novembro 15, 2015 | Posted in:Cultura Francesa

 

je suis Paris

Depois de alguns meses sem escrever, venho aqui dar informações e opinião em relação à situação de Paris.

Em primeiro lugar, gostaria de esclarecer alguns pontos básicos que acredito que estejam causando confusão:

  1. Fechamento das fronteiras não significa que ninguém entra e ninguém sai. Simplesmente Significa que há controle de fronteira, como por exemplo quando se vai para Londres saindo de algum pais da União Europeia (você tem de apresentar o passaporte, só isso). E como se a França tivesse saído da União Europeia por um momento (isso é provisório).
  2. As fotos que circulam na internet que mostram Paris vazia ou mesmo “uma Paris fantasma” é bobagem e são fotos de um outro período (ha uma foto da Champs Elysées completamente vazia, que deve ter sido tirada as 6 horas da manha no verão, pois as arvores estão verdes (agora é outono). A vida segue. Estamos todos chocados mas a maioria não se deixa levar pelo desespero ou medo. Temos de seguir adiante. O intuito do terrorismo é aterrorizar, portanto se a gente se deixa aterrorizar estamos deixando o terrorismo vencer. Hoje eu sai na rua e os cafés estavam cheios, tudo normal. Como em qualquer outro domingo.
  3. Ha também fotos de “gente chorando pelas ruas”, francamente, deve haver gente (parentes) chorando em frente dos locais onde aconteceram os atentados e onde eles perderam familiares, amigos ou mesmo ainda estão à espera de informações. Mas as pessoas continuam a sorrir umas para as outras como de costume. Eu não estou vendo ninguém chorando pelas ruas.
  4. Não há toque de recolher nenhum. Até tive de rir com essa noticia.
  5. As companhias aéreas estão funcionando, assim como os trens, etc.
  6. Ha no momento algumas alterações no metro, mas os transportes estão funcionando.
  7. Como sempre, o uso do véu ou de qualquer coisa que tape a cabeça não é proibido por lei e nunca foi. Você não pode tapar o rosto, mas o cabelo ou a cabeça pode. Pode usar véu, boné, bandana, boina, touca, etc. Ninguém vai achar que você é terrorista por causa disso.
  8. Museus e monumentos estão fechados até dia 17 deste mês (novembro).
  9. Se você esta apavorado, com medo, etc. Eu aconselho a não vir porque andar estressado e vendo terrorista em cada pessoa com cabelo e olhos escuros pela rua é muito estressante. Se pra você muçulmano e terrorista são sinônimos, saiba que 30% da população Parisiense é muçulmana. Se isso causa alguma desconforto, cancele a viagem.
  10. Eu tenho visto brasileiros rasparem a barba antes de viajar para não “serem confundidos com terrorista”. Gente, barba esta na moda, todo mundo usa (ok, os homens). Ser moreno, ter olhos escuros ou usar barba não transforma você em um suspeito nem vai fazer você mais ou menos bem vindo por aqui.
  11. Eu recebi uma mensagem pelo whatsapp de uma “amiga” que foi muito engraçada: Alexiaaaa ta viva? estou preocupada com você porque você tem cara de árabe! rsrs …Enfim com tantas mensagens de solidariedade e de gente querendo saber se esta tudo bem comigo e família esta moça estava preocupada com eu ser de alguma forma envolvida como suspeita. (Na verdade os cristãos e católicos não fazem parte dos suspeitos, @sopraesclarecer)
  12. Enfim, não estou dizendo que você deve vir ou deixar de vir, porque ninguém sabe se os ataques vão continuar. So estaria esclarecendo o que estou vendo de informação errônea pela internet.
  13. Eu sinceramente, penso que haverá outras tentativas de ataque, mas não acredito que conseguirão ser realmente postos em pratica.
  14. Repare que o ataque ao Estádio de France foi um ataque que “não deu muito certo”. Acredito que a ideia seria largar as bombas no momento da saída do pessoal (para fazer mais vitimas possíveis), mas com o numero de policiais e segurança, não aconteceu.
  15. Note que qualquer um que resolve amarrar um cinto bomba na sua cintura em nome de Deus não deve ser considerado uma mente muito genial, eles podem planejar, organizar, etc. mas a policia, o exercito e o governo francês tem pessoas muito mais inteligentes pra contra atacar. A principio desde que não se baixe a guarda, um outro ataque por enquanto será improvável “pela lógica”.
  16. Enfim, Paris já passou por varias situações terríveis na sua historia, e como sempre vai superar.
  17. A França e o modo de viver do povo francês  continua sendo símbolo de liberdade. Os Franceses sabem viver e o fazem com arte.  Se essa liberdade incomoda alguns, cabe à nos mantê-la viva. Não vamos deixar  o terrorismo vencer. Vamos nos levantar e seguir em frente.

