Dicas de Turismo: Você esta preparado para uma emergência durante as férias?

novembro 7, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Planejar férias na Europa normalmente já e o começo da diversão.

Como é bom começar a pesquisar lugares para ir, planejar passeios, checar os pontos turísticos do lugar, restaurantes e hotéis!

Como já diz o ditado, devemos ter esperança de que tudo ira correr bem mas estar preparado para o pior (esse ditado funciona melhor em inglês: Hope for the best, prepare for worst).

Não quero assustar ninguém, normalmente tudo corre bem nas férias, mas as vezes pequenos contratempos podem transformar as suas férias ou parte dela em um momento meio difícil ou cansativo.

Aqui vão algumas dicas simples para evitar pequenos problemas:

  1. Tenha copia de todos os seus documentos, cartão de credito, telefone de contato da sua seguradora (seguro de saúde e obrigatório para viajar), entre outros dados importantes na sua caixa de e-mail. Se você precisar, vá ao ciber café mais próximo ou mesmo no hotel e imprima. Não precisa andar com montes de papel na mala. E fácil: com a sua maquina fotográfica, tire foto de todos os documentos de forma que fiquem legíveis, passe para o computador e mande um e-mail com as fotos anexadas para você mesmo e para as pessoas que viajam com você. Caso aconteça alguma coisa seria as pessoas tem acesso a copia dos seus documentos. Copia em papel na mala pode desaparecer junto com a sua mala.

  2. Entre em contato com pessoas que moram no Pais que você vai para ter uma referencia em caso de urgência. O artdeviv.com por exemplo pode ser usado para isso também, e só me contatar que eu farei o possível para ajudar ou indicar alguém para ajudar. Use fóruns, blogs, Orkut, etc. Tenha mais de um contato só para garantir. Não precisa “marcar encontro” com as pessoas ou mudar o seu roteiro de ferias, mas avisar que esta vindo e que caso precise vai entrar em contato. Tenha o numero de emergencia do Consulado, mas lembre que para eles emergencia e morte, acidente serio, tsunami, prisao… tem de ser mesmo muito serio para eles ajudarem.

  3. Não tenha vergonha de pedir ajuda, se você precisa de algo, pergunte, corra atras.

  4. Viaje com diferentes formas de “dinheiro”, cartão de credito por si só não e seguro porque pode ficar preso em uma maquina. Traga mais de um cartão, dinheiro, travelers checks, diversifique.

  5. Viaje leve: não venha passear preocupado em não repetir roupa, em “fazer bonito”, traga pouca roupa, e coisa que se desaparecer você não fique no prejuízo. As malas podem se perder. Verifique o seguro (quanto que a seguradora paga em caso da perda da mala – e coloque mais ou menos o mesmo valor em roupas dentro – conte o valor da mala também). Não faça “enxoval” para a viagem, economize o dinheiro e gaste durante o passeio com coisas interessantes ou que você precise no momento – o sapato arrebentou? Compre outro aqui!

  6. Traga uma receita original dos remédios que você tem de tomar – mesmo trazendo a dose necessária- sempre e bom prevenir em caso de um roubo ou perda da mala ou bolsa com os remédios.

  7. Não viagem sem dinheiro: e sempre bom ter um extra, mesmo que você não pense em gastar, mas nunca se sabe…

  8. Tenha uma lista de mais 3 hotéis na mesma área do seu hotel. Se por acaso você chegar no hotel e afinal deu um problema no computador e a sua reserva desapareceu do computador…. você tem como procurar outro por perto, ou mesmo pedir para eles ligarem e arranjarem uma reserva. Já aconteceu comigo de chegar e afinal não ter a reserva…

  9. Tente comprar um bilhete de avião que chegue a uma hora “normal” no aeroporto. As vezes o voo chega as 3 da manha e não há mais transportes para pegar. Nem todo aeroporto tem taxi 24 horas. Verifique o horário da sua chegada e avise no hotel a que horas você provavelmente vai chegar, para eles não cancelarem a reserva antes – dependendo do hotel você tem de fazer a opção “late check-in” para eles segurarem a reserva ate mais tarde caso você chegue depois das 14h. Também e boa ideia ter o telefone do hotel a mão caso precise telefonar. Tenha o endereço do hotel em escrito caso você não domine a língua muito bem.

