Lista de produtos de Charcutaria que você pode encontrar nos supermercados e restaurantes em Paris, com tradução em português e calorias.

novembro 1, 2011 | Posted in Curso de Francês, Restaurantes, Turismo dicas | By


A charcutaria francesa e famosa pela variedade. Diferente dos outros países onde o controle dos alimentos não é levado muito a serio, a charcutaria francesa e saudável, sem conservantes artificiais e sem químicos ou corantes adicionados. Vale a pena experimentar. Tirando as Anduilles e Anduilletes, eu gosto de todos e aconselho!

Les charcuteries

Andouille – Uma linguica interessante, feita com miúdos tipo cérebro do animal, pedaços de intestino e outras “delicias” rsrs. Cheira esquisito tambem. (30 grammes) 71 kcal
Andouille de Vire – Anduille tipica da Normandia (30 grammes) 72 kcal
Adouillette crue – Anduille crua(150 grammes) 351 kcal
Andouilette de Troyes – Anduille caseira de Troyes (150 grammes) 384 kcal
Bacon fumé – Bacon defumado(20 grammes) 26 kcal
Bacon grillé – Bacon grelhado (20 grammes) 78 kcal
Chorizo sec – Chouriço seco (30 grammes) 150 kcal
Friand à la viande – pastel folhado de carne moída (100 grammes) 323 kcal Friand au fromage – pastel folhado de queijo(100 grammes) 342 kcal
Fromage de tête – especie de pate feito de pedaços de carne de porco, vegetais, temperos (30 grammes) 62 kcal Jambon cru – presunto cru(70 grammes) 160 kcal
Jambon bayonne – Tipo presunto serrano (defumado), mas feito em Bassin de l’Adour, em vez da Espanha (50 grammes) 114 kcal
Jambon cuit dégraissé – Presunto cozido magro(100 grammes) 114 kcal
Jambon cuit – Presunto cozido(100 grammes) 135 kcal Jambon de Paris dégraissé – presunto cozido de qualidade superior, magro(100 grammes) 113 kcal
Jambon fumé – presunto defumado (30 grammes) 68 kcal
Jambonneau cuit – presunto tambem, com gosto um pouco mais forte (100 grammes) 146 kcal
Lard fumé – E o mesmo que bacon, mas cortado em cubinhos, em vez de fatias. (30 grammes) 201 kcal
Lardon maigre – é o mesmo “Lard” mas sem a gordura(100 grammes) 280 kcal Merguez – salsicha de ovelha ou borrego, com paprica, cominho e temperos típicos de Marrocos. Normalmente acompanha os pratos marroquinhos, como o couscous. (70 grammes) 210 kcal
Mortadela – mortadela (35 grammes) 113 kcal
Mousse de canard – pate de pato(30 grammes) 117 kcal
Mousse de foie – pate de figado (30 grammes) 123 kcal
Museau de porc – pate de porco (30 grammes) 103 kcal
Pâté de campagne – pate de campanha (30 grammes) 98 kcal
Pâté de foie – pate de figado(30 grammes) 86 kcal
Pâté de foie au poivre vert – pate de figado com pimenta verde (30 grammes) 104 kcal
Pâté de gibier – pate feito de uma mistura de animais selvagens como o javali, lebre, etc. (30 grammes) 77 kcal
Pâté de lapin (30 grammes) – pate de coelho 69 kcal
Pâté de tête – pate de cabeça de porco (eles não colocam os olhos, língua, e outras coisas desse tipo, e só a carne mesmo(50 grammes) 171 kcal
Pâté en croûte – pate tipo caseiro, com pedaços de carne, coberto por uma camada de massa folhada na volta. (50 grammes) 159 kcal
Rillettes d’oie – especie de pate feito de carne de ganso desfiada, muito bom! (25 grammes) 116 kcal
Rillettes de porc – especie de pate feito de carne de porco desfiada (25 grammes) 109 kcal
Rilettes de saumon – salmao desfiado, tipo pate(30 grammes) 94 kcal
Rosette ou fuseau – salami (20 grammes) 80 kcal
Salami – salami italiano(20 grammes) 92 kcal
Saucisse alsacienne fumée (100 grammes) 473 kcal

Salsichas variadas, de porco, com temperos diferentes, dependendo do local onde e feito:
Saucisse de Francfort – salsichas de cachorro quente, cor de laranja(100 grammes) 301 kcal
Saucisse de Montbéliard – especie de linguica temperada, defumada (120 grammes) 404 kcal
Saucisse de Morteau – salsicha seca defumada (280 grammes) 896 kcal
Saucisse de Strasbourg – pra mim e igual a de cachorro quente tambem. Essa e cor de rosa, a de francfort e laranja (100 grammes) 304 kcal

Saucisse de Toulouse – linguiça comum(130 grammes) 450 kcal
Saucisse de Toulouse fumée linguiça defumada(100 grammes) 342 kcal
Saucisse sèche – salsicha seca (30 grammes) 127 kcal
Saucisson à l’ail – salsichão com alho(100 grammes) 315 kcal
Saucisson sec – salsichão seco (100 grammes) 424 kcal
Saucisson sec d’Arles – salsichado seco da região de Arles (20 grammes) 103 kcal
Saucisson sec Jésus -Pra mim parece um salami com formato irregular, mais grosso, em vez de ser cilíndrico (20 grammes) 73 kcal
Saucisson sec Rosette de Lyon – outro que parece um salami tambem (25 grammes) 100 kcal

Leia mais...

Supermercados e restaurantes em Paris: Lista de nomes de carnes e aves em francês com tradução em português e lista de calorias por porcão.

outubro 30, 2011 | Posted in Compras em Paris, Curso de Francês, Restaurantes, Turismo dicas | By

Ola pessoal, então dando seguimento a nossa serie de artigos dedicados a listagem completa dos alimentos em francês com tradução em português, hoje seguimos com a lista das carnes e aves,  que você poderá encontrar nos menus dos restaurantes, nos supermercados e mercados em Paris e em França.

Muitos dos pratos franceses não tem mesmo tradução, portanto estou fazendo o meu melhor para explicar o que cada prato parece e os ingredientes que tem.

