Dicas para trazer uma mala leve, com poucas roupas, para viajar pela Europa no verão

julho 20, 2012 | Posted in Turismo dicas | By

Ola pessoal !

O peso da mala pode influenciar muito a qualidade das suas ferias. Passeios e viagens de trem, e o próprio traslado entre aeroporto e hotel (e vice versa) pode ser mais difícil se você esta super carregado.

Muitos taxistas simplesmente se negam a carregar muitas malas, por falta de espaço no carro, e quando o fazem, cobram uma taxa extra por toda a segunda mala de cada pessoa.

As roupas de verão são leves e não ha necessidade mesmo de ficar carregando muita coisa.

Viajar leve também vai abrir mais opções de deslocamento, por exemplo, você se esta com pouca coisa pode pegar o RER ou ônibus e pagar muito menos para se deslocar entre o aeroporto para o hotel.

Eu tenho notado que a maioria dos meus clientes (dos meus passeios guiados por Paris) usa as roupas e não lava, e no meio da viagem fica sem ter o que usar, tendo que comprar mais camisetas ou blusas por que esta tudo sujo. Além de aumentar o peso da mala, você gasta no que não precisa realmente.

Este artigo não tem como objetivo dar uma lista do que trazer na mala, pois eu já escrevi vários artigos sobre isso. Você pode ir a pagina sitemap para ver a lista de todos os artigos que tem no blog.

A minha dica aqui é como cuidar das suas roupas na viagem, para não precisar ficar pensando em uma roupa para cada dia, aqui vai então a unica dica que é necessaria, com explicações :

  1. Lave as roupas. Roupas de verão secam super rápido e você pode mesmo lavar as suas blusas e camisas à noite, pendurar em um cabide no banheiro que no outro dia elas estarão secas. Assim você tem sempre roupa limpinha e perfumada pra usar, sem precisar ficar trazendo muita coisa.

  2. Não traga sabão do brasil, porque não faz espuma nesta água daqui. Compre no supermercado ou mercadinho mais próximo um sabão liquido pra lavagem de roupas a mão, eu recomendo a marca Genie, custa menos de 3 euros e é só colocar um pouquinho (mesmo!) na pia com água, e colocar a sua roupa. Como a sua roupa vai estar somente suada, é só deixar uns 5 minutos de molho e enxaguar. Não precisa esfregar nem deixar por muito tempo, a não ser que você tenha rolado pelo chão na rua rsrs e a sua roupa esteja mesmo muito suja.

    genie sans frotter-gel para lavar roupa a mão

    genie sans frotter – gel para lavar roupa a mão

  3. Pensando então que você vai lavar as suas roupas por aqui, esqueça as roupas 100% algodão, que demoram muito a secar. Opte pelo poliéster, linho, rami e canhamo, que secam em poucas horas. Uma calça de linho seca em cerca de 5 horas. Uma calça de algodão, mesmo fininha, demora umas boas 15 horas pra secar. Pense nisso. Camisas de poliéster com algodão não amassam como algodão puro. Se você pendurar direitinho no cabide, ela não vai precisar ser passada. Sinteticos são otimos porque secam rapido.

  4. Muita gente acha que linho precisa ser passado depois de lavado. Se você lavar a mão e não torcer, e pendurar ela bem esticadinha, ela fica linda e sem amassados. Eu não passo as minhas calças de linho, e ate molho todas ao tirar da mala e penduro no banheiro do hotel, pois elas secam super rápido e desamassam de terem ficado dobradas na mala. Repito : Não torça as roupas, deixe secar normalmente pingando mesmo. Estique o melhor que você puder e pronto. Se você torcer então já era. Fica mesmo precisando passar.

  5. Falando então em roupas de algodão, não traga muitas coisas de jeans e sarja, que além de quentes e não muito versáteis, você não vai poder lavá-las, pois demoram dias pra secar de você não torcer. (exagerei rsrs).

  6. Eu sempre falo e vou falar novamente: Não se preocupe se você estiver repetindo roupa, aqui todos fazem isso. Afinal você vai estar em diferentes locais todos os dias. Aqui ninguém repara.

  7. Lavar a roupa no hotel não é algo “proibido” . Normalmente quando eu menciono para os meus clientes “vocês poderiam lavar as roupas no hotel mesmo”, eles acham simplesmente impossível, falam que não conseguem.

