, vermelho, bege, caramelo, vale tudo.

5.     Cardigans de lã são ótimos porque você pode colocar de baixo do casaco se estiver muito frio, e é fácil de tirar se você sente calor.

6.     Como roupas de inverno são mais pesadas e maiores do que as de verão, não traga muita coisa, um bom casaco escuro e suficiente, de resto, traga roupas que combinem entre si, escolha uma cor e mantenha os mesmos tons, você não tem como errar dessa maneira.

Book Early & Save up to 20% Off at Crowne Plaza!

7.     Então, resumindo, você vai precisar:

a.     Um bom casaco de inverno, de preferência impermeável para agüentar a chuva.

b.     Botas de inverno- 2 pares, ou um par de botas e botinas (botas de cano curto), não traga sapatos em veludo ou que estraguem na chuva.

c.      Blusas quentes – umas 3 e suficiente, em cores escuras, tipo 2 tons de cinza e uma preta.  Não traga blusas de gola alta – decote V ou redondo são melhores ou você vai ficar com calor depois.

d.     Cachecol e echarpe – uma de cada, em cores neutras.

e.     Chapéu de inverno – eu aconselharia 2, caso um fique molhado você tem outro, digamos um preto e um cinza ou da cor dos suas blusas.

f.      Luvas – 2 pares pelo mesmo motivo- se um par fica molhado você tem outro.

8.     A maioria dos hotéis tem, mas se você não tem certeza ou vai ficar em hostal (albergue) é sempre bom trazer um secador de cabelos – não saia na rua com cabelo molhado ou você vai sentir muito frio.

9.     Tenha em mente que por causa do aquecimento o ambiente e seco, então meias, roupas interiores secam facilmente durante a noite, você poderá lavar e usar no outro dia, então mais uma razão para não trazer 20 calcinhas.

Se voce estiver precisando de alguma roupa quando estiver aqui e nao quer gastar muito, leia as dicas em Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Dicas de acomodações baratas na França! Hostais, albergues, hotéis baratos e camping

outubro 15, 2010 | Posted in Hoteis | By

Dicas de acomodações baratas na França!
Hostais, albergues, hotéis baratos e camping.
Estou fazendo uma pesquisa a respeito de acomodações na França, e como já tinha falado do Residhotel em Dicas de Turismo na França-Mulhouse (Alsace), resolvi experimentar outros serviços na internet para reserva de acomodações. Este que pesquisei e o Hotelscombined e aproveitei o fim de semana passado para “testar o produto”. Estou tentando ser honesta com as dicas e experimentando os serviços antes de colocar aqui. Como esse e um blog pessoal que mostra o meu nome, não quero ficar associada com maus serviços, ok?
Achei fácil de usar o site, fiquei em um hostal “médio preço” e adorei. Depois escrevo um artigo contando sobre o passeio e dando as dicas.
Aqui vão as dicas então para quem esta procurando lugares baratos para ficar na França:

Save on your hotel, spend on yourself

Hotelscombined e o líder do mercado para reservas de acomodações de todos os preços, perfeitas para viajantes independentes que querem liberdade e comodidade sem estarem presos a nenhum pacote turístico em especial. O que eu costumo fazer quando viajo é ver no mapa os lugares que eu quero ir, colecionar informações básicas sobre os pontos turísticos e reservar a primeira noite em um hostal ou hotel. Depois eu vejo se e bom, e afinal o tempo previsto para o passeio esta certo (as vezes você planeja ficar uma semana em um lugar, chega lá e afinal decide que seria melhor ficar 10 dias ou mais).
O Hotelcombined e fantástico quando você não esta querendo gastar muito em acomodação (tem hostais muito baratos mesmo, outros médios, outros muito bons mais caros).

