novembro 7, 2010 | Posted in:Turismo dicas

Planejar férias na Europa normalmente já e o começo da diversão.

Como é bom começar a pesquisar lugares para ir, planejar passeios, checar os pontos turísticos do lugar, restaurantes e hotéis!

Como já diz o ditado, devemos ter esperança de que tudo ira correr bem mas estar preparado para o pior (esse ditado funciona melhor em inglês: Hope for the best, prepare for worst).

Não quero assustar ninguém, normalmente tudo corre bem nas férias, mas as vezes pequenos contratempos podem transformar as suas férias ou parte dela em um momento meio difícil ou cansativo.

Aqui vão algumas dicas simples para evitar pequenos problemas:

  1. Tenha copia de todos os seus documentos, cartão de credito, telefone de contato da sua seguradora (seguro de saúde e obrigatório para viajar), entre outros dados importantes na sua caixa de e-mail. Se você precisar, vá ao ciber café mais próximo ou mesmo no hotel e imprima. Não precisa andar com montes de papel na mala. E fácil: com a sua maquina fotográfica, tire foto de todos os documentos de forma que fiquem legíveis, passe para o computador e mande um e-mail com as fotos anexadas para você mesmo e para as pessoas que viajam com você. Caso aconteça alguma coisa seria as pessoas tem acesso a copia dos seus documentos. Copia em papel na mala pode desaparecer junto com a sua mala.

  2. Entre em contato com pessoas que moram no Pais que você vai para ter uma referencia em caso de urgência. O artdeviv.com por exemplo pode ser usado para isso também, e só me contatar que eu farei o possível para ajudar ou indicar alguém para ajudar. Use fóruns, blogs, Orkut, etc. Tenha mais de um contato só para garantir. Não precisa “marcar encontro” com as pessoas ou mudar o seu roteiro de ferias, mas avisar que esta vindo e que caso precise vai entrar em contato. Tenha o numero de emergencia do Consulado, mas lembre que para eles emergencia e morte, acidente serio, tsunami, prisao… tem de ser mesmo muito serio para eles ajudarem.

  3. Não tenha vergonha de pedir ajuda, se você precisa de algo, pergunte, corra atras.

  4. Viaje com diferentes formas de “dinheiro”, cartão de credito por si só não e seguro porque pode ficar preso em uma maquina. Traga mais de um cartão, dinheiro, travelers checks, diversifique.

  5. Viaje leve: não venha passear preocupado em não repetir roupa, em “fazer bonito”, traga pouca roupa, e coisa que se desaparecer você não fique no prejuízo. As malas podem se perder. Verifique o seguro (quanto que a seguradora paga em caso da perda da mala – e coloque mais ou menos o mesmo valor em roupas dentro – conte o valor da mala também). Não faça “enxoval” para a viagem, economize o dinheiro e gaste durante o passeio com coisas interessantes ou que você precise no momento – o sapato arrebentou? Compre outro aqui!

  6. Traga uma receita original dos remédios que você tem de tomar – mesmo trazendo a dose necessária- sempre e bom prevenir em caso de um roubo ou perda da mala ou bolsa com os remédios.

  7. Não viagem sem dinheiro: e sempre bom ter um extra, mesmo que você não pense em gastar, mas nunca se sabe…

  8. Tenha uma lista de mais 3 hotéis na mesma área do seu hotel. Se por acaso você chegar no hotel e afinal deu um problema no computador e a sua reserva desapareceu do computador…. você tem como procurar outro por perto, ou mesmo pedir para eles ligarem e arranjarem uma reserva. Já aconteceu comigo de chegar e afinal não ter a reserva…

  9. Tente comprar um bilhete de avião que chegue a uma hora “normal” no aeroporto. As vezes o voo chega as 3 da manha e não há mais transportes para pegar. Nem todo aeroporto tem taxi 24 horas. Verifique o horário da sua chegada e avise no hotel a que horas você provavelmente vai chegar, para eles não cancelarem a reserva antes – dependendo do hotel você tem de fazer a opção “late check-in” para eles segurarem a reserva ate mais tarde caso você chegue depois das 14h. Também e boa ideia ter o telefone do hotel a mão caso precise telefonar. Tenha o endereço do hotel em escrito caso você não domine a língua muito bem.

  10. Sempre que possível viaje com o seu netbook/laptop/notebook. E sempre mais fácil arranjar um lugar com internet wireless do que ciber cafés com computadores a disposição. Uma vez foi muito útil (eu estava em uma ilha na Thailandia) poder abrir o laptop e mostrar o e-mail do hotel com a confirmação da reserva.

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Alexia é brasileira e vive em Paris. Formada em Historia (mestrado) e turismo (curso técnico) com especialização em Guia turistico. Oferece serviços de guia e organisa circuitos guiados pela Europa. Formação em Gestão e Contabilidade e em musica também :) Contato: alexiaoliveira@artdeviv.com