Como abrir uma conta bancária na França

janeiro 25, 2011 | Posted in Viver em Paris | By

Como abrir uma conta bancaria na França ? Quem pode abrir? É necessário visto?

São muitas as perguntas sobre o mesmo tema…
Estou escrevendo este artigo em resposta a vários e-mails que venho recebendo ao longo destes meses e porque acho que essas informações podem ser úteis para todos que pretendem passar uma temporada maior do que 3 meses aqui na França.

Estive fazendo uma pesquisa sobre os Bancos na França e suas regras para abertura de contas/ cartões, juntei a minha experiencia própria a respeito e aqui vai a informação:

Quem pode abrir: Todo mundo que apresente os documentos necessarios e que tenha o montante de dinheiro para o deposito inicial (pode variar entre 100 euros ate 5000 – pela minha pesquisa).

É necessário visto? Sim, para contas de residentes – para contas de não-residente não é necessario (obvio)


Os principais bancos franceses são:

* Allianz Banque
* AXA Banque (internet banking)
* Banque Accord (internet banking)
* Banque Populaire (alguns sites regionais são em Inglês)
O Banque Populaire de la Côte d’Azur International Branch (todos falam Inglês)
* Barclays França (tem site em Inglês)
* BNP Paribas
* Caisse d’Epargne
* CIC
* Credit Agricole Crédit Agricole
* Credit Lyonnais
* Mutuel crédito
* Credit du Nord
* HSBC France (internet banking e do site em Inglês)
* ING Direct (internet banking)
* La Banque Postale
* MonaBanqu (internet banking)
* Société Générale

Abrindo uma conta em um banco francês

Um estrangeiro que é (ou vai ser) residente em França por mais de três meses, pode abrir uma conta bancária francesa (compte bancaire). Um estrangeiro que não é (nem pretende ser) residente em França, poderá abrir uma conta de não residente (compte não-residentes). É uma boa oportunidade caso você queira ter uma conta em Euros.

O compte não-residentes

Nem todos os bancos têm disposição para uma conta de não residente, e outros impõem restrições sobre quem pode abrir uma conta, com base no seu local de residência (é geralmente mais fácil para a UE-residentes do que aqueles em países fora da UE), o saldo de abertura mínima e outros fatores. Alguns bancos têm instalações para uma conta a ser aberta fora da França.

Documentos necessários para abrir uma conta pode variar, mas geralmente incluem: comprovante de endereço residencial (uma conta recente) e comprovante de identidade.

Conta bancária francesa para residentes (se você mora ou vai morar na França)

Um estrangeiro que vive  na França pode abrir uma conta bancária (ou varias).
Alias, você deve abrir uma!

Isso facilitara muito a sua vida e você poderá optar por um melhor plano de telefone celular, internet e TV a cabo, por exemplo.
Tambem é importante ter uma conta bancaria para que as suas contas sejam diretamente debitadas. É uma preocupação a menos. Você não precisa se preocupar qual é o dia que vence a conta da luz ou água, tudo pode ser debitado automaticamente.
A maioria dos bancos têm uma grande variedade de tipos de conta, mas a conta mais básica costuma ser a conta corrente (compte à vue, também chamado de compte de um armazém de vue ou um compte cheque). Outros tipos comuns de conta são as contas correntes remuneradas e conta poupança.

Os documentos necessários para abrir uma conta são os seguintes:

* Os cidadãos da UE: Prova de identidade (passaporte válido ou carteira de identidade)
* Os cidadãos não-comunitários: Comprovante de residência (carte de séjour)
* Comprovante de endereço em francês: uma conta de serviço, contrato de locação ou título de propriedade
* Comprovante de rendimentos ou estado: Contrato de trabalho / comprovante de rendimentos / prova de status (por exemplo: um cartão de estudante)  – se você estiver depositando uma grande soma de dinheiro o comprovante de rendimentos pode não ser necessário.
* Referência: a partir de outros bancos onde as contas são realizadas (normalmente só é necessária para os empréstimos a descoberto)
* Em alguns casos, uma certidão de nascimento

Abrir uma conta pode ser feito em um dia e os cartões e talões de cheques normalmente chegam dentro de uma semana a dez dias depois da conta a ser aberta. Você tem de ir ao banco retirar os cheques e o cartão.

Contas conjuntas:

As contas podem ser realizadas em nomes comuns (alias muito útil para quem esta pretendendo apresentar provas de vida em comum para fins de visto).

