Restaurantes da moda em Paris: Comida espanhola, sanduíches naturais e outras novidades

Eu já tinha escrito sobre os Restaurantes típicos e bistrôs em Paris, no artigo Restaurantes em Paris! Lista de 10 dos melhores bistrôs e restaurantes no centro de Paris com endereço e preços e hoje estou escrevendo um pouco sobre os restaurantes da moda em Paris, aqueles que não estão seguindo os padrões tradicionais. Esses restaurantes são geralmente mais baratos do que os restaurantes franceses, mas ainda tem aquele “algo a mais” que a gente gosta.Eu adoro estes 5 lugares e queria compartilhar esta pequena lista, que apesar de não ter restaurantes “tipicamente franceses” , mostra um pouco da variedade que se pode encontrar em Paris.

Fiz uma lista de 5 dos meus preferidos:

Então, saindo um pouco fora da onda dos “bistrôs”, temos:

    1.La Blanchisserie:

    Cozinha espanhola e tapas à francesa (são um pouco mais “de luxo” do que os tapas tradicionais da Espanha, seguindo uma onda mais catalã). Funciona também como galeria de arte moderna. Longe do centro, mas bem freqüentada. Eu aconselho!

Endereço: 24, rue d’Aguesseau – Boulogne-Billancourt, tel. 01-41-31-31-41, Metrô Boulogne- Billancourt


    2.Bioboa:

    Casa de Sanduíches naturais “bio”. Ótimo para quem quer variar um pouco entre as comidas pesadas da gastronomia francesa tradicional.

    Perto da Colette, a loja “hype” de Paris. As saladas são ótimas, alias, tudo e ótimo… Vale a pena!

Endereço: 3, rue Andorinha-de-casa (1º), tel. 01-42-61-17-67, metrô: Pyramides (fecha no fim de semana)


    3.Ozo:

    Bom local para o brunch (aquele café da manha + almoço) ou uma refeição rápida na hora do almoço.

    Localizado entre Les Halles e o Marais, chama a atenção do meio jornalístico e artístico.

Endereço: 37, rue Quincampoix (4º), tel. 01-42-77-10-03, metrô Hotel de Vill


4.Rouge tomate:

Todos os pratos são feitos a base de tomates ou têm um toque da fruta (pois é , tomate é fruta), inclusive as sobremesas. A praça do mercado Saint-Honoré tem outros restaurantes legais na volta também . Dê um passeio pela área e você vai encontrar lugares bem interessantes e diferentes para comer.

Endereço:34, place Marché Saint-Honoré (1º), tel. 01-42-61-16-09, metrô Tuileries


    5.Grande Epicerie de Paris:

    é uma especie de “supermercado” – Bon Marché é um dos paraísos da gastronomia no planeta. Não deixe de ir!

    Perfeito para comprar guloseimas para comer no Hotel.

Endereço: 38, rue de Sèvres (7º), tel. 01-44-39-81-00, metrô Sèvres-Babylone

Leia os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

2 Comments
  1. Ola Alexia
    Gostaria de tirar 02 duvidas com vc: é verdade que a água de torneira de Paris é potável e se pode beber sem medo ? Gostaria de dicas sobre vinhos franceses pois não conheço nenhum, aqui sempre tomo Cabernet Sauvignon nacionais, argentinos ou chilenos, é verdade que é mais barato que refrigerantes.
    Aguardo seu retorno.
    Beijos
    Eliane

    • Oi Eliane!
      Pode beber a agua de Paris sem medo. Eu sou medrosa com essa historia de agua e sempre bebia de garrafa, ate que pesquisei bastante e realmente nao precisa comprar agua (eu compro so pra ter umas garrafinhas na bolsa, por exemplo).
      Vinhos: compre somente vinho com data. O vinho comprado no supermercado aqui comeca a ser bom a partir dos 7 euros. Tem um vinho tinto muito bom para acompanhar tanto massas como carnes e frango que e o beaujolais (NAO COMPRE o beaujolais village ou beaujolais noveau – esses nao prestam). Eu adoro beaujelais. E so abrir e beber, nao precisa esperar “respirar” como o cabernet. E perfeito para o almoco por exemplo.
      Carbernets sao sempre boms aqui mas sao vinhos mais pesados, (bons para acompanhar carnes).
      Uma taca de vinho e mais barata do que os refrigerante na maior parte dos restaurantes. Voce tambem pode pedir “meia garrafa” que e uma garrafa pequena.
      Um bom vinho para acompanhar peixe (vai bem com foie gras tambem) e o nosso conhecido Riesling, que e fabricado na fronteira entre a franca e alemanha, por isso e um vinho branco leve. Vale a pena experimentar a versao francesa.
      Se tiveres mais duvidas e so perguntar!
      grande abraco!

Comments are closed.