Guia passo a passo de como vir para a Europa sem contratar Agencia de Viagem

março 26, 2011 | Posted in Turismo dicas | By

Pensando em fazer uma viagem independente para a Europa? Isso é ótimo. Viagens independentes são geralmente mais baratas e mais gratificantes do que se inscrever em uma excursão. Claro, você planeja mais, mas você vai planejar as coisas que você quer fazer, não as coisas que alguém mais quer que você faça. Se voce é daqueles que adora comprar viagens para pagar em 10 vezes, saiba que qualquer compra com cartão visa pode ser parcelada, isso é possivel também.

Este cronograma de planejamento é dividido em  seções, cada um roteiro para as coisas que deve ser feito durante esse tempo. Utilize este roteiro de planejamento de viagem, e você vai ter a certeza de cuidar das tarefas  básicas que vão com planejamento de umas férias independentes.

6 meses antes de viajar para a Europa

Esse é  o momento de:

Escolher um destino – a grande tarefa deste mês!
Olhar guias de viagem e procurar informações gerais sobre as cidades que você esta pensando em passar. Vale a pena saber o preço de uma refeição no restaurante, produtos no supermercado, se pode tomar a água da torneira,  vistos e condições de entrada.
Se você pretende contratar alguém para mostrar a cidade e ensinar como funcionam metro,  ônibus e  como ir aos Museus, essa é a  hora de começar a contactá-los para saber os preços.

Um pequeno tour no primeiro  ou segundo dia, pelo centro da cidade, para localizar você e ensinar como ir para todo o lado e recomendável se você não sabe a língua local.
Ver o preço dos hotéis, começar a investigar onde ficar (e onde não ficar). Você pode encontrar hotéis muito baratos em torno das estações de trem, por exemplo, ou nos subúrbios. Avalie se vale a pena correr o risco de ficar em um lugar perigoso, onde você vai ter de voltar cedo, ou escolher um hotel mais simples (ou hostal) bem no centro da cidade, a distancias caminháveis dos pontos turísticos que você quer ver.
* Aprender um pouco da língua

3 Meses antes de viajar para a Europa

Três meses antes de ir é o momento certo para levar a sério o seu Planejamento de férias:

* Encontrar os melhores tarifas de avião. Não pense que porque todo mundo usa TAM ou TAP, essas são necessariamente as mais baratas. Dependendo da época, companhias como Alitalia podem ter tickets por 600 Euros, ida e volta. Pesquise. As agencias usam sempre as mesmas companhias porque recebem comissão.
* fazer o passaporte (se você não tiver)
* Comece a pensar nos sapatos que você vai levar para as caminhadas.
Se você esta pensando em comprar uns sapatos novos para levar,  Compre nesta época. Use bastante durante esses 3 meses, quando você chegar ao seu destino, os sapatos estarão amaciados e muito confortáveis.
Não esqueça que se lhe passar pela cabeça a ideia de Ir ao Moulin Rouge, por exemplo, as senhoras e senhoritas devem trazer um par de sapato de salto alto.
Se você não esta em boa forma, comece a caminhar para se acostumar.

Aconselho 30 minutos por dia sem parar, de preferencia com os mesmos sapatos que você vai levar.
Não esqueça que você vai precisar de dois pares, porque depois de uma dia passeando os sapatos ficarão úmidos, você vai precisar de outros para o outro dia, ate para descansar um pouco os pés com outro formato de sapato.

2 meses antes de viajar para a Europa

Reserva de hotel, hostal ou apartamento.
Comprar passes de trem (Rail Pass) ou tickets ponto a ponto para as viagens entre países.
Comprar o Paris Pass.
Confirmar com o seu guia os passeios a serem feitos, roteiros, datas e valores.
Se inscrever (de graça) no site do Restoprive para comecar a receber as promocoes dos restaurantes, voce pode pagar ate 70% mais barato nas contas de restaurantes.


Restoprivé

1 mês antes de viajar para a Europa

Pense na sua mala: Para decidir qual e o melhor tipo de mala para a sua viagem, leia o artigo: Mala de rodinha, mala de mão ou mochila, qual é a melhor opção?

Esta e uma pequena lista do que voce não pode deixar de colocar na sua mala. Se voce não tem uma câmera fotográfica, e hora de comprar ou pedir emprestado para algum amigo(a).

* Bagagem
* Câmera (s)
* Dinheiro
* Orçamento
* Seguro de Viagem

Lista final:

* Telefones e endereços das operadoras internacionais dos seus cartões de credito. Caso você  perca ou seja roubado, você  sabe onde ir e como cancelar os cartões.
* Usa Medicamentos? Se precisa de algum medicamento importante, traga consigo uma receita medica. Caso aconteça de voce for roubado, voce pode ir ao medico e pedir uma receita aqui. Não esqueça que remédios importantes viajem na bagagem de mão.
* “Doleira”. Pacote de Dinheiro – se você não  tiver, pode esperar pra comprar no aeroporto mesmo. Não viaje com o seu dinheiro ou passaporte na mala de mão. Essas coisas ficam com você , perto do seu corpo. Assim você  pode dormir na viagem, tranquilo que ninguém vai mexer em nada. Compre alguns Euros para a chegada aqui (recomendo pelo menos uns 500 euros).
* Verifique a lista de artigos permitidos na bagagem de mão.

Leia mais...

Mala de rodinha, mala de mão ou mochila? Qual a melhor opção?

março 25, 2011 | Posted in Destinos, Turismo dicas | By

Artigo escrito pela Leitora Ingrid Fernandes!

Se voce quiser participar também, envie o seu artigo para o Artdeviv!

Cada viajante tem um perfil, um estilo e uma preferência. Alguns preferem o modo tradicional e viajar com malas de rodinhas, para serem puxadas e economizar energia por não carregar peso. Outros preferem à mala de mão, com o objetivo de carregar menos pertences e porque ela tem aquele charme retrô. Os mais descolados preferem viajar com mochilas estilo cargueiras e adoram carregar “a vida nas costas”.
Mas na hora que decidimos viajar sempre nos deparamos com a dúvida de qual é a melhor opção de bagagem. Por este motivo, para o meu primeiro artigo aqui no Artdeviv eu decidi falar sobre as vantagens e desvantagens de cada uma delas.

Malas com rodinhas: É pratica, poupa esforço em carregar peso durante a maioria do percurso. A mala de rodinhas tem a vantagem de que o viajante pode organizar melhor seus pertence e algumas possuem divisórias que funciona como nécessaire, o que realmente é uma vantagem para as mulheres que adoram levar acessórios minúsculos! A desvantagem da mala com rodinhas é que eventualmente o viajante terá que despachá-la, vai ser bem difícil carregá-la no bagageiro do avião / ônibus, porque as dimensões não permitem. É com este tipo de mala que algumas pessoas costumam exagerar e levar mais do que necessário, pois geralmente o espaço é maior.

Malas de mão: De todas as opções, sem dúvida esta é a menos prática. Se você for atleta de levantamento de peso, não verá problema em carregá-la ou arrastá-la por aí. Mas imagine você se deslocando de um lado para o outro com uma mala pesada sendo arrastada. Este tipo de mala pode ser usada para viagens curtas onde o viajante irá de carro ou não precisará carregá-la por mais de 5 minutos. As vantagens deste tipo de malas são poucas, mas a mais importante é que com ela, o viajante não vai recheá-la com tantos pertences, já visando o incômodo que será carregá-la. A desvantagem sem dúvida é a dificuldade de locomoção a pé para grandes distâncias, eventualmente o viajante será dependente de táxi.

Mochila: Geralmente usada pelos viajantes mais jovens, que viajarão para vários destinos na mesma viagem. Utilizada principalmente para viagens ao estilo mochilão. Antes de escolher este tipo de bagagem o viajante deve definir o estilo de viagem, se a viagem for para um único lugar, talvez a melhor opção seja mesmo a mala com rodinhas. A mochila precisa ser escolhida cuidadosamente, pois deve ter uma estrutura necessária para suportar e distribuir o peso adequadamente nas costas do viajante. Outro ponto importante diz respeito ao estado físico do viajante, pessoas com problemas na coluna não devem utilizar este tipo de bagagem. As vantagens da mochila é que o viajante tem mais facilidade de locomoção, fica mais fácil deslocar-se com maior rapidez e se eventualmente tiver que andar durante um longo percurso é menos incômodo do que a mala de mão, por exemplo. Além disso, também restringe o viajante de carregar mais pertences do que necessário, visando que tudo será carregado em suas costas. As desvantagens é a dificuldade de manter os pertences organizados, além do incômodo do peso de carregá-la. Alguns viajantes acham que são formigas e querem carregar mais do que podem suportar. O preparo físico para este tipo de bagagem é importante!

Cada viagem pede um tipo de mala diferente, é sempre bom analisar bem antes de viajar, principalmente para tornar a sua viagem mais simples e fácil.
Depois de decidir qual mala é a ideal para o seu tipo de viagem, não deixe de ler o artigo “Seja um ‘smart traveler’, conheça as vantagens de viajar leve”, e boa viagem!

Leia mais...

Passeios baratos de Bateau Mouche pelo Rio Sena

março 21, 2011 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Existem varias empresas que oferecem de passeios de Bateau Mouche pelo rio Sena em Paris, mas encontrar passeios de Bateau Mouche guiados por guias que falem português pode ser um problema em Paris.

A  ideia de escrever sobre o Batobus surgiu por causa de uma leitora aqui do ArtdeViv, que me escreveu um email perguntando sobre o Batobus. Achei que essa informação seria de interesse geral dos leitores.  Não estou autorizada a colocar o nome dela aqui, mas agradeço a dica! Talvez ela deixe um comentario aqui pra nos…

Batobus é um serviço que permite que você faça viagens de Bateau Mouche ao longo do Sena – sem comentários e sem guias.

Para quem não entende outra língua alem do português e não esta disposto a pagar mais caro por uma passeio onde não vai entender o que o guia diz, este passeio sem guia, mais barato, pode ser a solução.

Se você tiver um mapa de Paris que tenha assinalado os principais pontos turísticos de Paris (peça um de graça no seu hotel), você pode ir olhando e se localizando bem.

 

Você pode subir e descer em 8 paradas estratégicas: Torre Eiffel, Champs-Elysées, o Museu d’Orsay, Louvre, Saint-Germain-des-Prés, Notre-Dame, o Hôtel de Ville e Jardin des Plantes.

 

O serviço funciona a partir de finais de Março ate janeiro, e os horários variam de acordo com os meses do ano:

  • Das 10:00-7:00 em Março, abril e outubro.
  • Até as 9:00 (da noite, claro) Maio, junho, julho, agosto e setembro.
  • 10:30-16:30, em novembro, dezembro e janeiro (fica muito frio mais tarde).

 

Os barcos partem a cada 15 a 25 minutos. Você pode pegar o Batobus em qualquer um dos pontos. Em cada ponto tem um guichê onde você pode comprar os tickets. As filas não são muito longas e quem atende esta acostumado com turistas, portanto não tenha medo de ir comprar mesmo não falando uma palavra em Frances.

 

Existem várias opções de preços para fazer o passeio de bateau mouche com o Batobus

 

* bilhete semi-círculo, para uma única viagem durante um máximo de 4 pontos (7,50 €). Depois de sair você não pode entrar no barco de novo. Com esse ticket você só pode fazer metade do trajeto.

* bilhete de 1 dia, para viagens ilimitadas e pára (€ 11). Com este ticket você pode entrar e sair a vontade. Pode alias sair em todos os pontos e depois voltar e seguir o passeio.

* bilhete de 2 dias, para viagens ilimitadas e pára por 2 dias consecutivos (13 €).

* Bilhete “Escapade”, válida por um mês (22 €).

Crianças menores de 12 a pagam metade do preço, em média, para todos esses bilhetes à venda.

Você também pode os comprar os bilhetes por internet, no site do Batobus.

 

 

Leia mais...

Veja Paris a 150 metros de altitude passeando de Balão!

março 21, 2011 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Pouca gente sabe mas Paris tem o maior balão de ar do mundo, funcionando desde 1999, para dar aos turistas uma experiencia única de ver Paris do alto de 150 metros de altitude!