Note que uma conta mantida por duas pessoas terão as palavras “et” ou “ou” entre os nomes.
No caso de uma conta detida em nome M et Me Xyz, ambos titulares da conta deve assinar um cheque, enquanto que no caso de uma conta em nome M OU Mme Xyz, seja titular da conta pode assinar. Se você for mesmo usar esta conta, escolha a opção “ou”. Se for só para guardar dinheiro mesmo, pode escolher a opção “et” mas não aconselho… imagina se acontece alguma coisa e um dois dois tem um acidente (ou acontece qualquer imprevisto) e não pode assinar… o outro fica com a conta bloqueada.

Os bancos franceses vão cobrar por certos itens, por exemplo, em alguma taxa que é paga para ter uma conta, há uma taxa para ter um cartão (e segundo cartão), pode haver um encargo para a instalação de internet banking e para as operações em alguns bancos .

Usando uma conta de banco francesa:

Dependendo do tipo de conta escolhido um livro de cheques e cartões de pagamento e retirada em dinheiro (o Carte Bleue – ou “cartão azul”) será emitido.

Ler e escrever números em Frances:

Ao escrever ou ler números francês, é importante saber a localização de pontos e vírgulas.

* Um ponto marca a milhares de pessoas, enquanto uma vírgula separa os centavos: mil euros está escrito € 1.000,00 (Mil euros)
* A vírgula marca a frações em porcentagem: ponto cinquenta e dois e seis por cento é escrita 52,6% (cinquante deux seis pourcent Virgule)

Os pagamentos com cartão

* Pagamentos por cartão Carte Bleue são aceitos na maioria dos lugares em França.
O pagamento é feito usando o código PIN; assinaturas podem ser solicitadas ao longo de um determinado montante
* Procure o símbolo do(Carte Bleue) CB Visa ou MasterCard
* Observe que o BC do débito não é um cartão de crédito! O dinheiro vai ser debitado imediatamente da sua conta!
* Dinheiro máquinas, caixas eletrônicos (distributeurs) são fáceis de encontrar na maioria das cidades e aldeias e são simples de usar (sendo da mesma forma como no resto do mundo): insira o cartão e siga as instruções em texto. Muitas máquinas permitem a opção de selecionar o texto em Inglês
* Pode haver restrições à utilização de uma conta quando viajam para o exterior, portanto se você estiver pensando em usar o cartão em outro pais pergunte ou olhe direitinho no web site do banco para ter certeza. Cada banco tem regras diferentes.

Cheques

Uma identidade com fotografia (por exemplo passaporte, autorização de residência ou carta de condução) pode ser solicitado quando voce pagar com cheque.
O seu nome tem de estar exatamente como no passaporte ou se não couber opte pelo sobrenome (nome de família) completo. Pelo menos foi isso que me disseram para fazer no meu banco. Como o meu nome era muito extenso tive de cortar o meu nome (primeiro nome).
Os cheques são aceitos como um pagamento em dinheiro.
Atenção: Se o banco não pode pagar  o seu cheque por falta de fundos, o banco é obrigado a relatá-lo à autoridade da França bancário nacional (o Banco de França) que vai impor uma bancaire interdit que proíbe o titular da conta de cheques por cinco anos.

* O cheque só pode ser cancelado, se for perdido, roubado ou se houver suspeita de fraude
* É ilegal passar cheques pós-datados (ilegal mesmo).
* A seleção é válida em França durante um ano e oito dias (12 meses, 8 dias).

Ao receber pagamentos com cheques, sempre escreva o número da conta bancária , e assine o verso do cheque antes de depositá-lo.

Quando um talão de cheques se aproxima do fim, o banco enviará um outro, se você preencheu o  formulário solicitando a renovação automática. A renovação também pode ser feitas através do preenchimento do formulário fornecido em um talão de cheques. A retirada pode ser feita na agência mesmo.

Outras informações importantes sobre bancos na França:

Ao receber ou pagar grandes quantias de dinheiro em uma venda privada (por exemplo, comprar um carro usado por meio de um anúncio de classificados), é recomendado usar um cheque de Banque, essa forma de pagamento é garantido pelo banco emissor. Isso proporciona tanto a garantia do comprador e vendedor de pagamento adequado.

O beneficiário deverá solicitar, por escrito, que o banco prepare o cheque. Fornecer o número da conta a ser debitada, do nome do beneficiário e o montante. O pedido deve ser feito um dia ou dois antes e é necessário pagar encargos bancários pelo cheque (umas taxas extras pelo serviço).

Ao abrir uma conta, o banco oferece várias cópias de RIB (relevé d’identité bancária). Esta é uma forma que estabelece as referências bancárias e detalhes de conta e de identidade. Ele contém o numero de compte (número da conta), o código de l’établissement (código do banco) e o código guichet du (código de classificação). Normalmente você sai do banco já com essas informações. O cartão e o talão de cheques vem depois.