  10. Sempre que possível viaje com o seu netbook/laptop/notebook. E sempre mais fácil arranjar um lugar com internet wireless do que ciber cafés com computadores a disposição. Uma vez foi muito útil (eu estava em uma ilha na Thailandia) poder abrir o laptop e mostrar o e-mail do hotel com a confirmação da reserva.

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Outono e Inverno em Paris! O que colocar na mala?

outubro 23, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Aqui em Paris temos a sensação de que já chegou o inverno,  temperaturas baixas como se fosse já época de Natal está fazendo todo mundo comentar e achar estranho.

À noite a temperatura vai a 2 e 3 graus… Agora só falta começar  a nevar em pleno Outubro!

Bom, estou escrevendo sobre esta “novidade” não só por curiosidade, mas para aproveitar o assunto e dar umas dicas de o que colocar na mala  caso você esteja planejando vir aqui no inverno.

1.     Aqui todos os lugares tem aquecimento central: tendo isso em mente, tente colocar na mala um casaco quente, de preferência impermeável por causa das chuvas, mas não traga blusões muito quentes porque dentro dos hotéis, restaurantes, teatros, é quente. Um bom casaco por cima é o suficiente para enfrentar o frio na rua. Chapéus, luvas e echarpes são bem vindas e você pode tirar facilmente quando chega no interior de algum lugar.  Se você vive em algum lugar que não faz tanto frio, considere comprar o casaco aqui, você pode encontrar coisas bem legais nas lojas outlet, por exemplo, a preços bem em conta. As lojas outlet vendem roupas e sapatos de marcas conhecidas mas a preços mais baratos porque são modelos mais antigos, mas tem muita coisa boa, bonita e barata.

2.     Traga guarda chuva e botas de inverno – eu aconselho botas confortáveis de salto baixo para agüentar as caminhadas. Uma coisa importante a lembrar: por mais confortavel que seja o sapato, vale a pena trazer mais de um par, assim os pes descansam do formato do sapato!

3.     Como você vai tirar o casaco toda vez que chega em algum lugar, não se preocupe muito se não for o casaco mais lindo do mundo, o que importa e estar quentinho!

4.     Aqui se usa casacos de nylon, lã, couro, couro com pele por dentro, casaco de pele natural ou falsa, tem de tudo, portanto não se preocupe com o modelo, se vê mais cores escuras mas também muito casaco cor de vinho, vermelho, bege, caramelo, vale tudo.

5.     Cardigans de lã são ótimos porque você pode colocar de baixo do casaco se estiver muito frio, e é fácil de tirar se você sente calor.

6.     Como roupas de inverno são mais pesadas e maiores do que as de verão, não traga muita coisa, um bom casaco escuro e suficiente, de resto, traga roupas que combinem entre si, escolha uma cor e mantenha os mesmos tons, você não tem como errar dessa maneira.

Book Early & Save up to 20% Off at Crowne Plaza!

7.     Então, resumindo, você vai precisar:

a.     Um bom casaco de inverno, de preferência impermeável para agüentar a chuva.

b.     Botas de inverno- 2 pares, ou um par de botas e botinas (botas de cano curto), não traga sapatos em veludo ou que estraguem na chuva.

c.      Blusas quentes – umas 3 e suficiente, em cores escuras, tipo 2 tons de cinza e uma preta.  Não traga blusas de gola alta – decote V ou redondo são melhores ou você vai ficar com calor depois.

d.     Cachecol e echarpe – uma de cada, em cores neutras.

e.     Chapéu de inverno – eu aconselharia 2, caso um fique molhado você tem outro, digamos um preto e um cinza ou da cor dos suas blusas.

f.      Luvas – 2 pares pelo mesmo motivo- se um par fica molhado você tem outro.