 

Esse Balão fica no arrondissement 15, no Parc André Citroen (lindo parque para visitar também!) e esta aberto todos os dias a partir das 9 hora da manhã. A última “subida” acontece 30 minutos antes de fechar o parque.

mapa de paris - parque Andre Citroen

mapa de paris - parque Andre Citroen

O Ballon Air de Paris funciona com toda a segurança, dependendo do tempo (se esta propenso a trovoadas, por exemplo) os passeios são cancelados.

 

Durante os fins de semana o preço para subir no balão é de 12 Euros, e no meio da semana 10 Euros. Jovens entre 12 e 17 anos pagam 10 Euros e 9 Euros, (fim de semana e dia útil respectivamente). Crianças com menos de 3 anos não pagam.

O balão tambem monitora a condição do ar de Paris, mudando de cor entre verde (boa qualidade de ar – não poluído) ate vermelho (poluído). O balão proporciona uma visão do Champ de Mars, o Rio Sena, a Basílica do Sacré Coeur e a Catedral Notre Dame de Paris e muito mais.

Como a primavera em Paris pede passeios ao ar livre, se você tiver tempo de sair do circuito dos grandes museus e monumentos bem ao centro de Paris, o Ballon Air de Paris e uma ótima opção!

Parque Andre Citroen mostrando o Balao ao fundo

Parque Andre Citroen em Paris mostrando o Balao ao fundo

Foto author:Jotel photo taken Aug. 2004 (from wikipedia)

 

Você tem 2 opções de metro para chegar ate o Parque André Citroen:

  • Javel
  • Balard

Para saber mais informações sobre o passeio, visite o web site: www.ballondeparis.com

Se você não estiver muito certo a respeito das condições climáticas do dia, telefone para 01 44 26 20 00 ou peça para alguém no seu hotel telefonar para perguntar se tem passeio de balão neste dia. Eles só informam no dia mesmo.

 

Sobre o Parque André Citroen: (texto tirado da wikipedia em inglês, traduzido  por mim).

Aqui voce pode encontrar o texto em ingles na integra.

 

“O parque foi construído em torno de um gramado central, retangular, de aproximadamente 273 por 85 metros de tamanho.

É decorado com dois pavilhões com estufa (com plantas exóticas e vegetação mediterrânica), na parte Leste, que são separadas por uma área pavimentada, com fontes (nota minha: estas fontes são um espetáculo lindo – veja a foto acima, eles chamam de “águas dançantes”, no verão as crianças se divertem tomando banho e brincando nestas fontes).

A borda sul do gramado é delimitada por um monumental canal – o “Jardin des Metamorfoses ” – composto de uma piscina que reflete através das casas de granito, ladeada por uma passarela suspensa. No lado Norte são dois conjuntos de pequenos jardins: os seis “Jardins de série”, cada um com uma paisagem diferente e projeto arquitetônico, e “Jardim em Movimento”, que apresenta gramíneas selvagens selecionados para responder a diferentes taxas de velocidade do vento. A 630 metros de diagonal corta caminho pelo parque, que muda constantemente a sua forma.”

 

ADHZ9BW9T4J6

Leia mais...

Guia turístico particular em Paris – Roteiros turísticos personalizados de acordo com os seus interesses.

março 17, 2011 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Passeios  por Paris!

Guias especializados, que falam portugues,  treinados para lhe ajudarem a conhecer a cidade Luz!

Sem pagamentos adiantados. voce so paga no dia do passeio.

O guia busca voce no hotel, e depois do passeio voce escolhe se quer voltar ao hotel ou ficar em algum outro local (dentro de Paris, é claro).

Estes são exemplos de roteiros que podem ser escolhidos:

Roteiro 1
Arco do Triunfo
Champs Elysees
Place de la Concorde
Jardim de Tuilleries
Torre Eiffel
Trocadero

Roteiro 2
Place Saint Germaim de Pres/Abadia de Saint Germain de Pres
Igreja de Saint Sulpice
Catedral de Notre Dame
Quartier latin
Sorbonne
Pantheon
Jardim de louxembourg

Roteiro 3
Eglise Magdalene
Place Vandome
Palacio garnier (l’Opera de Paris)
Galeries Lafayettes
Museu do Louvre

Roteiro 4
Montmartre:
Sacre Coeur
Place du tertre (praca dos artistas).
Passeio pela Ile de La Cite
Ruas medievais da ile de la cite
Marche au Fleurs – mercado de flores
Square du vert Galant

Roteiro 5
Place de la Bastille/Marais
Place des Vosges
Rue des Rosiers
Rue Antoine/ Eglise Saint Paul
Hotel de Ville
Tour Saint Jacques
Rue Rivoli

Roteiro 6
Passeio de dia inteiro a Versailles
Vamos e voltamos de trem.

 

Clique aqui para maiores detalhes.

 

 

 

 

Leia mais...

Caminhando por Paris: Quais são os melhores sapatos para fazer turismo.

março 10, 2011 | Posted in Turismo dicas | By

Caminhando pelas ruas de Paris: Que sapatos (e roupas) usar em diferentes ocasiões.

Eu não posso contar o número de viajantes que me perguntam: “Posso usar usar tênis em Paris? “E outras variações da mesma questão. Turistas brasileiros, especialmente, estão muito preocupados em fazer bonito quando passeiam pelas ruas de Paris.

Essa atitude é realmente impressionante. Vestir-se, para não “chocar a sensibilidade dos moradores”, é uma atitude a ser considerada, (ou não…). Eu só posso dar os parabéns a todos vocês que já fizeram esta pergunta ou pensaram sobre isso, mas em uma cidade como Paris, que esta acostumada a receber indianos com os seus trajes típicos, japoneses vestindo roupas tradicionais para ir a opera e senhoras com seus véus na cabeça, realmente todos estão bem acostumados com tudo o que é tipo de roupa mesmo.

Parisienses e tênis

Muitos visitantes de primeira viagem estão convencidos de que todas as mulheres francesas são imagens perfeitas de elegância e classe. Isso é muito exagerado, claro que a moda e a forma de pensar ao vestir-se por aqui não é nem parecida com o Brasil, mas as ruas de Paris estão longe de serem uma especie de desfile de moda.

Mas a questão sobre o tênis continua a ser válida. Tênis se tornaram um acessório que vai alem das academias de ginastica no Brasil. Como é em Paris?

À primeira vista, eu diria que realmente e difícil ver parisienses usando roupas tao informais e esportivas como se usa no Brasil. O código de vestuário geralmente aceito em locais de trabalho na França olha com desdem os “looks esportivos”. Portanto, a menos que o empregador cultive uma imagem mais jovem, esportiva, a mulher parisiense usa sapatos com aparência discreta para ir trabalhar, e calcas não tao “coladas ao corpo”, assim como saias na altura do joelho.

Então, qual é a principal diferença na atitude entre o consumidor brasileiro (feminino principalmente) e da consumidora francesa? Ela vai usar tênis de corrida nas academias, ou para corridas pelos parques. Não para ir encontrar os amigos no café ou para almoçar. Aqui é praticamente impossível pensar no trio calcas jeans-tenis-camiseta para ir trabalhar, portanto estou falando basicamente do uso deste tipo de roupa para momentos de lazer mesmo. Entretanto, o converse All Star esta nos pes de todas e todos os Parisienses.

Aqui o pensamento básico quando se trata de escolher roupas para o dia a dia é “quanto mais discreto , melhor”. Os Parisienses adoram tentar ficar invisíveis no meio da multidão, completamente diferente do pensamento brasileiro, que gosta de vestir-se “para arrasar”.

Como aqui não tem tantas facilidades de credito, as pessoas compram muito menos, e usam muito as roupas que tem, repetindo bastante. Não da realmente pra ter roupas muito chamativas.

E essa é outra grande diferença entre a mulher francesa e brasileira. Eufemismo é uma regra básica da moda francesa. Qualquer coisa que é muito visível é considerada berrante. É por isso que o vestido preto (pretinho básico) é um ícone de moda por aqui.

Mas voltando ao tênis.

Turistas e tênis

Isso quer dizer que você não pode usar tênis quando você viajar para Paris? Claro que não!

Primeiro de tudo, tênis são um dos calçados confortáveis ​​para caminhar.

A melhor maneira de descobrir a cidade de Paris é andar pelas suas ruas. Uso de calçados em que você se sinta confortável para andar 10 quilômetros por dia em um ritmo calmo é uma decisão muito importante para o clima geral da sua estadia na capital francesa.

Não receie usar tênis, se estes são seus melhores sapatos para caminhar.
Quem se importa com como você anda na rua? É muito importante estar confortável em seus sapatos. Você é um visitante, este é o seu tempo de férias, o seu tempo próprio! Jeans e tênis são internacionais. As pessoas não vão se ofender com sua aparência. A menos que você vista tops rosa e calça azul elétrico, com tênis dourados ou blusas de costas de fora em estilo “oncinha” com legging preta, ninguém por perto terá nenhum segundo pensamentos sobre seu traje.

Restaurantes sofisticados e tênis

Agora, isso significa que você pode usar tênis em todos os lugares, em qualquer ocasião e cada? Provavelmente não.

Restaurantes sofisticados são um caso a parte. Você pode jantar fora de tênis?

Você está passeando em seu jeans casual e seus tênis brancos de corrida. Agora é hora do jantar, e você está procurando um restaurante atraente, com clientes vestidos de forma elegante. Será que vão deixar você entrar? Você se encaixa? Note que aqui é muito não existe a ideia de que você “colocando uma blusa bonita” pode entrar em qualquer local usando calcas jeans, por exemplo, tênis então…

É verdade que alguns lugares da moda, mais sofisticados vão recusar a sua entrada com a pergunta: “Você tem uma reserva? Desculpe, estamos nesta noite cheia “. Mas de modo geral, nenhum restaurante irá se recusar a atende-lo porque você usar tênis.

A pergunta certa não é, portanto, “Será que vão permitir a minha entrada?”, Mas “Você vai se sentir confortável entrar em um lugar sofisticado usando calcas jeans e tênis?” Eu ouso dizer que provavelmente não. E ser auto-consciente não é a melhor maneira de apreciar a sua refeição. Sua atenção deve estar no seu prato e em seu alimento, e não em seus sapatos e roupas.

Assim, a minha regra prática é “Vestido de acordo com o lugar que você vá”. Se você pretende jantar fora em restaurantes caros, ir a opera ou teatro, vista-se de acordo. Não se preocupe com as brasseries, bistrôs ou creperies, estes são locais onde se come bem e são muito simples, aceitando todo tipo de roupa. Quando eu falo de restaurantes caros, estou falando de restaurantes onde você vai pagar uns 100 euros por pessoa.

Outros lugares e tênis

A Opera é definitivamente um dos lugares onde se vê de tudo, e muitos vão vestidos de forma bem informal, portanto o que e considerado informal na Europa não é bem o mesmo que no Brasil. Informal aqui é jeans, sapatos, blazer ou casaco estilo clássico (não jaquetas de nylon acolchoadas). Depende também onde você tem a sua cadeira. Não faz muito sentido se vestir para uma noite “de gala” se você comprou os bilhetes mais baratos da Opera (como eu estou acostumada a fazer rsrs).

Se nota que o pessoal que fica no centro da Opera se veste de forma mais elegante do que os que ficam nas laterais, nos lugares baratos. É tudo uma questão de logica mesmo, mas voce nao precisa se preocupar muito em estar “bem vestido” na opera, porque a gente ve de tudo mesmo.

Que tal um cabaret? Eu diria que é muito melhor vestir-se mais formalmente quando você tem um jantar em um cabaré, como “Moulin Rouge”, “Lido” e “Paradis Latin”. O fato é que as pessoas ao seu redor estarao muito bem vestidas, e muitos cabarés simplesmente não admitem jeans ou tênis mesmo. Você vai se sentir muito mais confortável nestes locais se estiver vestido de acordo.

E os barcos no Sena? Se estiver a bordo de um barco para um cruzeiro com jantar, não use tênis. Esta é uma experiência romântica, você vai querer fazer mais do mesmo. Um vestido de noite é “de rigueur”. Por outro lado, se você simplesmente quer cruzeiro diurno de passeio, tênis estão bem, assim como qualquer roupa esportiva.