Essas informa coes (RIB) são solicitados ao estabelecer pagamentos de contratos regulares por débito automático em uma conta (prélèvement automatique), por exemplo, para o pagamento de contas de luz, telefone, internet, etc. Essas informacoes tambem são necessarias para a criação de pagamento automático em uma conta, por exemplo, a Segurança Social, os benefícios Bolsa Família ou salários.

Leia mais...


As melhores e mais populares atrações e pontos turísticos de Paris

janeiro 20, 2011 | Posted in Pontos turisticos | By

Estou listando as atrações mais procuradas em Paris pelos turistas. Essa lista é um resumo do que você não pode perder quando vier aqui!

Palácio de Versalhes
O Palácio de Versalhes é um dos castelos mais amplos e opulentos do mundo. Apresentando cerca de 2.143 janelas, 1.252 lareiras e 67 escadarias, o Castelo é uma das atrações mais visitadas na França.

River Cruise Em Paris
Cruzeiro pelo Sena! Descubra os pontos turísticos de Paris a partir de uma nova perspectiva.
Da água é possível ver as pontes e monumentos de Paris como você nunca poderia esperar ver por terra. Você pode escolher entre passeios noturnos ou diurnos!

Arco do Triunfo
O Arco do Triunfo é talvez a mais emblemática de todos os monumentos franceses. É ao mesmo tempo imediatamente reconhecível e profundamente evocativa das glórias militares e loucuras da França. 
Napoleão ordenou a sua construção em 1809 para celebrar o triunfo do exército republicano.
No entanto, foi logo depois que seu império começou a desmoronar, e o Arco não foi concluído até 1836. O Arco do Triunfo é decorado com frisos de cenas de batalha e esculpido com os nomes das vitórias de Napoleão.

Museu do Louvre
O Museu do Louvre é sem dúvida uma das melhores galerias de arte do mundo. Lar de milhares de obras clássicas e modernas, o Louvre é a jóia da coroa da cultura francesa, um testamento para a civilização europeia e a história. 
A sua qualidade e importância é destacada por sua popularidade: o Louvre é o mais visitado Museus do Mundo.

Torres de Notre Dame
A construção da Notre Dame Gótico, realizado por iniciativa de Maurice de Sully, começou há cerca de 1160 e incrivelmente foi concluída no prazo de 40 anos (muito rápido para a época). 
Cerca de 1250, Jean de Chelles construiu o braço norte e começou a trabalhar no braço sul, que foi completado por Jean de Montreuil.

Ô Château Wine Tasting
A França (e Paris) é a casa dos melhores vinho na Europa. De champanhes ate a enorme variedade de Bordeaux tem vinhos para todos os gostos. 
Não importa se você é um novato ou um conhecedor de vinhos, a Wine Tasting Ô Château é para você! Com uma abordagem única, esta é uma grande oportunidade para ter algum divertimento e alguma informação sobre o vinho francês.

Museu d’Orsay
O Museu de Orsay foi originalmente concebido como uma estação de trem em 1900. Por volta de 1950 tornou-se evidente que as plataformas eram curtos demais para os trens e o edifício passou a abrigar um teatro. (Eu particularmente acho este Museu uma das melhores atrações de Paris).

Torre Montparnasse
O observatório interior no piso 56 está equipado com um grande número de equipamentos audiovisuais e interativos para ajudar você a descobrir e compreender Paris, um café e bar, loja de souvenirs entre outras atracões.
As instalações incluem binóculos, exposições e galerias de fotos, testes, instalações interativas, cinema, projeção panorâmica sobre a lenda das torres no mundo e muito mais.

Paris Tour Bus
Descubra os principais pontos turísticos da cidade na forma original e descontraída, com um passeio de ônibus de turismo de Paris, com Les Cars Rouges. Cada passeio dura aproximadamente duas horas ronda e 15 minutos, e apresenta todas as principais atrações do centro de Paris.

Museu de Cera Grevin
O Museu Grévin pode surpreender o visitante com as suas dramáticas cenas realistas de Paris históricos e modernos. Mais de 300 figuras de cera das pessoas mais famosas do mundo dramaticamente colocados em cenas incríveis. Veja impressionantes recriações dos eventos mais importantes na história francesa e mundial. (coloquei o museu na lista porque ele e mesmo muito popular aqui, mas eu particularmente acho meio “sinistro”).

Aqui esta uma lista das atracões mais procuradas pelos turistas em Paris. Se você pretende fazer este roteiro, eu aconselho firmemente adquirir o Paris pass. Você pode ter todas estas atracoes de graça, inclusive a degustação de vinho, o passeio de ônibus e o cruzeiro. Sai muito mais barato.
Se você esta pensando em escolher uns 3 ou 4 itens desta lista, não vale a pena comprar o paris pass.

