Dicas de hotéis Baratos em Paris: Economize na estada, e tenha dinheiro extra pra se divertir!

janeiro 23, 2012 | Posted in Hoteis, Turismo dicas | By

Eu escrevi a poucos dias atras sobre hotéis bem localizados em Paris. Este é outro artigo com mais uma lista.

Não é preciso pagar muito para se hospedar em Paris, porem hotéis fora da cidade, perto da Disney e em outros cantos onde não há metro, não valem a pena meeesmo porque voce vai gastar em transporte depois, alem de perder muito tempo.

Voce com cerca de 100 euros se hospeda relativamente bem. Note que os valores dos hoteis em Paris não podem ser comparados a paises como Portugal, Espanha ou paises do leste Europeu. Voce tem de pensar que emoa todos estes paises fazem parte da “Europa”, eles são bem diferentes emtre si, com valores e salarios minimos diferentes. So pra dar uma ideia, o salarios minimo na França é 1500 euros, em Portugal 350. E logico que os valores de tudo serão completamente diferentes!

Mantenha-se dentro do centro da cidade. Mesmo que você vá pra locais não tão turísticos, há sempre outras opções que não são bem pertinho da Notre Dame, mas que também não estão longe de tudo.

É importante você ter o metro perto do hotel e principalmente, estar a poucos minutos dos pontos turísticos. Note que o sistema de avaliação, controle e estrelamento e hoteis é coisa seria aqui na França, portanto todos os hoteis que tem, digamos 3 estrelas, vão ter obrigatoriamente sala de banho e toilete individual. Note que por questões de higiene o toilete e a sala de banho são separadas na França. Isso não é uma raridade que voce vai encontrar em uma hotel ou outro somente, seria mais a regra geral… Nos apartamentos aqui é a mesma coisa, como os apartamentos são pequenos,  diferente do Brasil, onde as pessoas tem banheiro individual, aqui uma familia normalmente compartilha o mesmo “banheiro”. Mais uma razão para separar toilete e sala de banho.

Note que muita vezes as agencias e turismo falam de locais fora de Paris (outras cidades mesmo), como se fossem “bairros” e se referem a cidade de paris como “centro”. Paris é relativamente pequena em relação as cidades brasileiras (capitais), mas o centro mesmo é o entorno da Notre Dame, a Ile de la cite, etc.

Veja no mapa. O centro é mesmo no centro.

 

Hotel Taylor

Hotel Annexe

Hotel Cujas Panthéon
Hotel Meslay Republique
Europe Hotel
Hotel de Neuve
Hotel du Palais Bourbon
Hotel Aberotel
Hotel de l’Europe
Hotel Massena
Hotel Beaugrenelle Saint Charles
Hotel Chaplain
Hotel du Moulin Vert
Hotel Ascot Opéra
Hotel du Globe

Leia mais...

Louis Vuitton, a historia de perseverança de um jovem que entrou para a historia da moda

janeiro 20, 2012 | Posted in Compras em Paris, Cultura Francesa | By

Mal se pronuncia o nome Louis Vuitton, o famoso monograma LV vem nas nossas mentes. Essa marca, mais cobiçada e copiada no mundo, é um símbolo de luxo e know-how, o símbolo de sucesso para todos os adoradores de qualidade, historia e de moda. Louis Vuitton também é o simbolo do sucesso da perseverança e do idealismo.

A saga da Vuitton tem suas origens em uma pequena aldeia remota no berço Jura, Anchay.Louis Vuitton (nascido em 1821) vem de uma família pobre de moleiros e carpinteiros. Aos 14 anos, ele resolve viajar, a pé, (400 km!) para Paris, para aprender durante uma jornada de dois anos, como trabalhar com madeira.

Depois, o jovem Vuitton é contratado como aprendiz de um fabricante de baús de viagem (antigas malas) que era usado pela alta sociedade em suas mudanças e viagens. O jovem rapaz trabalhou muito para criar alguma coisa diferente, que fosse alem de útil, pratico e bonito. O conceito de aliar beleza e praticidade foi pioneira na época.

Louis Vuitton

Louis Vuitton

O destino extraordinário de Louis Vuitton está ligado a Napoleão III , pois ele se tornou o favorito da Imperatriz Eugenie, em 1853. A partir dai, a sua sorte começa a mudar e ele começa e ver os frutos de tanto trabalho e pesquisa.

Com seu sucesso, Louis Vuitton fundou sua própria empresa no ano seguinte e se mudou para a Rue des Capucines.