    Não é impossível, não exige técnica especial nem habilidade extrema. Você só precisa saber fechar o ralo da pia, colocar água ate um pouco mais da metade pra não derramar, e colocar umas gotas de sabão liquido de roupas. Misture um pouco com a mão pra fazer espuma. Coloque uma peça de roupa – não coloque muita coisa pra não amassar muito as roupas, se voce lavar as roupas “apertadas” na pia, elas amassam. Vá fazer outra coisa, como por exemplo tomar banho, e depois abra o ralo, de uma apertada de leve na roupa para sair o excesso de sabão e depois ligue a torneira, enxague ate desaparecer as bolhas de sabão. Pronto, leva a peça ate o box do chuveiro ou a banheira, sacuda pra tirar o excesso de água sem torcer, e pendure em um cabide. Repita a operação com outras peças de roupa. Manuseie as roupas delicadamente, pra não amassarem.

  8. Bermudas, saias e calças podem ser usados mais de uma vez se elas forem soltinhas e não ficarem totalmente molhadas de suor. E por isso que eu sempre aconselho roupas largas, pois as justas ficam molhadas de suor mesmo.

  9. No dia a dia, você vai somente lavar a sua roupa interior e as blusas, pois são o que se usa mesmo somente uma vez. De resto, se não estiver suado, da pra ir usando mais vezes.

  10. Eu uso as minhas calças de linho umas boas 3 vezes antes de lavar.

  11. Roupas da mesma cor podem ser lavadas juntas, mas se a sua blusa tiver coisas coloridas ou escritos na frente é melhor não arriscar e lavar separadamente. Mais uma boa razão pra trazer roupas todas na mesma paleta de cores e lisas. Assim tudo combina com tudo e voce não tem problemas em lava-las juntas.

  12. Lave as suas roupas de verão delicadas na agua fria!!! Se voce lavar uma calça de linho, ou canhamo, ou bambu, em agua quente, somente a Barbie da sua filha ou sobrinha vai aproveitar depois. Elas encolhem mesmo!

Eu sei que no Brasil ninguém costuma fazer trabalho de casa porque praticamente todos tem alguém pra ajudar, uma diarista, “secretaria”, etc. Aqui a não ser que você tenha 1500 euros pra largar todo o mês, não é bem uma opção e todo mundo lava as suas roupas em casa. Sem ajuda. Se os europeus conseguem, todo mundo consegue. Nem que seja somente pelo período da viagem.

Reparem que estas dicas são para roupas de verão leves e pequenas. Você não tem mesmo como lavar roupas de inverno na pia do hotel. Casacos de la, impermeáveis com recheio de penas e roupas pesadas de inverno não são fáceis de lavar em um espaço pequeno de uma pia. Eu estou falando de roupa interior, meias, camisetas, camisas de verão, blusinhas, etc. Não tentem fazer isso com calças jeans ou roupas de inverno porque elas são pesadas, exigem tratamento especial e lavam muito tempo pra secar.

Leia mais...

Paris em Agosto ! Como programar as suas ferias para não ficar frustrado.

julho 1, 2012 | Posted in Turismo dicas | By

Como todos sabem Agosto significa ferias de verão em todo o hemisfério Norte.

Países como os Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, China e Rússia estão fazendo as suas grandes e esperadas ferias de verão e escolares, e praticamente todos escolhem este mês para excursões escolares de fim de ano (letivo), e enfim, Paris é o destino principal.

O numero de pessoas pelas ruas é impressionante e você deve ficar preparado psicologicamente para dividir espaço e compartilhar mesas e bancos por todo o lado e enfrentar filas para o toilete e pra comprar água.

Como a França também faz parte do hemisfério norte, também « entra em ferias », então não se surpreenda com muitos restaurantes fechados por aqui. Acreditem, até as sorveterias fecham para ferias coletivas. Tudo fica mais devagar mesmo.

Pra quem esta acostumado com o Brasil, que funciona 24 horas 7 dias por semana e todo o serviço é super rápido, tenha em mente que a Europa já é, normalmente um local onde tudo é mais relax, e não há a correia normal que há no Brasil, imaginem então em época de férias.

Muitos turistas, mesmo fora da época de férias, já estranha a demora nos restaurantes, o que aqui é bem normal, porque a principio a refeição é para ser apreciada sem pressa. O que no Brasil parece ser descaso dos atendentes aqui é sinal de boa educação. Eles deixam você em paz.