Note que quando eu falo a palavra “ensopado” não imaginem uma sopa, e sim um prato com um delicioso molho, espesso.

Les viandes (111 produits) – As Carnes (111 produtos)


AGNEAU – cordeiro/borrego


  • Collier navarin – pescoço de borrego cozido com batatas (100 grammes) 250 kcal
  • Côte première – é uma das partes mais nobres do borrego, traduzido como o primeiro corte. (100 grammes) 249 kcal
  • Côtelette grillée – costeletas de borrego grelhadas(100 grammes) 234 kcal
  • Agneau rôtie – Borrego assado – (100 grammes) 190 kcal


GIBIER – Caças e animais “selvagens”


  • Cerf – cervo, rena enfim, aquele animal que puxa o treno do papai Noel. (100 grammes) 116 kcal
  • Chevreuil rôti – Veado assado(100 grammes) 174 kcal
  • Biche – e a femea do cervo, essa parece o Bambi (100 grammes) 116 kcal
  • Faisan – Faisão (100 grammes) 127 kcal
  • Lapin de garenne – coelho comum (100 grammes) 133 kcal
  • Lapin en ragoût – ensopado de coelho (140 grammes) 269 kcal
  • Lièvre – lebre (100 grammes) 100 kcal
  • Perdreau e Perdrix – são a fêmea e o macho do Perdiz (100 grammes) 115 kcal
  • Pigeon rôti – pombo assado (100 grammes) 175 kcal
  • Sanglier – javali (150 grammes) 166 kcal

 


BOEUF (carne bovina – de boi/vaca)


  • Bavette – Bife de flanco (100 grammes) 152 kcal
  • Araignée – Aranha (100 grammes) 200 kcal
  • Faux-filet grillé – falso filet grelhado (100 grammes) 166 kcal
  • Entrecôte grillée – entrecosto grelhado(100 grammes) 203 kcal
  • Filet – filet mignon(100 grammes) 180 kcal


  • Bœuf bourguignon (300 grammes) 318 kcal – ensopado de carne de boi com cenoura, batatas e outros vegetais feito com vinho tinto em panela de ferro, com molho espesso, é uma delicia, principalmente no inverno (100 grammes) 197 kcal
  • Bifteck – bife(100 grammes) 148 kcal
  • Bœuf Pot-au-feu – carnes cozidas com couve, cenouras, vegetais diversos, sem molho. – (100 grammes) 240 kcal
  • Rumsteck grillé – alcatra grelhada(100 grammes) 116 kcal
  • Steack haché – bife feito de carne moída, porem não é considerado hambúrguer porque e 100% carne e não tem farinha ou outras coisas com temperos na mistura como o bife de hambúrguer. (100 grammes) 125 kcal
  • Bœuf carottes – ensopado feito em panela de ferro com pedaços de carne de boi e cenouras, molho espesso (300 grammes) 273 kcal
  • Bœuf aloyau – é o famoso T-steak inglês, ótimo bife. (100 grammes) 266 kcal
  • Carpaccio + huile (7grammes+10 grammes) – especie de sashimi de carne de boi, cru, podendo ser acompanhado com parmesão, trufas, óleos, etc. As fatias são bem finas , mas são cruas mesmo. 246 kcal
  • Bison – bisão (100 grammes) 110 kcal

Aqui vai a lista de todos os steacks haches que podemos encontrar no supermercados em Paris com as calorias, os percentuais indicam o percentual de gordura da carne. Todo o steack hachee é feito de pura carne de boi, sem misturas como o hambúrguer.


  • Steack haché pur bœuf cru 5%mg (100 grammes) 129 kcal
  • Steack haché pur bœuf cuit 5% mg (100 grammes) 160 kcal
  • Steack haché pur bœuf cru 10% mg (100 grammes) 172 kcal
  • Steack haché pur bœuf cuit 10% lg (100 grammes) 212 kcal
  • Steack haché pur bœuf cru 15% mg (100 grammes) 204 kcal
  • Steack haché pur bœuf cuit 15% mg (100 grammes) 251 kcal
  • Steack haché pur bœuf cru 20% mg (100 grammes) 252 kcal
  • Steack haché pur bœuf cruit 20% mg (100 grammes) 309 kcal
  • Steack tartare – carne moida crua, com ovo cru, com tempero verde, cebola, etc. (150 grammes) 240 kcal


VEAU (vitela)


  • Blanquette de veau – especie de strogonoff de vitela, com creme de leite, manteiga, champignons, servido com pure de batata, arroz, etc. É chamado “blanquette” porque fica tudo branco, com o creme de leite. As carnes são cozidas, não ficam douradas ou escuras. (300 grammes) 420 kcal
  • Foie de veau – figado de vitela (100 grammes) 133 kcal
  • Paupiette de veau – Paupiette significa “enrolado” e paupiette de veau é feito com uma fina fatia de carne que é , então, coberto com um recheio (carne de vitela moida com temperos( que é enrolada antes de cozinhar.(100 grammes) 242 kcal
  • Veau carré – prato bem popular no Natal, o Veau carre e uma das partes mais nobres da vitela, com osso, assada no forno e com molho de mel, mostarda, manteiga, para ajudar a ficar tenro e dourado e com uma casquinha crocante. Maravilhoso!(100 grammes) 170 kcal
  • Veau cervelle – cérebro de vitela(100 grammes) 156 kcal
  • Veau escalope -Escalope de vitela(100 grammes) 151 kcal
  • Veau escalope grillée – Escalope de vitela (100 grammes) 170 kcal
  • Veau filet rôti – filet de vitela grelhado(100 grammes) 160 kcal
  • Veau foie cuit – figado de vitela cozido(100 grammes) 160 kcal
  • Veau foie poêlé – figado de vitela frito(100 grammes) 109 kcal
  • Veau jarret sauté osso-bucco – parecendo mais uma especialidade italiana do que francesa, este prato é feito com carne de vitela com osso, refogada em uma especie de ensopado com molho espesso, cenouras, tomate, servido com risotto (100 grammes) 155 kcal
  • Veau rognon – Rim de vitela (100 grammes) 107 kcal
  • Veau rôti – Vitela assada (100 grammes) 230 kcal


VOLAILLES (Aves)