Você pode procurar hostais por preços, lugar aqui mesmo no blog, em cima do cabeçario (header) tem uma pagina dedicada exclusivamente para a busca de hoteis no hotelscombined.
Não esqueça ver os comentários dos viajantes que se hospedaram nos hostais que você esta buscando, leia bem, essas informações são valiosas. Se muita gente diz que e ruim e melhor não arriscar. Tambem  é normal as pessoas irem colocando comentários quando não estão muito satisfeitas, mais do que quando estão, então não leve muito em consideração um ou outro comentário negativo, se a maioria diz que vale a pena. Veja bem as fotos, veja no Google Earth a localização do hostal pelo endereço, veja se o lugar é interessante.

Aproveite a oportunidade, dê uma olhada mais de perto nas promoções!
Também e uma boa idéia fazer uma reserva barata pra mostrar no aeroporto, se você quer mudar de idéia e partir pra outros lados afinal foram só uns 20 euros despesa.

 

Leia mais...

Pontos turísticos de Paris – O Museu do Louvre

outubro 12, 2010 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By


Hoje vou falar um pouco a respeito do Museu mais visitado do mundo e um dos principais pontos turísticos  de Paris:

O Museu do Louvre!

A média de pessoas que visita o Museu do Louvre é de mais de 8 milhões por ano e o Museu abrange oito mil anos de cultura e civilização do Oriente e do Ocidente.

O Museu não só atrai turistas como Parisienses, que são grandes entusiastas da cultura e realmente apreciam arte. É incrível ver o numero de Parisienses nas filas dos museus e dos teatros, operas, etc. A cultura na França não é só entretenimento para turismo.

Um ponto de encontro dos franceses muito comum é o Carrousel du Louvre – Galeria comercial que se encontra no sub-solo do Museu do Louvre.

Essa galeria, com lojas e restaurantes, fica aberta todos os dias das 10h às 20h.

A entrada do Carrousel se encontra Rue Rivoli, número 99. No primeiro andar desta galeria está a Escola do Louvre e vários restaurantes (fast-food). Para entrar nesta parte você não precisa pagar.

No segundo andar está a pirâmide invertida, (uma das mais incríveis obras de arte moderna – você não pode deixar de ver) que é uma das entrada para o Museu.

É no Museu do Louvre que encontramos a Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia, a Vénus de Milo, enormes coleções de artefatos do antigo Egito, greco-romanos e as obras-primas dos grandes artistas da Europa como Ticiano, Goya, Rembrandt, Michelangelo, e Rubens, numa das maiores mostras de arte e cultura humanas do mundo.

O museu do Louvre é um dos maiores do mundo, e localiza-se no centro de Paris, entre o rio Sena e a Rue de Rivoli.

O pátio central do Museu do Louvre e ocupado agora pela pirâmide de vidro, encontra-se na linha central dos Champs-Élysées, formando o começo do Axe historique (Eixo histórico).

O Palácio do Louvre foi a sede do governo monárquico francês desde a época dos Capetos medievais até o reinado de Luís XIV. A transformação do complexo de edifícios em museu iniciou em 1692, quando Luís XIV ordenou a criação de uma galeria de esculturas antigas na Sala das Cariátides. No mesmo ano, o palácio, então desabitado, tendo a corte se transferido para Versalhes, recebeu a Academia Francesa, e logo a Academia de Belas Letras e a Academia Real de Pintura e Escultura também ali se instalaram. No prédio também aconteceram, a partir de 1699, os tradicionais salões de arte promovidos pela Academia de Pintura e Escultura, que atraíam multidões.

Se você vem passar um período curto em Paris, esse é um dos pontos turísticos que você tem de colocar na sua lista. Deixe os outros museus para depois, e garanta que você vai reservar um dia para o Museu do Louvre. Não somente pelo valor estético e histórico das obras do Museu, o próprio Palácio do Louvre por si só é maravilhoso, um dos mais lindos da França.

Para saber mais sobre os pontos turisticos de Paris, nao deixe de ler tambem:

Leia mais...