Alexia é brasileira e vive em Paris. Formada em Historia (mestrado) e turismo (curso técnico) com especialização em Guia turistico. Oferece serviços de guia e organisa circuitos guiados pela Europa. Formação em Gestão e Contabilidade e em musica também :) Contato: alexiaoliveira@artdeviv.com

26 Comments

  1. Patricia
    novembro 20, 2015

    Oi Alexia,
    Primeiro parabéns pelos seus textos bem objetivos. A primeira vez que fui a Paris vc nem imagina o quanto me ajudou!! Muito obrigada!
    Estamos voltando agora, dia 29/11, e é claro que estamos atentos às informações, mas não com medo, e sim respeito e cuidado com tudo que está acontecendo.
    Ouvi, ou melhor li, comentários em outros blogs que é melhor evitar o metrô e a região Les Halles. Na sua opinião, vc está sabendo alguma coisa a respeito? Acha conveniente? Soube que agora tem um shopping moderno nessa região e era um dos meus planos conhecê-lo. Vc acha prudente evitar?
    Muito obrigada pelo seu trabalho que tanto nos ajuda!
    Bjs

    • Alexia Oliveira
      novembro 20, 2015

      Oi Patricia!

      Sinceramente o metro nunca esteve tão seguro :) Eu continuo usando.
      Agora quanto ao shopping…
      A estação de Metro/RER “Chatelet/Les Halles” é conectada ao Centro comercial les Halles.
      Estas estações são o centro de varias conexões entre Paris e as cidades da volta (subúrbios) e para varios locais de Paris.
      Conecta norte sul, leste e oeste de Paris.
      Alguns desses RERs e metros vão para os locais “complicados”. Sempre foi um local onde se deve andar com os olhos bem abertos e desde sempre há muito policiamento, agora com certeza mais mas o fato de você sair direto do metro para dentro do shopping pode deixar a desejar o controle (estou falando de lógica, não fui lá depois do atentado).
      Eu sinceramente não frequento este shopping e não posso dar opinião e recomendaria O Centre Comercial Beaugrenelle (perto da torre Eiffel, em local super seguro e bem frequentado, metro Charles Michels linha 10), que é muito mais moderno, maior e interessante e não tem conexão interna com o metro, você quando entra pela porta é controlado e pronto. Depois ao entrar em cada loja tem controle novamente.
      Enfim… desculpe não poder ajudar muito…

      • Patricia
        novembro 20, 2015

        Claro que ajudou! Muito!!! Como sempre rápida e eficiente, obrigada! Entendi perfeitamente seu comentário. O que me chamou atenção no shopping foi a loja maisons du monde, por esse motivo iria até lá. Mas já mudei de idéia!
        Sua dica do Beaugrenelle é ótima!
        Mais uma vez obrigada!
        Bjs

        • Patricia
          novembro 20, 2015

          Ah, esqueci de te perguntar mais uma coisa: vc teria alguma sugestão de lugar para guardarmos as malas?Pois vamos chegar à Paris as 8h da manhã e só vamos entrar no apt que alugamos às 16h. Nesse tempinho já queremos curtir alguma coisa…
          Obrigada
          ????

        • Alexia Oliveira
          novembro 20, 2015

          Oi Patricia!
          No Beaugrenelle tem Maisons du Monde :)
          bjo

          • Patricia
            novembro 21, 2015

            Obrigada Alexia! Pensei melhor, ou não, kkk, quanto às malas! Vou alugar um carro para sair do aeroporto, assim as malas ficam dentro dele até a hora de ir para o apt. Este fica no Marais, e minha idéia é já estacioná-lo por perto e não ficar rodando de carro por Paris, pois já vi que estacionar não é uma tarefa fácil. Somos um grupo de 6 pessoas então comparado o valor do trem, do guarda malas, sairá quase o preço do aluguel do carro. Enfim….foi o que melhor pensei!
            Obrigada sempre! Seu trabalho é sensacional!
            Bjs
            Patricia

          • Alexia Oliveira
            novembro 21, 2015

            Oi Patricia
            Ótima ideia, veja se você encontra um estacionamento perto mesmo do apartamento de vocês, porque não da pra estacionar na rua simplesmente.
            bjos!
            Alexia

  2. romulo marques
    novembro 17, 2015

    Venho completar aqui, como testemunha, o artigo da Alexia. A cidade continua linda e tudo volta ao normal, como antes. Claro que ficamos todos tristes com os ataques e para com as vítimas… mas a vida continua! Temos que levar nossas vidas, normalmente, sem deixar aos terroristas o gosto doce da vitória.

    Estaremos aqui, às ordens, os passeios continuam, entre os monumentos e a história da França, a dos Parisis, e nossas próprias, sempre fantásticas.

    Romulo

  3. sonia
    novembro 16, 2015

    foi muito oportuno esse seu comentário.
    gostei!
    sonia

  4. Kaka Silveira
    novembro 16, 2015

    Você sempre me surpreendo com a sua capacidade de “não ir na onda”. Você é uma das poucas pessoas que eu “conheço” que pensa por si própria, que tenta analisar os fatos de forma lógica, sem colocar emoção no meio. Parabéns, continuo sempre voltando ao seu site, e continuarei voltando a Paris.

