janeiro 20, 2012 | Posted in:Compras em Paris, Cultura Francesa

Mal se pronuncia o nome Louis Vuitton, o famoso monograma LV vem nas nossas mentes. Essa marca, mais cobiçada e copiada no mundo, é um símbolo de luxo e know-how, o símbolo de sucesso para todos os adoradores de qualidade, historia e de moda. Louis Vuitton também é o simbolo do sucesso da perseverança e do idealismo.

A saga da Vuitton tem suas origens em uma pequena aldeia remota no berço Jura, Anchay.Louis Vuitton (nascido em 1821) vem de uma família pobre de moleiros e carpinteiros. Aos 14 anos, ele resolve viajar, a pé, (400 km!) para Paris, para aprender durante uma jornada de dois anos, como trabalhar com madeira.

Depois, o jovem Vuitton é contratado como aprendiz de um fabricante de baús de viagem (antigas malas) que era usado pela alta sociedade em suas mudanças e viagens. O jovem rapaz trabalhou muito para criar alguma coisa diferente, que fosse alem de útil, pratico e bonito. O conceito de aliar beleza e praticidade foi pioneira na época.

Louis Vuitton

Louis Vuitton

O destino extraordinário de Louis Vuitton está ligado a Napoleão III , pois ele se tornou o favorito da Imperatriz Eugenie, em 1853. A partir dai, a sua sorte começa a mudar e ele começa e ver os frutos de tanto trabalho e pesquisa.

Com seu sucesso, Louis Vuitton fundou sua própria empresa no ano seguinte e se mudou para a Rue des Capucines.

A sua grande primeira idéia, foi criar um tecido altamente resistente, revestido, que irá substituir o couro. Um golpe de gênio: usar um material menos restritivo do que a pele natural e com melhor cheiro, porque as malas de couro da época eram famosas pelo mal cheiro.

Louis Vuitton - publicidade de 1898

Louis Vuitton - publicidade de 1898

 

Gradualmente, Louis Vuitton vai obedecer as necessidades de sua clientela abastada, melhorando a pele (couro e a sua nova invenção de tecido revestido), criando o conceito de malas “a prova d’água”, e lidando com os cantos das malas (com ponteiras de metal), etc

Vuitton vai seguir passo a passo a evolução da moda e as exigências da sua clientela, criando novos modelos, e comecando a fazer bolsas para o dia a dia.

Ele também se adapta aos novos meios de transporte: ele vai acompanhar o lançamento dos primeiros trens, barcos a vapor, e depois também vê o surgimento dos carros. As malas (antes em estilo bau de viagem) tem de se tornar cada vez mais leves e portateis.

Em 1859, a oficina se muda para a Rue Scribe, as pessoas começam a viajar mais e as malas rígidas dão lugar as malas flexíveis, mais leves, estilo bolsas de viagem, em vez dos antigos baus.

A Marca LV foi sempre caracterizada pelo monograma. As malas sempre tiveram o seu nome escrito.

Sem duvida, o jovem Louis Vuitton tinha uma ótima ideia de marketing. Ele foi o pioneiro na ideia de lançar bolsas com designer, e criar uma marca.
Nesta altura, as copias e falsificações começam também a aparecer. Hoje em dia, a LV é a marca mais falsificada no mundo.
Muito foi desenvolvido desde la, e criadores como Marc Jabobs, Takashi Murakami entraram para a família LV para engrandecer ainda mais as diferentes linhas e modelos das bolsas.

Na verdade, todas as outras bolsas de marcas famosas surgiram imitando os passos da Louis Vuitton, não em estilo ou modelos, mas em conceito. Ele foi o pioneiro, ele foi quem pesquisou como criar modelos, enfim, qualquer bolsa hoje em dia deve alguma coisa a esta marca.