  • Canard Rôti – Pato assado(150 grammes) 285 kcal
  • Canard sauvage – paro selvagem (150 grammes) 189 kcal
  • Bouchée à la reine au poulet – Vou tentar explicar: é uma especie de empada de frango, com massa folhada, porem em formato de cilindro, ou seja fica parecendo uma “cartolinha” no prato. Normalmente vem acompanhado com molho branco por cima e é servido como entrada. Uma delicia. (180 grammes) 376 kcal
  • Civet de lapin – ensopado de coelho no molho de vinho tinto(1 portion) 848 kcal
  • Confit foie de volaille – Especie de terrine de figado de aves em geral. Se come com pao ou torradas, como entrada, ou mesmo de garfo e faca. Se você não sabe o que é uma terrine, imagine um prato frio, tipo um pate mas não totalmente pastoso é homogêneo, a terrine mostra os pedados das carnes e as gorduras, normalmente tem um formato retangular. É uma delicia. (40 grammes) 142 kcal
  • Dinde – peru (100 grammes) 109 kcal
  • Escalope de dinde crue – escalope de peru(100 grammes) 105 kcal
  • Escalope de dinde sautée – escalope de peru salteado (frito em pouco óleo, só pra dourar)(100 grammes) 148 kcal
  • Dinde rôtie – peru assado(100 grammes) 144 kcal
  • Dindonneau rôti – seria o equivalente ao nosso peru de Natal, recheado(100 grammes) 260 kcal
  • Foie de volaille – figado de aves(100 grammes) 169 kcal
  • Foie gras – figado gordo (40 grammes) 179 kcal
  • Graisse d’oie – gordura de ganso (20 grammes) 179 kcal
  • Magret de canard – peito de pato(150 grammes) 198 kcal
  • Oie rôtie – ganso assado (100 grammes) 274 kcal
  • Pintade – especie de galinha D’angola (100 grammes) 151 kcal
  • Poulet bouillie sans peau – frango cozido sem pele (100 grammes) 229 kcal
  • Poulet bouillie avec peau – frango cozido com pele(100 grammes) 305 kcal
  • Poulet au pot – frango cozido em panela de ferro, com batata, cenouras, couves, etc. Sem molho(100 grammes) 300 kcal
  • Poulet rôti – frango assado(150 grammes) 242 kcal
  • Quenelle de volaille – bolinhos de frango feitos com peito de frango desfiado, ovos, farinha, manteiga, ervas e temperos. Servido com molho branco, ou molho de champignons. (100 grammes) 197 kcal
  • Quenelle de volaille fraîche -quenelle de volaille feito em casa. (100 grammes) 200 kcal
  • Quenelle de volaille en sauce conserve – quenelle de volaille de lata, com molho(100 grammes) 151 kcal


PORC (porco)


  • Boudin blanc – linguiça de porco feita sem o sangue, com misturas de farinhas as vezes (100 grammes) 242 kcal
  • Boudin noir – linguiça de porco feita somente com o sangue do porco (morcela), cebola e nozes ou frutas (100 grammes) 410 kcal
  • Poitrine de porc fumée – peito de porco defumado (na verdade mesmo é a barriga do porco…)- (25 grammes) 76 kcal
  • Poitrine de porc salée – peito de porco salgado (25 grammes) 300 kcal
  • Porc en cotelettes grillée – costeletas grelhadas de porco(100 grammes) 247 kcal
  • Porc en échine rôtie – porco recheado(100 grammes) 243 kcal
  • Porc en filet cuit – filet de porco(100 grammes) 153 kcal
  • Porc lard maigre frais – especie de bacon magro(100 grammes) 280 kcal
  • Porc lard fumé – bacon(100 grammes) 670 kcal
  • Porc palette – paleta do porco, mais ou menos na parte do que seria o “ombro” do animal (100 grammes) 300 kcal
  • Porc pied – pe de porco(100 grammes) 342 kcal
  • Porc poitrine – de novo traduzindo como peito de porco, mas na verdade o corte é mais a barriga (100 grammes) 246 kcal
  • Porc travers braisé – costeletas de porco tipo churrasco (100 grammes) 389 kcal


MOUTON (ovinos)

  • Mouton côte – costas de ovelha(100 grammes) 300 kcal
  • Mouton gigot – perna de ovelha(100 grammes) 225 kcal
  • Mouton rognon – rim de ovelha (100 grammes) 147 kcal


CHEVAL (cavalo)

  • Steack de cheval – bife de cavalo(140 grammes) 154 kcal

Baixe aqui a sua lista:

Supermercados e restaurantes em Paris- Lista de nomes de carnes e aves em francês com tradução em português e lista de calorias por porcão..

 

Leia mais...

Turismo na França: Como economizar em Paris

agosto 1, 2011 | Posted in Turismo dicas | By

Pensando em passar férias em Paris? Então este é o site ideal pra tirar duvidas e aprender sobre cultura, língua e costumes franceses. A França é um país bonito, e o estereótipo que os franceses são rudes é totalmente errado. Eles tem uma forma de humor diferente do humor brasileiro, mas são super bem educados e gentis. Em todo o lugar você encontra pessoas atenciosas e prontas pra ajudar. Diferente de outros países que eu já vivi, os franceses são os únicos com quem eu tive a feliz experiência de receber um belo sorriso ao falar a língua local. Eles não fazem careta se o seu sotaque é esquisito, portanto pode treinar o seu frances a vontade!

Falando nisso… voce não precisa falar frances, fique descansado que o mito de que os franceses se negam a falar ingles é coisa do passado.

Quando você vem a França, além de incríveis lugares e passeios magníficos, você vai encontrar uma enorme variedade gastronômica. E quase impossivel voltar pra casa sem uns quilinhos a mais, mesmo com toda a caminhada que fazemos por aqui.

A idéia de que as porções são pequenas e outro mito que eu gostaria que caísse por terra porque não e verdade. Eu nunca saí de um restaurante com fome. O que acontece e que os franceses comem vários pratos diferentes, entrada, prato principal, salada, queijo, pão sobremesa, etc. Se voce quiser pratos unicos e gostosos, procure as brasseries, que servem pratos enormes e muito mais baratos!