Leia mais...

Noite Parisiense: Quanto custa um jantar com show no Moulin Rouge

janeiro 19, 2011 | Posted in Pontos turisticos, Turismo dicas | By

Moulin Rouge!
Pensando em  conhecer um pouco da noite em Paris? Que tal experimentar uma noite no Moulin Rouge? Este passeio é a ocasião para uma noite inesquecível no mais antigo Cabaret de Paris!

Muita gente diz que vir a Paris e não ir ao Moulin Rouge é como ir a Roma e não ver o Papa, então depois de muito pesquisar encontrei o melhor tour de Paris, com o melhor preço também.

O Moulin Rouge é um cabaré construído em 1889 e está localizado no Boulevard de Clichy, na 18eme, no sopé de Montmartre.
Esta zona é  conhecida como a “zona vermelha” de Paris, com muitos cabarets e casas (finas) de prostituição, portante eu aconselho fortemente ir ao Moulin Rouge de excursão, com pessoas experientes como guia e motorista, para não ficar perdido pelas ruas em busca de taxi para voltar para o hotel depois.
Sendo o Moulin Rouge um Cabaret, não leve crianças ou adolescente menores de idade! Esse é um programa para adultos. Se você vier com crianças, escreva para mim que eu posso arranjar uma baba de confiança para essas 5 horas que você vai se divertir, ou deixe um anuncio na nossa pagina de anúncios, mas eu prefiro indicar pessoas que eu já conheço.

Os preços do tour Jantar e show no Moulin Rouge (por pessoa) dependem do menu que você escolher, mas já aviso que se você for por conta própria ira pagar bem mais porque a operadora do tour tem descontos para grupos.

Menu Belle Epoque 235 Eur

Menu French Cancan 195 Eur (recomendado)

Menu Saint Valentin 235 Eur

Menu Toulouse Lautrec 215 Eur
Você não paga mais nada, estes são os preços com o show, jantar, transportes, bebidas. Esta tudo incluído. Você faz a reserva online, depois e só marcar a data que quer ir. Os pagamentos podem ser feitos com cartão visa (debito ou credito), entre outros. Guia em Portugues!

Link do site:
Dinner & Show at the Moulin Rouge.

Descrição de tour:

Eles vão  buscá-lo no seu  Hotel Paris em um microônibus com ar condicionado e escoltá-lo até o Moulin Rouge..
Eles tratam das reservas. Você pode reservar o passeio no mesmo dia, mas e sempre melhor um dia antes.
Será servido um jantar com vinho, seguido do famoso Moulin Rouge Show “Féerie”.

A tradição do cabaré não fica só  na gastronomia, no entanto é bom ressaltar que o chef TARRIDEC Laurent é considerado uns dos melhores do mundo.  Ele veio da Bretanha, onde ele é chef e proprietário do restaurante Leu Mouscardins em Saint-Tropez (na Riviera Francesa), e ele queria colocar seus talentos a serviço da prestigiado Moulin Rouge. Como ele disse “No Moulin Rouge, cada noite é uma festa. Os cursos que preparam tem que ser tão bons e belos como as cenas, figurinos e bailarinos. “Laurent TARRIDEC não é apenas um aventureiro  da gastronomia, mas ele também é um mestre cozinheiro tão exigente com a qualidade e frescor dos produtos como com a Noites de apresentação.
Jantar no Moulin Rouge, enquanto Laurent TARRIDEC expressa suas habilidades na cozinha, já vale o preço do tour.  Vale a pena! E ainda assiste a um show fantástico. Música ao vivo com Dino La Torre e sua orquestra.

Importante:
Não use jeans (não interessa o tipo, você não vai entrar se estiver usando jeans), tênis, camisetas ou bonés. Câmeras e filmadoras  não são permitidas no cabaré.
Paletó e gravata não é obrigatório, mas apreciado…

ATENÇÃO: Em Fevereiro 12, 13 e 14, Moulin Rouge oferece um menu ESPECIAL SÃO VALENTIM. Menu Cancan francês, Menu Toulouse-Lautrec e Menu Belle Epoque ainda estão disponíveis durante estas datas, mas você pode escolher escolher o  Menu especial de S. Valentim, se preferir.

O que o tour oferece:
Hotel ou Private Residence cortesia pick up e drop-off serviço
Eles pegam você no seu Hotel mesmo, e na volta te “deixam em casa”.
Moulin Rouge “Féerie” Show
Jantar de 3 pratos e 1 garrafa de champagne por pessoa
Transporte

Mais detalhes:
Temporada: Durante todo o ano
Dias: Diariamente
Horário: a partir das 6 da tarde
Duração da programação: 5 horas
Guia em Portugues – não esqueça de pedir!