Antes das bolsas LV, as pessoas usavam uma especie de saquinhos como bolsas de mão. Você pode ver nos filmes…

Diferente de muitas outras marcas, a empresa LV hoje em dia, faz questao de patrocinar artes, museus e teatros no mundo inteiro, tem ótimas condições de trabalho para os funcionários (beeeem diferentes da Nike, por exemplo). Enfim, essa é uma empresa politicamente correta.

O tempo passou e a LV diversificou os seus produtos, e temos desde sapatos, joias, relógios, etc. Mas as bolsas continuam sendo o forte da marca.

Agora, termino este artigo com alguns fatos sobre as bolsas LV:

 

Louis Vuitton - publicidade atual

Louis Vuitton - publicidade atual

  • As bolsas Louis Vuitton verdadeiras não tem defeitos de fabricação. São perfeitas, e o monograma nunca e cortado ao meio em uma bolsa.
  • Essa bolsa não é uma bolsa para ser usada somente em momentos especiais, uma Louis Vuitton é feita para ser usada no dia a dia, porque e super-resistente e durável. Essa e uma bolsa “pra bater mesmo”.
  • As LV não são as bolsas mais caras do mundo nem são consideradas bolsas de snobe, ou de “quem quer aparecer”, pelo menos na Europa. Esta cheio de gente no metro usando bolsas da LV. Depois da Longchamp, a LV é a marca mais vista na mão das francesas (claro, sem contar as bolsas sem marca, que são a maioria sempre, quem qualquer lugar).
  • As bolsas mais caras do mundo são as bolsas da Hermes. Estas bolsas chegam a 40.000 euros. As bolsas LV Variam entre 300 e 3.000 euros. Grande diferença.
  • O conceito de “ter 50 bolsas diferentes” não faz parte da cultura europeia. Aqui as pessoas tem 1 bolsa para o dia a dia, uma para viagem e outra para festas. Assim podem investir em alguma coisa de qualidade, porque sabem que vão usar a bolsa por muito tempo, pela vida inteira mesmo.
  • As bolsas LV passam de mãe pra filha e ficam mais lindas a medida que o tempo passa. Não existe o conceito de que “você tem de ter o ultimo modelo”.
  • A louis Vuitton nunca entra em liquidação, nunca faz promoções e não e vendida em outros locais que não sejam as lojas da Louis Vuitton. Comprar uma LV falsificada incentiva o trabalho escravo, infantil, e o crime organizado. Se você não pode comprar uma bolsa legitima, compre uma bolsa original qualquer, de outra marca, existem modelos lindíssimos para todos os gostos e bolsos que são comercializadas por empresas honestas.
  • As bolsas LV são fabricadas na França, Espanha e Estados Unidos. Não existe LV legitima feita em outros locais. A LV não tem fabricas em países de terceiro mundo para se aproveitar de salários baixos e mas condições de trabalho. Qualidade em primeiro lugar!
  • Eu costumo acompanhar pessoas em compras por aqui, e quando se fala em LV, a maioria dos brasileiros faz cara feia, porque é um bolsa de snobes, etc. Preferem gastar o mesmo dinheiro (ou muito mais) comprando 10 bolsas diferentes. Pra que 10 bolsas? Coisas culturais…
  • Temos que ver pelo lado ecológico também. Quanto mais quantidade de produtos você consome, mais você degrada os recursos naturais do planeta. Ter UMA bolsa para usar todos os dias (ou boa parte deles) da sua vida é muito mais PC (politicamente correto) do que comprar 100 bolsas ou mais no decorrer dos anos. E sai mais barato, mesmo que a sua única bolsa seja uma Louis Vuitton cara.

