Saiba programar as suas férias em Paris: Veja quanto tempo é necessário para ver cada ponto turístico, museu ou monumento.

by Alexia Oliveira on April 17, 2011

in Pontos turisticos,Turismo dicas

Paris, com a sua imponente Torre Eiffel, e a sensação romântica de ver a cidade através de um passeio pelo rio Sena, alem da história cultural, devem ser visitadas em alguma primavera na vida de todos.
Ao visitar Paris, os pontos turísticos e valor cultural da cidade compensam e muito o valor pago pela viagem, especialmente na primavera, quando o clima faz um passeio pelo rio Sena tão convidativo. Os dias são longos e você tem luz diurna ate quase 10 da noite.
A cidade oferece 10 pontos turísticos considerados imperdíveis para os visitantes que vem pela primeira vez. O que se segue é um breve resumo sobre cada um destes destinos, assim como o tempo necessário para ver cada um destes monumentos. Evite fazer roteiros de “20 minutos em cada museu”, a não ser que você tenha um passe tipo paris pass, senão sai muito caro.

 

Louvre: O Louvre é o museu de arte mais visitado do mundo (mais de 8 milhões de turistas visitaram o país em 2006). A Mona Lisa de Leonardo da Vinci, Madonna e as rochas e a Virgem e o Menino com Santa Ana estão entre as obras de arte em exposição. Alexandros de Antioquia Vênus de Milo também está abrigada no museu. O edifício foi um palácio real durante os tempos medievais. (Para quem gosta de arte, recomendo pelo menos uma manha inteira dentro do Louvre, pra quem não só gosta como entende de arte, recomendo um dia inteiro).

Jardin des Tuileries: Também conhecido como o Jardim das Tulherias, ocupa o grande espaço vazio entre as alas norte e sul do Louvre. O Sena é para o sul. O Jardim das Tulherias cobre cerca de 63 hectares. O espaçoso jardim, que se irradia na primavera, oferece esculturas clássicas e modernas, grandes bacias, canteiros de flores e aves selvagens. O espaço onde está localizada uma vez foi um palácio ao lado do Louvre, que  foi completamente perdido por um incendio em 1871, abrindo espaço para o jardim. (Lugar ideal para descansar depois de uma visita ao Louvre). O Jardim des Tuileries e grande, reserve tempo para ver, recomendo no minimo 40 minutos. Aproveite para relaxar por aqui, e comer qualquer coisa.

Centre Georges Pompidou: um museu de arte com design exclusivo (muita gente diria “interessante”), biblioteca de pesquisa em música, tem este nome por causa do Georges Pompidou, que era o presidente da França em 1969-1974. O edifício, inaugurado em 1977, inclui os grandes tubos coloridos na parte externa traseira. As cores dos tubos mostram o seu conteúdo: Amarelo para a eletricidade, o vermelho para o aquecimento, azul para o ar, e verde para a água. (Tempo recomendado: Uma manha inteira – Recomendado somente para quem gosta de arte contemporânea) Fecha as tercas feiras.

Place des Vosges: É a mais antiga praça de Paris, construído no reinado de Henrique IV de 1605-1612. A Place des Vosges foi  a primeira tentativa de Paris para o planejamento urbano  e é composto de 39 casas cada um feito de tijolo vermelho, com revestimentos de pedra. Algumas das casas são museus, apresentando os seus residentes de 400 anos atrás. (Vale a pena passar pelo menos 30 minutos la, lugar fantástico para tirar fotos)A casa/museu de Victor Hugo fica a esquerda de quem entra, e so ir ate o fundo.

Notre Dame de Paris: Esta  catedral católica romana levou quase 200 anos para ser construida,  comecando em 1163 e concluída por volta de 1345. A catedral, com suas torres distintas sobre a fachada oeste, foi parte de muitos acontecimentos históricos, incluindo a colocação da coroa de Cristo de espinhos por São Luís, durante a construção da Sainte-Chapelle em 1239, e Henrique VI é coroado rei da França, em 1431. (Se você não subir na torre, uns 20 minutos e suficiente) Napoleao se “auto-coroou” aqui tambem,

Sainte Chappelle: Uma capela gótica no coração de Paris foi rapidamente concluída, uma vez que foi consagrada em 1248, após os planos para sua construção iniciada em 1241. Luís IX  (San Louis)de França construiu esta capela para ser a capela palácio real. Também foi construído para abrigar as relíquias preciosas, como a Coroa de espinhos de Cristo, a Imagem de Edessa e 20 outras relíquias de Cristo. (Pelo menos 30 minutos). O palacio real que existia na epoca nao existe mais, mas a capela foi preservada (ainda bem!)