Clique aqui para fazer a sua reserva!

Dinner & Show at the Moulin Rouge.

Leia mais...

Dicas de turismo na França – Le Havre (Normandia)

janeiro 18, 2011 | Posted in Destinos | By

Normandia!
Como vocês já sabem, eu adoro ir a Normandia para passar os fins de semana ou feriados.
A Normandia é perto de Paris e tem varias cidades (villages) lindas e cada uma com as suas características individuais.
Já falei aqui no blog sobre outras cidades nos posts

Hoje vou falar sobre Le Havre!
Le havre é a principal cidade da Normandia, e alem de não ser muito visitada por turistas tem as suas belezas.
Eu costumo ficar em Le Havre e sair de carro para conhecer as villages ao redor, porque a localização de cidade é perfeita. Você pode ir de trem ou ônibus partindo de Paris. Depois você pode pegar ônibus para as outras cidades ao redor da costa.
Sinceramente falando ir a Le Havre para fazer turismo dentro da própria cidade não faz muito sentido tendo em conta as maravilhosas villages ao redor, mas entre todas as cidades da Normandia, Le Havre pode ser uma cidade muito legal para quem esta pensando em viver aqui. Le Havre é grande o suficiente para você conseguir emprego e não conta com a grande concorrência que existe em Paris. Outra vantagem é a praia!

normandie - le havre

dicas de turismo na Franca - Normandia

Também é conhecido por aqui que na Normandia e muito mais fácil de conseguir vistos de permanência.
Em La Havre as pessoas se vestem de modo muito mais simples do que em Paris, tudo é mais barato e a comida e ótima. Se vê muita gente usando blue jeans, por exemplo.
Eu costumo ficar no hotel Mercury, que tem um restaurante ótimo com uma carta de vinhos que já é famosa pela seleção e qualidade. O pessoal que trabalha no Hotel e muito simpático também. Você pode fazer as reservas para o Hotel Mercury usando a paginas de pesquisa de Hoteis aqui do blog mesmo. Eles tem um preço para “demi-pension” que inclui o quarto, café a manha e uma refeição completa no restaurante (você pode escolher se quer almoçar ou jantar).
Eu aconselho mesmo o Hotel Mercury – Bassin du Commerce em La Havre.
O nome de Le Havre significa simplesmente o porto ou do porto. Le Havre foi fundada como uma nova porta por ordem real, em parte para substituir os portos históricos de Harfleur e Honfleur, que se tornaram cada vez mais impraticáveis devido ao assoreamento. A cidade foi fundada em 1517, quando foi nomeado após Franciscópolis Francisco I da França e, posteriormente, chamado Le Havre-de-Grâce (“Porto de Graça”), após uma capela existente de Notre-Dame-de-Grâce (“Nossa Senhora da Graça “).

Ele foi designado pela UNESCO como Patrimônio Mundial em 2005. A UNESCO declarou o centro da cidade de Le Havre Patrimônio Mundial da UNESCO em 15 de Julho de 2005, em homenagem a “utilização inovadora do potencial de concreto.” O espaço de 133 hectares, que representa, segundo a UNESCO, “um exemplo excepcional de arquitetura e urbanismo do pós-guerra”, é um dos raros Patrimônios contemporâneos Mundial na Europa.

Le Havre está situado no sudoeste da região de Pays de Caux. A cidade faz fronteira com a beira-mar do Canal Inglês, a oeste, foz do rio Sena para o sul e do litoral para o norte. Historicamente, o rio Sena marcou uma fronteira natural entre Haute-Normandie e Basse-Normandie, a cidade de Honfleur tem sido muitas vezes referido pela Havrais como sendo “na outra costa.” Como uma cidade portuária situada na costa exposta pantanoso, o Le Havre tem sofrido por muito tempo das ligações de terra pobre. Novas ligações rodoviárias foram construídos a partir, entre o mais notável é a Pont de Normandie, que liga as duas margens do Sena e reduz o tempo de viagem entre Honfleur e Le Havre para menos de 15 minutos.

Igrejas

* Le Havre Catedral: a primeira pedra do edifício foi lançada em 1536. É a sede do Bispo de Le Havre.
* Igreja de São José, um dos símbolos mais reconhecidos da cidade. A torre do sino é um dos mais altos na França, chegando a uma altura de 106 metros. Ela foi projetado por Auguste Perret.
* Igreja de St. Michel
* Igreja de Santo -Eglise Vicente
* Igreja de São Francisco -Eglise St. François
* Igreja de Santo Eglise St. Anne Anne
* Igreja de St. Marie
* St. Michel d’Ingouville capela (século 15)
* Graville Abbey, um monastério dedicado a Sainte Honorine, num terreno na margem norte do rio Sena.
* Igreja Presbiteriana Reforma (Eglise Réformée), 47 rue Anatole France, construído em 1857, bombardeado em 1941, o telhado e o teto foi reconstruído em 1953 por dois arquitetos do famoso Auguste Perret escritório: Jacques e Gérard Lamy Dupasquier, somente na construção de uma a cidade oferece tanto: a escola antiga e nova Perret arquiteturas no mesmo edifício.
As missas são de manhã aos domingos às 10h30.