 

 

 

Alexia é brasileira e vive em Paris. Formada em Historia (mestrado) e turismo (curso técnico) com especialização em Guia turistico. Oferece serviços de guia e organisa circuitos guiados pela Europa. Formação em Gestão e Contabilidade e em musica também :) Contato: alexiaoliveira@artdeviv.com

16 Comments

  1. Mario Dal Pra guia oficial de Munique
    fevereiro 14, 2012

    Bom dia Alexia,
    Parabens muito legal todo o seu blog!
    Um abraco cheio de neve desde aqui de Munique
    Mario

    • Alexia Oliveira
      fevereiro 15, 2012

      Ola Mario!
      E uma honra ter a sua visita aqui no blog! Obrigada pelo comentario.
      Abracos!
      Obs.:
      Gostaria de aproveitar e apresentar aos leitores do Artdeviv o Mario Dal Pra, guia Brasileiro em Munique.
      Aqui vai o link para o site dele:
      http://www.guia-baviera.com

  2. Rhayanna
    fevereiro 13, 2012

    Olá Alexia,
    Vou a Paris no começo de março, e gostaria de saber se vale a pena comprar em Paris mala de viagem (de rodinha)? Você sabe qual a média de preços? Obrigada!

    • Alexia Oliveira
      fevereiro 13, 2012

      Oi Rhayana
      Eu nao conheco bem as malas de viagem da Louis Vuitton, se estas falando nesta marca, mas acredito que tudo da LV e mais bararo em 20% em relacao aos outros locais. As malas devem comecar por uns 1000 euros eu acho. Agora se voce esta falando sobre malas de rodinha normais, voce compra aqui a partir 35 euros (made in china), dependendo do tamanho e claro. Eu acredito que se compre malas de viagem aqui so se forem de alguma marca famosa mesmo, francesa, ou se por acaso a sua quebrou na viagem de vinda, porque com certeza no Brasil tem malas de rodinha muito mais baratas do que aqui. Vir pensando em comprar mala aqui so mesmo se voce estiver pensando em Longchamp, LV, Lancel, etc. Ou seja, as marcas francesas mesmo.
      bj
      Alexia

  3. Mary
    fevereiro 5, 2012

    Ola Alexia!
    Tudo bem?
    Minha prima e eu iremos para Paris na semana do carnaval, e de tanto que falam desta marca de bolsa, não irei resistir.
    Porem tenho uma duvida, quero trazer 3 bolsas, não terei problemas com o embarque?!
    Ah, Alexia te enviei um e-mail.
    Aguardo retorno
    Beijos

    • Alexia Oliveira
      fevereiro 7, 2012

      Oi Mary!
      Eu nunca vi dar problema, mas so pra garantir, coloquem uma bolsa na mala de cada uma ou venham com elas como se ja fossem de voces.
      bjo
      Alexia

  4. simone
    janeiro 21, 2012

    Oi Alexia!

    Adorei o post. Parabéns!
    Bjs

    • Alexia Oliveira
      janeiro 21, 2012

      Oi Simone querida!
      Que bom ver voce por aqui…
      Obrigada! bjus

  5. Francinaide Barros
    janeiro 21, 2012

    Olá Alexia tudo bem?
    Gostei muito da história de Louis Vuitton, um exemplo de sucesso!
    Bom o que gostaria de te informar (não sei se vc já viu) é que apesar das bolsas serem fabricadas em países de primeiro mundo, o saco que vem a bolsa já não é, comprei a minha LV em Orlando no Millenia e qdo cheguei ao Brasil fui verificar tudo, kkkkk. Fiquei impressionada (decepcionada) qdo vi no saco a etiqueta “made in Taiwan”.
    Abraços,
    Franci

    • Alexia Oliveira
      janeiro 21, 2012

      Oi Francinaide
      E isso mesmo, os sacos sao so sacos mesmo kkkk. Os meus sao todos made in india… LV nao e Fion (platinum), que tem um saco e super hyper luxuoso feito na mesma fabrica… e so um saco mesmo!Que pena ne? Mas as caixas das carteiras sao lindas pra guardar maquiagem!
      bj