Museus? Esqueça o estilo, use sapatos muito confortáveis. Ninguém vai olhar para seus sapatos, a arte é nas paredes. Mas andar pelas galerias do Louvre é uma experiência cansativa: muito, muito pra ver, muitas galerias, escadas, etc.

Galeria de arte e ‘vernissages’? Vestido de noite preto, de preferência, nada chamativo, e sapatos de boa aparência. Sem tênis. Os homens podem colocar uma calca mais informal, desde que não seja jeans azul, um blazer, ou uma camisa.

Use tênis na rua sem vergonha. Você vai misturar-se sem qualquer problema se você usar jeans e um par de tênis. Nike é uma marca americana, e é muito popular na França. , Levis, Diesel, Wrangler, e Calvin Klein são marcas americanas, e governam o mundo de jeans na França também.
Então, esteja confortável em seu tênis, e aprecie a vista. Eu uso muito os converse All star, se eu pudesse ($$$) teria um de cada cor…

Sapatos no inverno: Voce nao precisa comprar sapatos de neve ou botas forradas para caminhar por Paris no inverno. Eu nao tenho nenhum bota forrada, nem de neve.

O truque que eu faco para usar as minhas botas normais (sem forro) ou mesmo os meus queridos converses da all star e colocar palminhas termicas ou mesmo estas magneticas, com imans que ativam a circulacao sanquinea. Assim em vez de comprar umas botas por 100 euros, que talvez voce nem use muito no Brasil, voce gasta uns 20 euros e compra uns 2 pares de palmilhas termicas, e pronto. Eu recomendo 2 palminhas assim voce pode revezar e deixar elas respirarem de um dia para outro.

Voce pode ate optar por palmilhas com pilhas, que aquecem mesmo (20 euros na Declathon).

Leia mais...

Como comprar tickets de trem em Paris e metro usando as maquinas de venda automática

março 3, 2011 | Posted in Turismo dicas, Viver em Paris | By

Este é um guia de como usar máquinas de venda automática de bilhetes que estão dentro e em torno de Paris.

As maquinas servem para comprar bilhetes para o metro de Paris, ônibus, elétrico e trem RER, então você pode comprar de bilhetes de trem para viajar entre cidades, na região de Paris e arredores.

As maquinas de venda automática de bilhetes de trem são encontrados em todas as estações de trem de Paris (Gare de Lyon, Gare du Nord, Gare Montparnasse, Gare Saint Lazare, Gare de l’Est, Gare d’Austerlitz, Gare de Bercy) e em algumas estações de Metro de Paris / RER e nos aeroportos.

 

Existem maquinas para venda somente de passes de metro, mas eu aqui estou falando das maquinas onde você pode comprar os tickets de trem RER também, essas são as mais difíceis de usar.

 

Estas máquinas de venda funcionam com uma tela sensível ao toque. Eles aceitam moedas de Euro e cartão de credito ou debito.

Os tickets são entregues na bandeja inferior (abaixo). A impressão do bilhete pode ser um pouco lenta, por isso seja paciente e espere ate completar a sua transação. Confira se você já recebeu os bilhetes todos, as vezes a maquina entrega 3 bilhetes de uma vez só e depois demora um pouco para entregar o ultimo. Espere.
Passes de Passe Navigo Découverte, Paris Visite e cartão, não são vendidos a partir dessas máquinas.

Você terá que visitar um guichê / cabine para a aquisição destes e falar com algum ser humano mesmo, uma vez que eles vêm com cartões de papel adicional para identificação e você tem de entregar foto e preencher uma folha com o seu nome e outras informa coes. Você pode depois de ter o cartão colocar mais dinheiro nele usando essas maquinas.
Acima da tela é uma grande barra preta contendo uma CB (Carte Bleu), símbolo do cartão de débito. Quando uma máquina de venda automática de bilhetes não está funcionando, um vermelho “Hors Service” (“Out of Service”) estará aceso nesta barra preta.

Verifique se este sinal não esta aceso antes de tentar usar uma destas máquina. Além disso, se a máquina está com poucas moedas para o troco, um sinal vermelho acende-se logo abaixo do aviso “Rend La Monnaie” para indicar isso.

Olhando atentamente para o painel de pagamento, vemos que a máquina de bilhetes aceitam Mastercard e cartões de crédito Visa, cartão de débito Carte Bleu, moedas e cartões em dinheiro Mondeo.
Esta bem visível um slot (buraco para colocar o cartão) para cartão de Navigo. Esse slot pode ser usado para recarregar um Navigo Passe ou Passe Navigo Decouverte.

A tela inicial desses máquinas de venda automática de bilhetes (“billetterie”) oferecem opções de idioma no canto superior direito. Normalmente você tem como optar entre francês, espanhol e inglês.
Depois de mudar para a língua que você entende melhor, vemos que nossas opções são tanto para recarregar um cartão Navigo Pass ou para comprar bilhetes individuais ou cadernetas de bilhetes.

Para recarregar um Navigo, por exemplo, comece inserindo cartão no leitor de cartão Navigo.
Tocando num retângulo azul na tela para começar a sessão de compra do bilhete.
As outras informações úteis que podemos ver na tela inicial:
As moedas são utilizáveis para compras até 30 €
Cartões do dinheiro Mondeo são aceites até 30 €
Cartões de débito Carte Bleu / Cartões de crédito são aceitos para compras superiores a 1 €

Basicamente você vai encontrar essas opções:
Bilhete Único para Paris: Se a maquina que você esta usando esta fora de Paris, vai oferecer os bilhetes mais populares em primeiro lugar: um bilhete único a partir desta estação ate Paris.

Estes bilhetes “estação ate estação”, com preços e distância entre as estações, são conhecidos como um boleto Ile-de-France.

O preço dos bilhetes varia dependendo de onde você está comprando o bilhete. Por exemplo, do Aeroporto Charles de Gaulle de Paris o preço do boleto Ile-de-France seria cerca de 10 €. Fontainebleau-Avon a Paris Gare de Lyon cerca de 9 €.
Mobilis Ticket: Para comprar bilhetes de uso múltiplo, são cupons plastificados para viagens ilimitadas em trens, RER, Metro, ônibus e eléctricos nas zonas 1 a 6 (todas as zonas) para um único dia até o final do serviço ( não é um período de 24 horas).

O número de zonas abrangidas pela Mobilis Ticket depende de onde a máquina de bilhetes está situada. Se, por exemplo, você esta na zona 6, o Mobilis Ticket automaticamente abrangera as zonas 1-6 Se você esta comprando um bilhete na Zona 4, o seu ticket vai abranger automaticamente as zonas de 1-4 (você pode mudar isso clicando em “Outras Opções”).
O botão “cancelar” anula a sessão de compra, retornando para a tela (em francês) de bem-vindo.
Outras opções: você pode digitar o nome da estacão que você quer ir (acho mais fácil assim).

Quando você começa a digitar o nome da estação de destino, a máquina irá oferecer sugestões dependendo do que você digitou. Clique no nome da estação desejada, quando ela aparece por baixo do teclado na tela para selecioná-lo como sua estação de destino. Neste ponto a maquina ira apresentar as opções de quantidade (quantos ingressos deseja comprar).
Bilhete (s) para os Aeroportos: Viagem para o Aeroporto Charles de Gaulle e Paris-Orly Airport tem preços especiais e exigem tickets específicos.
No final aparece a tela de pagamento e você pode escolher se vai pagar em dinheiro em dinheiro ou cartão de crédito / débito. Embora a escolha lê “Cash”, essas máquinas de bilhetes só aceitam moedas de Euro, e não notas. Ao pagar com moedas, selecionando o botão “cash” para desbloquear o entalhe das moeda, caso contrário, ficara bloqueado.

Se você escolher pagar com cartão, faca esta opção e insira o cartão. Espere para que o leitor (lentamente) lera o cartão. Cartões sem chips não são aceitos.
O PIN (senha) é obrigatório para todos de crédito / compras com cartão de débito. Três erros consecutivos em inserir o código PIN irá bloquear o seu cartão.

Complete a compra através da remoção de seu cartão quando você vê a tela acima e ouvir um “som” vindo da máquina.

A questão final é se você quiser um recibo impresso ou não. O recibo será impresso em um bilhete em branco. Depois disso, basta esperar que os bilhetes que você comprou sejam (lentamente) entregues na bandeja de recolha de fundo. Se você pagou com moedas, recolha o seu troco (se houver) do lado direito da bandeja de coleta, separados dos bilhetes.

 

Você pode ver mais informações sobre bilhetes de trem, e metro e todas as opções de transportes públicos que você tem, no site oficial dos transportes publicos em Franca

Leia mais...

Mapas dos pontos turisticos de Paris, metro, RER e onibus para download

março 2, 2011 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Voce quer saber onde estão os principais pontos turisticos de paris em relacao ao seu hotel?

Estes mapas sao uma grande ajuda para quem esta a procura dos mapas de ônibus, RER (trem suburbano-aquele que leva você ate a Disney e Castelo de Versailles), mapa dos principais pontos turísticos de Paris, e dos arrondissements (distritos ou bairros de Paris).

Você pode arrastar essas imagens para o seu desktop e guardar. Se voce acha que estão muito pequenos (o mapa de RER provavelmente está), olhe a lista de mapas na coluna da (sua) esquerda no blog que voce pode pegar em formato maior.

 

 

 

Mapa de metro em Paris

Mapa do Metro de Paris

Você pode pedir um mapa de metro grátis nas estações de metro, portanto não é tão necessário imprimir esse, mas é bom se você estiver querendo planejar direitinho onde ir e para conferir que afinal a estação de metro que fica perto do seu hotel não exige que você faça mil conexões para chegar aos pontos turísticos. O mapa do RER eu aconselho imprimir, mas peque o grandão em PDF que esta na coluna a sua direita no blog. Esse aqui é muito pequeno.

 

Mapa de onibus de Paris

onibus de paris - mapa

 

Use estas informações como uma base para programar a sua viagem. Quanto mais pontos turísticos perto do seu hotel melhor será para o seu conforto e mais bonito será o local.

Usando o mapa dos pontos turisticos de Para verificar se o seu hotel esta bem localizado:

Repare, por exemplo, que a 18eme só tem o sacre coeur e fica longe do resto, então pela lógica não é um bom lugar para escolher. O arrondissement 10 (10eme) só tem a gare du nort e gare de l’est (duas estacoes de trem). Não fique em hotéis perto de estações de trem.  Escolha um hotel entre os arrondissements 1 e 9.

 

 

Mapa de Paris com pontos turisticos mais importantes

pontos turisticos de paris

Repare bem que algumas agencias, na pressa de fazer voce comprar o pacote turístico, (que voce não precisa, pois é so reservar tudo voce mesmo,mais barato) dizem “este hotel fica a 20 minutos da Champs Elisee”.

Sim, mas são 20 minutos caminhando ou de carro, de metro ou de taxi? Como é o caminho? é uma area bonita, cheia de outros pontos turisticos? Quais são os outros pontos turísticos que da pra ir a pé ,que ficam perto deste tal hotel? So tem um?

Fique esperto quando a agencia mostra somente fotos do interior do hotel. Eles tem fotos da rua, da área?

Veja principalmente o CEP do endereço do hotel. Todo endereco em Paris tem CEP que começa em 75. No CEP tambem dá pra ver o arrondissement. Se o CEP é 75009, fica no arrondissement 9, se o CEP e 75002, fica no arrondissement 2, e assim por diante.

Coloque o endereco do hotel, com o nome da cidade, no google e clique em mapas. Voce tera o mapa da area, informações sobre as estações de metro e RER próximas e os principais pontos turísticos tambem.

Tipo se voce quiser saber onde fica a Rue Rivoli, escreva Rue Rivoli Paris, porque senão pode aparecer uma Rue Rivoli na Belgica, por exemplo. Coloque o nome da cidade também.  Neste mapa voce pode ver ONDE fica realmente o seu hotel. Se voce quer saber se dá pra ir caminhando até o louvre por exemplo, e quanto tempo demora, voce clica em itinerários, dentro da própria pagina do google maps.

Estando em itinerários, voce coloca o nome da outra rua que quer ver, ou o nome do museu, por exemplo.