Museus

* Musée des Beaux-Arts de André Malraux: este museu abriga uma coleção de arte abrangendo os últimos cinco séculos, as coleções de pinturas impressionistas são o segundo mais extenso da França, depois os do Museu d’Orsay, em Paris. Há pinturas de Claude Monet e outros artistas que viveram e trabalharam na Normandia. Algumas das pinturas são de Eugène Boudin, Eugène Delacroix, Gustave Courbet, Edgar Degas, Édouard Manet, Pierre-Auguste Renoir, Georges Seurat, Raoul Dufy, Alfred Sisley. Uma das mais recentes aquisições do museu é vago, temps d’orage par de Gustave Courbet. A coleção de Olivier Senn (1864-1959), dado ao museu em 2004, contém mais de 205 pinturas.
* Musée du Vieux Havre
* Musée d’Histoire Naturelle (Museu de História Natural)

Outros lugares interessantes para visitar:

* A casa do Armador (século 18)
* O tribunal antiga (século 18)
* A Câmara Municipal: o campanário moderna contém escritórios
* O “Volcan” centro cultural, construído por Oscar Niemeyer
* Praça de São Roque
* Jardim Japonês

Leia mais...

Saldos de Inverno: O melhor momento para fazer compras na Europa

janeiro 12, 2011 | Posted in Compras em Paris | By

Saldos, Saldi, rebajas … seja qual for o país ou o nome, o princípio continua o mesmo: Divertir-se a preços de pechincha. E os saldos de Inverno de 2011 estão ao virar da esquina em toda a Europa. Esta é uma oportunidade ideal para renovar o guarda roupa, comprar os itens necessários que você estava namorando a tempo mas o preço estava impedindo…
Chegou a hora! Época dos saldos!
Os saldos de inverno são particularmente populares porque as roupas de inverno são caras, materiais como cashmire, couro, peles e las de boa qualidade custam muito caro.
Os Parisienses preferem comprar roupas de boa qualidade e que durem muito, então da para imaginar a correria para comprar umas peças de cashmire ou bons casacos a partir de hoje.
Todos os anos um pouco antes do fim do inverno começam os saldos por toda a Europa: As datas não são as mesmas e muitos atravessam as fronteiras nestas épocas para aproveitar saldos de diferentes cidades.
Falando em comprar em Paris, existem vários mitos em relação as lojas famosas de Paris que eu gostaria de esclarecer:
As Galerias lafayettes são frequentadas somente por turistas que não sabem onde ir. Mentira. Os Parisienses compram muito nas Galeries Lafayettes. A qualidade das roupas é ótima e sempre tem boas promoções para aproveitar ( durante todo o ano).
Paris é a capital mais fashion da Europa e todo mundo anda na ultima moda. Mentira. Os Parisienses gostam de roupas de boa qualidade mas não se vestem de forma exuberante e chamativa. O estilo para o dia a dia é bem clássico – urbano. Se vê muita gente com roupa chamativa nas ruas, mas esses são os turistas, que acham que tem de “mostrar o seu melhor” em Paris.

Aqui vai a informação das cidades Europeias que são famosas por terem os melhores períodos de saldos de inverno:

Saldos em Paris 2011
Paris, capital da moda francesa é, obviamente, o mais popular da cidade para aproveitar os saldos na França. Em Paris, a partir de 12 de janeiro (2011), você será capaz de correr para as lojas da capital para fazer um bom negócio. Existem lojas como a Galeries Haussmann, Galeries Lafayettes que estarão literalmente lotadas. Elas são normalmente os lugares mais frequentados durante todo o ano, então não e de admirar que na época dos saldos o publico aumente ainda mais. Talvez fosse melhor focar a sua sessão de compras durante as vendas para as áreas um pouco menos concorridas, como as ruas de Rennes, ou do Marais.
Até 15 de fevereiro de 2011.

Saldos em Londres 2011
A capital britânica é o destino ideal para todos os viciados em moda.
Aproveite os saldos em Londres, para colocar um pouco do kitsch Inglês em seu guarda-roupa!
Dia 26 de dezembro foi a data de abertura dos saldos na cidade de Londres, o suficiente para aumentar seu apetite por compras na França ou em outro lugar.
Até 23 de janeiro de 2011.

