novembro 17, 2010 | Posted in:Turismo dicas

A sua habilidade em fazer as malas vai determinar o sucesso ou a falha em viajar leve. É importante saber como ser um “smart traveler”, começando pela maneira de como você arruma as suas malas!

Como fazer as malas de maneira a aproveitar as férias ao máximo sem lidar com problemas de carregar um enorme peso de um lado para outro?

Se você esta pensando em viajar por vários lugares e não pretende pagar diária em hotel só porque “as suas coisas tem de ficar em algum lugar”, este artigo é o que você esta procurando.

Viajar leve é uma arte. Nem todas as pessoas entendem como é melhor ter pouca coisa para carregar em uma viagem. Quando fazemos uma viagem internacional qualquer que atravessa um dos oceanos as companhias aéreas lhe dão o direito a carregar 36 quilos da bagagem – Como acontece com os voos do Brasil para a Europa (você atravessa o oceano atlântico). Acontece que se você vai fazer viagens internacionais pela Europa (não atravessando oceano), por exemplo, essa regra não funciona (você só pode carregar 20 quilos) e afinal você tem de deixar muita coisa pelo caminho.

Viajar com o peso da mala “no limite” impede muitas vezes você de comprar coisas interessantes pelo caminho – não há mais margem.

Existem viajantes frequentes que depois de muitas viagens ainda não aprenderam a viajar leve, tentando a toda viagem carregar menos coisas mas assim mesmo muito mais do que o necessário.

Os Brasileiros são conhecidos internacionalmente como os viajantes mais pesados na Europa, seguido pelos Chineses – os chineses não tem o direito a carregar 36 quilos porque a viagem apesar de longa não atravessa o oceano (eu sei disso já vivi na China – só e permitido 20 quilos), com a diferença que os Brasileiros chegam já com mala pesada, e os chineses partem com a mala carregada de compras. Por isso também os brasileiros são muitas vezes barrados nos aeroportos internacionais – quem acredita que uma pessoa que vai ficar passeando pela Europa precisa carregar uma mala de 36 quilos? Quem viaja leve não tem problemas na alfandega.

Então aqui vão algumas dicas de como se tornar um “smart traveler” e começar a viajar leve, contribuindo não só para a saúde das suas próprias costas como é uma maneira educada de compartilhar o espaço no avião – afinal o voo não e só para a gente não e mesmo?

Aqui vai uma lista rápida de dicas:

Faça uma lista de o que você vai precisar durante a viagem:

Para ser um “smart traveler” você deve saber programar escrevendo uma checklist. As listas são muito uteis para fazer você não esquecer do que e importante e deixar de lado o que não precisa.

Uma checklist dividida por categorias é útil: Separe a lista em categorias tais como:

1.Produtos de higiene pessoal: Leve em conta o tipo de hotel que você vai – a maioria das coisas que você leva são encontradas no seu quarto de Hotel – não perca tempo nem desperdice espaço levando sabonete, por exemplo. Se você não se adaptar aos produtos do Hotel (eu recomendo levar o seu próprio shampoo e condicionador em embalagem pequena). Não esqueça que você pode comprar de o que precisa em um supermercado. Paris tem excelentes produtos de higiene pessoal para todos os bolsos, aproveite a viagem para experimentar. Então, o que levar: a sua própria escova de dentes de viagem e creme dental pequeno (você vai precisar disso na bagagem de mão para escovar os dentes durante o voo). Escova de cabelo, pente, remédios, maquiagem (um kit pequeno!), para os homens – giletes ou barbeador.

  1. Roupas: já escrevi um artigo Outono e Inverno em Paris! O que colocar na mala? falando sobre isso, recomendo mesmo a leitura,
  2. Sapatos: Um par de sapatos de noite (leia-se salto alto para as mulheres). Somente um par ou nenhum, aproveite para comprar um par novo durante a viagem. Paris tem sapatos sensacionais! Já é uma desculpa para ir as compras!
  3. Documentos e eletrônicos: Como já disse antes no artigo Dicas de turismo, voce esta preparando para uma emegencia durante as ferias? tenha a copia dos seus documentos em sua caixa de email. Copias em papel só servem para acrescentar mais peso a sua mala de mão Leve o seu netbook ou notebook na viagem com musica, livros em PDF, mapas e guias. Não carregue um monte de livros a toa. Recomendo ter um netbook na viagem para uma família, não carregue vários. Se você esta viajando com filhos adolescentes, deixe para eles a tarefa de organizar isso, não carregue vários notebooks em um mesmo grupo. Não recomendo laptops pois são muito grandes e pesados.Carregadores das maquinas de fotografia, ipods, etc. Tente trazer um carregador universal se possível, ou verifique o que pode ser carregado no seu netbook com um único cabo USB.
  4. Enrolar as roupas para colocar na mala: Funciona?É um mito:para algumas pecas sim, mas basicamente roupas interiores e meias (que devem ficar nos cantos da mala e entre os espaços deixados pelos sapatos por exemplo). E melhor colocar as roupas o menos dobradas possíveis ocupando todo o espaço da mala, fazendo então varias camadas de roupas.
  5. Mantenha-se monocromático o tanto quanto possível:Isso mesmo: escolha uma cor (neutra) e mantenha os mesmos tons. Roupas claras exigem ser lavadas mais frequentemente, cores recomendadas:Todos os tons da cinzaTodos os tons de castanho ou marromTodos os tons de verde (verde oliva e muito bom para viagens, combina tanto com cinza como com marrom)Preto (evite se estiver viajando no verão)Todos os tons de azul
  6. Coisas a evitar:Varias calcas blue jeans (são todas mais ou menos iguais mesmo…)Rosas pink, amarelos, vermelho, cores vibrantes em geral misturadas.Mais de 2 maquinas fotográficas por família.Mais de 2 netbooks por família.Sapatos não confortáveis.

