Giverny e o Jardim de Monet

março 26, 2012 | Posted in Destinos, Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Giverny fica na Normandia e as principais atracões são com certeza a Casa do Monet (com os famosos jardins) e o Museu (que tem as obras do Monet).

 

Giverny

 

Casa do Monet - Giverny

Casa do Monet – Giverny

 

 

 

 

Após a morte de Claude Monet, em 1926, seu filho Michel herdou a casa e o jardim de Giverny.
Ele não viveu lá e foi a Blache, a enteada de Monet, que cuidou da propriedade.
Infelizmente, após a Segunda Guerra Mundial a casa e o jardim foram negligenciadas. Em 1966, Michel Monet fez a Academie des Beaux-Arts como herdeira da propriedade.

Em 1977, Gérald Van der Kemp foi nomeado Curador em Giverny. André Devillers, que teve a oportunidade de ir com Georges Truffaut – um jardineiro amigo de Monet – ajudou a reconstruir o jardim como era na época do mestre. Muitos dizem que foi ele quem construiu o jardim para o Monet, ou seja eles foi o criador do jardim e depois de alguns anos foi quem o reconstruiu, mas não sei se e verdade ou não.

Como é um passeio ate Giverny?

Pra quem vem passar uns dias em Paris e está pensando em conhecer os arredores, Os Jardins de Giverny são uma atração incrível que fica apenas a 45 minutos de Paris. Os jardins so abrem na primavera e verão, portanto quem esta programando a viagem para a partir de abril, esta é uma otima ideia!

Chegando lá, você vai ate casa de Claude Monet, o “Pai do Impressionismo”. Descubra os famosos jardins criados pelo pintor impressionista, e a famosa ponte japonesa no meio dos caminhos floridos e lagos do jardim.

Os jardins foram replantadas e tudo foi restaurado como era no passado. Aproveite o passeio! Este é o lugar ideal para ir quando o tempo está bom, porque é basicamente uma atividade ao ar livre.

 

Alexia e Italo em Giverny

Alexia e Italo em Giverny

Leia mais...

Ferias em Paris: Jardins de Luxemburgo, o lugar ideal para visitar durante a Primavera

março 21, 2012 | Posted in Pontos turisticos | By

Muito apreciado pelos parisienses, o Jardin de Luxembourg e uma dependência do Palácio de Louxembourg.

O antigo palácio real (Palácio de Louxembourg) é a sede do Senado desde 1958.

Jardim de Luxemburgo

Jardim de Luxemburgo na primavera

Localizado ao longo de Saint-Germain-des-Prés e do Bairro Latino (Quartier Latin), os Jardins de Luxemburgo foram criados por iniciativa da rainha Maria de Médicis.

Fontaine Marie de Medicis

Fontaine Marie de Medicis - Jardim de Louxembourg (wikipedia foto)

O Jardim de Louxembourg foi feito para “matar as saudades” de sua Florença natal, e foi criado inspirado dos Jardins Boboli (Florence). Maria de Medicis pediu que fossem trazidas flores de Florence e que a arquitetura do lugar lembrasse a arquitetura dos Jardins encontrados na sua terra natal.

Menos regular do que o Jardin das Tulherias (Catherine de Medicis), o Jardim de Luxemburgo continua sendo um dos mais belos jardins em Paris.

Esse Jardim se difere também do Tuileries porque parece mais um parque. Ladeado pelo Senado, é decorado com muitas estátuas e oferece muitas atividades. Esculturas, passeios para crianças, jardins de plantas e flores estão espalhados por todo.

 

Os Jardins de Luxembourg contam com numerosos monumentos e estátuas, sendo então uma especie de museu ou galeria de artes a céu aberto. A coleção de arte e esculturas são dos século XVII século XVIII, século XIX e século XVI.

Luxemburgo era amado pelos escritores que viviam nos arredores do Jardim: Baudelaire, Lamartine, Musset, Verlaine, Victor Hugo, George Sand, Balzac, Hemingway, Sartre.

Palacio de Luxembourg - Jardim de Louxemburg

Palacio de Luxembourg - Jardim de Louxemburg (foto - wikipedia)

Aberturas e horários

Abertura: 7:15 – 08:15.

Fechamento: 21:30

Aberto todos os dias da semana e feriados.

 

Serviços disponíveis para quem passeia com crianças:

 

Creche (14h-18h) de maio a meados de setembro para crianças entre 18 meses a 6 anos.

Parque (a partir das 10h) para crianças de 7 a 12 anos.

Passeios de pônei, balanços, tênis, aluguel de barco para navegar na Bacia.

Teatro de Marionetes.