Saldos em Milão 2011
Saldos muitas vezes pode pagar um bom preço para os itens que são normalmente inacessíveis para a bolsa. Milão é a capital da moda italiana e luxo. Mime-se, escolha de um par de sapatos italianos e aquela bolsa de luxo que você sempre sonhou. Você vai adorar os saldos em Milão!
2 janeiro – 3 março de 2011.

Leia mais...

O seu sonho de conhecer Paris pode tornar-se realidade com o projeto “Vamos a Paris”

janeiro 11, 2011 | Posted in Compras em Paris, Turismo dicas | By

Alexia

 

UP-DATE: Infelizmente o projeto foi cancelado e a Cida não esta mais fazendo este passeio.

Estamos à procura de pessoas que estejam interessadas em trabalhar neste projeto. Voce quem sabe quer criar o seu proprio projeto? compras em Paris? Museus? Palacios da Europa?
Se voce mora no Brasil e tem interesse em trabalhar conosco, sendo pago por comissão, escreva para a gente: alexialiveira@artdeviv.com

Venha fazer parte da nossa familia artdeviv!

 

Se você sempre sonhou em vir a Paris mas não tem companhia, esta pode ser a sua oportunidade!
As minhas primeiras viagens a Europa, nos meus tempos de adolescente sempre foram solitárias. Aproveitei bastante, mas a gente tem de lidar com a situação de ficar sem conversar com ninguém por praticamente toda a estada. Eu passeava pelos museus em geral, mas restaurantes e compras tiveram de ficar de lado ( realmente não tem muita graça ir fazer compras sozinha).
Claro que comprei alguns livros porque ainda era estudante.
A minha solução foi vir fazer “cursos de verão” na minha área, o que ajudava a não ficar tao sozinha nos passeios, mas esses cursos alem de caros são super concorridos, ou seja, eu tinha de planejar tudo com quase 1 ano de antecedência.

Que maravilha seria se eu tivesse tido a oportunidade que temos agora, gracas ao projeto incrível da Cida Marques!

A proposta do projeto “Vamos a Paris” é organizar grupos para o  poder vir aproveitar ao maximo Paris.
Com a Cida, você vai passear pelas lojas e cafés da Champanhenses, 
Subir ao topo da Torre Eiffel, ir ao Arco do Triunfo e outros.
Durante uma semana, você terá a oportunidade de conhecer belíssimos lugares e lojas de Paris, (com a participação da idealizadora do projeto) Cida Marques.
O pacote inclui hospedagem em hotéis de categoria turística, city tour panorâmico, café da manhã, traslado aeroporto/hotel- hotel/aeroporto e programação de visitas especialmente elaborada onde você terá a oportunidade de conhecer a arquitetura, o mix da moda, a cultura, a gastronomia e o entretenimento local.
Diesel, Louis Vuitton, Gucci e outras marcas que são destaque na Europa, estarão no tour de compras. 
A equipe de turismo também selecionou os melhores locais para compras, exclusivamente para este pacote.
As principais atrações turísticas parisienses não vão ficar para trás. 
A Torre Eiffel, a Av. Champs-Élysées, o Arco do Triunfo, o Museu do Louvre, o Moulin Rouge, entre outros, vão dar um toque especial de charme e elegância à essa viagem inesquecível.
Venha conhecer a cidade luz em Abril.

Itinerário:

CANCELADO

 

 

Leia mais...

Viver em Paris custa caro? Lista de Preços de produtos no supermercado.

janeiro 6, 2011 | Posted in Turismo dicas, Viver em Paris | By

Viver em Paris custa caro? Lista de Preços de produtos no supermercado.

Quanto custam os produtos nos supermercados de Paris? Preparei uma lista de produtos baseado nas minhas compras de supermercado aqui em Paris. Costumo ir em 2 supermercados: Monoprix e Carrefour. Existem supermercados bem mais baratos como o Dia (rede espanhola) entre outros, mas os produtos não tem a mesma qualidade. Eu tenho perto da minha casa somente o carrefour city(um carrefour pequeno) e o Monoprix.