Musée d’Orsay: Este edifício está situado na margem esquerda do Sena e está situado na antiga Estação Ferroviária de Orsay. Possui pinturas francesas 1848-1914. Entre as pinturas mais famosas são as de Van Gogh, Monet e Renoir. (Uma manha inteira)

Torre Eiffel: A famosa torre de observação e torre de transmissão de rádio foi construído em 1889. É a estrutura mais alta de Paris (1063 metros de altura) e é o monumento mais visitado do mundo . A estrutura, concebida pelo engenheiro Gustave Eiffel, foi construída em três anos, foi construído como uma entrada para a Feira Mundial marcando o centenário da Revolução Francesa. O melhor momento para ir a torre Eiffel é a noite ou a tardinha, quando os museus estão fechados. A uma serie de bons restaurantes e bistrôs ao redor, vá jantar por la ou mesmo na torre (tem 2 restaurantes dentro torre mas e melhor reservar antes de ir).

Avenue des Champs-Elysees: Uma das mais famosas ruas do mundo que inclui habitação afluente, cinemas, cafés e lojas especializadas de luxo. Continua a ser a segunda avenida mais caras (imóveis) no mundo, atrás da Quinta Avenida de Nova York. As rendas são tão altas quanto 1,25 milhões dólares por ano.. A Champs-Elysees é também o fim tradicional da última etapa do Tour de France. (são 3 km de Avenida, começando perto do Louvre em terminando no Arco do Triunfo) Programe bem a caminhada  para poder aproveitar e ver tudo, com uma pausa para um café.

Arc de Triomphe: Também um dos monumentos mais famosos do mundo, fica na extremidade oeste da Champs-Elysees. As honras arco aqueles que combateram pela França durante o regime imperial de Napoleão Bonaparte na França 1804-1815. Hoje, ele inclui um túmulo para o soldado desconhecido. (Se você não subir la em cima, uns 10 minutos sao suficientes).

Estes são 10 dos mais populares locais em Paris. A cidade oferece muito mais, incluindo passagens românticas ao longo do Sena, o cabaré Moulin Rouge, e algumas das mais belas arquiteturas góticas do mundo.

Uma viagem a Paris durante a primavera ou em qualquer momento exige pelo menos duas semanas, talvez mais, para apreciar o seu lugar na história do mundo da cultura. Tudo o que você tem que considerar: as mais belas obras de Leonardo da Vinci, Vincent Van Gogh e Claude Monet estão em Paris. Isso é motivo suficiente para visitar a Cidade luz.

 

Como você pode ver, estes são os pontos turísticos mais famosos de Paris e já foram falados muitas vezes aqui no blog.

Se você não tem tempo de ficar 2 semanas em Paris, tente optar pelas coisas que você goste mais.

Pesquise, veja se interessa antes de ir.

Eu tenho tido uma experiencia interessante com os meus passeios guiados aqui em Paris, mas realmente ver os monumentos “só porque você TEM DE VER” não é para mim a melhor ideia de diversão.

Eu já tive a experiencia de estar guiando um grupo que ao chegar no Museu d’Orsay perguntou:

“Onde esta a Monalisa?”

Eu disse: “Esta no Museu do Louvre”.

A pessoa respondeu: “Então porque estamos aqui?”

 

Pesquise, pergunte, veja se o local realmente interessa e não perca tempo no que pra você não tem valor!

  • Você esta em férias. Férias que não são baratas. Aproveite bem e relaxe.
  • Não vá ao “ Centre Georges Pompidou” se você não gosta de “modernices” , Eu pessoalmente não gostei do Centro na primeira vez que fui, eu aprendi a apreciar depois de muitas idas.
  • Não vá ao Louvre se você pouco liga pra arte e não gosta de “velharia”.
  • Tente ser coerente com os seus gostos e seja feliz. Não suba a torre Eiffel só pra contar para os outros na volta.
  • A maioria dos monumento tem fila pra entrar. Mesmo com passe você vai ter alguma fila as vezes.

Não desperdice o seu tempo se você não acha necessário. Gosto não se discute. Va onde você quer ir e pronto. Eu tenho tido grupos que preferem fazer um roteiro meio “mórbido” que não deixa de ser original, com catacumbas, cemitérios e mausoléus. Não deixa de ser interessante também, e afinal você e dono do seu nariz.