E você? Costuma viajar leve ou sempre carrega uma mala enorme? Quais as vantagens de uma opção e outra? Deixe a sua opinião! Deixe o seu comentário!

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Alexia é brasileira e vive em Paris. Formada em Historia (mestrado) e turismo (curso técnico) com especialização em Guia turistico. Oferece serviços de guia e organisa circuitos guiados pela Europa. Formação em Gestão e Contabilidade e em musica também :) Contato: alexiaoliveira@artdeviv.com

6 Comments

  1. Ingrid
    março 15, 2011

    Olá Alexia!
    Eu costumo viajar leve! Uso geralmente mochila cargueira (estilo mochileiro mesmo)! E usar mochila tem a vantagem de realmente limitar a quantidade de coisas pra levar!
    Não levo muitas roupas, mas levo peças chaves que dê pra combinar e recombinar, pra não ficar parecendo muito repetidas! Minha meta é sempre não ultrapassar 12 ou 15 kilos, até porque eu carrego nas costas! rs. Não levo shampoo ou sabonete, e compro quando chego no local. Itens de higiene pessoal como esses costumam pesar mais na mala.
    A vantagem é que eu consigo carregar sozinha minha bagagem, e nunca levo mais do que uma única mochila. Sobra espaço para compras da viagem.
    A desvantagem é que como levo poucas roupas, dependendo do tempo de viagem é necessário usar a lavanderia do hotel ou albergue. Mas não vejo problema com isso.
    Abraços.

    • Alexia Oliveira
      março 15, 2011

      Oi Ingrid!
      Es mesmo a perfeita viajante! obrigada pelas dicas, se voce quiser colaborar com o ArtdeViv escrevendo artigos sobre as suas viagens pela Europa, seras muito bem vinda! Realmente quanto mais a gente viaja menos coisa leva… afinal de contas o que importa e o conforto, nao tem graca nehuma andar por ai arrastando uma mala enorme, que apesar da maioria hoje em dia terem rodinhas, na hora de viajar de trem, metro ou onibus, a gente tem mesmo que levantar a mala, nao da pra arrastar.
      Eu costumo comprar sabao e lavar roupas interiores, camisetas e coisa pequena eu mesma, no hotel… so as camisas, jaquetas, calcas e vestidos eu mando pra lavanderia…
      Grande abraco e pense no assunto… (de colaborar com o ArtdeViv..) me escrevas se tiveres interessada: alexiaoliveira@artdeviv.com

      • Ingrid
        março 15, 2011

        Olá Alexia!
        Estou simplesmente lendo todo o seu blog! As dicas são fantásticas! Vou fazer essa viagem em Maio e meu sonho sempre foi conhecer Paris, mas devo confessar que é a cidade que me deixa mais apreensiva. Mas suas dicas estão me deixando mais tranquila!
        Será um prazer colaborar com o blog com informações gerais sobre viagens independentes, pois esse assunto eu conheço! Vou enviar-lhe um e-mail. Abraço.

        • Alexia Oliveira
          março 15, 2011

          Oi Ingrid! Que bom que voce esta gostando do blog!
          O objetivo do artdeviv e mesmo fazer com que as pessoas possam se tornar mais independentes e autonomas nas suas viagens, por isso informacao e importante.
          Vai ser um grande prazer contar com a tua colaboracao, porque saber como viajar de uma forma mais independente faz com que a gente se sinta mais segura, confiante, e indo aonde quer, nao onde “mandam” a gente ir…hehe.
          Grande abraco, fico aguardando o teu email!
          Alexia

  2. suely
    março 3, 2011

    Eu sempre acabo exagerando um pouco,a gente fica com receio se vai fazer frio ,se vai fazer calor,e sempre leva mais do que o desejado,minha mala para 15 dias na Europa na primavera/verão gira em torno de 26 quilos,gostaria de diminuir para 20, porque sempre viajo de trem e com menos peso é melhor,vou tentar seguir os seus conselhos.BJs

    • Alexia Oliveira
      março 3, 2011

      Oi Suely!
      Pois e, e melhor repetir roupa do que ter que ficar carregando muita coisa. Casacos fazem muito volume e melhor trazer so um, afinal a gente anda por lugares diferentes e ninguem nem repara se foi o mesmo do outro dia… As roupas de verao sao mais leves, ainda bem, e da pra lavar que seca rapido. O problemas sao os sapatos…esses sao mais pesados. Mas voce esta otima com 26 kilos, se voce conseguir diminuir para 20 vai ser muito bom!
      Abraco e obrigada pela participacao!