O google maps vai mostrar o itinerário de carro, então voce tem que clicar ao alto no bonequinho para conseguir o itinerario a pé.

Se voce não conseguir fazer, deixe um comentário com o nome da rua, e o nome do monumento que voce quer saber se fica perto, que eu ajudo.

Se voce passar o cursor em cima dos pontos de metro voce vai poder ver os nomes das estações também.

 

Mapa RER de Paris

artdeviv - dicas de turismo

 

Não compre pacotes turisticos com hoteis duvidosos e que voce não tem certeza de onde fica sem antes perguntar aqui no blog ou fazer a pesquisa no google maps. Não esqueça de olhar o CEP do endereço!

Eu criei o ArtdeViv para facilitar a vida da gente mesmo, então podem contar comigo para ajudar voce a vir pra cá da forma fais facil, barata e confortável.

Não esqueça que se voce ficar dependendo de transporte o tempo inteiro para passear voce vai gastar muito mais do que passeando a pé. Paris é a cidade perfeita para passear a pé. Desde que voce esteja no centro voce vai a qualquer lado.

Outro problema de reservar hotel através de agencia é que se por acaso voce chega aqui e afinal não gosta do hotel, ou tem muito barulho, ou é sujo, voce não pode cancelar e mudar.

Reservando online, por exemplo, se voce chegar e não gostar, pode falar com o pessoal do hotel e dizer que afinal não vai ficar todos os dias da reserva por causa de… Eles não cobram os dias reservados se voce tem justificativa.

Leia mais...

Como ir de Paris ao Castelo de Versailles de trem: Instruções passo a passo

fevereiro 20, 2011 | Posted in Destinos, Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Existem vários tours para quem quer ir ao castelo de Versailles e eu (Alexia) recomendo os tours do Paris Trip porque já experimentei e foram ótimos. Eu fiz o tour ate Versailles – Guided Tour of Versailles. Este tour não oferece guia em portugues, mas voce pode optar por varios outros idiomas. Para passeios com guia que fale portugues, entre em contato pelo email que esta no final do artigo.

Mas… Se a sua ideia e economizar dinheiro, você pode ir ate Versalhes por conta própria. Segue aqui as minhas dicas passo a passo de como chegar ao Castelo de Versailles saindo de qualquer estação de RER no centro de Paris.

De Paris, você pode pegar o “RER – letra C” ate a estação Versailles-Rive Gauche (a ultima estacão) que fica a 5 minutos a pé do Castelo de Versalhes.

Tem 5 linhas de trem (RER é o trem suburbano): A, B,C,D e E.

Voce tem de pegar a linha de trem suburbano RER letra C para ir a Versailles.

Comece a sua viagem, indo em qualquer estação de metro / RER que você encontra ao redor da cidade, que será marcado com uma placa azul com um M /ou RER cercado por um círculo.
Seu objetivo é chegar à linha de RER C, a linha amarela que serve a metade ocidental da periferia parisiense. Se você tem um passe do dia ou da semana que é bom para, pelo menos, Zona 4, ignore esta próxima dica.

Vá ate um guichê da estação para comprar um bilhete que vá ate a zona 4, uma vez que Versailles está na Zona 4, fora da cobertura normal do Metro de Paris / Bus / RER (Bilhete que você usa para viajar em Paris). Em hipótese alguma de uma de “esperto” e vá sem ter o ticket certo na esperanca de que você podera dizer que não sabia.

No guichê: não entre em pânico. Há uma possibilidade de 50/50 do empregado falar Inglês muito bem e se não, eles vão entender “Chateau de Versailles”. Normalmente, a pessoa que esta te atendendo vai perguntar se você quer um bilhete de volta, perguntando “Aller Retour?”,”Aller retour” é simplesmente dois bilhetes simples. Cada bilhete custa em torno de 3 euros, então vai sair 6 euros para uma viagem de ida e volta.

Dica: não espere que seu cartão de crédito funcione no guichê. Muitos cartões de crédito simplesmente não funcionam na RATP / SNCF máquinas de cartão de crédito. E melhor ter dinheiro na mão e não esperar para usar uma nota de 50 euros. Pequenas notas ou moedas são as melhores. Vá em frente e compre bilhetes de regresso Aller-Retour para ganhar tempo (a menos que você esteja pensando em bisbilhotar um pouco a área e descobrir algumas atracões fora do trajeto tradicional do castelo e passar a noite lá).

Uma vez que você passou na catraca do Metro, procure um mapa para ver onde você está em relação à linha amarela C RER. Se acontecer de você estar em St. Michel / Notre Dame, Torre Eiffel (além de alguns outros) você já está na linha de RER C, tudo que você precisa fazer é encontrar a plataforma do trem direitinho.
Muitas estações em toda Paris servem várias linhas de metro diferentes e linhas de trem RER todos dentro da mesma estação. Isto significa que uma única estação pode ter vários níveis verticais e diversas plataformas indo em direções opostas.
Isto pode parecer confuso, mas siga um padrão que você vai memorizar rapidamente:

Todas as linhas RER são letras, de A a E, todas as linhas de metro são números de 1 a 14.

Todas as linhas têm uma estação terminal, ou seja, a última estação da linha. Cada plataforma de trem e metrô vai marcar a linha que está e que direção está indo o trem, que é a estação terminal. Se você ainda não estiver em uma estação que serve o RER linha C, olhe para o mapas perto das escadas no metrô / RER linhas para ver como você pode chegar mais próximo da estação de RER C.

Uma vez que você estiver em uma estação de RER C, siga as indicações gerais e sinais na parede para o Versailles-Rive Gauche RER C plataforma.

O que pode estar confuso é que pode haver outros nomes no sinal junto com Versailles-Rive Gauche para outras estações terminais na mesma linha. Por exemplo, você pode ver um sinal de RER C que mostra a direção / estação terminal de Saint-Quentin-en-Yvelines, Versailles Chantiers de Versailles-Rive Gauche, tudo em um sinal. Enquanto a estação terminal não é antes a estação desejada (neste caso Versailles-Rive Gauche), você pode pegar a linha uma vez que vai na direção certa.

Assim que você chegar na plataforma do trem, olhe para a estação que você deseja, Versailles-Rive Gauche. Se o nome não está na placa, verifique o outro lado da plataforma,pois e provável que você esteja indo na direção oposta.

Quando o trem chega, as portas não se abrem automaticamente, alguém no trem, ou você, deve pressionar o botão verde ou prata na porta para abri-lo.

Uma vez no trem (se você tomou o trem certo) você não vai precisar acompanhar as estações desde Versailles-Rive Gauche será a última estação na linha e todos estarão saindo.

Após chegar à estação terminal, olha para a placa azul “Sortie” – sinais que marcam as saídas para a estação. Eventualmente, cada uma delas terá um nome de rua marcando o que lhe dá acesso. Você encontrará uma saída para Chateau de Versailles, que é apenas uma caminhada de cinco minutos a partir desta estação. Aproveite a sua visita.
A qualquer momento, se você estiver em duvida, e só olhar pra alguém e perguntar “Chateau de Versailles?”, mesmo que você não fale francês, você pode entender bem pelos gestos qual e o caminho. Na duvida pergunte de novo ate encontrar. Nao saia em outra porta ou você vai ter de caminhar mais pra encontrar o castelo.
Então, em resumo:

Linha => RER C (amarela)

Direção = Gauche> Versailles-Rive Gauche

Chegada Estação => Versailles-Rive Gauche (Zona 4)

 

UP – DATE (2/Abril/2011): Como a maioria das estações de trem ja não esta vendendo mais tickets junto com os bilhetes de metro, as filas para comprar tickets para o castelo de versalhes (na estação de trem) ficaram enormes! Eu aconselho chegar A Versailles cedo e comprar la mesmo.

Bom Passeio!

Para passeios Guiados com guia em Portugues ate Versailles contate: alexiaoliveira@artdeviv.com

Leia mais...

Viver em Paris: Como comprar o passe de metro Navigo

fevereiro 15, 2011 | Posted in Turismo dicas, Viver em Paris | By

Se você está pensando em viver em Paris por uma longa temporada, é uma boa ideia comprar um passe de metro – O Navigo Decouverte vai ajudar você a economizar se você for usar bastante o metrô de Paris.

Partindo do principio que você vai querer conhecer bastante lugares, trabalhar ou estudar, o passe de metro e uma otima opção. Para quem usa o metro todos os dias e ótimo e pratico.
Não precisa ser residente para comprar o passe de metro Navigo. Se você estiver pensando em ficar todos os 90 dias que tem direito como turista aqui, o passe de metro Navigo vale a pena.

Vantagens de ter o passe de metro Navigo

É muito mais conveniente usar um passe em vez de lidar com os bilhetes de papel – ou, pior ainda, lidar com dinheiro e moedas para comprar os bilhetes de papel – toda vez que quiser ir a algum lugar.
O passe te da direito a viagens ilimitadas por todo o tempo de você carregar no cartão (uma semana, um mês, etc.)

Como comprar um Decouverte Navigo.

Comprar o passe de metro Paris Navigo Découverte é fácil. Você só precisa encontrar uma estação de metro com um guichê e pedir um. Se você não fala francês, você pode primeiro perguntar ao atendente se eles falam Inglês, ou você pode dizer isto:
“Bonjour. Je voudrais un passe Navigo Découverte, s’il vous plait “.

Em seguida, eles vão pedir-lhe quais as zonas que você deseja carregar o passe.
As Zonas 1 e 2 vão cobrir todas as suas viagens no centro de Paris.
Lugares como La Defense, Versalhes e aeroporto Charles de Gaulle estão fora das zonas 1 e 2, mas você pode comprar apenas um bilhete individual para raras ocasiões em que você vai viajar para fora da sua zona.

Então, a atendente vai perguntar quanto tempo (Combien de temps) que deseja carregar para o passe. Você pode carregar o Decouverte Navigo por semana ou por mês (une semaine, un mois).

Quanto custa o passe de metro Paris Navigo?

Um passe mensal vai ficar mais barato do que semanal.
O preço do passe semanal custa 17,20 € e um passe mensal é de 56,60 (Zonas 1 e 2).

Esteja ciente de o Decouverte Navigo não pode ser substituído ou devolvido, caso ele seja perdido ou roubado. Cabe a você manter o controle do mesmo. Não da para se usado por duas pessoas também.

Para obter um cartão mensal, você vai pagar um total de 66,60 €. (Isso é porque você tem de pagar uma taxa de 5 euros para o cartão, mais 56,60 por um mês para as zonas 1 e 2).
Se você estiver trabalhando não esqueça de perguntar se o seu patrão paga o navigo. As vezes eles pagam somente a metade do valor, mas já e melhor que nada :)

O atendente lhe entregará um pacote de plástico que contém três partes. Primeiro, há a parte da identificação, onde você precisa assinar o seu nome (traga uma caneta), retire o plastico para colocar a a sua foto (veja abaixo). A segunda peça é o cartão com o número de identificação e chip.

Se voce estiver com alguma duvida e so pedir ajuda.

Para usar o seu cartão: você passa o passe no leitor do bilhete em qualquer catraca do Metro. Não enfie o passe no lugar dos tickets de papel!

Se você estiver meio perdido sem saber como fazer, e só fazer uma cara de “ não sei usar isso” com o passe na mão que vai aparecer alguém rapidinho para ajudar.

Você vai precisar de uma foto 2,5 cm x 3 para o passe. Se você só tiver 3×4, corte um pouco rs rs que da.
Eu recomendo levar uma foto com você de casa, aqui e mais caro (bem mais caro!) e você não precisa ficar se preocupando em descobrir onde tirar a tal foto.
Mas caso você não tenha tempo ou esqueça, você pode tirar uma foto em cabines automáticas na própria estacão de metro. Não esqueça que as instruções são em francês e as vezes estao “fora de servico”.
As cabines de fotografias podem ser encontradas em quase todas as estações de Metro de Paris (disponível em muitas estações ao lado do guichê, e também no aeroporto CDG).
Você precisa de  moedas (parece que 5 moedas de 1 euro).
Se você vai usar a máquina no mesmo dia que esta pensando em fazer o passe, traga o seu par de tesouras pequenas para a estação de metro assim que você pode cortar a foto que recebe da maquina.