Nos restaurantes, os garçons deixam você a vontade, não ficam toda hora na sua mesa tentando empurrar mais uma cerveja, se você precisa de mais uma, tem de chamá-los. A principio a ideia é não incomodar, e não ignorar você, como as vezes é percebido pelos brasileiros. E possível por aqui ficar uma tarde inteira na mesa de um café e beber só um cafezinho. Ninguém fica indo na sua mesa perguntando se você quer mais alguma coisa, como no Brasil, com a mensagem “se não esta consumindo tem de liberar a mesa”. Aqui tudo é mais devagar e se você diz para o garçom que você tem pressa ele vai dizer: “caaalma, vocês estão em férias…”. Estilo europeu, culturas diferentes. Não leve a mal.

Agora imagine este “estilo”, nas férias. Multiplique por 10 e você tem uma ideia de como as coisas ficam devagar por aqui. Aproveite e relaxe, afinal “você esta em férias” rsrs. Multiplique por 50 o numero de pessoas andando nas ruas também so pra se preparar…

Pensando nestes pequenos poréns de agosto, fiz uma listinha de dicas que podem salvar as suas férias:

  1. Relaxe e não fique com grandes expectativas. Agosto não é época para maratonas do tipo “ver o maximo que puder de Paris em um minimo de tempo” e ate pra percorrer uma rua tipo o Boulevard Saint Michel você vai demorar o dobro (estou sendo otimista rsrs) do tempo do que em outra época. Prepare-se para desacelerar mesmo e aproveitar.

  2. Traga sempre água na bolsa. Va enchendo a garrafa nos parques e jardins, há varias fontes de água potável pelas ruas, e você poupa tempo em filas pra comprar água na rua, que vai estar custando muito mais neste período, afinal é altíssima temporada.

  3. Compre sempre muitos tickets de metro, carnets de 10 tickets são ótimos. Se cada vez que você for usar o metro você for entrar na fila pra comprar tickets você perde muito tempo.

  4. Pense diferente de todos e evite os momentos de pique. Todos tem a mesma ideia:

    • Ir ao Louvre logo que ele abre: errado, todos tem essa ideia, então você deve ir na hora do almoço, quando as filas estão significantemente menores.
    • Ir a torre Eiffel de Manha cedinho: Também errado, todos vão a essa hora, vá depois das 6 horas da tarde. Melhor ainda, reserve jantar no restaurante 58, assim você fura a fila pra subir e ainda tem uma experiencia inesquecível.
    • Ir almoçar em Montmartre: péssima ideia, os restaurantes são uns doces sim, e o local vale a pena, mas infelizmente as 11 horas da manha chegam centenas de ônibus de excursões a Montmartre, todos com a mesma ideia na cabeça. Va a Montmartre de manha cedo, e saia de la as 11 horas da manha. Você vai ver as excursões chegando e vai agradecer pela dica. Rsrs Aproveite a manha para passear e fazer um lanchezinho por la, se você realmente quiser ter a experiencia de entrar em um dos restaurantes-cafés, ou mesmo tomar uma cerveja ou um vinho rosé geladinho. Deixe o almoço pra outro local.
  1. Venha com ideia de passear pelas ruas de Paris, aproveitar os parques e perambular pelos locais, ver as pessoas (tem gente do mundo inteiro), se as filas para os monumentos e para a Catedral de Notre Dame estiverem impraticáveis, passe pela frente, tire fotos e vá adiante. Não perca 2 horas na fila de cada monumento. Aproveite para conhecer outros locais sem muitos turistas, e sem filas como a Eglise de Saint Sulpice (aquela do livro Código Da Vinci), Eglise de Saint Severin (lindíssima, bem pertinho da Notre Dame, Na esquina da Rue St. Jacques com Saint Severin. Tem muito o que ver por aqui sem enfrentar filas. Um museu grátis, imperdível é o Musée Carnavalet:

    Musée Carnavalet. 23 rue de Sévigné 75003 Paris , metro Saint Paul, linha 1 (amarela).

    Site: http://carnavalet.paris.fr/fr/musee-carnavalet Não perca mesmo!