Eu, por exemplo, muito mais prefiro andar pelos jardins ao redor da torre do que enfrentar uma fila pra subir ate la em cima. Mas como eu já disse: gosto não se discute!

 

{ 16 comments }

Maria Lucia de Queiroz April 13, 2012 at 9:22 pm

Oi gostaria de saber onde posso tomar o onibus vermelho e tambem o amarelo e qual dos dois é o melhor para quem vai ficar so tres dias em Paris. Obrigada

Alexia Oliveira April 16, 2012 at 11:40 am

Oi Maria Lucia!
O melhor é o vermelho porque o audio guia é em portugues do Brasil ( estou partindo do principio que voce é brasileira).
Voce pode pegar ele e comprar o passe mesmo la dentro.
bj
Alexia

Anderson Jaime April 7, 2012 at 8:49 pm

Olá Alexia, primeiro parabéns pelo seu site, muito útil e de muita ajuda para nós turistas, bem eu e minha namorada estaremos em Paris entre os dias 21 a 26 de abril e gostaríamos de saber qual o valor de seus passeios guiados em paris. principalmente os de compras que acho que é o que vamos ter mais dificuldades, apesar de falarmos inglês, espero seu retorno.

Obrigado, e até!!

Alexia Oliveira April 19, 2012 at 3:41 pm

Oi anderson
Que pena que so vi o seu comentario agora. Realmente eu ja não tenho mais dias livres para Abril. Normalmente as pessoas marcam com bastante antecedencia.
lamento não poder acompanha-los e não responder o comentario antes.
Gente, para saber sobre os passeios mandem email que eu respondo rapido. Comentario não é pra perguntar nada; e pra comentar se concorda, discorda, se gostou do artigo, etc.
bjos a todos
Alexia

Marcelo May 4, 2011 at 10:16 pm

Olá
Mandei email para você, vou estar em Paris de 23 a 27/5, seremos dois casais, e gostaria de ver valores de seus serviços para recepção e dicas para dois dias completos. fico aguardo.
obrigado.
Abraço

Alexia Oliveira May 5, 2011 at 7:56 am

Ola Marcelo!
Ja enviei um email respondendo o teu. Voce nao recebeu? Enviarei de novo.Abraco
Alexia

Kalina April 26, 2011 at 1:32 pm

Oi Alexia, vir aqui especialmente para agradecer todas as suas dicas, elas são ótimas e me ajudaram bastante enquanto estive em Paris.
Paris é maravilhosa e encantadora.
O tempo que passei foi pouco, mas o suficiente para conhecer alguns lugares, me encantar por Paris e já ficar com vontade de voltar rsrrsrs
Obrigada por toda as dicas.
Bjos

Alexia Oliveira April 28, 2011 at 7:41 am

Oi Kalina!
Que bom que voce gostou e aproveitou bastante!
Realmente Paris tem muito o que ver! Espero que voces possam voltar em breve, e quem sabe a gente se encontra pra tomar um cafe!
bjao

Kalina April 28, 2011 at 1:27 pm

Oi Alexia!
Com certeza quero voltar, e vai ser um prazer tomarmos um café :-)
Bjos

Alexia Oliveira April 28, 2011 at 2:28 pm

Oi Kalina!
Pode deixar que eu fico por aqui a espera!
bjao

Pilar Martínez April 24, 2011 at 4:42 pm

Alexia
Em primeiro lugar, estou adorando ler seus artigos e gostaria, se possível, que você me desse umas dicas para a minha “super-hiper-rápida” passagem por Paris.
Em julho farei uma escala de 9 horas em Paris (durante o dia) e quero aproveitar para dar uma voltinha pela cidade. É a primeira vez que vamos a Paris e como o tempo é curto, quero planejar direitinho para não desperdiçar esse tempo.
Já pesquisei o tempo que leva de metro (RER) do Charles De Gaulle ao centro de Paris e considerando que tenho que estar de volta no aeroporto umas duas horas antes do vôo, calculo que o tempo que realmente terei livre para passear será de umas 4 horas.
Sei que não terei tempo para entrar em nenhum dos pontos turísticos de Paris, por isso, pensei no seguinte itinerário a pé (como arquiteta, sei que vou amar), mas estou com receio de não dar tempo: sair na estação do metro Chatelet les Halles; dar uma olhadinha nos jardins les Halles (vi no Google e gostei da arquitetura); seguir até o Centro Cultural George Pompidou; Hotel de Ville; Notre Dame (se der tempo, dar uma entradinha); Ópera Odeon; Palácio de Luxemburgo (se der tempo, ver os jardins); Hotel des Invalides; Torre Eiffel (subir, só se for de escada, mas acho que não vai dar); Arco do Triunfo; Champs Elysees; Praça da Concordia; Museu do Louvre; estação do metro Chatelet les Halles para voltar ao aeroporto.
Outra idéia foi de, após a Notre Dame, passear pela margem sul do Sena até Les Invalides e depois voltar a seguir o itinerário anterior.
Outra preocupação que tenho é de, se por qualquer atraso no vôo, meu tempo for menor do que as 4 horas que imagino. Nesse caso, o que fazer? Tenho receio de fazer baldeação no metro e me perder.
Você poderia analisar essas minhas idéias e me dar sua opinião?
Desde já agradeço.
PILAR