Como saber se o passe de metro esta valido ainda?

Uns 2 de dias antes de expirar o seu passe, você vai começar a receber um aviso sempre que você passar o cartão na catraca do metro: “Fin du Forfait” com a data de validade.
Depois e só ir carregar o cartão para mais um mês, o passe em si continua valido sempre, esse cartão só e feito uma vez.

É isso aí. Agora você está pronto para andar de metrô com facilidade, como um verdadeiro parisiense, em Paris.

Dicas:

  • So voce esta pensando em usar pouco o metro, considere comprar um carnet de 10 tickets que custa em torno de 12 euros.
  • Se voce esta querendo percorrer os museus de Paris, considere comprar o Paris Pass que alem de servir como passe de metro, voce entra de graca em todos os Museus, tem direito a degustacao de vinho e outros passeios em um so cartao.

Leia mais...

Noite Parisiense: Quanto custa um jantar com show no Moulin Rouge

janeiro 19, 2011 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Moulin Rouge!
Pensando em  conhecer um pouco da noite em Paris? Que tal experimentar uma noite no Moulin Rouge? Este passeio é a ocasião para uma noite inesquecível no mais antigo Cabaret de Paris!

Muita gente diz que vir a Paris e não ir ao Moulin Rouge é como ir a Roma e não ver o Papa, então depois de muito pesquisar encontrei o melhor tour de Paris, com o melhor preço também.

O Moulin Rouge é um cabaré construído em 1889 e está localizado no Boulevard de Clichy, na 18eme, no sopé de Montmartre.
Esta zona é  conhecida como a “zona vermelha” de Paris, com muitos cabarets e casas (finas) de prostituição, portante eu aconselho fortemente ir ao Moulin Rouge de excursão, com pessoas experientes como guia e motorista, para não ficar perdido pelas ruas em busca de taxi para voltar para o hotel depois.
Sendo o Moulin Rouge um Cabaret, não leve crianças ou adolescente menores de idade! Esse é um programa para adultos. Se você vier com crianças, escreva para mim que eu posso arranjar uma baba de confiança para essas 5 horas que você vai se divertir, ou deixe um anuncio na nossa pagina de anúncios, mas eu prefiro indicar pessoas que eu já conheço.

Os preços do tour Jantar e show no Moulin Rouge (por pessoa) dependem do menu que você escolher, mas já aviso que se você for por conta própria ira pagar bem mais porque a operadora do tour tem descontos para grupos.

Menu Belle Epoque 235 Eur

Menu French Cancan 195 Eur (recomendado)

Menu Saint Valentin 235 Eur

Menu Toulouse Lautrec 215 Eur
Você não paga mais nada, estes são os preços com o show, jantar, transportes, bebidas. Esta tudo incluído. Você faz a reserva online, depois e só marcar a data que quer ir. Os pagamentos podem ser feitos com cartão visa (debito ou credito), entre outros. Guia em Portugues!

Link do site:
Dinner & Show at the Moulin Rouge.

Descrição de tour:

Eles vão  buscá-lo no seu  Hotel Paris em um microônibus com ar condicionado e escoltá-lo até o Moulin Rouge..
Eles tratam das reservas. Você pode reservar o passeio no mesmo dia, mas e sempre melhor um dia antes.
Será servido um jantar com vinho, seguido do famoso Moulin Rouge Show “Féerie”.

A tradição do cabaré não fica só  na gastronomia, no entanto é bom ressaltar que o chef TARRIDEC Laurent é considerado uns dos melhores do mundo.  Ele veio da Bretanha, onde ele é chef e proprietário do restaurante Leu Mouscardins em Saint-Tropez (na Riviera Francesa), e ele queria colocar seus talentos a serviço da prestigiado Moulin Rouge. Como ele disse “No Moulin Rouge, cada noite é uma festa. Os cursos que preparam tem que ser tão bons e belos como as cenas, figurinos e bailarinos. “Laurent TARRIDEC não é apenas um aventureiro  da gastronomia, mas ele também é um mestre cozinheiro tão exigente com a qualidade e frescor dos produtos como com a Noites de apresentação.
Jantar no Moulin Rouge, enquanto Laurent TARRIDEC expressa suas habilidades na cozinha, já vale o preço do tour.  Vale a pena! E ainda assiste a um show fantástico. Música ao vivo com Dino La Torre e sua orquestra.

Importante:
Não use jeans (não interessa o tipo, você não vai entrar se estiver usando jeans), tênis, camisetas ou bonés. Câmeras e filmadoras  não são permitidas no cabaré.
Paletó e gravata não é obrigatório, mas apreciado…

ATENÇÃO: Em Fevereiro 12, 13 e 14, Moulin Rouge oferece um menu ESPECIAL SÃO VALENTIM. Menu Cancan francês, Menu Toulouse-Lautrec e Menu Belle Epoque ainda estão disponíveis durante estas datas, mas você pode escolher escolher o  Menu especial de S. Valentim, se preferir.

O que o tour oferece:
Hotel ou Private Residence cortesia pick up e drop-off serviço
Eles pegam você no seu Hotel mesmo, e na volta te “deixam em casa”.
Moulin Rouge “Féerie” Show
Jantar de 3 pratos e 1 garrafa de champagne por pessoa
Transporte

Mais detalhes:
Temporada: Durante todo o ano
Dias: Diariamente
Horário: a partir das 6 da tarde
Duração da programação: 5 horas
Guia em Portugues – não esqueça de pedir!

Clique aqui para fazer a sua reserva!

Dinner & Show at the Moulin Rouge.

Leia mais...

O seu sonho de conhecer Paris pode tornar-se realidade com o projeto “Vamos a Paris”

janeiro 11, 2011 | Posted in Compras em Paris, Turismo dicas | By

Alexia

 

UP-DATE: Infelizmente o projeto foi cancelado e a Cida não esta mais fazendo este passeio.

Estamos à procura de pessoas que estejam interessadas em trabalhar neste projeto. Voce quem sabe quer criar o seu proprio projeto? compras em Paris? Museus? Palacios da Europa?
Se voce mora no Brasil e tem interesse em trabalhar conosco, sendo pago por comissão, escreva para a gente: alexialiveira@artdeviv.com

Venha fazer parte da nossa familia artdeviv!

 

Se você sempre sonhou em vir a Paris mas não tem companhia, esta pode ser a sua oportunidade!
As minhas primeiras viagens a Europa, nos meus tempos de adolescente sempre foram solitárias. Aproveitei bastante, mas a gente tem de lidar com a situação de ficar sem conversar com ninguém por praticamente toda a estada. Eu passeava pelos museus em geral, mas restaurantes e compras tiveram de ficar de lado ( realmente não tem muita graça ir fazer compras sozinha).
Claro que comprei alguns livros porque ainda era estudante.
A minha solução foi vir fazer “cursos de verão” na minha área, o que ajudava a não ficar tao sozinha nos passeios, mas esses cursos alem de caros são super concorridos, ou seja, eu tinha de planejar tudo com quase 1 ano de antecedência.

Que maravilha seria se eu tivesse tido a oportunidade que temos agora, gracas ao projeto incrível da Cida Marques!

A proposta do projeto “Vamos a Paris” é organizar grupos para o  poder vir aproveitar ao maximo Paris.
Com a Cida, você vai passear pelas lojas e cafés da Champanhenses, 
Subir ao topo da Torre Eiffel, ir ao Arco do Triunfo e outros.
Durante uma semana, você terá a oportunidade de conhecer belíssimos lugares e lojas de Paris, (com a participação da idealizadora do projeto) Cida Marques.
O pacote inclui hospedagem em hotéis de categoria turística, city tour panorâmico, café da manhã, traslado aeroporto/hotel- hotel/aeroporto e programação de visitas especialmente elaborada onde você terá a oportunidade de conhecer a arquitetura, o mix da moda, a cultura, a gastronomia e o entretenimento local.
Diesel, Louis Vuitton, Gucci e outras marcas que são destaque na Europa, estarão no tour de compras. 
A equipe de turismo também selecionou os melhores locais para compras, exclusivamente para este pacote.
As principais atrações turísticas parisienses não vão ficar para trás. 
A Torre Eiffel, a Av. Champs-Élysées, o Arco do Triunfo, o Museu do Louvre, o Moulin Rouge, entre outros, vão dar um toque especial de charme e elegância à essa viagem inesquecível.
Venha conhecer a cidade luz em Abril.

Itinerário:

CANCELADO

 

 

Leia mais...

Viver em Paris custa caro? Lista de Preços de produtos no supermercado.

janeiro 6, 2011 | Posted in Turismo dicas, Viver em Paris | By

Viver em Paris custa caro? Lista de Preços de produtos no supermercado.

Quanto custam os produtos nos supermercados de Paris? Preparei uma lista de produtos baseado nas minhas compras de supermercado aqui em Paris. Costumo ir em 2 supermercados: Monoprix e Carrefour. Existem supermercados bem mais baratos como o Dia (rede espanhola) entre outros, mas os produtos não tem a mesma qualidade. Eu tenho perto da minha casa somente o carrefour city(um carrefour pequeno) e o Monoprix.

Aqui vai uma lista dos meus produtos “básicos” ou nem tanto…

  • Leite “bio” 500ml – 1 Euro (tem marcas mais baratas mas eu prefiro biológico)
  • Sacos de saladas verdes  prontas para servir 4 a 5 porcões  – já lavadas – 1.50 Euros
  • Refrigerantes em lata – Pack com 6 – 3.48 Euros
  • Lata de ervilhas e cenouras 200gr – 1.11 Euros
  • Lata de lentinhas 300gr 1.06 Euros
  • Ice tea – garrafa de 1.5 litros – 1.78 Euros
  • Salmão defumado 4 fatias grandes  – 4. 99 Euros
  • Pizza congelada – 5. 25 Euros (tem mais baratas, depende da marca)
  • Pão de leite pack 10 unidades 1.80 Euros
  • Arroz basmati 1Kilo (indiano) – 3.60 Euros (o arroz normal custa 1 Euro/quilo)
  • Vinho – os vinhos começam a ser bons a partir de 6 Euros, mas tem vinhos mais baratos.
  • Chocolates 100gr – com 1.30 Euro você compra bons chocolates, mas tem mais caros.
  • Ovos – ½ duzia – 1.87 Euros (de galinhas criadas ao ar livre, alimentadas com milho)
  • Sopas prontas – 2 pacotes 1.50 Euros (não são sopas em pó, são sopas prontas, liquidas ou creme)
  • Presunto cozido – 2,60
  • Presunto defumado (jamon serrano) – 4 Euros
  • Rosbife (peça grande de carne para assar) 14 Euros (as outras carnes custam mais ou menos o mesmo)
  • Manteiga 1.50 Euros
  • Blinis (4 unidades) – 1.80 Euros
  • Papel higiênico – 4 rolos – 2.59 Euros
  • Queijo Emmental 250 gr – 2.30 Euros
  • Queijo Roquefort – 100gr – 2.29 Euros
  • Pasta (massas tipo espaguete, macarrão em geral) – 1.5 Euros 1/2 quilo
  • Molho de tomate pronto para usar (bolonhesa, napolitana, etc) – 1.5 Euros
  • Queijo parmesão ralado  italiano– 2.69 Euros (tem mais barato)
  • Comida (boa) pronta congelada – a partir de 1.50 – pratos individuais
  • Pão de sanduíche – 1 Euro ½ quilo
  • Baguete – .80 Euros
  • Foie gras – 8 Euros
  • Geleia de cebola para foie gras – 1.99
  • Torradas para foie gras – 1.30 pacote com 60
  • Vinho Sauternes para beber com foie gras ou outros vinhos brancos doces – a partir de 10 Euros
  • Tarama 100gr– 1.50 (tarama é uma especie de caviar barato)
  • Azeite de oliva – 6.79 Euros
  • Vinagrette – 2.90 Euros (vinagrette básico: azeite, vinagre e ervas)
  • Frutose – 4 Euros/quilo
  • Açúcar – 1.5 Euros/quilo
  • Sabonetes – em torno de 1 Euro cada (tem mais barato)
  • Shampoos e condicionador– começam a ser bons a partir de 4 euros.
  • Esmalte de unhas – a partir de 3 euros (os bons).