      • Francinaide Barros
        janeiro 24, 2012

        É verdade Alexia, sacos são sacos, kkkk qdo cheguei em casa fui ver a etiqueta é fabricado na India e eu coloquei Taiwan, kkkk. Mais deveria ser fabricada na LV mesmo.
        Obrigada pela atenção.
        Bjs

        • Alexia Oliveira
          janeiro 24, 2012

          Oi Francinaide!
          Pois e… mas pelo preco das bolsas bem que podia ser um saquinho melhor mesmo, mas paciencia… ah… sacos made in india sao melhores do que made in taiwan kkkkk pelo menos la eles tem muito bom algodao, perdendo somente pro egito mesmo. Fica ai o nosso consolo hehe.
          Bj
          Alexia

  6. Luciana Oliveira
    janeiro 20, 2012

    Oi Alexia, tudo bem?
    Primeiro gostaria de agradecer vc pelo seu blog. Visitei recentemente Paris e li muita coisa legal aqui q me serviu bastante aí. Obrigada.
    Esse post tá muito legal, e eu vi mesmo muitas pessoas no metrô com LV. Embora seja sempre bom lembrar que o metrô de Paris é utilizado por todas as classes, inclusive por gente q tem muita grana, rs. E eu entendi direitinho a razão, o transito de Paris é um caos, nossa!! rs
    Mas ainda assim eu vi gente muito bem arrumada com LV e gente como a gente, classe média tb com LV.
    Muita coisa legal q vc falou aqui eu não sabia, a exemplo do fato de que os monogramas nunca aparecem cortados numa bolsa legítima, otima dica!
    Uma outra dica legal, pra quem quiser saber é que comprando pelo site da LV é possível “personalizar” 4 modelos de bolsas/malas com suas iniciais :). Imagina que legal?
    Um abraço.
    Luciana

    • Alexia Oliveira
      janeiro 20, 2012

      Oi Luciana!
      Pois e, o metro aqui e mesmo o melhor meio de transporte pra todo mundo. Eu ja vi gente de smoking pegando o metro, e gente que pela roupa estava indo para festas. Todo mundo usa mesmo.
      Eu ja vi umas bolsas personalizadas com iniciais ou com o nome mesmo, ficam muito legais mesmo! Pra malas entao, e perfeito (se alguem tiver coragem de despachar uma LV rsrs… Da pra pedir tambem na loja, entao a pessoa compra e tem de deixar a bolsa la por uma semana, depois vai pegar. So nao tenho ideia de quanto sai…
      Realmente tem gente como a gente usando LV tambem, principalmente aqui. Eu mesma tenho uma que eu uso bastante no dia a dia, com roupa normal mesmo, de jeans, tenis e jaqueta.
      Ah.. me esqueci de colocar no post… em alguns modelos o LV pode estar de cabeca pra baixo no lado de tras da bolsa, isso nao e sinal de bolsa falsa. E que eles fazem algumas bolsas com o tecido inteiro, entao quando vira pro outro lado fica de cabeca pra baixo. Acontece muito com as malas tipo executivo e pastas.
      bj Luciana!

  7. Maria Aparecida e Joaquim
    janeiro 20, 2012

    Oi Alexia
    Adorei saber a historia do Louis Vuitton, mas realmente aqui no Brasil nao da pra andar sempre com a mesma bolsa porque o pesoal fala mesmo… Tem que ter e variedade, e a bolsa do ano passado ja nao serve pra esse ano porque ja esta muito vista… bj Sera que esse povo tem solucao? rsrs

    • Alexia Oliveira
      janeiro 20, 2012

      Oi Maria!
      Realmente sao coisas culturais mesmo. Eu imagino que alguem deveria fazer um site ou blog onde as pessoas pudessem entrar em contato uma com a outra para trocarem as bolsas, assim todo mundo variava e nao se gastava tanto. O problema e que ai entramos em outra questao cultural… brasileiro nao gosta de usar nada de segunda mao… acho que nao tem como resolver mesmo!
      bj