Na dúvida eu aconselho os menus prontos que são quase sempre disponíveis e não são caros.
Caso voce esteja planejando uma noite especial em um restaurante mais sofisticado, use o Grupon Paris para receber por email varias ofertas de promocoes e decontos em restaurantes – e não só: voce pode encontrar descontos de oculos de sol de marca, roupas, bolsas, spas, cabarets, shows, enfim, tudo muito mais barato. Experimente: Groupon FR

Comer bem e uma das paixões nacionais e vale a pena aventurar-se em pratos desconhecidos porque na maior parte das vezes será uma agradável surpresa.

Comer em restaurantes-brasserias não é a única opção, você encontra lugares onde pode comer sanduíches pela rua mesmo, eu aconselho o Brioche Doree, por exemplo, que tem sanduiches de baguettes otimos, sorvetes, e refrigerantes para sair comendo pela rua ou para levar para um pic nic. Acredite, não  é esquisito levar comida ou sanduiches para comer nos parques, todos fazem isso.

Quanto ao transporte, a melhor maneira de conhecer Paris e caminhando mesmo. Se voce estiver muito cansado, pegue o metro, mas tente se organizae de tal maneira que voce não precise usar muito o metro, assim voce economiza tambem.

Passes de museu só valem a pena quando voce vai usar muito mesmo, e fazer uma maratona de museus. Eu recomendo o Paris Pass, que ja vem com passe de metro junto. Mas atenção, um passe de 2 dias e suficiente, programe 2 dias para maratona de museus e deixe os outros dias para as igrejas, catedrais, jardins e outros monumentos de graça.

Leia mais...

Guia das 10 Melhores boulangeries de Paris com endereço e estação de metro mais próxima

abril 28, 2011 | Posted in Restaurantes, Turismo dicas | By

E quase impossivel não ficarmos encantados em um primeiro encontro com uma vitrine de uma boulangerie em Paris.

Apesar do surgimento recente de lojas da Starbucks e “unidades de McCafé”, as boulangeries parisienses, (especie de padarias/pastelarias) conseguiram suportar a produção em massa e globalização, continuando a produzir pães de qualidade, doces e bolos que são atraentes, suntuosos, e muitas vezes francamente irresistiveis. Com uma boulangerie em praticamente cada esquina, você nunca vai ficar com fome em Paris, e se você está procurando por baguete extra-especiais ou pela  famosa torta de framboesa francesa, aqui está um guia para dez das melhores padarias de Paris. Não deixe de experimentar!

    1. Le Grenier à Pain
    Endereço: 38 rue des Abbesses
    Tel: 33. (0) 1 46 06 41 81
    Metro: Abbesses
       

      2. Poilâne
      Endereço: 8 rue du Cherche-Midi
      Tel: 33. (0) 1 45 48 42 59
      Metro: Saint-Sulpice

      3. Pain d’Epis
      Endereço: Avenida 63 Bosquet
      Tel:. 33 1 45 51 75 01
      Metrô: Ecole Militaire

      4. Le Moulin de la Vierge
      Endereço: 166 avenue de Suffren
      Tel:. 33 1 47 83 45 55
      Metro: Denfert-Rochereau
      5. Maison Kayser
      Endereço: 14 rue Monge
      Tel: 33 (0) 1 44 07 17 81
      Metro: Mutualité Maubert

      6. Au 140
      Endereço: 140, rue de Belleville
      Tel: 33. (0) 1 46 36 92 47
      Metro: Jourdain

      7. Le Nôtre
      Endereço: 10 rue Saint Antoine
      Tel: 33. (0) 1 53 01 91 91
      Metrô: Bastille

      8. Boulangepicier
      Endereço: Avenida 73 de Courcelles
      Tel: 33. (0) 1 46 22 20 20
      Metro: Courcelles

      9. Jean Pierre Cohier
      Endereço: 270 rue Faubourg St-Honoré
      Tel: 33. (0) 1 42 27 45 26
      Metro: Ternes

      10. La Bague de Kenza (Algérienne Boulangerie)
      Endereço: 106, rue St Maur
      Tel: 33 (0) 1 43 14 93 15
      Metro: Parmentier

    Leia mais...

    Culinária Francesa: Dica de como preparar uma Tartiflette

    março 29, 2011 | Posted in Cultura Francesa, Restaurantes, Viver em Paris | By

    ola pessoal, deixo voces hoje com mais um otimo artigo da leitora Luana Veloso!

    Hoje vou dar uma dica super simples de como preparar um ótimo prato com sabor francês! Quando eu morava na França comia em restaurantes todo santo dia ! Sempre que eu chegava ao mercado via aquela infinidades de ingredientes mas não sabia o que fazer com eles! Um amigo meu percebeu que eu gastava todos meus euros comendo e resolveu me ensinar algumas receitas que ele tinha aprendido com o pai dele que é um chef super conceituado na França! Um dos pratos que eu mais gostei foi a Tartiflette, não apenas por ser maravilhosa no quesito sabor, mas por ser fácil de preparar! Fica a dica pra pessoas que moram/ vão morar na França e acham que vão morrer de fome por não saber cozinhar ou para aqueles que gostam de aprender pratos simples e saborosos para os almoços de domingo!

     

    RECEITA

    Ingredientes:
    1,2 Kg de batatas cortadas em 4 partes
    350 gramas de Bacon picado em cubinhos
    1 lata creme de leite
    1 cebola picada
    300 gramas reblochon
    200 gramas queijo mussarela em fatias finas*
    2 colheres requeijão*

    * Esse ingredientes não são usados na receita original, eu uso pois no Brasil o creme de leite diferente do “crème fraiche” que ele utilizam na França e também porque fica mais saboroso com mussarela =p

     

    1 – Coloque as batatas em água para cozinhá-las
    (o tempo para o cozimento depende de cada fogão, porém, não espere elas ficarem muito moles, tire-as da água ainda meio durinhas)

    2 – Corte a cebola e refogue junto com o bacon até que o bacon fique bem frito

    3 – Unte uma forma com manteiga e coloque uma camada de batatas, depois cubra com uma camada de bacon, adicione outra camada de batatas e finalize com o restante do bacon

    4 – Coloque o creme de leite (sem soro), 2 colheres de requeijão e o queijo mussarela

    5- Para terminar, coloque o reblochon em fatias em cime e leve ao forno até gratinar

    C’est fini! Pode tirar do forno, servir e deixar todo mundo boquiaberto achando que você anda fazendo curso de gastronomia ;-P

     

     

    Au revoir!