Aqui vai uma lista dos meus produtos “básicos” ou nem tanto…

  • Leite “bio” 500ml – 1 Euro (tem marcas mais baratas mas eu prefiro biológico)
  • Sacos de saladas verdes  prontas para servir 4 a 5 porcões  – já lavadas – 1.50 Euros
  • Refrigerantes em lata – Pack com 6 – 3.48 Euros
  • Lata de ervilhas e cenouras 200gr – 1.11 Euros
  • Lata de lentinhas 300gr 1.06 Euros
  • Ice tea – garrafa de 1.5 litros – 1.78 Euros
  • Salmão defumado 4 fatias grandes  – 4. 99 Euros
  • Pizza congelada – 5. 25 Euros (tem mais baratas, depende da marca)
  • Pão de leite pack 10 unidades 1.80 Euros
  • Arroz basmati 1Kilo (indiano) – 3.60 Euros (o arroz normal custa 1 Euro/quilo)
  • Vinho – os vinhos começam a ser bons a partir de 6 Euros, mas tem vinhos mais baratos.
  • Chocolates 100gr – com 1.30 Euro você compra bons chocolates, mas tem mais caros.
  • Ovos – ½ duzia – 1.87 Euros (de galinhas criadas ao ar livre, alimentadas com milho)
  • Sopas prontas – 2 pacotes 1.50 Euros (não são sopas em pó, são sopas prontas, liquidas ou creme)
  • Presunto cozido – 2,60
  • Presunto defumado (jamon serrano) – 4 Euros
  • Rosbife (peça grande de carne para assar) 14 Euros (as outras carnes custam mais ou menos o mesmo)
  • Manteiga 1.50 Euros
  • Blinis (4 unidades) – 1.80 Euros
  • Papel higiênico – 4 rolos – 2.59 Euros
  • Queijo Emmental 250 gr – 2.30 Euros
  • Queijo Roquefort – 100gr – 2.29 Euros
  • Pasta (massas tipo espaguete, macarrão em geral) – 1.5 Euros 1/2 quilo
  • Molho de tomate pronto para usar (bolonhesa, napolitana, etc) – 1.5 Euros
  • Queijo parmesão ralado  italiano– 2.69 Euros (tem mais barato)
  • Comida (boa) pronta congelada – a partir de 1.50 – pratos individuais
  • Pão de sanduíche – 1 Euro ½ quilo
  • Baguete – .80 Euros
  • Foie gras – 8 Euros
  • Geleia de cebola para foie gras – 1.99
  • Torradas para foie gras – 1.30 pacote com 60
  • Vinho Sauternes para beber com foie gras ou outros vinhos brancos doces – a partir de 10 Euros
  • Tarama 100gr– 1.50 (tarama é uma especie de caviar barato)
  • Azeite de oliva – 6.79 Euros
  • Vinagrette – 2.90 Euros (vinagrette básico: azeite, vinagre e ervas)
  • Frutose – 4 Euros/quilo
  • Açúcar – 1.5 Euros/quilo
  • Sabonetes – em torno de 1 Euro cada (tem mais barato)
  • Shampoos e condicionador– começam a ser bons a partir de 4 euros.
  • Esmalte de unhas – a partir de 3 euros (os bons).

Fico devendo o preço das batatas, tomates e legumes em geral, não sei os preços corretos porque na nota  do supermercado eles colocam tudo tipo “legumes” ou “frutas”, mas sei que nada que eu compre sai por mais de 2 euros.
Bom, em resumo, gastamos aqui uma media de 700 euros para 2 pessoas. Estou contando com todos os produtos de limpeza e higiene pessoal também alem de todo gasto com comidas em geral – restaurantes etc.
Compramos muita comida no Picard surgelles, eles alem de terem comida congelada pronta, tem ótima carne e vegetais congelados.

Up date:

Comida congelada do Picard Surgeles:

  • Torta de alho porro (2 tortas) – 2,40 Euros
  • Quiches (2 Quiches) – 2,55 Euros
  • Pasta com (muito!)camarão, Saint Jacques e vegetais – porcão grande para 1 pessoa – 5,10 Euros
  • Crepes de presunto com molho branco – (2 crepes) – 2,90 Euros
  • Poulet basquaise (frango com arroz e vegetais) – porcão para uma pessoa – 1,95 Euros
  • Couscous – porcão para uma pessoa – 1.95 Euros
  • Pain au chocolat (5 unidades) – 2.25 Euros
  • 2 demi-baguettes (baguete pequenas, prontas para ir ao forno) – 0.80 Euros

Detalhe: Esses pratos de 1,95 Euros são o que eles chamam de Picard Express, prontos em 6 minutos no micro-ondas. A comida e de alta qualidade e barata. Vale a pena! Tem muitas opções como empadões de batata recheados com pato ou carne de boi, massas de todos os tipos, lasanhas, bacalhau com batatas, peixe com arroz, almondegas com molho de tomate e batata, enfim, da pra ter uma variedade de pratos prontos no freezer. Faça uma salada, sirva uns queijos e pronto!

Nota: Este artigo foi escrito em janeiro de 2011 mas  esta sempre sendo revisado e se algum produto aumenta eu edito o post, portanto os precos sao atuais, ok?

Leia mais...