A sua grande primeira idéia, foi criar um tecido altamente resistente, revestido, que irá substituir o couro. Um golpe de gênio: usar um material menos restritivo do que a pele natural e com melhor cheiro, porque as malas de couro da época eram famosas pelo mal cheiro.

Louis Vuitton - publicidade de 1898

Louis Vuitton - publicidade de 1898

 

Gradualmente, Louis Vuitton vai obedecer as necessidades de sua clientela abastada, melhorando a pele (couro e a sua nova invenção de tecido revestido), criando o conceito de malas “a prova d’água”, e lidando com os cantos das malas (com ponteiras de metal), etc

Vuitton vai seguir passo a passo a evolução da moda e as exigências da sua clientela, criando novos modelos, e comecando a fazer bolsas para o dia a dia.

Ele também se adapta aos novos meios de transporte: ele vai acompanhar o lançamento dos primeiros trens, barcos a vapor, e depois também vê o surgimento dos carros. As malas (antes em estilo bau de viagem) tem de se tornar cada vez mais leves e portateis.

Em 1859, a oficina se muda para a Rue Scribe, as pessoas começam a viajar mais e as malas rígidas dão lugar as malas flexíveis, mais leves, estilo bolsas de viagem, em vez dos antigos baus.

A Marca LV foi sempre caracterizada pelo monograma. As malas sempre tiveram o seu nome escrito.

Sem duvida, o jovem Louis Vuitton tinha uma ótima ideia de marketing. Ele foi o pioneiro na ideia de lançar bolsas com designer, e criar uma marca.
Nesta altura, as copias e falsificações começam também a aparecer. Hoje em dia, a LV é a marca mais falsificada no mundo.
Muito foi desenvolvido desde la, e criadores como Marc Jabobs, Takashi Murakami entraram para a família LV para engrandecer ainda mais as diferentes linhas e modelos das bolsas.

Na verdade, todas as outras bolsas de marcas famosas surgiram imitando os passos da Louis Vuitton, não em estilo ou modelos, mas em conceito. Ele foi o pioneiro, ele foi quem pesquisou como criar modelos, enfim, qualquer bolsa hoje em dia deve alguma coisa a esta marca.

Antes das bolsas LV, as pessoas usavam uma especie de saquinhos como bolsas de mão. Você pode ver nos filmes…

Diferente de muitas outras marcas, a empresa LV hoje em dia, faz questao de patrocinar artes, museus e teatros no mundo inteiro, tem ótimas condições de trabalho para os funcionários (beeeem diferentes da Nike, por exemplo). Enfim, essa é uma empresa politicamente correta.

O tempo passou e a LV diversificou os seus produtos, e temos desde sapatos, joias, relógios, etc. Mas as bolsas continuam sendo o forte da marca.

Agora, termino este artigo com alguns fatos sobre as bolsas LV:

 

Louis Vuitton - publicidade atual

Louis Vuitton - publicidade atual

  • As bolsas Louis Vuitton verdadeiras não tem defeitos de fabricação. São perfeitas, e o monograma nunca e cortado ao meio em uma bolsa.
  • Essa bolsa não é uma bolsa para ser usada somente em momentos especiais, uma Louis Vuitton é feita para ser usada no dia a dia, porque e super-resistente e durável. Essa e uma bolsa “pra bater mesmo”.
  • As LV não são as bolsas mais caras do mundo nem são consideradas bolsas de snobe, ou de “quem quer aparecer”, pelo menos na Europa. Esta cheio de gente no metro usando bolsas da LV. Depois da Longchamp, a LV é a marca mais vista na mão das francesas (claro, sem contar as bolsas sem marca, que são a maioria sempre, quem qualquer lugar).
  • As bolsas mais caras do mundo são as bolsas da Hermes. Estas bolsas chegam a 40.000 euros. As bolsas LV Variam entre 300 e 3.000 euros. Grande diferença.
  • O conceito de “ter 50 bolsas diferentes” não faz parte da cultura europeia. Aqui as pessoas tem 1 bolsa para o dia a dia, uma para viagem e outra para festas. Assim podem investir em alguma coisa de qualidade, porque sabem que vão usar a bolsa por muito tempo, pela vida inteira mesmo.
  • As bolsas LV passam de mãe pra filha e ficam mais lindas a medida que o tempo passa. Não existe o conceito de que “você tem de ter o ultimo modelo”.
  • A louis Vuitton nunca entra em liquidação, nunca faz promoções e não e vendida em outros locais que não sejam as lojas da Louis Vuitton. Comprar uma LV falsificada incentiva o trabalho escravo, infantil, e o crime organizado. Se você não pode comprar uma bolsa legitima, compre uma bolsa original qualquer, de outra marca, existem modelos lindíssimos para todos os gostos e bolsos que são comercializadas por empresas honestas.
  • As bolsas LV são fabricadas na França, Espanha e Estados Unidos. Não existe LV legitima feita em outros locais. A LV não tem fabricas em países de terceiro mundo para se aproveitar de salários baixos e mas condições de trabalho. Qualidade em primeiro lugar!
  • Eu costumo acompanhar pessoas em compras por aqui, e quando se fala em LV, a maioria dos brasileiros faz cara feia, porque é um bolsa de snobes, etc. Preferem gastar o mesmo dinheiro (ou muito mais) comprando 10 bolsas diferentes. Pra que 10 bolsas? Coisas culturais…
  • Temos que ver pelo lado ecológico também. Quanto mais quantidade de produtos você consome, mais você degrada os recursos naturais do planeta. Ter UMA bolsa para usar todos os dias (ou boa parte deles) da sua vida é muito mais PC (politicamente correto) do que comprar 100 bolsas ou mais no decorrer dos anos. E sai mais barato, mesmo que a sua única bolsa seja uma Louis Vuitton cara.