    Luana Veloso

    Leia mais...

    Restaurantes em Paris – Lista das palavras que você poderá encontrar no menu

    fevereiro 7, 2011 | Posted in Curso de Francês, Restaurantes | By

    Vocabulario Basico de Frances!

    Se você esta pensando em experimentar os restaurantes locais (não turísticos) de Paris, é  provável que você não tenha a sua disposição um menu em inglês, portanto estou colocando aqui uma lista dos ingredientes básicos e maneiras de como preparar os pratos só para você ter certeza do que esta pedindo.
    Esta lista é bem básica e eu preferi não incluir os nomes dos pratos em francês porque falando honestamente todos são ótimos.
    Tenha atenção somente nessa lista para ter certeza de que você não esta pedindo alguma coisa que não gosta, ou pedindo carne enquanto a sua ideia era pedir peixe.
    Alguns restaurantes dividem o menu em entradas, peixes, carnes, massas e sobremesas, mas se você esta optando pelo menu completo tipo pague 20 Euros por uma entrada ou sobremesa+prato principal+bebida provavelmente as opções de pratos principais (carnes, aves e peixes) estarão misturados.

    Dica: Todo prato que for “a la Normande” vai ter molho branco com creme de leite, manteiga, queijo ou uma mistura de tudo isso.

    1. cozido – cuit (mijoté é a palavra usada para dizer cozido lentamente, tipo em ensopados e pratos com molho)
    2. frito – frit
    3. assado – Rôti
    4. vapor – vapeur
    5. grelhado – Grillé

    6. peixe  – poisson
    7. bacalhau – morue
    8. truta – truite
    9. salmão – saumon
    10. pescada – merlan
    11. atum – thon
    12. carne – viande
    13. ovelha – mouton
    14. borrego – agneau
    15. peru – dinde
    16. galinha/frango – Poulet
    17. porco – porc
    18. mexilhão – moules
    19. ostras – Huîtres
    20. polvo – poulpe
    21. camarão – crevettes
    22. boi – bœuf
    23. pato – canard

    24. batatas – pommes de terre
    25. pure – purée
    26. batatas em fatias  – pommes de terre tranchées

    27. tomate – tomate
    28. cebola – oignon
    29. queijo – fromage
    30. presunto – jambon
    31. salame – salami
    32. salsicha – saucisse
    33. linguica – saucisse
    34. pão – pain
    35. torradas – toast
    36. sanduiche – sandwich
    37. arroz – riz
    38. pate – paté
    39. figado gordo de pato – foie gras de canard
    40. figado gordo de ganso – foie gras de d’oie
    41. lentilhas – lentilles
    42. ervilhas – petit pois
    43. cenouras – Carottes
    44. molho – sauce
    45. salada – sauce
    46. salada verde – salade vert
    47. sopa – soupe
    48. legumes – légumes
    49. alface – laitue
    50. beterraba – betteraves
    51. alho porro – poireau
    52. manteiga – beurre
    53. azeite – l’huile d’olive
    54. azeitonas – olives
    55. sobremesas – desserts
    56. flan – pudim
    57. torta – tarte
    58. bolo –  gâteau
    59. merengue –  meringue
    60. chocolate –  chocolat
    61. baunilha –  la vanille
    62. morango –  fraise
    63. laranja –  orange
    64. melancia –  pastèque
    65. manga –  mangue
    66. melão –  mélasse
    67. pudim –  pudding
    68. sorvete –  crème glacée
    69. caramelo –  caramel
    70. creme de baunilha – crème à la vanille

    Leia mais...

    Restaurantes da moda em Paris: Comida espanhola, sanduíches naturais e outras novidades

    dezembro 12, 2010 | Posted in Restaurantes | By

    Eu já tinha escrito sobre os Restaurantes típicos e bistrôs em Paris, no artigo Restaurantes em Paris! Lista de 10 dos melhores bistrôs e restaurantes no centro de Paris com endereço e preços e hoje estou escrevendo um pouco sobre os restaurantes da moda em Paris, aqueles que não estão seguindo os padrões tradicionais. Esses restaurantes são geralmente mais baratos do que os restaurantes franceses, mas ainda tem aquele “algo a mais” que a gente gosta.Eu adoro estes 5 lugares e queria compartilhar esta pequena lista, que apesar de não ter restaurantes “tipicamente franceses” , mostra um pouco da variedade que se pode encontrar em Paris.

    Fiz uma lista de 5 dos meus preferidos:

    Então, saindo um pouco fora da onda dos “bistrôs”, temos:

      1.La Blanchisserie:

      Cozinha espanhola e tapas à francesa (são um pouco mais “de luxo” do que os tapas tradicionais da Espanha, seguindo uma onda mais catalã). Funciona também como galeria de arte moderna. Longe do centro, mas bem freqüentada. Eu aconselho!

    Endereço: 24, rue d’Aguesseau – Boulogne-Billancourt, tel. 01-41-31-31-41, Metrô Boulogne- Billancourt


      2.Bioboa:

      Casa de Sanduíches naturais “bio”. Ótimo para quem quer variar um pouco entre as comidas pesadas da gastronomia francesa tradicional.

      Perto da Colette, a loja “hype” de Paris. As saladas são ótimas, alias, tudo e ótimo… Vale a pena!

    Endereço: 3, rue Andorinha-de-casa (1º), tel. 01-42-61-17-67, metrô: Pyramides (fecha no fim de semana)


      3.Ozo:

      Bom local para o brunch (aquele café da manha + almoço) ou uma refeição rápida na hora do almoço.

      Localizado entre Les Halles e o Marais, chama a atenção do meio jornalístico e artístico.

    Endereço: 37, rue Quincampoix (4º), tel. 01-42-77-10-03, metrô Hotel de Vill


    4.Rouge tomate:

    Todos os pratos são feitos a base de tomates ou têm um toque da fruta (pois é , tomate é fruta), inclusive as sobremesas. A praça do mercado Saint-Honoré tem outros restaurantes legais na volta também . Dê um passeio pela área e você vai encontrar lugares bem interessantes e diferentes para comer.