8.     A maioria dos hotéis tem, mas se você não tem certeza ou vai ficar em hostal (albergue) é sempre bom trazer um secador de cabelos – não saia na rua com cabelo molhado ou você vai sentir muito frio.

9.     Tenha em mente que por causa do aquecimento o ambiente e seco, então meias, roupas interiores secam facilmente durante a noite, você poderá lavar e usar no outro dia, então mais uma razão para não trazer 20 calcinhas.

Se voce estiver precisando de alguma roupa quando estiver aqui e nao quer gastar muito, leia as dicas em Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Pontos turísticos de Paris – O Museu do Louvre

outubro 12, 2010 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By


Hoje vou falar um pouco a respeito do Museu mais visitado do mundo e um dos principais pontos turísticos  de Paris:

O Museu do Louvre!

A média de pessoas que visita o Museu do Louvre é de mais de 8 milhões por ano e o Museu abrange oito mil anos de cultura e civilização do Oriente e do Ocidente.

O Museu não só atrai turistas como Parisienses, que são grandes entusiastas da cultura e realmente apreciam arte. É incrível ver o numero de Parisienses nas filas dos museus e dos teatros, operas, etc. A cultura na França não é só entretenimento para turismo.

Um ponto de encontro dos franceses muito comum é o Carrousel du Louvre – Galeria comercial que se encontra no sub-solo do Museu do Louvre.

Essa galeria, com lojas e restaurantes, fica aberta todos os dias das 10h às 20h.

A entrada do Carrousel se encontra Rue Rivoli, número 99. No primeiro andar desta galeria está a Escola do Louvre e vários restaurantes (fast-food). Para entrar nesta parte você não precisa pagar.

No segundo andar está a pirâmide invertida, (uma das mais incríveis obras de arte moderna – você não pode deixar de ver) que é uma das entrada para o Museu.

É no Museu do Louvre que encontramos a Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia, a Vénus de Milo, enormes coleções de artefatos do antigo Egito, greco-romanos e as obras-primas dos grandes artistas da Europa como Ticiano, Goya, Rembrandt, Michelangelo, e Rubens, numa das maiores mostras de arte e cultura humanas do mundo.

O museu do Louvre é um dos maiores do mundo, e localiza-se no centro de Paris, entre o rio Sena e a Rue de Rivoli.

O pátio central do Museu do Louvre e ocupado agora pela pirâmide de vidro, encontra-se na linha central dos Champs-Élysées, formando o começo do Axe historique (Eixo histórico).

O Palácio do Louvre foi a sede do governo monárquico francês desde a época dos Capetos medievais até o reinado de Luís XIV. A transformação do complexo de edifícios em museu iniciou em 1692, quando Luís XIV ordenou a criação de uma galeria de esculturas antigas na Sala das Cariátides. No mesmo ano, o palácio, então desabitado, tendo a corte se transferido para Versalhes, recebeu a Academia Francesa, e logo a Academia de Belas Letras e a Academia Real de Pintura e Escultura também ali se instalaram. No prédio também aconteceram, a partir de 1699, os tradicionais salões de arte promovidos pela Academia de Pintura e Escultura, que atraíam multidões.

Se você vem passar um período curto em Paris, esse é um dos pontos turísticos que você tem de colocar na sua lista. Deixe os outros museus para depois, e garanta que você vai reservar um dia para o Museu do Louvre. Não somente pelo valor estético e histórico das obras do Museu, o próprio Palácio do Louvre por si só é maravilhoso, um dos mais lindos da França.

Para saber mais sobre os pontos turisticos de Paris, nao deixe de ler tambem:

Leia mais...