Fico devendo o preço das batatas, tomates e legumes em geral, não sei os preços corretos porque na nota  do supermercado eles colocam tudo tipo “legumes” ou “frutas”, mas sei que nada que eu compre sai por mais de 2 euros.
Bom, em resumo, gastamos aqui uma media de 700 euros para 2 pessoas. Estou contando com todos os produtos de limpeza e higiene pessoal também alem de todo gasto com comidas em geral – restaurantes etc.
Compramos muita comida no Picard surgelles, eles alem de terem comida congelada pronta, tem ótima carne e vegetais congelados.

Up date:

Comida congelada do Picard Surgeles:

  • Torta de alho porro (2 tortas) – 2,40 Euros
  • Quiches (2 Quiches) – 2,55 Euros
  • Pasta com (muito!)camarão, Saint Jacques e vegetais – porcão grande para 1 pessoa – 5,10 Euros
  • Crepes de presunto com molho branco – (2 crepes) – 2,90 Euros
  • Poulet basquaise (frango com arroz e vegetais) – porcão para uma pessoa – 1,95 Euros
  • Couscous – porcão para uma pessoa – 1.95 Euros
  • Pain au chocolat (5 unidades) – 2.25 Euros
  • 2 demi-baguettes (baguete pequenas, prontas para ir ao forno) – 0.80 Euros

Detalhe: Esses pratos de 1,95 Euros são o que eles chamam de Picard Express, prontos em 6 minutos no micro-ondas. A comida e de alta qualidade e barata. Vale a pena! Tem muitas opções como empadões de batata recheados com pato ou carne de boi, massas de todos os tipos, lasanhas, bacalhau com batatas, peixe com arroz, almondegas com molho de tomate e batata, enfim, da pra ter uma variedade de pratos prontos no freezer. Faça uma salada, sirva uns queijos e pronto!

Nota: Este artigo foi escrito em janeiro de 2011 mas  esta sempre sendo revisado e se algum produto aumenta eu edito o post, portanto os precos sao atuais, ok?

Leia mais...

O metro de Paris – informações sobre preços, passes especiais e horários

dezembro 26, 2010 | Posted in Turismo dicas, Viver em Paris | By

O metro de Paris! Informações importantes!

Não é só Paris que conta com uma rede de transportes muito bem organizada.
Praticamente todas as principais cidades da França tem uma grande rede de ônibus e ótima intercomunicação entre as linhas de metro.

Mas sem duvida Paris tem a melhor! Na minha opinião…

O metro de Paris é considerado um dos melhores do mundo.

Além da viagem de metro ser rápida e barata, você pode ir tranquilamente entre pontos distantes da cidades sem se preocupar com transito, por exemplo.
Para o turista ou recém-chegado em uma cidade, com um mapa de metro em mãos é possível virar a cidade sem se perder.
Se você não sabe onde esta, basta encontrar a estação de metro mais próxima e ir diretamente ao ponto de partida.
Outra grande vantagem é que se você pegou o metro errado ou no sentido oposto (acontece…) e só descer na próxima estacão e pegar o próximo metro. Não paga mais por isso.

O meu conselho é sempre verificar bem a direção do metro que você tem de pegar.
Não basta só olhar “linha 1”.

Fatos:

  • Em Paris, o metro é o meio mais rápido e prático de se deslocar.
  • Existem 15 linhas de metro ao todo e cerca de 300 estações de metro.
  • O horário de funcionamento é das 5h30 as 00h30, variando entre as estacoes.
  • As inúmeras ligações do metro com o RER (Rede Expressa Regional) e as estações de trens suburbanos SNCF permitem o fácil acesso às outras cidades da periferia de Paris.
  • O preço do bilhete é determinado em função das zonas de Paris e sua periferia.
  • Existem 8 zonas no total. Estes bilhetes permitem viajar em toda a rede do metro (zona 1-2), nos ônibus e RER. Você pode pedir um mapa em cada estação de metro ou RER ou ver no site: www.ratp.fr  

Preços:
1 bilhete: 1.60€
Carnet de 10 bilhetes: 12.40€

Dica:

Uma grande vantagem para quem vem passear e vai usar bastante o metro é a “Carte Paris Visite” que é valida de 1 a 5 dias, com viagens ilimitadas em todas as zonas (você pode usar o ônibus, o RER, os elétricos, o funicular de Montmartre entre outros).
Dependendo das zonas abrangidas os preços são diferentes:
Coloco aqui um exemplo de quanto pode custar o passe:

1-3 zonas: de 8.50 € para 1 dia à 27.50€ para 5 dias.

Se voce esta pensando em ficar mais tempo, de uma olhada no outro  artigo do blog especifico sobre o passe de metro Navigo.  Este passe e renovavel, e voce pode pagar por passes semanais ou mensais. Se o seu interesse e mesmo no metro, o Navigo sai muito mais barato – mas nao da direito aos eletricos e funicular de Monmartre. O artigo mostra passo a passo como comprar o passe, o que precisa e como usar.

As crianças tem preços reduzidos mas também precisam de passe.

Para passear por Paris você precisa somente das 3 primeiras zonas (as zonas 1 e 2 abrangem todo o centro). 
As 6 zonas abrangem Paris, Versalhes, Aeroportos e DisneyLand Paris.

Não esqueça que se você esta pensando em comprar o Paris Pass , você não precisa de passe de metro porque o ParisPass funciona como passe de metro também.

Verifique antes de comprar se realmente vale a pena usar o Carte Paris Visite ou é melhor comprar um carnet de 10 tickets por 12 Euros e usar por vários dias.
Eu aqui em Paris não uso nenhum tipo de passe de metro porque não uso muito, mas compro sempre um carnet de 10 tickets porque esses não tem prazo de validade. Todos esses passes podem ser comprados diretamente no metro.

Leia mais...

Viajar de Trem, ônibus ou de avião pela Europa? Conheça as vantagens e desvantagens de cada opção

dezembro 22, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Mais dicas de turismo para que as suas ferias sejam fantasticas!

Como já tinha falado antes no artigo Viagem de Trem: A melhor forma de ver a Europa, eu realmente acho a viagem de trem pela Europa uma aventura fascinante, mas como gosto de “apresentar os fatos”, faço  aqui  uma analise comparativa entre viajar de trem, ônibus e avião.

Para dar uma ideia clara e real dos preços, fiz uma pesquisa baseado em um trajeto “Paris-Amsterdan”.

Estou partindo do principio que você que esta a ler este artigo esteja também interessado em economizar, por isso coloco considerações a respeito de preços também.

 

Trem

 

Os tickets avulsos podem ser mais caros em relação aos tickets de avião ou ônibus.

A viagem Paris-Amsterdan custa 52 Euros. Dura 3h 18m e é direto (não para em outras cidades).

Vantagens: Os trens são super confortáveis.

As estações de trem são mesmo no centro da cidade, ou seja, você não gasta mais nada para chegar ao seu destino.

 

A grande vantagem do trem é a possibilidade de adquirir um passe, se você for turista.

 

Por exemplo, o Eurail Global Pass de 21 dias / 21 dias custa 744 Euros para viagens ilimitadas.

Fantástico para quem quer realmente ver a Europa. Você pode usar o passe para se deslocar em viagens nacionais ou internacionais. Pode usar o trem para viajar de noite e economizar em hotel.

 

 

Descrição geral:
Esse passe não é válido para residentes da Europa, Russa e Turquia. Eu por exemplo não posso usar esse passe. O passe de turismo é mesmo só para turistas de fora da UE.
Esse passe é ilimitado para redes ferroviárias nacionais de 20 países europeus: Áustria, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Portugal, Irlanda, Romênia, Eslovênia, Espanha, Suécia e Suíça.

Condições:
O passe deve ser validado (carimbado na estação de trem) num período de 6 meses desde a data de emissão.

Devoluções e pós vendas:
Uma multa de 15% pelo cancelamento é aplicável a passes completamente inutilizados e invalidados devolvidos dentro de 1 ano desde a data de emissão.
Passes utilizados parcialmente ou passes roubados não são reembolsáveis.

 

A maioria dos trens de Alta Velocidade, Panorâmicos e Noturnos exigem reserva.

 

Avião:

 

Os bilhetes “low cost” já não são baratos como eram antes, quando se pagava em torno de 9 Euros.

Pelo web site wegolo se pode encontrar os melhores preços porque engloba um search por todas as companhias aéreas que estão oferecendo bilhetes baratos no momento.

Encontrei um voo Paris-Amsterdan por 35 Euros.

 

Vantagens:

Ótima opção para quem não tem um objetivo muito fixo em relação aos destinos, porque pode aproveitas as ofertas do momento e comprar bilhetes por menos de 30 euros.

Perfeito para quem não pode ou não gosta de ficar muito tempo sentado em trem ou avião.

 

Desvantagens:

 

E difícil de conseguir tickets baratos para os países que a gente procura.

Muitas vezes os aeroportos que essas companhias aéreas low cost usam ficam bem longe do centro da cidade. Pesquise bem onde fica o aeroporto que você vai chegar, e se tem metro, ônibus ou qualquer meio de transporte barato para não ter que usar taxi.

As tarifas de taxi podem ser mais caras que o próprio bilhete de avião.

Mas se o tempo gasto durante é algo que esta a ser considerado em primeiro lugar, vale a pena ate pagar mais caro por um bilhete de avião e economizar tempo.

 

Ônibus:

 

A companhia de ônibus Eurolines (http://www.eurolines.fr) é a melhor opção para quem quer viajar pela Europa de ônibus

Esta é uma opção fácil e mais barata do que o trem (na maioria das vezes).

E ótimo para quem não conseguiu um bilhete de avião decente (ou muito caro ou com aeroporto muito longe do destino).

Encontrei bilhetes de ônibus Paris-Amsterdan entre 25 e 45 Euros.

 

Vantagens:

Você não precisa comprar os bilhetes com antecedência. Pode chegar direto na estacão e comprar o bilhete para o próximo ônibus Veja os horários no web site.

As estações de ônibus ficam no centro da cidade, ou se não estão no centro estão ligadas ao centro por linhas de metro.

Você pode apreciar a paisagem.

Os ônibus são ótimos e confortáveis

 

Desvantagem:

Realmente não há muitas desvantagens.

 

A minha conclusão:

 

Para mim ainda e melhor viajar de trem. Eu realmente aprecio viagens “fáceis” e como o trem tem cafeteria, ganhou uns pontinho a mais ;)

Você pode caminhar um pouco pelo trem para esticar as pernas. Gosto da ideia que as estacoes de trem ficam no centro das cidades.

 

Em segundo lugar fica a opção de ônibus. Esta opção ficou em segundo lugar porque as vezes as estacoes ficam um pouco longe do centro e você tem de pegar metro pra chegar ao seu destino. Mas com certeza pelo preço seria a melhor opção.

 

Em terceiro a opção de avião. Esta opção ficou em ultimo lugar para mim mais pelo fator de não poder apreciar a vista e porque não tenho paciência de ficar procurando informações de onde realmente ficam os aeroporto de partida e chegada. Mas para quem gosta de viagem rápida é a melhor opção.

 

Ambas as viagens de trem e ônibus são fáceis e o preços dos tickets não variam.

Os tickets de avião dependem de promoções e você tem de passar por todo o processo de check-in, segurança, etc. Ainda é uma boa opção se você não se importa com isso.

Bom, o importante é que agora você tem todos os fatos para escolher o que é melhor para as suas férias.

Escolha a opção que lhe parecer mais interessante e boa viagem!

Leia mais...

Dicas de turismo em Paris: Roteiros temáticos

novembro 22, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Estabelecer roteiros baseados em temas específicos torna muito mais fácil e produtiva as suas férias.O tipo de visita e passeios a escolher depende muito do tipo de experiencia que você quer ter em Paris. Paris é o centro turístico mais visitado no mundo, e não é a toa! Existe a Paris histórico- cultural, a gastronômica, a social, artística, religiosa, Paris para crianças e mais um infinito de opções.

Que tipo de turista é você? Quais são as suas prioridades de passeio ou experiencias que quer ter?