  5. marcinha
    novembro 16, 2015

    tranquilamente iria p paris se estivesse com passagem marcada e sem medo..voltei depois de 1 anos dos atentados as torres em NY….exatamente no dia 11 de setembro e foi coincidencia…lembro que minha chorava p eu nao pegar voo com a AA e eu disse..hj em dia é cia area mais segura…alias as americanas e israelenses sao cias areas seguras…e acredito que a europa vai tambem adotar medidas mais severas…..por exemplo de trem…qq um viaja sem passar por detectores….nao tem revista nenhuma…..acho que ai vao começar tambem a prestar atenção…é tudo muito facil chegar e sair de trem na europa…..ninguem pede passaporte e sua bagagem ninguem revista……um beijo e cuidese garota…….

    • Alexia Oliveira
      novembro 16, 2015

      Oi Marcinha
      Isso mesmo, você tem razão, a segurança será levada a serio de verdade.
      Eu confio na policia daqui.
      bjos

    • Alexia Oliveira
      novembro 16, 2015

      Você esta coberta de razão, há (ou havia) falhas serias na segurança daqui.
      E falando em falhas, como alguém entra em um teatro (Bataclan) com armas?
      Não há controle na entrada? Esta certo que tudo começou no café do Bataclan, mas eles estavam armados até os dentes como diz as noticias…
      Agora vão levar mesmo a serio. bjos e obrigada pelos comentarios! Volte sempre.

  6. marcinha
    novembro 16, 2015

    Oi….eu acredito que nao havera mais atentado em Paris…….Paris vai ficar em alerta como os EUA

  7. Ju
    novembro 16, 2015

    Bonjour Alexia,

    Excelente post, só quem vive em Paris pode dá um parecer verdadeiro. Na TV só se ver terrorismo e previsão de mais e mais…

    Abraço,
    Ju

    • Alexia Oliveira
      novembro 16, 2015

      oi Ju!
      Pois é eu resolvi escrever este artigo neste tom de “vamos nos acalmar” justamente pra mostrar um outro lado.
      Eu realmente confio no trabalho da policia e do governo, que não ficou só na conversa, esta mesmo agindo.
      E lógico que ninguém fica contente vendo inocentes morrerem, mas a sociedade precisa de todos “funcionando” e não com ataque de pânico embaixo de um cobertor chorando em casa (agora fui mesmo dramática rsrs). Precisamos mostrar a estes doentes mentais que somos um povo forte e corajoso. bjooos

  8. Voltaire Vaz
    novembro 15, 2015

    Parabéns. Excelente matéria que desmitifica o quadro negativo que é passado para as pessoas. Abraços. Boa semana!

    • Alexia Oliveira
      novembro 16, 2015

      Ola Voltaire
      Bom ter o seu comentário, você que porta o nome de um dos homens que mais lutaram pela liberdade na França.
      Realmente, quem estimula de uma forma ou outra (noticias, etc) o pânico esta contribuindo com o terrorismo (espalhando terror).
      Vamos manter a cabeça fria, as emoções em ordem porque o que se precisa agora é de uma população (mundial) sã, e não enlouquecida de ódio.

  9. Etienne A. M. Nunes
    novembro 15, 2015

    Valeu, Alexia!
    É isso aí! – nada de pânico e de deixar de viver a vida.
    Na atualidade, todo o cuidado é necessário, mas não podemos nos enclausurar dentro de uma redoma.
    Quer terrorismo maior do que viajar ao Rio de janeiro pensando nas balas perdidas, sequestros, assaltos e assassinatos sem qualquer conotação idealística ?!?
    Que bom que estás bem, querida!
    No ano que vem, se tudo der certo, vou à Itália, com uma passada em Paris, como sempre que vou à Europa.
    Te cuida. Bjs…

    • Alexia Oliveira
      novembro 16, 2015

      Etienne! Saudades!
      Que bom ter o seu comentário! Estamos todos bem.
      Hoje o meu marido já foi trabalhar (Opera de Paris), mas os espetáculos estão cancelados até 17 (a principio isso pode se estender, vamos esperar).
      Você tocou em um ótimo ponto. Todos os dias morrem pessoas vitimas de algum ataque em algum local do mundo. Ha vários países onde esse numero de mortos é uma coisa “constante” na vida da população.
      Na verdade o que choca nos ataques em Paris é mesmo essa guerra religiosa em pleno 2015.

  10. Iona Soares
    novembro 15, 2015

    lindo texto Alexia, parabéns.
    Não vou deixar de visitar Paris no Natal.
    bjos

    • Alexia Oliveira
      novembro 15, 2015

      Iona, obrigada
      Isso mesmo, siga o seu coração. Eu sinceramente não acredito que tenha problema.
      Essa semana pode estar mais confusa, mas depois acho que os museus ja vão estar abertos, etc.
      No Natal acredito que estará tudo bem.
      Vamos pensar positivo.
      bjos

  11. GraceAzv
    novembro 15, 2015

    Alexia … como sempre … excelente!!

    • Alexia Oliveira
      novembro 15, 2015

      Obrigada Grace!!!
      Fico ate envergonhada haha, volte sempre!
      bjos
      Alexia