Alexia Oliveira April 24, 2011 at 5:23 pm

Ola Pilar
Para fazer esse seu roteiro caminhando voce vai precisar de no minimo umas 8 horas.
Note que perto dos pontos turisticos tem milhares de pessoas, e nao da pra caminhar rapido.
Partindo do principio que voce nao tenha fila nenhuma na imigracao e saia super rapido do aeroporto, mesmo assim nao daria pra caminhar tudo isso.
So pra dar uma ideia do seu roteiro: Caminhar de Chatelet ate o palacio de Louxemburg deve demorar 1 hora, no minimo. Isso sem falar nas paradas em torno deste caminho para ver Hotel de Ville, Jardim Les Halles, Centro Georges Pompidou (para ir ate este voce vai caminhar uns bons 20 minutos no minimo – e depois voltar, entao sao 40 minutos ida e volta)).
Do Jardim de Louxemburgo ate a torre Eiffel devem ser uns 50 minutos. Para subir a torre Eiffel, 2 horas na fila (tem fila pra comprar ingresso pra subir de escada tambem) mais uns 30 minutos subindo a pe (nao esqueca a torre e alta: 300 metros).
Eu acho simplesmente impraticavel.
Depois disso voce ainda vai encarar um passeio de 30 minutos ate o Arco do Triunfo, depois mais 1 hora e meia, no minimo ate o louvre.
Se eu fosse voce entrava num Bus tour e via tudo isso em 2 horas, parava pra um lanche nas otimas brasseries em volta da Notre Dame, e voltava ao aeroporto mais descansada.
Abraco!

Pilar Martínez April 24, 2011 at 9:06 pm

Obrigada, Aleixa
Olhando o Google, eu já estava imaginando que ia ficar muito apertado. A princípio, quando descobri que existia esse bus tour, fiquei animada e pensei em pegá-lo e ir saltando onde achasse interessante, mas amigos meus me disseram que era besteira pegar o ônibus, que Paris é bom para caminhar, que daria tempo para fazer tudo a pé, etc.
Agora me sinto mais tranquila para dividir meu tempo entre o ônibus e as caminhadas. Vou saltar na mesma estação, fazer o caminho que planejei até Notre Dame e depois pegar o ônibus.
Muuuuuito obrigada, mesmo pela orientação.
Quando voltar, digo como foi.
Abraço.
PILAR

Alexia Oliveira April 24, 2011 at 10:17 pm

Oi Pilar
A gente quando olha no mapa nao tem ideia que os percursos sao tao grandes, por isso entendo que programaste um pouquinho demais para as 4 horas. Os teus amigos tem razao, o legal mesmo e sair por Paris caminhando pra conhecer, mas em 4 horas nao da, teria de ficar mais tempo.
Essa de pegar o onibus e sair onde achar legal vai te poupar um tempao! Voce pode pegar o Onibus mesmo na rua em frente a Cadedral de Notre Dame!
Bj e boa viagem!

Ingrid Ferreira April 18, 2011 at 1:56 pm

Que maravilha de artigo Alexia! Adorei! Suas dicas vão ser preciosas para minha visita em Paris! Sinto não ter as duas semanas necessárias para conhecer os mais interessantes pontos da cidade, mas como não pretendo ir só uma vez em Paris, vou guardar as dicas para as próximas viagens! Obrigada.

Alexia Oliveira April 18, 2011 at 2:52 pm

Oi Ingrid!
Um elogio vindo de alguem como voce, uma viajante experiente, e otima escritora, e uma honra receber.
Eu acredito que sempre vai existir muita coisa pra ver em Paris, e 2 semanas e somente uma base mesmo.
Tem lugares que nem eu conheco ainda!
Espero mesmo que voce passe muitas vezes por aqui… estarei esperando para um cafe…
bj

Comments on this entry are closed.