 

Endereço:

Rue de Médicis X Rue de Vaugirard

75006 PARIS

Outros pontos turísticos e lugares de interesse na área:

Saint-Germain-des-Prés Musée / d’Orsay / Montparnasse

 

Como chegar:

Metro:Odéon

RER : Luxembourg

Ônibus : 21,27,38,58,82,83,84,85 ou 89

 

Leia mais...

Dicas de turismo: A noite Parisiense – onde ir para dançar

março 17, 2012 | Posted in Turismo dicas | By

Que tal conhecer a noite parisiense?

Onde encontrar lugares para dançar e se divertir? Coloco aqui uma lista dos lugares mais badalados da noite parisiense com endereço e estação de metro mais próxima. Fique atento que o metro só funciona por volta da 1 da manha.
Paris impressiona pela diversidade de atrações que oferece e é o lugar ideal para todo tipo de turista. Se você já conhece os principais pontos turísticos de Paris ou esta a procura de outras formas de curtir Paris, dar uma volta a noite pode ser uma ótima opção.
Já falei aqui no blog sobre os diferentes tipos de roteiros turísticos que podemos planejar para visitar Paris, tais como turismo histórico (museus em geral), gastronômico (restaurantes), turismo para compras, turismo religioso (catedrais em igrejas) entre outras fantásticas opções.

Tenho de dizer que não sou muito de sair a noite e tive de perguntar/pesquisar com franceses sobre estes lugares que indico aqui.
Eu não conheço nenhum destes night clubs pessoalmente. Estive pensando muito se valia a pena publicar este artigo porque eu costumo sempre indicar lugares que já fui, mas estou abrindo uma excessão porque acho que essa informação pode ser útil para quem estiver interessado.

REX Este é o lugar mais procurado pelos turistas, ótimo lugar para dançar e conhecer gente de todos os lugares.
5, boulevard Poissonnière (2º), tel. 01-42-36-10-96, metrô Bonne-Nouvelle

BATOFAR
Dentro de um barco ancorado no Sena. É um dor clubes mais badalados de Paris.
11, quai François-Mauriac (13º arrondissement), tel. 01-56-29-10-00, metrô Bibliothèque François-Mitterand

LE CAB Sendo um dos lugares mais badalados atualmente a entrada e super concorrida e difícil, e sempre corremos o risco de não conseguir passar pelo porteiro. O meu conselho é ir acompanhado por alguém que já seja frequentador do local, ou ir “preparado psicologicamente” para ir a outro clube caso não consiga entrar.
2, place du Palais-Royal (1º), tel. 01-58-62-56-25, metrô Palais-Royal

PULP
Às quartas e quintas, o clube de lésbicas reúne turmas de todos os sexos e os principais DJs da cidade.
25, boulevard Poissonnière (2º), tel. 01-40-26-01-93, metrô Grands-Boulevards

QUEEN
O mais famoso clube gay de Paris recebe, sempre com boa música, uma fauna variada onde não faltam celebridades. No sábado fica muito concorrido.
102, av. des Champs Elysées (8º), tel. 01-53-89-08-90, metrô George 5º

Leia mais...

Square du Vert Galant, para aproveitar o por do sol no Sena

março 15, 2012 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Mais um otimo artigo da leitora Luana Veloso!

Hoje vou dar uma dica muito parisiense. Existe uma Paris para cada tipo de pessoa, e eu poderia dizer que esse post é sobre a “Paris para quem não quer gastar muito”, mas eu prefiro dizer que essa é a “Paris de quem sabe aproveitar a vida”. Se você é uma dessas pessoas que suspira de alegria e enche os olhos de água quando se depara com um belo pôr-so-sol, então você não pode perder o espetáculo que é vê-lo se pondo no rio Sena, logo atrás da Pont-des-Arts, enquanto você escuta um som maravilhoso de algum músico tocando um blues que parece seguir o ritmo do Sol!

De muitos pontos ao redor do Sena é possível ver o entardecer, porém, existe um lugar especial chamado Square du Vert-Galant (o nome do Square vem do apelido do Rei Henri IV que era chamado assim por ser muito galanteador;  o porquê de seu nome ser dado ao Square é o fato de que ele gostava muito do lugar).

Square e Pont Neuf

No final da tarde muitas pessoas se dirigem à padaria mais próxima, compram o pão que mais lhe agradam (a maioria opta pelas tradicionais baguetes) para comer com um delicioso queijo acompanhado de um bom vinho francês e seguem para a Pont Neuf que dá acesso ao Square (basta descer umas escadas que ficam bem no meio da ponte). Agora você já sabe, compre seu pão seu vinho e voilà! Viva como um Rei francês sem precisar matar ninguém para se manter no trono e sem precisar gastar muito para tanto!

Tem gente que  reclama por ser um programa romântico, mas, eu sempre fui sozinha para Paris e sempre aproveitei MUITO! Então não importa se você está com seu namorado, sua namorada, com seus amigos ou sozinho! Se a última opção é o seu caso, faça de um bom livro seu melhor amigo!