    Endereço:34, place Marché Saint-Honoré (1º), tel. 01-42-61-16-09, metrô Tuileries


      5.Grande Epicerie de Paris:

      é uma especie de “supermercado” – Bon Marché é um dos paraísos da gastronomia no planeta. Não deixe de ir!

      Perfeito para comprar guloseimas para comer no Hotel.

    Endereço: 38, rue de Sèvres (7º), tel. 01-44-39-81-00, metrô Sèvres-Babylone

    Leia os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

    Leia mais...

    Restaurantes em Paris! Lista de 10 dos melhores bistrôs e restaurantes no centro de Paris com endereço e preços

    novembro 29, 2010 | Posted in Restaurantes | By

     

    Ola pessoal, estou aqui mais uma vez dando umas dicas de turismo para aqueles que estão interessados em experimentar o “melhor de Paris”.

    Esta não e uma lista “oficial” de alguma revista de turismo, é uma lista baseada na minha opinião mesmo.

    Tenho uma outra lista para checar, de mais 10 restaurantes também, mas que foram recomendados por amigos franceses,  que publicarei mais tarde.

    Os critérios:

    Critérios que eu escolhi para inclusão dos restaurantes nesta lista:

    Uma grande experiência em nível geral:

    Aqui entrou um pouco da atmosfera geral do restaurante, a decoração, o serviço, etc.

    Relação “custo-benefício”
    Alguns dos restaurantes nesta lista são caros, mas em todos eles você deve sentir que você está “recebendo o produto”, em termos da qualidade dos ingredientes, a apresentação dos pratos, o serviço, essas coisas.

    Estabilidade do local
    Mas do que procurando restaurantes da moda e grandes novidades, acho que você, que vem fazer turismo aqui em Paris, quer experimentar os restaurantes tradicionais, já estabelecidos e conhecidos pelo publico. Então nada de restaurantes recém abertos.

    O “algo a mais”
    Cada um dos restaurantes nesta lista se destaca de alguma forma: poderá ter um terraço, uma vista deslumbrante, uma sala de jantar super acolhedora ou um menu de cair o queixo, etc.

    Comida francesa
    Paris é uma cidade que tem uma enorme diversidade étnica e cultural, alem de ser uma cidade internacional por tradição. Sendo assim e possível encontrar excelentes restaurantes marroquinos, chineses, japoneses, espanhóis, italianos, judaicos, indianos em Paris. Cozinha internacional, entretanto, não é o assunto deste Top 20 (seria necessária uma lista em separado, ou várias listas, se eu fosse colocar estes também excelentes restaurantes em foco também, fica para outro artigo)

    O preço médio indicado é para uma refeição de três pratos, sem bebida.

    1.RESTAURANTE DU PALAIS-ROYAL

    Dificilmente haverá um cenário mais romântico para jantar em Paris que o Restaurant du Palais-Royal.

    Os jardins em frente ao Louvre…

    Escolha um lugar na esplanada. No inverno, o interior faz um cenário igualmente elegante para uma refeição íntima.

    A comida: entre as especialidades estão o risoto, como uma versão de tinta lula glamourosa com lagosta (o menu muda sazonalmente), um elegante bife com fritas também vale a pena; também se destacam os pratos de peixe, e mil-folhas com recheio de temporada para a sobremesa (castanha no inverno, morangos no verão). Fechado aos domingos. Média de 50 €.

    2.BAR WILLI

    Gerido por um casal britânico, Willi funciona desde 1980.

    Este é um lugar onde a qualidade está sempre em primeiro lugar, mesmo que o serviço possa ser um pouco “irregular”. O Chef François Yon faz maravilhas com ingredientes sazonais.

    O preço é ótimo: cardápio diário (25 € no almoço, no jantar € 32)

    Especialidades:

    Tartin de cebolas pérola com salada, bacalhau assado com berinjela e manjericão.

    Sobremesas recomendadas: “marmelada” de pêra com caramelo e torta de avelã temperada.

    A sala de jantar tem uma decoração super interessante e é perfeito para uma refeição agradável, você também pode optar por comer no balcão • 13 Rue des Petits Champs, 1. Gel: (1) 42 61 05 09. Fechado aos domingos. Média de 32 €.

    3.LYONNAIS AUX

    Este bistrô “belle époque” é hoje reconhecido como um dos melhores bistrôs regionais em Paris, com um tema “Lyonnais”.

    Aqui o chef revisita clássicos como o coq au vin, quenelles de Brochet e pernas de rã com um toque hábil. As sobremesas são sofisticados e imperdiveis. Alguns acham que o serviço pode ser um pouco precipitado (eu não achei), de modo que este não é o lugar para uma refeição prolongada. • 32 Rue Saint-Marc, 2. Tel: (1) 42 96 65 04.

    Fechado aos domingos e segundas. Média de 45 €.

    4.L’AMBASSADE D’AUVERGNE

    Poucos restaurantes em Paris são tão orgulhosos de suas origens regionais.

    L’Ambassade d’Auvergne serve a cozinha tipica do centro da França é um restaurante a não perder.

    Aqui você vai encontrar delicias como lentilhas vinegary em gordura de ganso com bacon, o Aligot (queijo batido e purê de batatas) ou uma mousse de chocolate (bem densa).

    Decoração super interessante. • 22, rue du Grenier Saint Lazare, 3. Tel: (1) 42 72 31 22. Média de 35 €.

    5.LE GAIGNE

    Este bistrô com decoração cor de ameixa fica em uma rua escondida, longe do Marais. Com ingredientes orgânicos e ênfase em produtos hortícolas. Os pratos têm um título simples, tipo “l’oeuf bio” (o ovo orgânico) ou “le veau”, seguido de uma descrição concisa.

    Típica de seu estilo são os “au pistou” (legumes), uma combinação brilhante de feijões, ervilhas, cenouras e aipo coberto com brotos de beterraba e gengibre, servido com biscoitos Sablé.