  2. O Panthéon quase nunca tem filas enormes e é fresquinho la dentro. Ótima pedida para refrescar do calorão da rua. Não perca o tour até o topo do Panthéon, que esta incluído no ticket para entrada.

  1. Carregue lanche na bolsa se você não estiver disposto a entrar nos demorados restaurantes e Brasseries. Ou entre no supermercado e compre sanduíches e coisas pra fazer picnic em algum parque.

  2. Tente, se possível, deixar as mochilas em casa e venha com bolsas. Mochilas exigem na maior parte do tempo que você  as deixe na portaria dos museus, você não pode entrar com mochilas em muitos museus. Bolsas, por maior que sejam, não tem problemas. Assim você passa direto e não tem de enfrentar a fila do bengaleiro.

  3. Esqueça a Saint Chapelle. Impraticável em Agosto. Se você faz mesmo questão de conhece-la, prepare se para umas duas horas de fila para a segurança e depois outra para entrar. São duas filas e nenhum passe “fura fila” faz você furar a fila da segurança. Como a Saint Chapelle fica dentro do palácio de Justiça, é necessário passar primeiro pela segurança e detector de metais. Só depois é que você entra na fila para entrar, la dentro.

  4. Versailles: Eu diria que vale a pena, mas vá preparado para filas. Novamente, pense diferente dos outros, chegue la pelas 11 horas, compre os tickets nas maquinas e vá direto para os jardins, almoce por la, vá aos Domínios da Marie Antoinette e só depois entre na fila para o palácio central. Depois das 4 horas a fila para o palacio é muito menor.

  5. Esqueça as “dicas de restaurantes” imperdíveis da net. Em agosto muitos podem estar fechados para férias coletivas e o importante é encontrar um restaurantezinho SEM FILA. Afinal comer mal em Paris é praticamente impossível. Não viaje para longe de onde você esta somente pra tentar encontrar um restaurante que é super famoso. Imagine que tem muitos com a mesma informação tirada da net, e as filas são grandes.

  6. Esqueça a ideia de encontrar restaurantes sem turistas. Isso já é impossível em qualquer estação, imaginem em Agosto. A ideia de fugir dos turistas e ter Paris so pra voce so funciona no inverno.

  7. O calor pode ser um fator importante e não deve ser esquecido: Tente sair cedinho, passear pela cidade, almoçar e voltar ao hotel para descansar. Saia novamente la pelas 4 horas.

  8. Tenha em mente que a maioria dos turistas faz o seguinte: Sai de manha e caminha “até não aguentar mais”. Normalmente as 18 horas estão todos exaustos, voltando para o hotel, pensando em descansar um pouco ate a hora do jantar. Faça diferente: Não pegue o metro a essa hora, em primeiro lugar, pois estara lotado. Saia de manha cedinho, passeie e vá onde puder, almoce e vá sestiar ou descansar. As 4 horas você já esta descansado para aproveitar Paris novamente. Não esqueça que a luz do dia vai ate as 10 e meia da “noite”, portanto saindo tipo umas 4 ou 5 horas da tarde pra passear mais é uma ótima ideia, porque você ainda tem muito dia pela frente. E não pega calorão.

  9. Fique no centro de Paris e não fora de Paris e em “arredores”. Voce não quer depender de transportes neste periodo. Voce vai se  agradecer por ter escolhido um hotel a uma distancia caminhavel dos pontos turisticos.
  10. Certifique-se de que o seu hotel tem frigobar.
  11. Tenha muita atenção aos batedores de carteira. Multidões, empurra, empurra pra todo o lado e o cansaço normal das caminhadas no sol fazem dos turistas um prato perfeito para ladrões. Tem gente que vem especialmente pra Paris pra dar golpe neste periodo. E impossivel evitar multidões nesse periodo, portanto, mantenha-se esperto, e se voce ve que ja esta muito cansado pra prestar atenção, va pro hotel descansar ou pare pra descansar.
  12. Crianças pequenas, bebés de colo, idosos e pessoas com mobilidade reduzida devem evitar este periodo.

Bom, espero que a lista seja útil. Venha a paris com muito bom humor e paciência neste período! Agosto é um mes “especial” por aqui! Não esqueça também que tudo esta quase o dobro dos preços normais, portanto va devagar nas comprinhas também…

Ah! E tente MESMO não cair na tentação de ir a Londres nas Olimpiadas…

Leia mais...