janeiro 18, 2011 | Posted in:Destinos

Normandia!
Como vocês já sabem, eu adoro ir a Normandia para passar os fins de semana ou feriados.
A Normandia é perto de Paris e tem varias cidades (villages) lindas e cada uma com as suas características individuais.
Já falei aqui no blog sobre outras cidades nos posts

Hoje vou falar sobre Le Havre!
Le havre é a principal cidade da Normandia, e alem de não ser muito visitada por turistas tem as suas belezas.
Eu costumo ficar em Le Havre e sair de carro para conhecer as villages ao redor, porque a localização de cidade é perfeita. Você pode ir de trem ou ônibus partindo de Paris. Depois você pode pegar ônibus para as outras cidades ao redor da costa.
Sinceramente falando ir a Le Havre para fazer turismo dentro da própria cidade não faz muito sentido tendo em conta as maravilhosas villages ao redor, mas entre todas as cidades da Normandia, Le Havre pode ser uma cidade muito legal para quem esta pensando em viver aqui. Le Havre é grande o suficiente para você conseguir emprego e não conta com a grande concorrência que existe em Paris. Outra vantagem é a praia!

normandie - le havre

dicas de turismo na Franca - Normandia

Também é conhecido por aqui que na Normandia e muito mais fácil de conseguir vistos de permanência.
Em La Havre as pessoas se vestem de modo muito mais simples do que em Paris, tudo é mais barato e a comida e ótima. Se vê muita gente usando blue jeans, por exemplo.
Eu costumo ficar no hotel Mercury, que tem um restaurante ótimo com uma carta de vinhos que já é famosa pela seleção e qualidade. O pessoal que trabalha no Hotel e muito simpático também. Você pode fazer as reservas para o Hotel Mercury usando a paginas de pesquisa de Hoteis aqui do blog mesmo. Eles tem um preço para “demi-pension” que inclui o quarto, café a manha e uma refeição completa no restaurante (você pode escolher se quer almoçar ou jantar).
Eu aconselho mesmo o Hotel Mercury – Bassin du Commerce em La Havre.
O nome de Le Havre significa simplesmente o porto ou do porto. Le Havre foi fundada como uma nova porta por ordem real, em parte para substituir os portos históricos de Harfleur e Honfleur, que se tornaram cada vez mais impraticáveis devido ao assoreamento. A cidade foi fundada em 1517, quando foi nomeado após Franciscópolis Francisco I da França e, posteriormente, chamado Le Havre-de-Grâce (“Porto de Graça”), após uma capela existente de Notre-Dame-de-Grâce (“Nossa Senhora da Graça “).

Ele foi designado pela UNESCO como Patrimônio Mundial em 2005. A UNESCO declarou o centro da cidade de Le Havre Patrimônio Mundial da UNESCO em 15 de Julho de 2005, em homenagem a “utilização inovadora do potencial de concreto.” O espaço de 133 hectares, que representa, segundo a UNESCO, “um exemplo excepcional de arquitetura e urbanismo do pós-guerra”, é um dos raros Patrimônios contemporâneos Mundial na Europa.

Le Havre está situado no sudoeste da região de Pays de Caux. A cidade faz fronteira com a beira-mar do Canal Inglês, a oeste, foz do rio Sena para o sul e do litoral para o norte. Historicamente, o rio Sena marcou uma fronteira natural entre Haute-Normandie e Basse-Normandie, a cidade de Honfleur tem sido muitas vezes referido pela Havrais como sendo “na outra costa.” Como uma cidade portuária situada na costa exposta pantanoso, o Le Havre tem sofrido por muito tempo das ligações de terra pobre. Novas ligações rodoviárias foram construídos a partir, entre o mais notável é a Pont de Normandie, que liga as duas margens do Sena e reduz o tempo de viagem entre Honfleur e Le Havre para menos de 15 minutos.

Igrejas

* Le Havre Catedral: a primeira pedra do edifício foi lançada em 1536. É a sede do Bispo de Le Havre.
* Igreja de São José, um dos símbolos mais reconhecidos da cidade. A torre do sino é um dos mais altos na França, chegando a uma altura de 106 metros. Ela foi projetado por Auguste Perret.
* Igreja de St. Michel
* Igreja de Santo -Eglise Vicente
* Igreja de São Francisco -Eglise St. François
* Igreja de Santo Eglise St. Anne Anne
* Igreja de St. Marie
* St. Michel d’Ingouville capela (século 15)
* Graville Abbey, um monastério dedicado a Sainte Honorine, num terreno na margem norte do rio Sena.
* Igreja Presbiteriana Reforma (Eglise Réformée), 47 rue Anatole France, construído em 1857, bombardeado em 1941, o telhado e o teto foi reconstruído em 1953 por dois arquitetos do famoso Auguste Perret escritório: Jacques e Gérard Lamy Dupasquier, somente na construção de uma a cidade oferece tanto: a escola antiga e nova Perret arquiteturas no mesmo edifício.
As missas são de manhã aos domingos às 10h30.

Museus

* Musée des Beaux-Arts de André Malraux: este museu abriga uma coleção de arte abrangendo os últimos cinco séculos, as coleções de pinturas impressionistas são o segundo mais extenso da França, depois os do Museu d’Orsay, em Paris. Há pinturas de Claude Monet e outros artistas que viveram e trabalharam na Normandia. Algumas das pinturas são de Eugène Boudin, Eugène Delacroix, Gustave Courbet, Edgar Degas, Édouard Manet, Pierre-Auguste Renoir, Georges Seurat, Raoul Dufy, Alfred Sisley. Uma das mais recentes aquisições do museu é vago, temps d’orage par de Gustave Courbet. A coleção de Olivier Senn (1864-1959), dado ao museu em 2004, contém mais de 205 pinturas.
* Musée du Vieux Havre
* Musée d’Histoire Naturelle (Museu de História Natural)

Outros lugares interessantes para visitar:

* A casa do Armador (século 18)
* O tribunal antiga (século 18)
* A Câmara Municipal: o campanário moderna contém escritórios
* O “Volcan” centro cultural, construído por Oscar Niemeyer
* Praça de São Roque
* Jardim Japonês

Alexia é brasileira e vive em Paris. Formada em Historia (mestrado) e turismo (curso técnico) com especialização em Guia turistico. Oferece serviços de guia e organisa circuitos guiados pela Europa. Formação em Gestão e Contabilidade e em musica também :) Contato: alexiaoliveira@artdeviv.com

1 Comment

  1. autism symptoms
    janeiro 24, 2011

    Pretty nice post. I just stumbled upon your blog and wanted to say that I have really enjoyed browsing your blog posts. In any case I’ll be subscribing to your feed and I hope you write again soon!