    Aproveite a oportunidade, menu de almoço é bem barato (€ 16 para dois cursos, € 22 para três pessoas) servido de terça a sexta-feira. • 12 Pecquay Rue, 3. Tel: (1) 44 59 86 72. Fechado aos domingos e segunda. Média de 50 €.

    6.LE PANFLETO

    Se você gosta da haute cuisine, mas não que pagar preços absurdos é provável que você vai adorar Le panfleto. A sala de jantar com decoração vermelho e ocre, é calma e confortável.

    O menu de 35 € é disponível ao almoço e jantar. Recomendo o bolo de banana para a sobremesa. Os preços são mais elevados se você prefere à la carte, mas ainda é bom considerando a qualidade dos pratos. • 38 Debelleyme Rue, 3rd.Tel: (1) 42 72 39 24. Fechado aos domingos. Fechado na hora do almoco nas segundas e sábados. Média de 35 € – 60 €.

    7. LES PAPILLES
    Bistrô perto dos Jardins do Luxemburgo.
    Destaque para os vinhos de pequenos produtores, a maioria deles “natural”, biológica. Não há toalhas e o restaurante é pouco pretensioso, mas a comida é sempre habilmente preparada e deliciosa, servidos em panelas de ferro fundido. A 29 € menu de quatro pratos fornece a melhor opção com pratos como sopa de abóbora com chouriço e frango ao molho curry com legumes primavera .

    O foie gras, de 32 €, também é excepcional – não surpreendente, pois os proprietários são d0 sudoeste da França. • 30 Rue Gay-Lussac, 5. Tel: (1) 43 25 20 79). Média de 29 €.

    8. LE PRE VERRE

    Bistro animado, decorado com álbum de jazz nas paredes, com molduras de cobre estilo vintage, também e uma boa opção: O menu de preço fixo de € 28,50 e ótimo e o prato do dia tem um preço incrível: € 13,50: prato principal, um copo de vinho e café.

    O Chef Philippe Delacourcelle, que aperfeiçoou a sua técnica na Ásia, pode surpreender, com pratos incomuns como o leitão com molho cremoso de casca de cassia, picanha com crosta de especiarias e rolinho primavera, e compota de ruibarbo picante, gengibre com mousse de chocolate branco.

    Este restaurante pode ficar lotado e barulhento, fazendo Le Pré Verre uma escolha não muito ideal para um jantar romântico. • Thénard Rua 8, 5. Tel: (1) 43 54 59 47. Fechado aos domingos e segundas. Média de 28,50 €.

    9.CHEZ DUMONET – Josephine

    Chez Dumonet deve ser declarada um monumento nacional de tão bem que ele representa o bistrô do velho mundo. Eu recomento mesmo este restaurante: A comida e ótima: eu destaco aqui o Arenque marinado com salada de batata quente, boeuf bourguignon, confit de pato crocante, foie gras frito, tamboril com feijão branco, e algumas sobremesas espetaculares, como um mil-folhas (grandes o suficiente para três pessoas!) e o soufflé de Grand Marnier . A decoração e incrível: luminárias de 1930, mesas brancas de linho, garçons vestidos de jokey! (que falam um pouco de Inglês). • 117 Rue du Cherche-Midi, 6. Tel: (1) 45 48 52 40. Fechado sábados e dom. Média de 50 €.

    10.LES COCOTTES

    Aqui o conceito é simples:Você escolhe um banco ao longo do longo balcão e escolhe a sua combinação a partir de um menu de saladas, sopas, verrines, cocottes (ensopados em panela de ferro, muito muito bons!) e tortas salgadas.

    A autenticidade da sua “vraie salada Caesar” é um pouco discutível, mas o velouté ervilha verde com chouriço e pargo com ratatouille são tudo o que você espera da cozinha de bistro moderna. Sobremesas: rabiscou na lousa, são clássicos.. • 135 Rue Saint-Dominique, 7. Tel: (1) 45 50 10 31. Média de 30 €.

    Aguardem o seguimento com mais  dicas de restaurantes imperdiveis em Paris!

    Bon appetit!

    Leia os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

    Leia mais...

    Curiosidades a respeito do queijo Roquefort

    outubro 23, 2010 | Posted in Restaurantes | By

    Quando se fala em culinária francesa, a maioria já imagina um prato delicioso e irresistível…

    Mas quando nos deparamos no supermercado com a prateleira dos queijos franceses, ás vezes paramos para pensar se é tudo delicioso mesmo… Cheira mal mesmo!

    Um dos mais famosos queijos franceses, o queijo Roquefort, faz muita gente virar a cara tanto pelo forte cheiro como pelas manchas de mofo verde por todo o queijo.

    Quem já provou sabe que esse queijo é uma delicia e é usado como “tempero” em muitos molhos franceses.

    Mas então… e o mofo? E saudável? Não vamos ficar doentes se comermos?

    Como eu adoro Roquefort, tenho de escrever este artigo para esclarecer a respeito do tal mofo verde de aspecto duvidoso que o Roquefort tem.

    Bom, eu tive de perguntar para franceses a respeito do tal queijo porque confesso que apesar de adorar Roquefort não tinha muita certeza a respeito do tal mofo.

    Como é famoso por aqui os franceses tem cerca de 400 tipos de queijos diferentes, e são orgulhosos pela qualidade dos mesmos, não tive problemas em encontrar a resposta.

    Roquefort é uma região da França, e o nome Roquefort só pode ser atribuído aos queijos feitos nesta região. Esta região fica ao sul da Franca, e tem muitas caves onde o tal mofo cresce naturalmente.

    Este mofo nada mais é do que penicilina! (procurei informação no Google e é verdade!)

    Isso mesmo, a penicilina que usamos como antibiótico!

    Antigamente os franceses usavam esse queijo nas feridas por suas “propriedades curativas”. Isso muito antes da descoberta da penicilina.

    O queijo Roquefort era feito assim:

    Eles colocavam pedaços de pão na cave, depois de um tempo, quando o pão já estava verdinho de mofo, eles trituravam e transformavam esse “produto” em pó.

    Dependendo da técnica usada, poderia ser usado um spray para colocar o mofo nos buracos do queijo já pronto ou então misturar nos ingredientes do queijo antes de ser feito.  Hoje em dia já usam outras formas de coletar o mofo, mas as caves ainda existem e você  pode ir visitar!