Vamos analisar alguns tipos de roteiros temáticos baseados em algumas prioridades:

Turismo Histórico cultural:

Este é o principal e mais comum tipo de turismo. É altamente recomendado para quem vem pela primeira vez e gosta de historia, palácios e museus.

Não vou aqui listar todos os Museus que você pode ir, mas se você pretende seguir este roteiro, aqui vai umas dicas:

  • Hospedagem:

Hoteis/albergues no centro da cidade (fique perto do metro!) são o indicado para você.

Aconselho a cadeia de Hotéis do Grupo Inter Continental, onde você vai encontrar hotéis conhecidos como o Holiday Inn; eu tenho ate cartão de usuário frequente, o que me da 20% de desconto no minimo nestes hotéis (eu já me hospedei no Holiday Inn em Paris, Hong Kong, Thailandia – Phiphi Island e Phuket). Estou aconselhando porque eu já testei o bastante para garantir que são bons.

Mas toda a rede Inter Continental é ótima. Você tem o link do web site da Intercontinental aqui no blog, com um minimo de 20% de desconto. Voce pode pesquisar por hoteis aqui mesmo no blog.

Albergues baratos: eu aconselho o site do Hostelworld, que tambem tem aqui no blog o link. Já utilizei o Hostelworld para uma viagem a Normandia (fica perto de Paris) e gostei muito do hostal – superbarato.

  • Passes de museu/metro/Bus tour (passeio de onibus turistico, onde você para onde quer e depois pega o próximo para seguir o passeio).

Para quem vai visitar muitos museus e seguir este roteiro cultural de Paris, aconselho firmemente o Paris Pass. Também provado e aprovado por mim. Eles dão um guia turistico (livro de 120 paginas) para você seguir. Comprei um passe de 2 dias e foi ótimo. Com um passe destes na mão você vai passear pelo Sena de barco, vai degustar vinhos em adegas, e claro visitar tantos museus quantos você quiser.

  • Não precisa mais nada.

Turismo Gastronômico

  • Segundo tipo de turismo mais popular, principalmente entre os Norte-Americanos.
  • Neste caso aconselho ficar em Hotel com café da manha incluído, o que não acontece na maior parte do albergues. Aconselho Hotel mesmo.
  • Para ter uma verdadeira experiencia gastronômica sem gastar uma fortuna, adira a programas do tipo  Restoprive (Restoprivé – Page d’accueil) , por exemplo, que da descontos incriveis pela internet, se você reserva através deles você vai economizar muito.
  • Outro programa incrível é o Lafourchette, parecido com o Restoprive, com a diferença que você não precisa pagar pelo restaurante online, você só faz a reserva, tem descontos tambem e o site deles é , na minha opinião, melhor para quem não fala francês (você pode mudar o idioma), alem de poder fazer pesquisa por área em todas as regiões de Paris.
  • Ambos os programas eu aconselho. Vá ao site deles, inscreva-se e comece a receber as novidades. Assim você já vai tendo uma ideia dos preços e dos restaurantes (os sites tem montes de fotos). Inscrever-se para receber o e-mail deles é  de graça. Eu uso os 2 programas.
  • Eu tambem aconselho viajar um pouco ao norte a ter uma verdadeira experiencia com queijos franceses. Você pode encontrar informação aqui no blog sobre vários lugares incriveis e perto de Paris na Normandia – este é o lugar para experimentar queijos e afins.
  • Quem vem pensando passear pensando na gastronomia francesa vai se beneficiar se tiver com um laptop ou netbook, iphone, etc. É a melhor maneira de consultar os sites, ver onde ir, olhar mapas e etc. Não aconselho livros impressos, aconselho mapas.
  • Compre vários “carnets” de 10 tickets para usar no metro, não precisa comprar um passe.
  • Instale um dicionario ou tradutor no celular – só pra per certeza de que você esta pedindo a comida certa no restaurante.
  • Dica: existem vários restaurantes caríssimos em Paris, alguns eu já experimentei e posso dizer: a comida não é muito, muito melhor do que os restaurantes com preços razoáveis. Experimente também o restaurante dos hotéis que você ficar, geralmente são ótimos.
  • Nos restaurantes, opte pelos menus prontos, com entrada, prato principal, saladas e sobremesa.
  • Não esqueça dos vinhos!

Turismo Religioso

Esse é o tipo de turismo mais barato, a maioria das catedrais, igrejas e afins são de graça.

Eu fiz muito esse tipo de turismo quando adolescente, não por questões religiosas mas porque as catedrais da Europa são uma experiencia a parte. Vale a pena.

Você só precisa de:

  • Um guia turistico (pode ser impresso, não muda nada a anos mesmo).
  • Um passe de metro ou “carnet” de bilhetes.
  • Um mapa
  • Bons sapatos para caminhar por ai.
  • Se for verão, cuidado com os shorts, as vezes eles não permitem a entrada de pessoas com roupas muito “abertas”.
  • Veja as programações culturais das paroquias, geralmente tem afixado nas portas concertos de órgão, canto, canto gregoriano, etc. De graça! Pra quem gosta de musica sacra a Notre Dame tem ótimos cantores, se você gosta pode ir a missa de domingo la.
  • Não perca a oportunidade de visitar as principais catedrais de Paris ao entardecer, o sol batendo nos vitrais deixa a catedral com um ar magico.

Hospedagem:

Qualquer lugar perto do Metro, mas não na área da Gare du Nord (essa e a área do Mulin Rouge). A 19eme fica um pouco fora do contexto do passeio, porque é a zona de prostituição, etc.

Melhor para outro tipo de “roteiro”.

Aconselho albergues em geral, hotéis pequenos e baratos, no centro.

Paris para crianças:

  • Viajando com crianças? Escolha um dia para ir a Disney Paris (site oficial), Ao Parque do Astérix (site oficial) entre outras diversões como as praças e jardins no centro da cidade (O Jardim de Luxemburg não pode faltar no roteiro!)

Faça um picnic a beira da torre Eiffel, use os parques e divirta-se! Todos os dias as 10 da noite tem um espetaculo maravilhoso na torre eifell que fica toda iluminada, vale a pena ver! As criancas vão adorar e voce tambem.

  • Alojamento:

Recomendo alugar um apartamento em vez de ficar em hotel.

De uma olhada no site do Residhotel.  Já usei os serviços deles e adorei.

No próximo artigo escreverei um pouco mais sobre outros roteiros, tais como Turismo Artistico, Social (Paris durante a noite!) e Compras em Paris (Compras baratas: Onde encontrar lojas outlets e grandes descontos em Paris).

Ate breve!

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Viagem de Trem: A melhor forma de ver a Europa

novembro 18, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Dicas de Turismo:
Viagem de trem pela Europa é conveniente e barata. Com uma ampla variedade de destinos, passagens e horários, você pode usar o seu tempo da melhor maneira possível.

Relaxe em um cômodo ambiente, escute a língua local e observe as paisagens do pais a passar pela sua janela.

Veja essa lista de algumas das vantagens do trem em comparação com o avião e o automóvel. Por que viajar de trem?

1. Melhor uso do seu tempo

Graças aos serviços frequentes você normalmente tem a flexibilidade de escolher o horário que mais convém. Para viagens com duração entre 1 e 4 horas (200 a 900 km) o trem de alta velocidade te leva ao destino, o centro da cidade – você não quer ter de gastar mais dinheiro em taxi para chegar ao seu verdadeiro destino.

É mais rápido do que viajar de avião, dando a você mais tempo para o que interessa: aproveitar as cidades. Com viagens de centro a centro das cidades, terminou o tempo perdido sentado no aeroporto ou viajando a um aeroporto distante (as viagens de avião Low-cost não te levam para os aeroportos principais!) E com uma média de 90% a 95% de pontualidade, a economia de tempo é ainda maior.

Mas fique atento: os trens são pontuais, não chegue atrasado!

2. Com passe de trem é mais barato!

Com uma variedade de Passes de Trem e passagens Ponto a Ponto que cabem em todos os bolsos, além de ofertas especiais habituais, você pode fazer com que o seu dinheiro dure mais. Reservar com antecedência significa não ter que ficar na fila para comprar passagens nas estações mais procuradas, e também economizar.

3. A melhor forma de ver (mesmo!) a Europa

Você veio à Europa para ver a Europa – por que perder tempo voando sobre ela? Em vez disso, recline o assento e aproveite o burburinho das línguas europeias ao seu redor. Admire as paisagens. Tire fotos, filme! Aprecie os pontos turisticos no caminho! Para uma autêntica experiência europeia, viaje de trem!

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

Dicas de Turismo: Seja um “smart traveler”, conheça as vantagens de viajar leve

novembro 17, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

A sua habilidade em fazer as malas vai determinar o sucesso ou a falha em viajar leve. É importante saber como ser um “smart traveler”, começando pela maneira de como você arruma as suas malas!

Como fazer as malas de maneira a aproveitar as férias ao máximo sem lidar com problemas de carregar um enorme peso de um lado para outro?

Se você esta pensando em viajar por vários lugares e não pretende pagar diária em hotel só porque “as suas coisas tem de ficar em algum lugar”, este artigo é o que você esta procurando.

Viajar leve é uma arte. Nem todas as pessoas entendem como é melhor ter pouca coisa para carregar em uma viagem. Quando fazemos uma viagem internacional qualquer que atravessa um dos oceanos as companhias aéreas lhe dão o direito a carregar 36 quilos da bagagem – Como acontece com os voos do Brasil para a Europa (você atravessa o oceano atlântico). Acontece que se você vai fazer viagens internacionais pela Europa (não atravessando oceano), por exemplo, essa regra não funciona (você só pode carregar 20 quilos) e afinal você tem de deixar muita coisa pelo caminho.

Viajar com o peso da mala “no limite” impede muitas vezes você de comprar coisas interessantes pelo caminho – não há mais margem.

Existem viajantes frequentes que depois de muitas viagens ainda não aprenderam a viajar leve, tentando a toda viagem carregar menos coisas mas assim mesmo muito mais do que o necessário.

Os Brasileiros são conhecidos internacionalmente como os viajantes mais pesados na Europa, seguido pelos Chineses – os chineses não tem o direito a carregar 36 quilos porque a viagem apesar de longa não atravessa o oceano (eu sei disso já vivi na China – só e permitido 20 quilos), com a diferença que os Brasileiros chegam já com mala pesada, e os chineses partem com a mala carregada de compras. Por isso também os brasileiros são muitas vezes barrados nos aeroportos internacionais – quem acredita que uma pessoa que vai ficar passeando pela Europa precisa carregar uma mala de 36 quilos? Quem viaja leve não tem problemas na alfandega.

Então aqui vão algumas dicas de como se tornar um “smart traveler” e começar a viajar leve, contribuindo não só para a saúde das suas próprias costas como é uma maneira educada de compartilhar o espaço no avião – afinal o voo não e só para a gente não e mesmo?

Aqui vai uma lista rápida de dicas:

Faça uma lista de o que você vai precisar durante a viagem:

Para ser um “smart traveler” você deve saber programar escrevendo uma checklist. As listas são muito uteis para fazer você não esquecer do que e importante e deixar de lado o que não precisa.

Uma checklist dividida por categorias é útil: Separe a lista em categorias tais como:

1.Produtos de higiene pessoal: Leve em conta o tipo de hotel que você vai – a maioria das coisas que você leva são encontradas no seu quarto de Hotel – não perca tempo nem desperdice espaço levando sabonete, por exemplo. Se você não se adaptar aos produtos do Hotel (eu recomendo levar o seu próprio shampoo e condicionador em embalagem pequena). Não esqueça que você pode comprar de o que precisa em um supermercado. Paris tem excelentes produtos de higiene pessoal para todos os bolsos, aproveite a viagem para experimentar. Então, o que levar: a sua própria escova de dentes de viagem e creme dental pequeno (você vai precisar disso na bagagem de mão para escovar os dentes durante o voo). Escova de cabelo, pente, remédios, maquiagem (um kit pequeno!), para os homens – giletes ou barbeador.