Pont des Art vista da Pont Neuf

Pont des Art vista da Pont Neuf Foto: Wikipedia

Não exite em se estender e esperar para que as luzes na cidade se acendam, o espetáculo também é lindo!

Ah! E se você quer saber mais sobre a história dele, tem um filme ótimo que se chama Henri IV. Assisti há 2 semanas e recomendo!

COMO CHEGAR :

Na Pont Neuf tem uma estátua do Rei Henri IV, ao lado dela fica o acesso ao Square.
Metrô: PONT NEUF

 

 

Leia mais...

Primavera em Paris: O que colocar na mala

março 13, 2012 | Posted in Turismo dicas | By

A primavera esta chegando em Paris e a temperatura começa a mudar.

Este é o momento em que Paris floresce e todos os cantos se tornam lindas paisagens para um cartão postal.

Uma época em que a cidade está inundada de repente com cores: cereja e maçãs, flores, narcisos  e outras flores que eu não sei o nome (haha desculpem cortar o tom poetico do artigo). O ar pode permanecer um pouco frio por alguns dias e principalmente a noite, e as chuvas são definitivamente de se esperar, mas Paris, na Primavera ainda é digna das famosas canções e poemas que prestar homenagem a ela.

Os moradores locais estão geralmente de bom humor (principalmente por causa do grande feriado de Maio), e você vai querer passar muito tempo ao ar livre, quando não está chovendo. Entre abril e junho é o grande momento para explorar os belos parques e jardins de Paris e arredores.

Paris, na primavera também é perfeita para desfrutar atividades românticas, e como é comum as pessoas se casarem em maio no Brasil, quem sabe esse não é o momento para aproveitar aquela viagem de sonho de lua-de-mel ou aniversario de casamento?

As temperaturas começam a mudar em Abril, com minimas de 7 graus e máximas de 15. A media durante o dia fica entre 10 e 12 graus, baixando a noite. Em maio, a temperatura sobe ainda mais.

Bom, sabendo disso, o que devemos colocar na mala para não passar frio nem morrer de calor durantes as caminhadas pelos parques e jardins?

Como regra geral, traga roupas que possam ser usadas em camadas:

  • Duas ou três blusas de algodão – tipo camisetas de manga comprida lisas que fiquem bem rente ao corpo.
  • Camisas que possam ser usadas com as blusas por baixo ou fechadas normalmente
  • Três cardigans
  • Um casaco
  • Uma capa de chuva que combine com o resto das suas roupas.
  • Um vestido preto basico para ir a opera, teatro, moulin rouge ou a um jantar especial.
  • Traga bastante echarpes (ou compre aqui), colares e pulseiras para mudar o visual.
  • Não traga brincos muito grandes porque aqui praticamente ninguém usa brincos – Bolinhas pequeninas e pequenos brincos em ouro ou prata, ou uma perola são discretos e ficam bem.

 

Tente manter um padrão de cores para que tudo combine com tudo: invista nos marrons e bejes, verdes olivas e marfim, todas estas cores ficam ótimas juntas.

Se você não gosta ou não tem roupas nestas cores, traga tudo em tons de azul e cinzas por exemplo.

Calças e saias: cores escuras são boas porque não mostram a sujeira (rsrs), mas mantenha-se fiel ao sua paleta de cores e traga somente 1 calca jeans se você gosta. É suficiente.

Traga roupas que possam ser usadas de varias maneiras, calças mais clássicas que fiquem bem com sapatos baixos são a melhor opção para caminhar por Paris.

Ao contrario de muitos países, aqui se usa muito salto baixo e meio salto. Como os Parisienses caminham bastante, é realmente a melhor opção.

Não e o momento de começar a usar sapatos novos, use os seus confortáveis sapatos para passear ou compre um par e comece a usar antes da viagem (para “amaciar”).

Traga sapatos baixos e confortáveis que sejam clássicos o suficiente para você não ser barrado em restaurantes. Os “sapatenis” são ótima opção. Se você não vive sem tênis, os do tipo all star são bons. mas tudo depende do seu estilo e tipo de pé. Se voce não vive sem tenis tipo “de corrida”, tende não fazer o visual “estou correndo uma maratona”, use roupa normal, e os tenis esportivos, coloridos “pra quebrar a monotonia”.

Não esqueça de trazer sapatos impermeáveis, porque esta é a época das chuvas.

So um detalhezinho: leggings são super confortaveis e boas para meia estação, mas por favor, use com saia, short ou vestido por cima, pois elas não são consideradas calças aqui.

Para saber mais sobre as ultimas tendencias da moda por aqui, de uma olhada na revista Marie Claire.

 

 

 

 

Leia mais...