    Então, já estamos esclarecidos a respeito do tal mofo do Roquefort, não é venenoso e caso você esteja passando por aqui e tiver uma dor de garganta, pode comer um pouco do queijo que resolve o problema (de acordo com as informações dos meus amigos franceses, aviso que nenhum deles é médico)!

    Agora, falando a respeito do gosto super forte do queijo…

    Roquefort se come com pão e manteiga, o sabor da manteiga ajuda a suavizar o gosto forte do Roquefort.

    Também é comum comer roquefort com salada, uma garfada de queijo, um pouco de salada verde… também funciona. Nunca vi ninguém aqui comendo roquefort puro, mas não posso dizer que “não se faz”, mas eu nunca vi.

    Outro detalhezinho a respeito do cheiro… os franceses guardam os queijos em casa em uma “caixa de queijos” que tem uns buracos com filtro de carbono, fica meio aberto pro queijo respirar mas não deixa a geladeira ou a cozinha com mal cheiro! Genial!

    Leia mais...

    Dicas de turismo na França, o que levar em conta na hora de escolher o restaurante em Paris

    outubro 7, 2010 | Posted in Restaurantes | By

    Dicas de onde comer em Paris

    Dicas de turismo na Franca, o que levar em conta na hora de escolher o restaurante.

    Eu não vou começar este post colocando uma interminável lista de restaurantes “que você não pode perder”.

    Fiz um outro artigo com uma lista dos meus restaurantes favoritos, vale a pena dar uma olhada:Restaurantes em Paris! Lista de 10 dos melhores bistrôs e restaurantes no centro de Paris com endereço e preços

    Paris esta cheia de ótimos restaurantes e eu recomendo você buscar os que estão mais perto. Dependendo do seu tempo disponivel, não faz muito sentido atravessar a cidade só pra ir conhecer um restaurante que você viu na internet. Segue aqui as minhas dicas de como escolher o restaurante:

    1.    O que o restaurante esta oferecendo? Dê uma olhada nos menus antes de optar:

    Os menus estão expostos na rua, então você pode dar uma olhada nos preços e pratos, menus completos com entrada, prato principal, sobremesa e alguma bebida.  Só fique de olho pra ver se o restaurante não é especializado frutos do mar se você esta a procura de carnes. Pra isso é sempre bom dar uma olhada no menu antes de entrar.

    2.    Eles vão me entender? Tente comunicar-se com clareza:

    Não importa a língua que você esta falando, na maior parte das vezes o pessoal dos restaurantes tem algum funcionário que entende. Só não fique trocando de idioma, tipo falando um pouco em espanhol, misturado com Frances e inglês e umas palavras de italiano no meio, ai eles ficam loucos. Você também ficaria. Eu vejo aqui muitos turistas com problemas de comunicação nos restaurantes porque fazem isso, use a língua que você sabe melhor juntamente com a internacional linguagem corporal.

    Eu vivi na China por 5 anos e nunca aprendi a ler os caracteres chineses (só o básico). Nunca tive problemas com comunicação em restaurantes. Linguagem corporal, levar cartões com fotos das comidas, tudo vale.

    Quando eu cheguei na China eu andava sempre com uns cartõezinhos com uns desenhos de boi, porco, galinha, só pra ter certeza que eu não estava comendo cachorro, por exemplo. Mas como em Paris ninguém vai te dar cachorro pra comer, então talvez não seja tão necessário andar com esses cartões.

    Outra dica e olhar a volta e apontar para as outras mesas e pedir o mesmo.

    3.  Use a internet. Pesquise por área, busque pelo restaurante ideal:

    Um ótimo site pra pesquisar sobre restaurantes e fazer s reservas com desconto (tem promoções ótimas) e o Restopolitan.

    Restopolitan também faz reservacoes de restaurantes online, mas agora eles novo um produto – o Cartao Restopolitan que da direito à uma refeicao gratuita a cada reservacao! Ele pode ser comprado por 9,90€ – com a duracao de 1 semana, 19,90€ com a duracao de 1 mes e 39.90€ com a duracao de 3 meses. Sabendo que o cartao se ativa nao no dia que voce o compra, mas sim na sua primeira reservacao! Ele vale com o minimo de 2 pessoas por reserva, e um cartao é aceito por mesa.

    Esse site eu recomendo mesmo:

    Promocao restaurantes

    4.Se você optou por alugar um apartamento, você pode comer em casa:

    Existe um ótimo recurso, chamado Picard Surgeles,  que tem montes de opções de pratos franceses por ótimos preços. A qualidade é ótima e existem inúmeras lojas em Paris. Com certeza deve haver alguma perto de onde você vai ficar. Vá ate o web site deles, www.picard.fr você vai encontrar um retângulo igual a esse:

    Coloque o seu código postal, tipo se você esta na 15eme, o código é 75015, se você esta na 8eme, o código vai ser 75008. É sempre o mesmo código só muda o final dependendo de onde você está.

    Depois clica em “ok” e eles te mostram a lista de “Picards” perto de você. Fácil e eficiente. Eu aconselho mesmo experimentar. Não use o serviço de compra online porque sai caro e demora. Use o site pra descobrir onde é a loja mais próxima e pronto. Tem lojas muito pequenas com poucas opções, procura as lojas maiores.  Se você esta pensando em vir passar o Natal aqui em Paris, Picard tem montes de pratos especiais para a ceia!

    Outra opção é o supermercado Monoprix, onde na sessão de congelados você também encontra pratos congelados.  Eu aconselho as saladas do Monoprix, são ótimas. Aconselho o Monoprix para comprar vinhos (a seleção e ótima) e pequenos presentes baratos (muito mais baratos do que as tradicionais lojas de souvenirs). Eu gosto de presentear com coisas uteis tipo ervas tipicas francesas pra temperar a comida (tem embalagens lindas, boas pra presente). Pequenas garrafas de azeite balsâmico francês, etc. É melhor, mais original e barato do que uma miniatura da torre Eifell “made in china”.

    Nota: Dei uma up-date no artigo pra falar do cartão Restopolitan, que é um novo produto, muito bom!

    Leia mais...