  1. Roupas: já escrevi um artigo Outono e Inverno em Paris! O que colocar na mala? falando sobre isso, recomendo mesmo a leitura,
  2. Sapatos: Um par de sapatos de noite (leia-se salto alto para as mulheres). Somente um par ou nenhum, aproveite para comprar um par novo durante a viagem. Paris tem sapatos sensacionais! Já é uma desculpa para ir as compras!
  3. Documentos e eletrônicos: Como já disse antes no artigo Dicas de turismo, voce esta preparando para uma emegencia durante as ferias? tenha a copia dos seus documentos em sua caixa de email. Copias em papel só servem para acrescentar mais peso a sua mala de mão Leve o seu netbook ou notebook na viagem com musica, livros em PDF, mapas e guias. Não carregue um monte de livros a toa. Recomendo ter um netbook na viagem para uma família, não carregue vários. Se você esta viajando com filhos adolescentes, deixe para eles a tarefa de organizar isso, não carregue vários notebooks em um mesmo grupo. Não recomendo laptops pois são muito grandes e pesados.Carregadores das maquinas de fotografia, ipods, etc. Tente trazer um carregador universal se possível, ou verifique o que pode ser carregado no seu netbook com um único cabo USB.
  4. Enrolar as roupas para colocar na mala: Funciona?É um mito:para algumas pecas sim, mas basicamente roupas interiores e meias (que devem ficar nos cantos da mala e entre os espaços deixados pelos sapatos por exemplo). E melhor colocar as roupas o menos dobradas possíveis ocupando todo o espaço da mala, fazendo então varias camadas de roupas.
  5. Mantenha-se monocromático o tanto quanto possível:Isso mesmo: escolha uma cor (neutra) e mantenha os mesmos tons. Roupas claras exigem ser lavadas mais frequentemente, cores recomendadas:Todos os tons da cinzaTodos os tons de castanho ou marromTodos os tons de verde (verde oliva e muito bom para viagens, combina tanto com cinza como com marrom)Preto (evite se estiver viajando no verão)Todos os tons de azul
  6. Coisas a evitar:Varias calcas blue jeans (são todas mais ou menos iguais mesmo…)Rosas pink, amarelos, vermelho, cores vibrantes em geral misturadas.Mais de 2 maquinas fotográficas por família.Mais de 2 netbooks por família.Sapatos não confortáveis.

E você? Costuma viajar leve ou sempre carrega uma mala enorme? Quais as vantagens de uma opção e outra? Deixe a sua opinião! Deixe o seu comentário!

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

10 Dicas para fazer férias baratas em Paris

novembro 15, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Dicas de turismo: Como economizar durante as férias?
Férias em Paris! Outono, Inverno, Primavera ou Verão. E sempre boa estacão para visitar Paris.
Ao contrario do que se pensa, Paris pode não ser tao caro assim. Viajar planejando bem os seus dias e observando as suas prioridades vale a pena. Afinal você não que ficar sem dinheiro durante as férias, não e mesmo?
Viagens à Europa podem custar caro, ainda mais se você quiser is a muitos museus e restaurantes, por exemplo.

Mas relax! Com um pouquinho de organização, tudo pode ser feito. Se você planejar e seguir os meus conselhos abaixo, sua viagem tem tudo para ser maravilha. Se voce souber administrar bem os seus gastos, podera ainda voltar para casa com dinheiro (ou sem muitas dividas!).

1. Planeje a sua viagem para Paris ou outro lugar da Europa antes, especialmente se ela for uma viagem a solo (se voce não for usar pacotes ou excursões), que eu acho bem melhor. Você terá autonomia para escolher os lugares mais adequados ao valor que você está disposto a gastar. O grande problema de viajar com um grupo desconhecido e que as vezes você perde um tempo enorme em lugares que não iria se tivesse tido a opção de escolher. Pesquise, faça roteiros, leia sobre os destinos e quanto mais ou menos se gasta por dia em cada um deles.

2. Compre a sua passagem também com antecedência. Quanto maior for a antecedência, maiores são as suas chances de achar preços melhores. Os preços das passagens aérea varia bastante. Eu aconselho comprar pela internet que sai mais barato.

3. Em Paris não existe “baixa temporada”, mas épocas como Natal e Réveillon são muito concorridas. Isso significa que se você vier nesta época, aconselho programar bem e não deixe para comprar tickets de operas, teatros e outros espetáculos na mesma semana. Eu aconselho comprar com pelo menos 2 semanas de antecedência.

4. Quando voce for planejar a sua viagem, pesquise sobre os hotéis ou hostais na internet. Livros nunca vão ser mais atualizados que a internet. Confira os preços, procure as promoções, veja o que e melhor, se hotel, hostal, alugar apartamento, etc.
Alias alugar apartamento e ótimo para quem vem com a família para passar o Natal, por exemplo, vocês podem programar uma bela ceia em casa mesmo. Muito mais barato e com direito a arvore de Natal e tudo mais! Para quem tem filhos pequenos e uma ótima dica, eles não gostam muito de ficar um tempo enorme em restaurante.

5. Aproveite para experimentar os restaurantes locais saindo um pouco da área turística. Já dei aqui dicas aqui sobre restaurantes que oferecem ate 50% de desconto para quem fizer a reserva pela internet.

6. E claro que você vai querer visitar alguns museus, então, é recomendável que você compre o paris passe para economizar nos museus (um passe de 2 dias e suficiente). Além de economizar, você vai economizar também seu tempo, muito valioso em viagens. Em cidades onde o fluxo de turistas e grande, as filas para comprar as entradas podem ser enormes.

Voce pode comprar o passe de museu/metro “Paris Pass” aqui:


60 Ways To Save In  Paris - Paris Pass, Buy Now

7. Evite trocar o seu dinheiro nos aeroportos. A diferença das taxas, em relação a outros pontos de troca pelas cidades sao altas. Traga Euros, não traga dólares, porque trocar Real-Dolar e depois dolar-euro não e vantajoso. Esqueça os dólares se vier para a Europa, OK?

8. Se você pretende conhecer vários lugares (cidades), compre bilhetes para o trem noturno e aproveite para dormir na viagem, caso o trajeto seja longo, assim você já economiza na diária de hotel. Veja aqui no blog o link para o web site da rail europe. Ali você vai encontrar links para todas as opções de passes de trem por toda a Europa!

9. Utilize cartão de crédito para sacar dinheiro. Analise bem as taxas que voce tem de pagar, mas normalmente elas costumam ser as melhores.

10. Comunique-se com a família por e-mail. E muito mais barato do que telefone.

Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...

40 Dicas de Turismo em Paris: Como aproveitar ao máximo as suas ferias!

novembro 13, 2010 | Posted in Turismo dicas | By

Mais dicas de Turismo para que as suas ferias em Paris sejam fantasticas!

1.As Galerias Printemps (ficam perto das Galleries Lafayettes – na mesma area da Opera Garnier- metro L’Opera) oferece um serviço de concierge para turistas estrangeiros para conseguir entradas para shows ou clubes noturnos.

2.Chegue cedo na estação de trem pois os detalhes de chegadas e partidas são difíceis de entender em um idioma estrangeiro. Boa viagem!

3.Aproveite o bom tempo para fazer um piquenique no Canal St Martin na primavera ou verão.
Se tiver tempo, visite o Vale do Loire, Chambord e Chenonceau que são castelos incríveis!

4.O Chateau de Versailles vale a pena visitar: pegue o trem linha Versailles-Chateau-Rive Gauche que segue o rio Sena e pare próximo ao castelo para aproveitar o cenário do caminho.

5.Arranje um tempo para uma taça de champanhe no St Pancras Champagne Bar antes de tomar o Eurostar caso você esteja viajando de trem.

6.No verão, você pode dançar tango ao ar livre no Quai d’Austerlitz! Bom se você não sabe ou não gosta de se expor assim, vale a pena olhar os outros também!
7.Apesar do metrô de Paris ser ótimo, muitas estações não têm elevadores ou escadas rolantes, evite carregar malas muito pesadas!

8.Os guias turísticos que ficam do lado de fora de Pere Lachaise adaptam seus tours de acordo com seus interesses. Negocie o preço antes!

9.Há um passeio de patins semanal em Paris: aos domingos para principiantes, sextas para quem tem mais experiência. É uma tradição no Natal!

10.Há um cinema ao ar livre em La Vilette no verão,
11.Explore as ruas menos conhecidas para conseguir melhores preços e encontrar lojas mais interessantes.
12.Recomendo La Musee de la vie Romantique no verão: lindo local e tem um ótimo salão de chá.
13.Procure o aviso de “Hotspot” no seu trem: significa que Wi-Fi está disponível a bordo.
14.Se seu orçamento está apertado, pegue o ônibus linha 42 para fazer um tour barato de Paris.

15.Você deve subir o Grand Arc of La Defense para uma vista espetacular da cidade.

16.Torre Eiffel à tarde, com suas luzes brilhante, é uma visita obrigatória!
17.Se você estiver em Paris em outubro, “La fete des vendanges” em Montmartre é uma boa opção.

18.Tome chá com bolo no Fauchon ou Laduree.

19.Faça o passeio de um dia no ônibus turístico e pare nos pontos turísticos ao longo do dia.

20. Um passe de 3 dias para a maioria dos pontos turísticos terá a metade do preço normal e você não precisara entrar na fila para comprar o ticket! De uma pesquisada no Paris pass, que ainda vem com passe de metro junto.

21.Tente programar a sua viagem para estar em Paris no primeiro domingo do mês. Todos os museus são gratuitos, inclusive o Museu do Louvre.

22.Assegure-se de ser pontual, pois os trens são!
23.O sistema de metrô de Paris e ótimo e os ônibus RER também são fáceis de usar! Se você não que comprar um passe, peca
24.O Marais é um bom lugar para visitar aos domingos, quando muitos lugares de Paris estão fechados. Tomar um brunch é uma tradição.
25.O Museu Le Bourget Air & Space não aparece muito nos guias turísticos, mas é uma visita obrigatória se o assunto te interessa.
26.A vista de cima do Pantheon é a melhor em Paris, não só na minha opinião como de muita gente, vá conferir que vale pena!
27.O centro de Paris tem um tamanho razoável, você pode ver muito em 4 dias, programe-se bem!
28.Leve seu melhor sapato para caminhadas! Escolha um sapato mais usado, não tente usar sapatos novos que podem ainda estarem muito duros.
29.É possível conseguir refeições baratas: faça um piquenique na Pont des Arts, visite as ruas de Rosiers para comer um felafel ou aproveite os melhores crepes de Paris no Breizh Café, em frente ao Museu Picasso.
30.Use os trens noturnos para viajar entre as maiores cidades e maximizar seu tempo de passeio durante o dia, durma no trem e acorde em outro lugar, cheio de energia para o passeio!
31.A Disneylândia de Paris fica próxima da cidade – seus filhos vão agradecer! É um dos pontos turísticos imperdíveis para quem viaja com crianças!
32.Áreas como 13th arrondissement, onde há uma grande comunidade chinesa, dão um toque diferente à cidade. Uma boa dica é o “Fleur de Mai” (61 avenue de Choisy) para uma excelente sopa.
33.Café no Les Deux Magots, caminhar pela rua des Rosiers em Marais, sentar-se ao sol na praça des Vosges….tantas coisas para fazer, programe bem o seu tempo mas não veja tudo na correria, desfrute os bons momentos, relaxe, você esta em férias!
34.O Museu Rodin não é muito grande ou cheio de gente e tem um lindo jardim com uma cafeteria. Vale a pena conhecer!
35.Viagens de avião podem ser econômicas, mas taxis de aeroporto são caros. Um passe de trem que possibilite ir do aeroporto ao centro é muito conveniente se você não esta viajando cheio de malas pesadas.

36.De Paris é fácil chegar até a Normandia de trem e a viagem vale a pena

37.Confira todas as possibilidades de passeios, viagens e passes de trens no site da RailEurope, que tem o link aqui no blog com descontos para os leitores (se você acessa o site pelo link você tem desconto maior).

38.Aproveite as promoções e dicas aqui do nosso blog! Você pode economizar muito usando as promoções e links de desconto.  39.De uma olhada nas opcoes de hospedagem no diversos links aqui do blog.

40.Viajando de trem, use o seu tempo a bordo para planejar o que quer ver, para tirar fotos das paisagens, para dormir, ou para comer. Relaxe!

41.Leia tambem os outros artigos do blog para mais Dicas de turismo na França!

Leia mais...