 

 

 

Leia mais...

Dicas de hotéis bem localizados em Paris

janeiro 19, 2012 | Posted in Hoteis, Turismo dicas | By

Como todos nos sabemos, a localização do hotel influencia muito a qualidade da nossa viagem.

Muito mais importante do que o numero de estrelas de um hotel, a localização do seu hotel vai influenciar nas suas decisões quanto a passeios, idas e vindas, compras, etc.

Se você escolhe um hotel muito distante do centro, ou em algum local perigoso, é provável que você não se sinta muito a vontade para saídas noturnas e voltas ao hotel com muitas sacolas de compras (principalmente se as sacolas forem de marcas famosas).

Existem lugares em Paris, como perto de Montmartre, ou fora de Paris, que você tem mesmo que tomar cuidado ate como se veste, para não chamar muito a atenção e evitar ser roubado no metro ou mesmo a noite, na rua, indo para o hotel.

Como todos já sabem, eu não faço acordos com hotéis, lojas, ou mesmo restaurantes. Eu indico e falo do que eu gosto, e a maioria dos indicados nem me conhecem.

Aqui vai, então uma lista de hotéis, que não tem nenhuma relação comigo, que conheci ao acaso mesmo. Os hotéis não tem ideia de que eu estou os indicando.

Estes hotéis entraram pela lista por vários motivos, entre eles a simpatia do pessoal que trabalha na recepção, localização, segurança, limpeza, etc.

Não são hotéis grandes, porque hotéis centrais tem de respeitar a estrutura dos prédios históricos e não podem realmente expandir muito. Os quartos não são grandes mesmo, mas você vem para Paris para passear, não para ficar no quarto do hotel.

 

Aqui vai, então a minha lista:

http://www.hotelhomelatinparis.com/ (2 estrelas)

http://www.aviatichotel.com/uk/index.php (3 estrelas)

http://www.hotel-saint-germain.fr/uk/index.php(3 estrelas)

http://www.hotel-paris-saint-germain.com/fr/(3 estrelas)

http://hotelagorasaintgermain.com/(3 estrelas)

http://hotelabbatial.com/

http://www.hotelneworient.com/index.html

 http://www.cujas-pantheon-paris-hotel.com/pt/ (3 estrelas)

(2 estrelas)

 

Para quem quer ou pode gastar um pouco (bastante) mais, aqui vai uma lista dos 4 estrelas:

http://www.luxembourg-paris-hotel.com/

http://www.buci-hotel.com/

http://www.hoteldaubusson.com/#

http://www.hotel-pont-royal.com/

 

Eu gostaria de pedir a participação de todos os leitores, para indicarem hotéis nos comentários, ou deixarem algum testemunho de algum hotel que não tenha agradado, assim todos se ajudam e evitamos de que os próximos turistas brasileiros “caiam em fria”.

Comentários são bem vindos!

Atenção: Por favor entendam que quando eu recomendo a rive Gauche – Saint germain de Près e Quartier Latin, eu o faço para todos. Não interesssa se voce é rico, milionario, VIP ou mochileiro. Qualquer pessoa, classe social, idade ou raça vai ficar bem acomodada nesta area. Escolha o hotel que voce acha que tem mais a ver com voce e pronto.

Não ha necessidade de enviar emails do tipo, “entendi Alexia, mas pra mim que vou com a esposa/namorado/sou jovem/sou velho/sou medico/estou viajando pela primeira vez, onde voce aconselha?”

A resposta vai ser sempre a mesma, ok?

 

Leia mais...